27 de abril de 2018
por esmael
Comentários desativados em URGENTE: Parlamentares do Mercosul aprovam visita a Lula em Curitiba

URGENTE: Parlamentares do Mercosul aprovam visita a Lula em Curitiba

A Comissão de Direitos Humanos do Parlasul, o parlamento do Mercosul, aprovou nesta sexta (27) visita para o ex-presidente Lula nos próximos dia 8 e 9 de maio, na Polícia Federal de Curitiba. Leia mais

19 de março de 2018
por esmael
Comentários desativados em Lula e Mujica se encontram hoje na fronteira com o Uruguai

Lula e Mujica se encontram hoje na fronteira com o Uruguai

Os ex-presidentes Pepe Mujica e Luiz Inácio Lula da Silva têm um encontro marcado na noite desta segunda-feira (19), na fronteira entre Brasil e Uruguai, no início da caravana pela região Sul. Leia mais

12 de março de 2018
por Eugênio Aragão
Comentários desativados em Membros do Parlasul defendem Lula para o Nobel da Paz

Membros do Parlasul defendem Lula para o Nobel da Paz


A bancada progressista do Parlamento do Mercossul (Parlasul) aprovou nesta segunda-feira (12) um manifesto de apoio ao ex-presidente Lula (PT) e a sua indicação ao Prêmio Nobel da Paz. Segundo os parlamentares, “Lula tem sofrido assédio permanente por parte dos setores conservadores e reacionários do Ministério Público Federal (MPF), da Polícia Federal e dos meios de comunicação.” Leia mais

20 de julho de 2017
por esmael
12 Comentários

Venezuela chuta ‘países baixos’ de Temer; assista ao vídeo

Deu ruim para o governo corrupto de Michel Temer, que, na Argentina, assumirá nesta sexta-feira (21) a presidência rotativa do Mercosul. A Venezuela, acusada de antidemocrática, chutou os ‘países baixos’ do ilegítimo. Doeu até na Patagônia.

16 de setembro de 2016
por esmael
33 Comentários

Parlasul recebe denúncia de perseguição a Lula

parlasulO Parlamento do Mercosul (Parlasul) recebeu denúncia, nesta sexta (16), em Montevidéu, no Uruguai, do atentado ao Estado Democrático de Direito perpetrado pelo Ministério Público Federal brasileiro contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

22 de agosto de 2016
por esmael
13 Comentários

Gleisi Hoffmann: Governo interino quer exportar o golpe para o Mercosul

gleisi_serraA senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) sugere a demissão do ministro das Relações Exteriores José Serra (PSDB), em sua coluna desta segunda (22), ao relembrar a tentativa frustrada do tucano em comprar o voto do Uruguai contra a Venezuela no Mercosul. Ela ainda acusa o governo interino de Michel Temer (PMDB) de querer exportar o golpe para os países vizinhos. Abaixo, leia, comente e compartilhe a íntegra do texto:

17 de agosto de 2016
por esmael
27 Comentários

Requião pede a cabeça de Serra por tentativa de compra de votos no Mercosul

requiao_fhc_serraO senador Roberto Requião (PMDB-PR), presidente do Parlasul, o parlamento do Mercosul, defendeu nesta quarta (17) a demissão imediata do ministro interino das Relações Exteriores José Serra (PSDB).

16 de agosto de 2016
por esmael
15 Comentários

Serra e FHC tentaram fazer no Mercosul o que fizeram no Brasil: comprar votos

serra_compra_fhcO jornal El País, do Uruguai, traz reportagem nesta terça (16) denunciando que o ministro interino das Relações Exteriores do Brasil, José Serra, tentou comprar o voto do país vizinho no Mercosul para suspender a presidência da Venezuela no bloco.

5 de agosto de 2016
por esmael
13 Comentários

Em nota, senadores denunciam que Brasil quer exportar modelo de golpe para o Mercosul

maduro_mercosul_serraA frente suprapartidária de senadores, em nota oficial, denunciou nesta sexta (5) a tentativa de o Brasil exportar o modus operandi o golpe para os países do Mercosul. Abaixo, leia a íntegra do documento:

21 de junho de 2016
por esmael
27 Comentários

Gleisi denuncia no Uruguai: “golpista Temer quer enfraquecer o bloco do Mercosul”

parlasulA senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) denunciou nesta terça (21, no Uruguai, a tentativa de o interino Michel Temer (PMDB) enfraquecer o bloco comercial formado pelos países do Mercosul.

Ela, o senador Roberto Requião (PMDB-PR) e o deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), participam da sessão do Parlasul em Montevidéu.

16 de maio de 2016
por esmael
57 Comentários

Michel Temer, O Breve, pode não resistir à pressão internacional

temer_isoladoO governo interino de Michel Temer (PMDB) pode estar com os dias contatos, haja vista o isolamento de seu golpe nas arenas internas e externas.

Internamente, os protestos contra o vice aumentam na mesma proporção em que se passam as horas. Ontem à noite, por exemplo, houve panelaço, vomitaço e apitaço durante uma entrevista do interino na TV Globo.

Países sul-americanos, de forma uníssona, vêm se manifestando através de seus organismos — como UNASUL, MERCOSUL e OEA — porque temem que o golpe jurídico seja adotado como modus operandi contra as democracias na região.

Some-se a isso, a Europa também vai ampliando seu conhecimento sobre o atentado contra o Estado Democrático de Direito no Brasil. Amanhã, em Lisboa, o Eurolat — parlamentos europeu e latino — também devem se manifestar.

14 de maio de 2016
por esmael
22 Comentários

Uruguai também diz NÃO reconhecer governo interino de Temer

Rodolfo_Nin_NovoaAumenta o isolamento internacional do governo interino de Michel Temer cuja ascensão ao poder se deu por meio de um golpe de Estado no último dia 12.

O último país dizer que NÃO reconhece como legítimo o governo golpista de Temer é o Uruguai, sócio do Brasil no Mercosul, que se manifestou através do ministro das Relações Exteriores Rodolfo Nin Novoa.

14 de maio de 2016
por esmael
23 Comentários

Golpe de Temer NÃO é reconhecido pela comunidade internacional

maduro_golpeO presidente interino Michel Temer enfrenta resistências no plano internacional, pois, até agora, NENHUM país o reconheceu formalmente como representante legítimo do maior Estado da América Latina e uma das dez economias mais desenvolvidas do mundo.

A crise de legitimidade se agravou nesta sexta (13) quando o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, pediu ao embaixador Alberto Castellar retornasse a Caracas. O chefe do governo venezuelano classificou o “afastamento” de da presidente Dilma Rousseff como um “golpe de Estado”.

“Pedi ao nosso embaixador no Brasil que viesse, e estivemos reunidos avaliando essa dolorosa página da história do Brasil, uma jogada injusta com a mulher que é a primeira presidenta que o Brasil teve”, disse Maduro em pronunciamento na estatal Venezolana Televisión. (Abaixo, assista ao vídeo).

22 de novembro de 2015
por esmael
10 Comentários

Macri vence segundo turno e encerra 12 anos de kirchnerismo na Argentina

do Opera Mundi
Em uma das eleições mais acirradas dos últimos anos na Argentina, o candidato Mauricio Macri (Cambiemos), venceu neste domingo (22/11), em um inédito segundo turno, o adversário apoiado por Cristina Kirchner, Daniel Scioli (Frente para a Vitória).

Em sintonia com o que apontaram as últimas pesquisas de opinião divulgadas antes da votação, Macri está com 53,32% dos votos, frente aos 46,68% obtidos por Scioli. Até o momento, 68,67% das urnas foram apuradas, mas já revelam tendência irreversível.

Scioli ligou para Macri e reconheceu a derrota.

Macri terá adiante o desafio de gerenciar um Congresso no qual a Frente para a Vitória ainda detém maioria e um país que tem a maioria de suas províncias controlada por governos peronistas – embora a mais importante delas, a de Buenos Aires, seja agora controlada também pelo Cambiemos, com Maria Eugénia Vidal.

Quem é o novo presidente da Argentina

Filho de Franco Macri, fundador e dono de um conglomerado que leva o nome da família e que atua em diversas áreas, como automóveis, correio e indústria alimentícia, Mauricio iniciou sua carreira política a partir de sua trajetória como dirigente do clube Boca Juniors, o maior da Argentina.

1 de dezembro de 2014
por esmael
14 Comentários

Uruguaios elegem Tabaré Vasquez sucessor de Mujica

via Agência Brasil

MujicayVasquez

Os uruguaios elegeram nesse domingo (30) o sucessor do presidente José Pepe Mujica: no dia 1!º de março, o médico socialista Tabaré Vasquez será reconduzido ao cargo, que ocupou de 2005 a 2010. Este vai ser o terceiro governo consecutivo da coligação de partidos de esquerda, Frente Ampla.

No discurso em que festejou a vitória, Tabaré convocou a oposição a um diálogo. Convoco todos os uruguaios, não para que me sigam, mas para que me guiem e me acompanhem!, disse. Ao mesmo tempo prometeu que seu retorno ao poder não representará mais do mesmo! porque o país que vai presidir nos próximos cinco anos não é o mesmo de 2005 nem de 2010!.

Tabaré Vasquez disputou o segundo turno das eleições presidenciais com o candidato do tradicional Partido Nacional (ou Blanco), Luis Lacalle Pou. Ele obteve 53,6% dos votos, enquanto seu adversário ficou com 41,1%. A Frente Ampla ainda assegurou a maioria no Congresso, no primeiro turno das eleições, em outubro passado.

14 de novembro de 2014
por esmael
9 Comentários

Cristina Kirchner intervém no Banco Central e derruba o dólar em 21%

via Café na Política

peso.jpg

Cristina está flaquita!, como dizem os argentinos. Nestes últimos meses, baixou ao hospital três vezes, por problemas vários de saúde, nenhum grave mas todos relativamente preocupantes. Mas a mulher é uma fera e, ainda da Clínica Otamendi, de onde teve alta no domingo ela ordenou um arrastão contra os doleiros graúdos, ou seja, grandes bancos, financeiras e agências de câmbio, que fez a verdinha baixar 21% diante do peso.

No que poderá se tornar um bom exemplo para sua colega brasileira, Dilma Rousseff, também assediada desde a campanha pelas manobras desestabilizadoras da Bolsa brasileira, a operação atingiu seu ápice na terça-feira, 11 de novembro.

Nesse dia, 250 agentes da AFIP (Receita Federal), munidos de ordem judicial, invadiram 71 sedes de bancos, casas de câmbio e financeiras na capital federal, província de Buenos Aires, Mendoza e Córdoba, com o fim de averiguar denúncias de lavagem de dinheiro e evasão impositiva! de 120 milhões de pesos.

Segundo o vice-diretor Nacional de Grandes Contribuintes, Fabián de Risio, a manobra dessas entidades infratoras, consistia em investimentos através de títulos públicos por parte de empresas que não podem justificar os fundos nem tampouco os têm!. Ele ainda explicou que a operação da AFIP (Administración Federal de Ingresos Públicos) começou com ações de controle e cruzamento dos sistemas. Tais ações detectaram quatro empresas que operaram com títulos de 120 milhões de pesos, através de sociedades da Bolsa, mostrando inconsistências fiscais!.