18 de junho de 2018
por Redacao
Comente agora

Da Rússia, Maradona manda mensagem para ‘o amigo Lula’

Da Rússia, onde acompanha a Copa do Mundo, o craque argentino Diego Armando Maradona manifestou, na rede Telesur e pelo Twitter, sua solidariedade ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Meu amigo Lula, tenha muita força, porque você deu ao Brasil o que o Brasil merece”, declarou. Leia mais

21 de maio de 2018
por editor
Comentários desativados em Maradona publica mensagem de apoio a Lula

Maradona publica mensagem de apoio a Lula

O ex-jogador de futebol argentino, Diego Maradona, publicou em sua conta no Facebook uma mensagem de apoio ao ex-presidente Lula. Ele disse  que “está provado que Lula não fez nada de mal” e finalizou mandando “um abraço enorme ao meu amigo Lula!” Leia mais

11 de julho de 2014
por esmael
20 Comentários

Maradona elogia Copa do Mundo: Brasil ganhou como país!

via Brasil 247

Celebridade esportiva mais controvertida do mundo, sem rivais nas escolhas políticas, dramas pessoais e capacidade de criar casos, o ex-jogador Diego Maradona é o torcedor número 1 da Argentina no Brasil. Ele está saboreando a ida da seleção de seu país, após 24 anos, a uma final de Copa do Mundo, além de estar se divertindo com a derrota da Seleção Brasileira, por 7 a 1, frente a da Alemanha. Estaria, em tese, numa situação para tripudiar do Brasil, mas sua opinião sobre o Mundial no País é bem diferente: – O Brasil perdeu em campo, mas ganhou como país, resumiu ele, na quinta-feira 10, no programa De Zurda (de esquerda), que faz para a emissora!  Telesur, da Venezuela.

Maradona indicou que a campanha de descrédito da capacidade de o Brasil organizar o Mundial, iniciada internamente, nas páginas da mídia tradicional, o deixou assustado, assim como a outros turistas: – O que se pintava é que seria um caos. Parecia que teríamos de comprar uma arma ao desembarcar por aqui, comparou. “Mas não foi nada disso”.

O ex-jogador circulou por diferentes cidades, sendo visto em jogos da Seleção da Argentina e de outras equipes. Ele não deixou de ser vaiado, algumas vezes, pelo público, em ofensas que faziam referência à  sua dependência química, enfrentada com um forte tratamento em Cuba. Por outro lado, foi saudado pelo cânticos de “Maradona é melhor que Pelé” entoados por milhares de argentinos que tomaram o País para acompanhar sua Seleção. Certamente a maior torcida estrangeira presente na Copa, os argentinos realizaram uma ‘invasão’ alegre e pacífica, premiada com a disputa da final da Copa.

Pelé, por outro lado, saiu da cena da Copa desde a terça-feira 8. Aquele deve ter sido talvez o dia mais triste da vida do “rei do futebol”. Naquela manhã, Edinho, seu filho, foi preso, em Santos, condenado a 33 anos de reclusão por lavagem de dinheiro e associação ao tráfico de drogas. à€ tarde, a equipe nacional sofreu a maior derrota de toda a sua história. O rei vinha acompanhando pessoalmente todos os jogos do Brasil no Mundial, mas agora está recolhido. Ele precisará ser forte para superar a tragédia familiar.