12 de Abril de 2018
por esmael
Comentários desativados em Temer no bico do corvo

Temer no bico do corvo

Michel Temer está no bico do corvo. Por isso ele voou nesta quinta (12), fora da agenda, para se encontrar com advogados. O Vampirão Neoliberal foi acompanhar de perto a nova crise que envolve Maristela Temer, filha dele, que teria pago reforma de uma casa com dinheiro mal havido pelo coronel Lima. Leia mais

14 de Fevereiro de 2018
por esmael
1 Comentário

O judiciário está nu!

“Toda nudez será castigada”, premonizou certa feita o dramaturgo e jornalista Nelson Rodrigues. De repente, não mais que de repente, não é que o judiciário ‘ficou nu’ e precisa se explicar à opinião pública –ou seria opinião publicada? — sobre privilégios e prebendas? Leia mais

5 de Fevereiro de 2018
por esmael
145 Comentários

Bolsonaro, o “honesto”

A pré-campanha presidencial de Jair Bolsonaro (PSL-RJ) aposta na “honestidade” como mote para convencer os eleitores. “Quer um país melhor, seja honesto! Bolsonaro 2018”, diz adesivo colado em carros que circulam na capital paranaense. Leia mais

29 de Janeiro de 2018
por esmael
126 Comentários

Juiz da lava jato vira símbolo de privilégios de um judiciário golpista, caro e partidarizado

O juiz Marcelo Bretas, da lava jato no Rio, poderá ser abatido pela onda do ‘falso moralismo’ criada no país pela própria força-tarefa que ele integra. Leia mais

25 de novembro de 2016
por esmael
29 Comentários

Caixa dois é conversa fiada. O que importa agora é o impeachment de Temer

temer_iphanNão mais que de repente a velha mídia — olha só quem! — retoma o faniquito moral e punitivo contra o caixa dois. Mais uma falsa polêmica, pois o que importa mesmo agora é tirar da Presidência da República o ilegítimo e aético Michel Temer (PMDB) pela prática de crime de responsabilidade.

24 de agosto de 2016
por esmael
23 Comentários

Há 62 anos suicidava-se Getúlio Vargas contra o golpe de Estado. A História se repete?

getulio_dilmaO velho Karl Marx, em O 18 Brumário de Luis Bonaparte, ensina que “a História se repete, a primeira vez como tragédia e a segunda como farsa”. Nada mais atual.

No dia 24 de agosto de 1954, portanto há 62 anos, suicidava-se no Catete – antigo palácio presidencial no Rio — o presidente Getúlio Vargas contra os golpistas da época que eram liderados por Carlos Lacerda, UDN, uma espécie de Michel Temer (PMDB) de antanho.