Ratinho Junior "queima" na boca do fogão acessa

Olha o gás: Ratinho Junior autoriza aumento de 13,91% no gás natural

Google News

O governador Ratinho Junior (PSD) autorizou aumento de 13,91% no gás natural comercializado pela Compagás (Companhia Paranaense de Gás).

O aumento foi homologado pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Paraná (Agepar), após a anuência do Palácio Iguaçu.

A Agepar alega que a política de paridade de preço internacional do petróleo impõe este novo aumento na tarifa do gás, ou seja, os consumidores residenciais, comerciais, industriais e veiculares estão pagando em dólar pelo insumo – embora eles recebam em real por salários e serviços.

O gás natural é um combustível de origem fóssil. Ele é encontrado na natureza normalmente em reservatórios profundos no subsolo, associado ou não ao petróleo.

O governo Ratinho Junior, por meio da Agepar, avisa que em agosto próximo analisar a possibilidade de aplicar novo aumento no gás.

Agepar emitiu o seguinte comunicado sobre o aumento do gás natural em 13,91%:

O Conselho Diretor da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Paraná (Agepar) homologou, nesta quarta-feira (11/05), reajuste médio de 13,91% nas tarifas de distribuição de gás canalizado da Companhia Paranaense de Gás (Compagas).

De acordo com segmento de usuário e faixa de consumo, o aumento pode ser maior ou menor com relação à média. As novas tarifas passarão a valer após a publicação da decisão em Diário Oficial. No entanto, as diferenças encontradas entre 1º de maio e a publicação da decisão do Conselho serão acrescentadas na análise da parcela de recuperação da conta gráfica, programada para agosto de 2022.

Foram analisados dois cenários para atualização tarifária: reajuste integral com parcela de recuperação da conta gráfica e a aplicação do reajuste sem parcela de recuperação.

Considerando os reflexos econômicos gerados pela pandemia de Covid-19 para o usuário residencial e industrial, o Conselho optou pela aplicação do reajuste sem a parcela de recuperação, postergando para agosto a sua aplicação, condicionada à nova análise do cenário econômico.

Aumento na tarifa da água em 4,96% começa vigorar na semana que vem

O governo Ratinho Junior tem dado sua contribuição para o surto inflacionário, que come os salários e deixa os preços dos alimentos proibitivos em todo o estado.

Veja também  João Doria enfrenta greve na volta às aulas presenciais em SP; Ratinho Junior também enfrentará dia 18 no PR

Na próxima terça-feira, 17 de maio, entrará em vigor o aumento de 4,96% na conta da água cujo serviço é administrado pela Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar).

Há um mês, a mesma Agepar homologou esse tarifaço.

Energia subiu no mês passado em até 9,89%

Sem dó nem piedade, em abril, o governador Ratinho Junior também concordou com aumento de até 9,89% na conta de luz. O serviço é oferecido pela estatal Copel (Companhia Paranaense de Energia), que aplicou aumento autorizado pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica).

Como só diz “amém”, a Agepar corroborou com o esfolamento de 4,8 milhões de consumidores residenciais em 394 municípios paranaenses. Apenas cinco não são atendidos pela Copel.