7 de dezembro de 2016
por esmael
14 Comentários

Câmara também desrespeita STF

maia_stfO senador Renan Calheiros (PMDB-AL) faz escola. O presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ) agora torce o nariz para despacho do ministro Marco Aurélio Mello, do STF, que manda a Casa indicar os integrantes da comissão do impeachment do ilegítimo Michel Temer (PMDB).

14 de novembro de 2016
por esmael
24 Comentários

Moro determina a ‘exclusão’ de Toffoli da Lava Jato; leia o despacho

mendes_toffoli_moroO ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal, não pode ser citado pela PF no relatório da Lava Jato. A decisão é do juiz Sérgio Moro, que determinou a exclusão do trecho que descreve a relação de Toffoli com a família José Carlos Bumlai — investigado pela operação.

18 de agosto de 2014
por esmael
35 Comentários

Michel Temer reconhece dissolução da executiva do PMDB do Paraná

O vice-presidente da República e presidente nacional do PMDB, Michel Temer, nesta segunda-feira (18), em despacho oficial, reconheceu a nova direção do PMDB do Paraná encabeçada pelo ex-deputado Rodrigo Rocha Loures.

No documento, que será enviado à  Justiça Eleitoral e Comum, Temer também reconhece a dissolução do antigo comando do partido que foi destituído na última sexta-feira (15) pelo senador Roberto Requião (clique aqui).

Com a decisão de Temer, caduca a reintegração de posse! concedida hoje pelo juiz de plantão do juiz José Eduardo de Mello Salmão Leitão ao ex-secretário-geral da sigla, Orlando Pessuti.

Nas próximas horas vamos retomar a sede da [Rua] Vicente Machado!, avisa Rocha Loures.

A nova executiva peemedebista tem Rocha Loures na presidência e Sérgio Ricci na Secretaria Geral. Os deputados Nereu Moura e Luiz Cláudio Romanelli ocupam a 1!ª e 2!ª vices, respectivamente. João Arruda, Waldyr Pugleisi, Caito Quintana, Jonas Guimarães, Anibelli Neto, Ademir Bier e Luiz Eduardo Cheia completam o time dos parlamentares.

Completam a executiva reconhecida pela direção nacional: Sérgio Ricci, novo secretário-geral; o ex-senador Sérgio Souza; Requião Filho e Enerson Antoniolli.

Abaixo, leia a íntegra do documento emitido por Temer: