10 de Fevereiro de 2018
por esmael
Comentários desativados em Huck com medo de ser “chifrado” em 2018

Huck com medo de ser “chifrado” em 2018

Diz o ditado que “chifre foi feito para homem, boi usa de metido.” Talvez essa máxima explique o medo do apresentador Luciano Huck (Globo) ser chifrado em 2018. Leia mais

8 de dezembro de 2016
por esmael
10 Comentários

Mídia comemora “Fica, Renan”

midia_renanPara o ex-jornal Gazeta do Povo, a “manutenção de Renan aponta para a união dos Três Poderes contra a crise”.

3 de dezembro de 2016
por esmael
22 Comentários

Serraglio se enrola todo para explicar voto na punição à juízes

serraglio_cunhaO deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), presidente da CCJ, se enrola cada vez mais para explicar seu voto no projeto aprovado na Câmara que prevê punição ao abuso de autoridade.

13 de Maio de 2016
por esmael
17 Comentários

Para franceses, Brasil agora é refém de “corrupto, lobista e traidor”

renan_temer_cunhaO escritor e jornalista francês, Gilles Lapouge, em sua coluna no Estadão, registrou nesta sexta (13) a impressão que os franceses têm dos novos governantes brasileiros — leia-se Cunha, Renan e Temer, respectivamente — depois de consumado o golpe contra Dilma: “corrupto, lobista e traidor”.

“Cunha, um político corrupto. Renan Calheiros usava um lobista para pagar pensão para sua amante grávida, e se Temer é um homem bonito, elegante, polido, de onde saiu? Era vice-presidente de Dilma! Bom, a pergunta então era esta: ‘seria ele um traidor?’”, escreveu o conservador Gilles para o Estadão.

Com base no testemunho de Gilles Lapouge, tem-se a certeza de que a Europa tem mais consciência que o Brasil foi tomado de assalto na quinta (12).

A seguir, leia a íntegra da coluna:

21 de Março de 2016
por esmael
3 Comentários

Alep em chamas: Neo-socialistas traídos pelo neotucano Stephanes Jr

Você pagou com traição/

a quem sempre lhe deu a mão”

Não chamem os deputados Alexandre Curi e Luiz Claudio Romanelli para a mesma mesa do suplente empossado Stephanes Júnior, pois pode dar samba — no pior sentido — como aquele da torcida jovem do Flamengo.

Todos ex-PMDB, os parlamentares combinaram de embarcar juntos na canoa socialista — o PSB. Entretanto, para surpresa geral da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), Stephanes traiu o grupo na undécima hora ao ingressar no ninho tucano. No sábado, o “deputado do canudinho” (em alusão ao projeto dele mais famoso quando era deputado) assinou ficha no PSDB.

Romanelli e Curi estão surtados porque isso impacta na composição das comissões permanentes na Assembleia. Os dois parlamentares articulam, inclusive, a volta à  Assembleia do deputado Artagão Júnior — que foi catapultado para a Secretaria de Justiça — para tomar o cargo do “deputado do canudinho”.

Na Assembleia, hoje à tarde, Curi e Romanelli prometem batucar olhando nos olhos de Stephanes Júnior: “Você pagou com traição/ a quem sempre lhe deu a mão”; o deputado Requião, do PMDB, também pode entrar no samba.

30 de setembro de 2015
por esmael
15 Comentários

PCdoB reage à “pulada de cerca” dos deputados Aliel Machado e João Derly

pcdob_aliel_gomydeAs direções estadual e nacional do PCdoB emitiram nota oficial sobre a saída dos deputados Aliel Machado, do Paraná, e o gaúcho João Derly, que migraram para o Rede de Marina Silva.

No último sábado (26), o Blog do Esmael informou em primeira mão a desfiliação do parlamentar pontagrossense.

Para a direção nacional comunista, a atitude dos parlamentares [de afrouxar a tanga] não combina com as ideias de uma política diferente e renovadora, mas sim com práticas de uma velha política.

Aliel e Derly colocaram “interesses personalistas” acima do projeto coletivo partidário, afirma o PCdoB.

5 de Abril de 2015
por esmael
19 Comentários

Coluna do Jorge Bernardi: “Na véspera de 2016, PT e PV podem abandonar Fruet por Ratinho Jr”

bernardi_pv_ptJorge Bernardi*

Desde o “big bang”, a singularidade que gerou o universo, com uma grande explosão, há mais de 13 bilhões de anos, nenhum espaço fica sem ser preenchido. Os espaços no universo, segundo esta teoria, são ocupados por átomos, energia e matéria escura. No tecido social ocorre o mesmo, onde os acontecimentos se sucedem como que, num turbilhão de eventos, novos atores entram em cena a medida que antigos vão saindo. Leia mais

15 de dezembro de 2014
por esmael
7 Comentários

Hoje será a noite das facas longas! na Câmara de Curitiba?

fruet_facas_ailton.jpgAmanhã, terça-feira, dia 16, terá eleição para a mesa executiva da Câmara Municipal de Curitiba. O candidato ungido pelo prefeito Gustavo Fruet (PDT) é o pastor Ailton Araújo, do PSC, partido de Ratinho Júnior — futuro secretário do governo Richa (PSDB). Leia mais

13 de outubro de 2014
por esmael
22 Comentários

Marina traiu Eduardo ao se aliar com Aécio, acusa presidente do PSB

A fissura no PSB poderá ganhar proporções dramáticas nos próximos dias, a julgar pelas posições públicas do presidente nacional da sigla, Roberto Amaral, que divulgou um manifesto aos militantes acusando a ex-presidenciável Marina Silva de trair o legado de Eduardo Campos ao se aliar, neste segundo turno, ao tucano Aécio Neves.

Eleitor declarado de Dilma Rousseff, o presidente da agremiação socialista afirma no documento que “ao aliar-se à  candidatura Aécio Neves, o PSB traiu a luta de Eduardo Campos, encampada após sua morte por Marina Silva, no sentido de enriquecer o debate programático pondo em xeque a nociva e artificial polarização entre PT e PSDB”.

“Como honrar o legado do PSB optando pelo polo mais atrasado?”, questiona Amaral, acusando seu próprio partido de já fazer divisão de cargos e ministérios no governo federal antes mesmo da eventual eleição de Aécio.

Na semana que se passou, assessores do PSDB atestaram que Aécio ofereceu a Marina o Ministério das Relações Exteriores em troca do apoio no segundo turno anunciado neste domingo 12 (clique aqui). Portanto, a ex-candidata do PSB, ao confirmar o lema “é dando que se recebe”, mostra é que “mais do mesmo” ao ajudar a perpetuar a “velha política” que tanto dizia combater durante a campanha do primeiro turno.

A seguir, leia a íntegra do presidente nacional do PSB:

Mensagem aos militantes do PSB e ao povo brasileiro

A luta interna no PSB, latente há algum tempo e agora aberta, tem como cerne a definição do país que queremos e, por consequência, do Partido que queremos. A querela em torno da nova Executiva e o método patriarcal de escolha de seu próximo presidente são pretextos para sombrear as questões essenciais. Tampouco estão em jogo nossas críticas, seja ao governo Dilma, seja ao PT, seja à  atrasada dicotomia PT-PSDB !“ denunciada, na campanha, por Eduardo e Marina como do puro e exclusivo interesse das forças que de fato dominam o país e decidem o poder.

Ao aliar-se acriticamente à  candidatura Aécio Neves, o bloco que hoje controla o partido, porém, renega compromissos programáticos e estatutários, suspende o debate sobre o futuro do Brasil, joga no lixo o legado de seus fundadores !“ entre os quais me incluo !“ e menospreza o árduo esforço de construção de uma resistência de esquerda, socialista e democrática.

Esse caminhar tortuoso contradiz a oposição que o Partido sustentou ao longo do período de políticas neoliberais e desconhece sua própria contribuição nos últimos anos, quando, sob os governos Lula dirigiu de forma renovadora a política de ciência e tecnologia do Brasil e, na administração Dilma Rousseff, ocupou o Ministério da Integração Nacional.

Ao aliar-se à  candidatura Aécio Neves, o PSB traiu a luta de Eduardo Campos, encampada após sua morte por Marina Silva, no sentido de enriquecer o debate programático pondo em xeque a nociva e artificial polarização entre PT e PSDB. A sociedade brasileira, ampla e multifacetada, não cabe nestas duas agremiações. Por isso mesmo e, coerentemente, votei,

27 de setembro de 2014
por esmael
23 Comentários

Richa deflagra “Operação Vai Que Cola?” ao lado de Ratinho e J. Camargo

Neste sábado (27), Beto Richa botou um pé em cada canoa no município de Colombo, região metropolitana de Curitiba, ao desfilar ao lado do ex-prefeito da cidade, J. Camargo, desafeto da atual mandatária Beti Pavin; esforço do governador tucano era para deflagrar a "Operação Vai Que Cola?", que consiste em convencer setores do eleitorado de que a eleição "já está resolvida" a partir de overdose de pesquisas favoráveis e de propaganda no rádio, na televisão, na internet e na rua.

Neste sábado (27), Beto Richa botou um pé em cada canoa no município de Colombo, região metropolitana de Curitiba, ao desfilar ao lado do ex-prefeito da cidade, J. Camargo, desafeto da atual mandatária Beti Pavin; esforço do governador tucano era para deflagrar a “Operação Vai Que Cola?”, que consiste em convencer setores do eleitorado de que a eleição “já está resolvida” a partir de overdose de pesquisas favoráveis e de propaganda no rádio, na televisão, na internet e na rua.

O governador Beto Richa (PSDB), candidato à  reeleição, no esforço de fechar a eleição no primeiro turno, desencadeou neste sábado (27) a “Operação Vai Que Cola?” ao lado do apresentador Carlos Roberto Massa, o Ratinho, em desfile de carro aberto. Leia mais

29 de novembro de 2013
por esmael
16 Comentários

Beto Richa: “Eduardo Campos é o melhor gestor do país”

A primeira facada nas costas do senador mineiro Aécio Neves veio nada mais nada menos de onde mais se esperava (sic): do próprio ninho.

O tucano Beto Richa, governador do Paraná, em evento promovido pela Faep (Federação de Agricultura do Paraná), hoje (29), diante de 2 mil agricultores, afirmou que o colega pernambucano Eduardo Campos (PSB), candidato à  presidência da República, “é o melhor gestor do país”.

Não é o primeiro flerte entre Richa e Campos. O namorico vem sendo intermediado pelo ex-prefeito de Curitiba, Luciano Ducci (PSB), pupilo do governador paranaense, e pelo presidente do PSB no Paraná, Severino Araújo, amigo do falecido ex-governador Miguel Arraes — avô do pernambucano presidenciável.

Com dificuldades em alçar voo e com desempenho sofrível nas pesquisas, Aécio tem sido tratado no PSDB como “corno” — o último a ficar sabendo quando traído. Note que tomo emprestada a expressão “corno” do próprio tucano que a utilizou para descartar a ideia de palanques duplos nos estados com o Campos (clique aqui para relembrar).

Em sua visita ao Paraná, nesta sexta, Campos prometeu apoio do PSB à  reeleição de Richa. Em contrapartida, é óbvio, Richa dará uma força para Campos. Nessa jogada, Aécio fica literalmente na mão, ou seja, vai sendo “cristianizado” pelo próprio PSDB.

Para quem não sabe ou não se lembra, “cristianização” em política é sinônimo de abandono. A expressão remete à  eleição presidencial de 1950, quando o também mineiro Cristiano Machado (1893-1953) lançou sua candidatura à  presidente da República pelo PSD !“ Partido Social Democrático !“ maior legenda da época.

Entretanto, a proximidade da vitória de Getúlio Vargas ( que concorria pelo velho PTB) fez com que o PSD em peso abandonasse Machado em apoio a Vargas. Portanto, quando se diz em política que alguém está sendo cristianizado, isso significa que esse candidato está sendo deixado pelos próprios companheiros.