16 de Fevereiro de 2017
por esmael
2 Comentários

Desalmada, “Justiça” confirma tarifa de ônibus mais cara do país em Curitiba

Como previsto, o desembargador Leonel Cunha, do Tribunal de Justiça do Paraná, concedeu liminar nesta quinta (16) autorizando a Prefeitura de Curitiba aumentar a tarifa de ônibus para R$ 4,25.

12 de dezembro de 2016
por esmael
11 Comentários

Alvaro Dias: “Sr. Baunilha é uma figura rastejante do governador Beto Richa”; assista

richa_bonilha_alvaro_nascimentoO senador Alvaro Dias (PV-PR) usou tribuna nesta segunda (12) para criticar o “Sr. Baunilha”, que pediu prisão do jornalista Celso Nascimento.

16 de novembro de 2015
por esmael
16 Comentários

Presidente do TCE perde outra vez ação contra Blog do Esmael

bonilhaO conselheiro Ivan Bonilha, presidente do Tribunal Faz de Contas do Paraná (TCE), perdeu mais vez uma ação contra o Blog do Esmael.

Em janeiro deste ano, o juiz César Ghizoni, do 15º Juizado Especial Criminal de Curitiba, extinguiu a punibilidade a este titular do Blog do Esmael porque Bonilha havia “perdido o prazo” para recolher as custas processuais.

Não satisfeito com a decisão, o presidente do TCE recorreu da decisão mas não logrou êxito (abaixo, leia a íntegra da decisão).

O Ministério Público do Paraná opinou pela extinção da punibilidade por se tratar “de ação penal privada, na qual não houve o recolhimento das custas iniciais no período decadencial”.

A sentença da juíza Fernanda de Quadros Jorgensen Geronasso, no início deste mês, negou “provimento” a Bonilha, que perdeu mais uma para o Blog do Esmael.

O conselheiro Ivan Bonilha não perdeu para o Blog do Esmael, pelo contrário, perdeu prazo, perdeu para ele mesmo. Eis o nível do Tribunal Faz de Contas do Paraná! Dá para levar aquilo a sério?

A seguir a decisão judicial favorável ao Blog do Esmael:

11 de julho de 2015
por esmael
14 Comentários

Garganta Profunda de Londrina: “Procuradoria Geral do Beto Richa”

pgeAboletado pelos dias frios e chuvosos, Garganta Profunda de Londrina, o principal informante do planeta pós-guerra fria, a serviço dos leitores do Blog do Esmael, traz neste sábado (11) novo relato das entranhas entranhas do Palácio Iguaçu.

O X-9 com acesso privilegiado à antessala do governador Beto Richa (PSDB) conta com exclusividade — e com certa dose de sarcasmo — o dilema que o tucano enfrenta para escolher o Procurador Geral do Estado. Leia a seguir:

“Procuradoria Geral do Beto Richa”

No meio das irritações de Beto Richa, contrariado pelo momento desfavorável que nunca tinha experimentado na carreira, um assunto é tratado com muita objetividade no Palacio.

É a nomeação do próximo Procurador Geral do Estado, depois da queda de Ubirajara Gasparin.

Beto tem que escolher bem escolhido aquele que será o seu sexto PGE. Um recorde. Daqui a pouco vai faltar lugar na galeria dos que ocuparam o cargo.

Beto está sendo convencido a escolher um advogado de sua inteira confiança para o cargo.

Seria assim, um Procurador Geral para chamar de seu.

Ao invés de Procurador Geral do Estado, o escolhido vai poder colocar na porta do gabinete a plaquinha “Procurador Geral do Beto Richa”.

14 de junho de 2015
por esmael
1 Comentário

TJPR retoma julgamento nesta segunda-feira que pode devolver vaga a Maurício Requião no conselho do TCE

mauricio_requiaoO Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) retomará o julgamento nesta segunda-feira, às 13 horas, do mandado de segurança impetrado pelo ex-secretário de Educação, Maurício Requião, que poderá reconduzi-lo à vaga de conselheiro no Tribunal de Contas do Estado (TCE) para a qual foi eleito em 2008.

O desembargador Antonio Loyola Vieira é o relator do processo que pode afastar o atual presidente do TCE Ivan Bonilha, que ocupa a vaga que era de Maurício. O Órgão Especial é um colegiado composto por 25 desembargadores.

Mas poderá haver uma posição intermediária, conforme parecer do Ministério Público, que consiste no reconhecimento do direto de Requião à cadeira. No entanto, o ex-secretário teria de entrar na fila e esperar a aposentadoria do conselheiro Artagão de Mattos Leão, em 2018.

3 de junho de 2015
por esmael
22 Comentários

Sai Pessuti, entra Maurício Requião em cargo da Itaipu Binacional

conselho_itaipuO ex-secretário de Educação do Paraná, Maurício Requião, é um dos mais novos integrantes do conselho de administração da usina de Itaipu Binacional. Ele entrou no lugar do advogado Orlando Moisés Fischer Pessuti, filho do ex-governador Orlando Pessuti (PMDB), neoaliado do governador Beto Richa (PSDB).

Além do ex-secretário da Educação paranaense, o conselho também passou abrigar o ex-ministro da Ciência e Tecnologia e presidente do PSB nacional, Roberto Átila Amaral Vieira. Ele substituiu o engenheiro nuclear Luiz Pinguelli Rosa, da UFRJ.

18 de Maio de 2015
por esmael
9 Comentários

TJ-PR julga hoje a volta de Maurício Requião ao Tribunal de Contas

mauricioO Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) julga nesta segunda-feira (18), a partir das 13h30, mandado de segurança impetrado pelo ex-secretário de Educação, Maurício Requião, que pode reconduzi-lo à vaga de conselheiro no Tribunal de Contas do Estado (TCE) para a qual foi eleito em 2008.

O desembargador Antonio Loyola Vieira é o relator do processo que pode afastar o atual presidente do TCE Ivan Bonilha, que ocupa a vaga que era de Maurício.

Em 2008, a Assembleia Legislativa do Paraná elegeu o irmão do então governador Roberto Requião (PMDB) para ocupar uma vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado. Contra sua nomeação foram impetradas duas Ações Populares.

11 de Maio de 2015
por esmael
7 Comentários

TJPR julga dia 18 retorno de Maurício Requião ao Tribunal de Contas

mauricio_tjpr_tce

O Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) colocou na pauta do próximo dia 18 de maio o julgamento mandado de segurança que pede retorno do ex-secretário da Educação, Maurício Requião, ao cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE). O relator do caso é o desembargador Antonio Loyola Vieira.

O imbróglio com o irmão do senador Roberto Requião, ex-governador do Paraná, se arrasta desde 2008. Maurício foi afastado do TCE com base na Súmula Vinculante n.º 13, que proíbe a nomeação de parentes de autoridades dos três poderes para cargos de natureza administrativa.

O atual ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, em 2009, deu parecer favorável ao retorno de Maurício Requião ao TCE. “O cargo de Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado não se enquadra em qualquer das categorias de que cuida a Súmula Vinculante nº 13 do STF – cargo em comissão (apresente ele natureza política ou puramente administrativa) ou função de confiança – que, portanto, é inaplicável à situação do consulente” (clique aqui para ler a íntegra).

Em 2011, o governador Beto Richa (PSDB) e o presidente da Assembleia Legislativa, Valdir Rossoni (PSDB), anularam a eleição de Maurício Requião e realizaram outra sessão para escolher Ivan Bonilha ao mesmo cargo de conselheiro.

Agora, o retorno do ex-secretário da Educação poderá deixar o conselheiro Ivan Bonilha, aliado Richa, sem a cadeira. No entanto, o Ministério Público opina que a próxima vaga a ser votada pela Assembleia, em 2017, seria destinada para ajeitar a situação de ambos os contendores. Nessa fórmula, Bonilha e Maurício Requião continuariam no TCE.

O diabo é que o acordo de eleger o primeiro-secretário da Assembleia, Plauto Miró (DEM), seria novamente quebrado. O parlamentar que já fora preterido na última eleição, em 2013, que levou Fábio Camargo ao órgão de contas, teria de esperar mais um pouco…

27 de Março de 2015
por esmael
25 Comentários

Depois do auxílio-moradia, outro escândalo volta ao Tribunal Faz de Conta: “Fraude em licitação”

artagao_tce_bonilhaO Tribunal Faz de Conta Estado do Paraná (TCE) é um órgão “come-dorme”. Não serve para nada a não ser consumir o dinheiro público que seria destinado à saúde e educação. Melhor: presta para chancelar as contas do governo do estado e das grandes prefeituras e, concomitantemente, pisar no pescoço de câmaras e pequenas prefeituras do interior. Leia mais

4 de Março de 2015
por esmael
65 Comentários

Auxílio-moradia para juízes influenciou na decisão judicial contra a greve da educação do Paraná?

richa_tjpr_prof.jpgEm 25 de fevereiro de 2014, o Blog do Esmael registrou que o governador Beto Richa (PSDB) comemorou em jantar com deputados e juízes a aprovação do auxílio-moradia de R$ 4 mil aos membros magistratura (clique aqui). Leia mais

23 de Fevereiro de 2015
por esmael
23 Comentários

Requião Filho pede informações sobre ‘supersalários’ no secretariado de Richa

requiao_supersalarios.jpgO deputado estadual Requião Filho (PMDB), nesta segunda-feira (23), no plenário da Assembleia Legislativa, vai apresentar um pedido de informações sobre os ‘supersalários’ dos secretários da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, e da Educação, Fernando Xavier.

Segundo o parlamentar peemedebista, há suspeita que o titular da Educação, cuja origem é o grupo educacional privado Positivo, tem assento em dez conselhos administrativos em empresas públicas do Paraná, o que lhe garantiria salário superior a R$ 110 mil ao mês.

Xavier foi alçado em fevereiro à  presidência do Conselho de Administração da Copel (Companhia Paranaense de Energia), um dos penduricalhos que reforçam o salário de R$ 23,6 mil como secretário da Educação.

Na mesma toada, o secretário da Fazenda, que defende com unhas e dentes o corte de salários e benefícios [dos outros], também conseguiu uma teta no Conselho de Administração da estatal de energia. Requião Filho acredita que ele, Mauro Ricardo, e o secretário da Educação, cada, estejam pendurados em pelo menos mais 9 cabides.

19 de Fevereiro de 2015
por esmael
69 Comentários

TCE aprova auxílio-moradia de R$ 4.377,74 para conselheiros. Crise só vale para os educadores?

Fernando Guimarães relatou favoravelmente processo criando auxílio-moradia de R$ 4.377,74 mensais aos conselheiros. Eles ganham R$ 26,5 mil de salário ao mês. à“rgão é presidido por Ivan Bonilha, aliado de Richa, que já concedeu a mamata para os juízes. Professores em greve dizem que trocariam salário pelo benefício dos conselheiros.

Fernando Guimarães relatou favoravelmente processo criando auxílio-moradia de R$ 4.377,74 mensais aos conselheiros. Eles ganham R$ 26,5 mil de salário ao mês. à“rgão é presidido por Ivan Bonilha, aliado de Richa, que já concedeu a mamata para os juízes. Professores em greve dizem que trocariam salário pelo benefício dos conselheiros.

Os conselheiros do Tribunal Faz de Contas (TCE), aqueles caras que se acham juízes, aprovaram hoje auxílio-moradia de R$ 4.377,74 por mês. O salário dos membros do Tribunal é de R$ 26,5 mil mensais. Com o auxílio-moradia saltará para R$ 30,8 mil por mês. Leia mais

7 de Fevereiro de 2015
por esmael
19 Comentários

Richa quer tirar direitos dos servidores públicos. Conselheiros do TCE querem R$ 4 mil de auxílio-moradia

richa_bonilha_educadoresO presidente do Tribunal Faz de Conta do Paraná (TCE), Ivan Bonilha, prepara projeto de resolução que institui auxílio-moradia de R$ 4 mil aos conselheiros daquele órgão. A informação é do jornal Gazeta do Povo, edição deste sábado (7). Leia mais

2 de Fevereiro de 2015
por esmael
11 Comentários

Presidente do TCE perde batalha jurídica para o Blog do Esmael

Por inépcia, o conselheiro Ivan Bonilha, presidente do TCE, perdeu batalha jurídica para o Blog do Esmael. O juiz César Ghizoni extinguiu processo devido falta de recolhimento das custas no prazo. Um vexame jurídico que nem um calouro de Direito cometeria.

Por inépcia, o conselheiro Ivan Bonilha, presidente do TCE, perdeu batalha jurídica para o Blog do Esmael. O juiz César Ghizoni extinguiu processo devido falta de recolhimento das custas no prazo. Um vexame jurídico que nem um calouro de Direito cometeria.

O conselheiro pedia na Justiça indenização e condenação do titular deste blog por suposta difamação. Perdeu. Leia mais

19 de Maio de 2014
por esmael
19 Comentários

MP defende volta de Maurício Requião ao Tribunal de Contas do Estado

Mistério Público do Paraná reconhece direito de Maurício Requião à  vaga no Tribunal de Contas, mas o mantém no banco de reserva aguardando a próxima cadeira, em 2017, e garante cargo para o conselheiro Ivan Bonilha; órgão responsável pelo resguardo jurídico, no Paraná, acendeu uma vela para Deus e outra para o diabo, haja vista que um litigante é aliado de Requião e outro de Richa; pela recente jurisprudência do STF, Maurício Requião teria direito de voltar já ao TCE; resumo da ópera: são três homens disputando duas cadeiras; quem piscar primeiro dança.

Mistério Público do Paraná reconhece direito de Maurício Requião à  vaga no Tribunal de Contas, mas o mantém no banco de reserva aguardando a próxima cadeira, em 2017, e garante cargo para o conselheiro Ivan Bonilha; órgão responsável pelo resguardo jurídico, no Paraná, acendeu uma vela para Deus e outra para o diabo, haja vista que um litigante é aliado de Requião e outro de Richa; pela recente jurisprudência do STF, Maurício Requião teria direito de voltar já ao TCE; resumo da ópera: são três homens disputando duas cadeiras; quem piscar primeiro dança.

O Mistério Público é uma piada pronta no Paraná. O órgão acendeu uma vela para Deus e outra para o diabo, segundo o jornal Gazeta do Povo, edição desta segunda-feira (19). A mesma Promotoria que emitiu parecer pela volta de Maurício Requião também defendeu a manutenção da cadeira de conselheiro para Ivan Bonilha no Tribunal de Contas do Estado (TCE). Leia mais

28 de outubro de 2013
por esmael
15 Comentários

Tribunal de Justiça coloca conselheiro Ivan Bonilha na marca do pênalti

Maurício Requião entra no aquecimento; à“rgão Especial do TJ-PR está para julgar Mandado de Segurança contra conselheiro Ivan Bonilha; ex-secretário da Educação espera reaver vaga no Tribunal de Contas; se defenestrado, conselheiro deverá retornar à  Procuradoria-Geral do Estado, cargo que ocupava até julho de 2011; Requião foi afastado em março de 2009 por força de liminar do STF pela mesma ação popular rejeitada pelo TJ-PR.

Maurício Requião entra no aquecimento; à“rgão Especial do TJ-PR está para julgar Mandado de Segurança contra conselheiro Ivan Bonilha; ex-secretário da Educação espera reaver vaga no Tribunal de Contas; se defenestrado, conselheiro deverá retornar à  Procuradoria-Geral do Estado, cargo que ocupava até julho de 2011; Requião foi afastado em março de 2009 por força de liminar do STF pela mesma ação popular rejeitada pelo TJ-PR.

Nos próximos dias, o à“rgão Especial do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) deverá analisar um Mandado de Segurança, cujo processo tem número 796308-6, em que se pede a destituição de Ivan Bonilha, conselheiro do Tribunal de Contas (TC), e a vaga seja restituída ao ex-secretário da Educação Maurício Requião. Leia mais

14 de outubro de 2013
por esmael
20 Comentários

“Vai cair do cavalo quem achar que a CPI do Transporte terminará em pizza”, diz Jorge Bernardi

Bernardi promete surpreender os mais incrédulos na leitura do relatório final da CPI que investiga a máfia do transporte coletivo de Curitiba; comissão deverá agendar ainda hoje a data para o depoimento do ex-procurador-geral do Município, Ivan Bonilha, homem de confiança do governador Beto Richa no Tribunal de Contas do Estado (TCE); colegiado vai propor anulação da licitação realizada em 2010, redução da tarifa para R$ 2 e estuda recomendar a criação da frota pública municipal.

Bernardi promete surpreender os mais incrédulos na leitura do relatório final da CPI que investiga a máfia do transporte coletivo de Curitiba; comissão deverá agendar ainda hoje a data para o depoimento do ex-procurador-geral do Município, Ivan Bonilha, homem de confiança do governador Beto Richa no Tribunal de Contas do Estado (TCE); colegiado vai propor anulação da licitação realizada em 2010, redução da tarifa para R$ 2 e estuda recomendar a criação da frota pública municipal.

O vereador Jorge Bernardi, líder do PDT na Câmara e presidente da CPI que investiga a máfia do transporte público de Curitiba, em entrevista ao blog, nesta segunda (14), disse que quem apostar que o trabalho da comissão terminará em pizza “vai cair do cavalo”. Leia mais