11 de agosto de 2015
por Esmael Morais
13 Comentários

R$ 73 mil: Juízes estão de “papo cheio”, ganhando bem acima do teto do STF

juiz_supesalarioO site Consultor Jurídico revela a existência de supersalários no judiciário brasileiro. Reportagem de Pedro Canário aponta juiz de Curitiba ganhando R$ 73 mil, bem acima do teto estipulado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que é de R$ 37,4 mil. Os vencimentos dos magistrados são vitaminados pelos auxílios-moradias da vida. Abaixo, leia a matéria completa no ConJur:

Levantamento mostra que juízes ganham o dobro do salário de ministros do STF

Por Pedro Canário

Os deputados federais receberam, no sábado (8/8) uma espécie de levantamento de membros de carreiras jurídicas cujas remunerações ultrapassam, e muito, o teto remuneratório do serviço público. São juízes federais e procuradores da República que chegam a receber mais de R$ 60 mil, contados, além do salário, os benefícios que recebem sob a cifra de indenização em decorrência do serviço.

De acordo com o texto, intitulado O Teto virou Piso, “juízes e membros do Ministério Público recebem remunerações estratosféricas”. Pelo que diz o artigo 37 da Constituição Federal, os funcionários públicos devem ser remunerados em parcela única, sempre limitados ao salário do ministro do Supremo Tribunal Federal, hoje em R$ 37,4 mil.

No entanto, segundo o autor do texto, o procurador federal Carlos André Studart Pereira, que escreveu a pedido da Associação Nacional dos Procuradores Federais (Anpaf), essas verbas têm sido pagas de maneira disfarçada, como se fossem indenizações — e por isso não estariam sujeitas à parcela única ou ao teto remuneratório. “Foram criadas várias espécies de auxílios: auxílio-livro, auxílio-saúde, auxílio-educação, auxílio-transporte, auxílio-táxi etc”, diz o procurador. No Senado, o texto foi enviado a Fernando Collor (PTB-AL).

De acordo com o levantamento feito pelo procurador, alguns casos destoam mais que outros. Há o juiz federal em Curitiba que, em determinado mês, recebeu R$ 64 mil, contando salário, auxílios e benefícios. Outro, levou R$ 73 mil. Outro, afastado da jurisdição, nesse mesmo mês ganhou R$ 52,5 mil. Leia mais

7 de fevereiro de 2015
por Esmael Morais
19 Comentários

Richa quer tirar direitos dos servidores públicos. Conselheiros do TCE querem R$ 4 mil de auxílio-moradia

richa_bonilha_educadoresO presidente do Tribunal Faz de Conta do Paraná (TCE), Ivan Bonilha, prepara projeto de resolução que institui auxílio-moradia de R$ 4 mil aos conselheiros daquele órgão. A informação é do jornal Gazeta do Povo, edição deste sábado (7)... 

Leia mais

4 de fevereiro de 2015
por Esmael Morais
275 Comentários

Richa anuncia retirada de direitos do funcionalismo do estado, que promete greve geral por tempo indeterminado

"O governo Richa declarou guerra. Agora é greve geral dos professores e dos servidores públicos estaduais", disse deputado Professor Lemos com exclusividade ao Blog do Esmael.

“O governo Richa declarou guerra. Agora é greve geral dos professores e dos servidores públicos estaduais”, disse deputado Professor Lemos com exclusividade ao Blog do Esmael.

O governador Beto Richa (PSDB) encaminhou nesta quarta (4) mensagem à  Assembleia Legislativa do Paraná propondo a retirada de direitos do funcionalismo público do estado.  ... 

Leia mais