9 de agosto de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em STF leva pedrada no bico por aumento do teto salarial

STF leva pedrada no bico por aumento do teto salarial

Pegou muito mal o aumento autoconcedido pelo Supremo Tribunal Federal (STF), que terá o teto salarial aumentado de R$ 33,2 mil para R$ 39,3 mil. Os ministros da corte têm levado pedradas no bico vindas de todas as direções. ... 

Leia mais

8 de agosto de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em STF eleva teto para R$ 39,3 mil

STF eleva teto para R$ 39,3 mil

O Supremo Tribunal Federal, o STF, além de poderoso, agora também é “dinheirudo”. A corte elevou hoje (8) para R$ 39,3 mil o teto salarial dos ministros. ... 

Leia mais

15 de fevereiro de 2018
por Esmael Morais
2 Comentários

“Auxílio-moradia de R$ 4,3 mil afronta o princípio da igualdade”, diz relatório de Requião

O senador Roberto Requião (MDB-PR) divulgou nesta quinta (15) o relatório da PEC 41/2017, que propõe o fim o auxílio-moradia de R$ 4,3 mil a membros do judiciário e de carreiras de Estado. Segundo o texto (abaixo, leia a íntegra), o auxílio-moradia afronta o princípio da igualdade constitucional. ... 

Leia mais

6 de dezembro de 2016
por Esmael Morais
4 Comentários

Comissão do Senado debate supersalários no serviço público; acompanhe ao vivo

katia-abreuComissão relatada pela senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) discute nesta terça (6) os salários que ultrapassam o teto salarial constitucional. Leia mais

21 de maio de 2014
por Esmael Morais
32 Comentários

Veja essa: Barbosa quer ganhar R$ 40 mil, mais que a presidenta Dilma

do Brasil 247 O presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, defende um reajuste de 35% no salário dos ministros da Corte, chegando a R$ 40 mil por mês. Hoje, o teto é de R$ 29,4 mil.

O aumento, que faz parte da Emenda Constitucional (PEC) 63 em tramitação no Congresso, cria adicional de 5%, aplicado a cada 5 anos, até o limite de 35% para todos os magistrados e também para o Ministério Público federal e estadual. Só os servidores na ativa somam 30 mil, mas a proposta pode beneficiar ainda aposentados e pensionistas do Judiciário.

Em nota enviada ao Senado, Barbosa afirma que a medida é uma forma de garantir a permanência e estimular o crescimento profissional na carreira!.

O presidente do Senado, Renan Calheiros, recebeu nesta terça-feira (20) a visita de representantes da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra); da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe); da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB); da Associação Alagoana de Magistrados (Almagis); e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Eles também pediram apoio para a aprovação da PEC 63.

No relatório, favorável ao projeto, o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) diz que com a proposta busca-se enfatizar o papel de juízes, procuradores e promotores e, ao mesmo tempo, permitir premiar a experiência acumulada por eles individualmente!.

A proposta é temida pelo governo já que pode servir de base para outras carreiras, como de advogados, defensores públicos, delegados e auditores.

Leia mais