26 de outubro de 2016
por esmael
10 Comentários

Alvaro Dias quer mais recursos para pesquisa e inovação tecnológica na agricultura

alvaro_agriculturaO senador Alvaro Dias (PV-PR) relata em sua coluna, desta quarta (26), que apresentou projeto no Senado visando aumentar em pelo menos R$ 500 milhões o orçamento da pesquisa e inovação tecnológica aplicadas à agricultura. Abaixo, leia, ouça, comente e compartilhe o texto:

19 de Fevereiro de 2016
por admin
8 Comentários

Coluna do Marcelo Belinati: A necessária valorização das boas e estratégicas empresas públicas

Download áudio

Marcelo Belinati*

Mais uma vez a classe política deposita a responsabilidade da sua ineficiência na conta das empresas estatais e de seus servidores de carreira. Voltamos a conviver com o discurso que a privatização ampla, geral e irrestrita é a solução de todas as mazelas nacionais.

Exemplo é o Projeto de Lei do Senado 555/2015, batizado de Lei de Responsabilidade das Estatais, que está na iminência de ser votado no Senado da República.

A proposta prevê a transformação de empresas com 100% de capital público em sociedades anônimas, ou seja, de forma velada, privatiza diversos organismos de Estado, entre eles, a Embrapa.

Criada em 1973, a Embrapa tem uma gigantesca folha de serviços prestados à sociedade brasileira. Um dos nossos maiores patrimônios intelectuais, são aproximadamente dez mil servidores e 2.400 pesquisadores, a empresa desenvolve com excelência pesquisas e experimentos que revolucionaram nossa produção agrícola por meio da diversificação e do aumento da produtividade.

A proposta de abertura de capital para investidores privados é motivo de preocupação para sociedade brasileira e deixa seus servidores apreensivos, pois coloca em risco o caráter social da Embrapa.

Na minha cidade, Londrina, há a Embrapa Soja, referência em pesquisas que foram fundamentais para tornar o Brasil um dos grandes produtores e exportadores deste grão. E, no restante do país, há outras unidades que possuem vocações específicas, como a Embrapa Floresta, Embrapa Gado de Corte, Embrapa Gado de Leite, Embrapa Pecuária Sudeste e a Sul, entre tantos outros centros de excelência.

Sou contra a privatização da Embrapa. O Governo Federal tem uma centena de “penduricalhos” estatais, verdadeiros cabides de empregos e ralos de desperdício do dinheiro público.

A privatização de estatais que têm função social e estratégica, como a Embrapa, não é o caminho para o Brasil se tornar verdadeiramente uma nação justa, desenvolvida e independente.

Ao invés de privatizar, é preciso fortalecer as boas e necessárias empresas públicas e retirar delas as amarras do aparelhamento partidário, da ineficiência e dos interesses de grupos econômicos.

Recentemente apresentei Projeto de Lei que põe fim às indicações