26 de abril de 2018
por editor
Comentários desativados em Temer quer matar a comunicação pública

Temer quer matar a comunicação pública

O Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC) está mobilizando diversos setores da sociedade contra o desmonte da comunicação pública promovida pelo governo do ilegítimo Michel Temer (MDB). O FNDC publicou uma nota protestando contra a recente decisão da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) de que a Agência Brasil passará a publicar somente conteúdo estatal. ... 

Leia mais

21 de março de 2018
por Eugênio Aragão
Comentários desativados em Jornalistas reagem à censura no caso Marielle

Jornalistas reagem à censura no caso Marielle


Sindicatos de jornalistas e representantes dos trabalhadores da Empresa Brasileira de Comunicação emitiram uma nota repudiando a censura do governo do ilegítimo Michal Temer (MDB) na cobertura do caso Marielle Franco. Segundo os sindicatos, dirigentes da empresa estatal de comunicação ordenaram que os jornalistas e cobrissem somente a parte das investigações do assassinato da vereadora e seu motorista Anderson Gomes. ... 

Leia mais

24 de novembro de 2017
por Esmael Morais
7 Comentários

Pedro Cardoso “quebra a internet” ao abandonar entrevista ao vivo em protesto contra racismo; assista

Quebrou a internet esta semana o protesto do ator Pedro Cardoso, ao vivo, durante o programa Sem Censura na TV Brasil (EBC — Empresa Brasileira de Comunicação). Se você ainda não viu o vídeo, assista abaixo: Leia mais

10 de junho de 2016
por Esmael Morais
27 Comentários

Dilma convoca plebiscito para novas eleições e sepulta golpe de Estado

dilma_rousseff_tv_brasil

A presidente eleita Dilma Rousseff defendeu nesta quinta-feira (9) à noite, em entrevista ao jornalista Luís Nassif, na TV Brasil, a realização de um plebiscito para que a população decida sobre a realização ou não de novas eleições presidenciais. A proposta seria uma alternativa ao impeachment no Senado, que ontem também foi detalhada pelos senadores Roberto Requião (PMDB-PR) e Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) no plenário. A repercussão e a audiência da entrevista de Dilma na TV Brasil, pode ser medida pelo Twitter: 1º no Trends Brasil e 3º no Mundial.

Na terça (7), Requião reuniu num jantar 30 senadores contrários ao impeachment de Dilma em caso de realização de plebiscito. Para sepultar o golpe no Senado seriam necessários 27 votos dois 81 possíveis.

O placar em 12 de maio, na sessão que aprovou a admissibilidade do processo, foi de 55 favoráveis, 22 contrários, 3 ausências e um não votou.

Abaixo, leia matéria da Agência Brasil sobre a questão: Leia mais

9 de junho de 2016
por Esmael Morais
9 Comentários

Íntegra da entrevista de Dilma Rousseff na TV Brasil; assista

O Blog do Esmael transmite ao vivo para o Brasil e o mundo, via TV Brasil, entrevista gravada com a presidenta afastada, Dilma Rousseff, feita pelo jornalista Luis Nassif. Leia mais

8 de junho de 2016
por Esmael Morais
56 Comentários

Entrevista de Dilma na TV Brasil, que desafia Temer, vai ao ar nesta quinta

dilma_rousseff_tv

O jornalista Luis Nassif informa que a entrevista com a presidente eleita Dilma Rousseff, gravada no último domingo, irá ao ar nesta quinta-feira (9), às 22 horas, pela EBC, TV Brasil, e Rede Minas.

O Blog do Esmael também vai transmitir a entrevista histórica conduzida por Nassif.

A estatal TV Brasil, da EBC (Empresa Brasileira de Comunicação), desafia o golpe de Estado perpetrado pelo interino Michel Temer (PMDB). Leia mais

4 de junho de 2016
por Esmael Morais
250 Comentários

TV Brasil desafia golpe de Temer e entrevista Dilma neste domingo

dilma_tv_brasil_ebcA presidente eleita Dilma Rousseff será a entrevistada neste domingo (5) pela estatal TV Brasil, da EBC (Empresa Brasileira de Comunicação), num claro desafio ao golpe de Estado perpetrado pelo interino Michel Temer (PMDB). Leia mais

4 de junho de 2016
por Esmael Morais
10 Comentários

Surpresa no Planalto: ministro da AGU é o 3º a despencar em três semanas de Michel Temer

Fábio_Medina_OsórioO ministro interino Fábio Medina Osório, nomeado para a Advocacia-Geral da União, surpreendentemente, é o terceiro a cair no governo provisório de Michel Temer (PMDB).

Surpreendente por que ele furou a fila dos degolados. Antes dele estavam Fátima Pelaes (Mulheres) e Ricardo Barros (PP-PR).

A queda do sucessor de José Eduardo Cardozo na AGU mantém o script de um ministro a menos por semana no governo do golpe.

O primeiro a ser defenestrado foi Romero Jucá (PMDB-RR), do Planejamento, e o segundo Fabiano Silveira, da Transparência.

Agora, só falta o próprio Temer cair. Não será por falta de ajuda, pois, neste sábado (4), às 15 horas, haverá manifestação pelo “Fora Temer” em Curitiba, às 15 horas, cuja palavra de ordem é “ai, ai, ai… ai, ai, ai… se empurrar o Temer cai!”.

Abaixo, leia os motivos dessa queda do ministro da AGU nos textos do Brasil 247 e pelo jornalista Jorge Bastos Moreno, colunista do Globo: Leia mais

2 de junho de 2016
por Esmael Morais
36 Comentários

Interino Michel Temer sofre mais duas importantes derrotas em menos de 24 horas

temer_melo_boullosO presidente provisório Michel Temer (PMDB) colecionou mais duas derrotas em menos de 24 horas. A penúltima diz respeito à volta do jornalista Ricardo Melo, por determinação do Supremo, à presidência da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

A antepenúltima ocorreu ainda ontem à noite (1º), quando o golpista recuou diante da ocupação do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), na ocupação do gabinete da Presidência da República em São Paulo. Leia mais

17 de maio de 2016
por Esmael Morais
5 Comentários

EBC ganha manifesto na luta contra projeto de ditadura de Temer

ricardo_temerA sociedade civil brasileira lançou um manifesto plural e suprapartidário, nesta terça-feira (17), contra o desmonte da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Associações de luta pela liberdade de expressão, blogueiros, jornalistas, juristas, movimentos culturais, intelectuais, políticos, sindicatos, partidos, etc. Os subscritores repudiam, também, a exoneração do jornalista Ricardo Melo, da presidência da EBC, pelo projeto de ditador chamado Michel Temer. Melo tem mandado de quatro anos fixado em lei. Abaixo, leia a íntegra do documento. Leia mais

10 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
3 Comentários

Uruguai deve aprovar hoje Lei da Maconha

da Agência Brasil/EBC

O Uruguai deve se converter, nesta terça-feira (10), no primeiro país a legalizar e a regulamentar a produção, a venda e o consumo da marijuana (maconha). O polêmico projeto de lei, defendido pelo presidente uruguaio Jose Pepe! Mujica e aprovado pela Câmara dos Deputados, será votado pelo Senado, onde o governo tem 17 dos 30 legisladores.

Vinte e oito mil uruguaios !“ 5% da população entre 15 e 65 anos !“ fumam um cigarro de maconha por dia. Segundo a Junta Nacional de Drogas do Uruguai, 22 toneladas de marijuana são vendidas anualmente no Uruguai !“ o dobro do ano passado.

Consumir drogas (mesmo as mais fortes, como a cocaína ou o crack) não é considerado crime no Uruguai. Foi permitido, por decreto, há 40 anos. A lei só proíbe comprar e vender.

Essa contradição beneficia os narcotraficantes. Como o consumo é permitido e o comércio é proibido, criamos um mercado cativo para o crime organizado, que comercializa a droga sem qualquer controle!, explicou, em entrevista á Agência Brasil, o deputado governista Julio Bango, autor do projeto. Com a venda de maconha, os traficantes faturam US$ 40 milhões anuais.

Segundo Bango, o governo tinha duas opções para combater o narcotráfico: proibir o consumo de maconha (algo que dificilmente conseguiria implementar) ou legalizar e regulamentar o comércio. à‰ melhor que o Estado assuma o controle e coloque limites, do que os narcotraficantes ditem as regras!.

No Uruguai, a maconha é a quarta droga mais consumida, depois do álcool, do tabaco e dos psicofármacos. Nenhuma das quatro faz bem á saúde e a ideia não é promover o consumo da maconha!, explicou. O que queremos é justamente regulamentar o comércio da maconha, como fazemos com as outras três!.

Com a nova lei, qualquer pessoa residente no Uruguai, maior de 18 anos, terá direito a comprar até 40 gramas de maconha por mês na farmácia !“ a preços inferiores aos do narcotraficantes. Mas precisa se registrar, se quiser ter acesso á droga Leia mais