8 de junho de 2016
por esmael
56 Comentários

Entrevista de Dilma na TV Brasil, que desafia Temer, vai ao ar nesta quinta

dilma_rousseff_tv

O jornalista Luis Nassif informa que a entrevista com a presidente eleita Dilma Rousseff, gravada no último domingo, irá ao ar nesta quinta-feira (9), às 22 horas, pela EBC, TV Brasil, e Rede Minas.

O Blog do Esmael também vai transmitir a entrevista histórica conduzida por Nassif.

A estatal TV Brasil, da EBC (Empresa Brasileira de Comunicação), desafia o golpe de Estado perpetrado pelo interino Michel Temer (PMDB).

4 de junho de 2016
por esmael
250 Comentários

TV Brasil desafia golpe de Temer e entrevista Dilma neste domingo

dilma_tv_brasil_ebcA presidente eleita Dilma Rousseff será a entrevistada neste domingo (5) pela estatal TV Brasil, da EBC (Empresa Brasileira de Comunicação), num claro desafio ao golpe de Estado perpetrado pelo interino Michel Temer (PMDB).

2 de junho de 2016
por esmael
36 Comentários

Interino Michel Temer sofre mais duas importantes derrotas em menos de 24 horas

temer_melo_boullosO presidente provisório Michel Temer (PMDB) colecionou mais duas derrotas em menos de 24 horas. A penúltima diz respeito à volta do jornalista Ricardo Melo, por determinação do Supremo, à presidência da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

A antepenúltima ocorreu ainda ontem à noite (1º), quando o golpista recuou diante da ocupação do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), na ocupação do gabinete da Presidência da República em São Paulo.

17 de Maio de 2016
por esmael
5 Comentários

EBC ganha manifesto na luta contra projeto de ditadura de Temer

ricardo_temerA sociedade civil brasileira lançou um manifesto plural e suprapartidário, nesta terça-feira (17), contra o desmonte da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Associações de luta pela liberdade de expressão, blogueiros, jornalistas, juristas, movimentos culturais, intelectuais, políticos, sindicatos, partidos, etc. Os subscritores repudiam, também, a exoneração do jornalista Ricardo Melo, da presidência da EBC, pelo projeto de ditador chamado Michel Temer. Melo tem mandado de quatro anos fixado em lei. Abaixo, leia a íntegra do documento.

16 de Fevereiro de 2015
por esmael
8 Comentários

Velha mídia esconde “Fora Beto” e maior escândalo da história financeira mundial, diz colunista da Folha

folha_hsbc_richa.jpgNão é o Blog do Esmael, crítico atroz do laissez-faire, quem registra a “desatenção” da velha mídia nacional com o caso HSBC na Suíça, banco que ajudou milionários a ocultar bilhões de dólares, inclusive muitos brasileiros, e esconder! uma “revolução” em curso que sacode o governo Beto Richa (PSDB) no Paraná. à‰ o jornalista Ricardo Melo, colunista do jornal Folha de S. Paulo, quem alerta para essas lacunas! no artigo “HSBC e Beto Richa”.

Cerca de 9 mil brasileiros estão entre os 100 mil correntistas do mundo todo envolvidos na maracutaia do HSBC, que movimentam US$ 100 bilhões ou R$ 300 bilhões em moeda nacional.

A velha mídia nacional que se diz “investigativa” não quer enfiar a mão na cumbuca do HSBC porque, certamente, ela própria ou seus sócios estejam mergulhados na lama. “Esquisito”, registra o colunista da Folha, ao comentar o sumiço do assunto da pauta.

Ricardo Melo também anota na Folha, edição deste domingo (16), que houve uma “revolução” no Paraná capitaneada por servidores públicos, trabalhadores e estudantes que obrigaram o governador reeleito Beto Richa, do PSDB, a recuar no chamado “pacote de maldades” enviado à  Assembleia Legislativa.

“Entre outros disparates, o tucano propunha confiscar a previdência dos servidores para tapar rombos da antiga administração –dirigida por ele mesmo!”, ironizou o colunista, que estranha o fato de deputados chegarem de camburão na sessão que não conseguiu votar o pacote. “Notícia daquelas, de repercussão nacional, exceto na mídia de fora da região.”

“Foi na capital do Paraná. Mesmo Estado onde fica a Londrina do juiz Sérgio Moro, sede do antigo Bamerindus vendido a preço simbólico ao HSBC e do Banestado (Banco do Estado do Paraná), pivô da CPI que durante os anos 90 catapultou o doleiro Alberto Yousseff para manchetes. Mera coincidência, talvez”, finaliza o atento colunista da Folha.

A seguir, leia a íntegra do artigo publicado na Folha de S. Paulo:

2 de junho de 2014
por esmael
15 Comentários

Colunista da Folha de S. Paulo sobre Barbosa: “Já vai tarde”

do Brasil 247
O colunista Ricardo Melo enumerou as incoerências de Joaquim Barbosa na Presidência do Supremo Tribunal Federal e conclui: já vai tarde!.

Segundo ele, a maior das extravagâncias foi a adoção do escândalo jurídico apelidado de domínio do fato, primeiro, pela covardia, na AP 470; segundo, pelo oportunismo: a transformar-se em jurisprudência, o domínio do fato colocaria na cadeia gente como Silvio Santos (como não sabia que o banco dele tinha um rombo de mais de R$ 4 bilhões?), Fernando Henrique Cardoso (como ignorava que sua reeleição fora comprada a céu aberto, fato registrado em gravações?)!, por exemplo.

Para Melo, a melhor coisa que o STF tem a fazer para resgatar alguma credibilidade é realizar a autópsia desse período em que a noção de Justiça foi trocada pela de justiçamento: alguém poderia citar numa tacada só uma única medida do Supremo nestes anos de gestão Barbosa que tenha de fato servido ao povo contra os poderosos?! (leia mais).