4 de fevereiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em Moro ‘reconhece’ ilegalidade na prisão de Lula

Moro ‘reconhece’ ilegalidade na prisão de Lula

O pacote de medidas do ministro da Justiça, Sérgio Moro, que prevê 12 mudanças em leis e nos código de processo penal e código penal. Dentre elas está a legalização da prisão em segunda instância, ou seja, o ex-juiz da lava jato ‘reconhece’ a ilegalidade da prisão política do ex-presidente Lula. ... 

Leia mais

20 de dezembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Gleisi critica mobilização da Globo e da Lava Jato para derrubar liminar

Gleisi critica mobilização da Globo e da Lava Jato para derrubar liminar

A presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann, criticou a Rede Globo e a Lava Jato pela mobilização que fizeram nesta quarta-feira (19) para derrubar a liminar concedida pelo ministro Marco Aurélio Mello do STF.

LEIA TAMBÉM: Toffoli é incompetente para suspender liminar e defesa exige soltura de Lula

Os procuradores da força-tarefa convocaram coletiva de imprensa após a determinação de soltura de presos condenados em segunda instância, sem o trânsito em julgado.

Enquanto isso, segundo Gleisi, a Globo “convocou no ar” o presidente do STF, Dias Toffoli, e a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, para derrubarem a decisão.

Confira:

Ontem repetiu-se o script de perseguição do sistema contra Lula: Globo convocando no ar Dodge e Toffoli p/ derrubarem medida; coletiva do Dallagnol em Curitiba p/ apoiar Lebbos; juiz Bretas tuitando; alto comando do exército se reunindo e Bolsonaro elogiando cassação da liminar ... 

Leia mais

20 de dezembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Joice Hasselmann ameaça Marco Aurélio Mello

Joice Hasselmann ameaça Marco Aurélio Mello

A deputada eleita Joice Hasselmann (PSL) usou o Twitter nesta quarta-feira (19) para fazer ameaças ao ministro Marco Aurélio Mello do STF. Ela também divulgou os telefones e e-mails do magistrado para quem quisesse “agradecer a gentiliza” pela liminar.

LEIA TAMBÉM: E a lava jato derrotou o STF mais uma vez

“Marco Aurélio aproveitou a véspera das “férias de verão” do STF para dar a canetada que pode colocar Lula em liberdade. Foi caso pensado. Crime de lesa-pátria. O STF precisa enterrar esse golpe AGORA! Danem-se as férias! Marco Aurélio tem que ser arrancado do STF”, escreveu Joice.

Confira a seguir uma das postagens da deputada:

Atenção! Marco Aurelio aproveitou a véspera das “férias de verão” do STF para dar a canetada que pode colocar Lula em liberdade. Foi caso pensado. Crime de lesa pátria. O STF precisa enterrar esse golpe AGORA! Danem-se as férias! Marco Aurélio tem q ser arrancado do STF ... 

Leia mais

20 de dezembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em E a lava jato derrotou o STF mais uma vez

E a lava jato derrotou o STF mais uma vez

O Supremo Tribunal Federal (STF) sofreu mais uma derrota, nesta quarta (19), quando a lava jato conseguiu impor sua decisão e revogar a liminar do ministro Marco Aurélio Mello.

Os procuradores da força-tarefa convocaram coletiva de imprensa após a determinação de soltura de presos condenados em segunda instância, sem o trânsito em julgado, portanto defenderam a inconstitucional prisão de 170 mil cidadãos brasileiros.

LEIA TAMBÉM

‘Futura assessora de Moro vazava para a Globo’, diz Garganta Profunda da República de Curitiba ... 

Leia mais

19 de dezembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em ‘Preso sem a culpa formada tem de ser solto’; diz Marco Aurélio

‘Preso sem a culpa formada tem de ser solto’; diz Marco Aurélio

O ministro Marco Aurélio Mello disse nesta quarta-feira (19) que presos “sem a culpa formada têm de ser soltos”.

LEIA TAMBÉM:

Blog do Esmael antecipou que Lula seria solto antes do Natal ... 

Leia mais

29 de junho de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Gilmar Mendes x Cármen Lúcia

Gilmar Mendes x Cármen Lúcia

O ministro Gilmar Mendes, do STF, será relator de ação do PT e do PCdoB que alega ‘omissão’ de Cármen Lúcia sobre prisão após segunda instância.

Nesta quinta (28), os dois partidos protocolaram

ação contra a presidenta ... 

Leia mais

11 de abril de 2018
por Eugênio Aragão
Comentários desativados em Marco Aurélio suspende ação que pode libertar Lula

Marco Aurélio suspende ação que pode libertar Lula

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu por cinco dias a ação do Partido Ecológico Nacional (PEN) para barrar a possibilidade de prisão após condenação em segunda instância. A decisão foi tomada na noite de terça (10).

Com a decisão, fica adiada a votação em plenário prevista para hoje (11). Esta é uma das Ações Declaratórias de Constitucionalidade (ADCs) tramitando no STF questionando a antecipação da execução penal. O julgamento favorável da tese deve devolver a liberdade ao ex-presidente Lula, uma vez que a antecipação da pena seria inconstitucional.

O ministro atendeu a um pedido do PEN para suspender o processo possibilitando análise dos autos. Na verdade, o PEN busca fugir da polêmica, pois a tese foi levantado pelo partido antes da prisão de Lula, e eles não faziam ideia que isso poderia servir para libertar o ex-presidente.

É mais um casuísmo judicial. Pois se serve para fazer justiça para Lula, não interessa mais. Leia mais

10 de abril de 2018
por Esmael Morais
4 Comentários

Lula ganha status de preso político

O ex-presidente Lula ganhou status de preso político, tal a repercussão do cumprimento antecipado da pena na carceragem da Polícia Federal em Curitiba. O petista ainda teria direito a recursos em liberdade até o trânsito em julgado.

A condição de preso político desmoraliza o judiciário brasileiro perante o mundo, bem como desnuda o golpe de Estado ocorrido há dois ano. Lula livre ameaça a continuidade da retirada de direitos dos trabalhadores, haja vista que ele lidera todas as pesquisas para a Presidência da República.

O status de preso político se forja à medida que lideranças internacionais denunciam a ilegalidade da restrição da liberdade do ex-presidente Lula.

Atos por Lula livre serão realizados nesta quarta (11) no Brasil e outras partes do mundo, mesmo dia em que o STF examinará ações declaratórias de constitucionalidade o inciso LVII, art. 5º, da Constituição Federal que tem a seguinte previsão: “Ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado da sentença penal condenatória.”
Leia mais

9 de abril de 2018
por Esmael Morais
1 Comentário

Ato internacional pela liberdade de Lula na quarta-feira em Curitiba

As cercanias da Polícia Federal em Curitiba, onde o ex-presidente Lula está preso desde sábado (7), será palco de um ato internacional pela liberdade do petista na próxima quarta-feira (11). Nesse mesmo dia, em Brasília, o STF vai julgar um pedido de liminar do Partido Ecológico Nacional (PEN) contra a antecipação da pena para condenados em segunda instância.

Personalidades políticas brasileiras e mundiais, artistas, enfim, caravanas de todos os estados e dos países vizinhos prometem engrossar o acampamento em frente à PF para exigir a liberdade para Lula.

Quanto ao STF, caberá na quarta ao ministro Marco Aurélio Mello a tarefa de levar ao plenário o pedido de liminar do PEN em uma das duas Ações Declaratórias de Constitucionalidade (ADCs). Elas discutem a execução antecipada da pena de forma geral.

Neste domingo (8), na capital paranaense, a senadora Gleisi Hoffmann, presidenta nacional do PT, afirmou esperar que o Supremo Tribunal Federal “cumpra o seu papel” e julgue as ADCs. A dirigente também disse esperar que a ministra Rosa Weber cumpra a palavra votando contra a antecipação da pena.

Se o STF mudar de entendimento e cumprir a Constituição Federal, Lula terá o direito a presunção de inocência e de recorrer da condenação ilegítima em liberdade. Diz o art. 5º, LVII, da Lei Maior: “ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória.”

Leia mais

8 de abril de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Lula teria obtido habeas corpus, se tivesse sido julgado pelo Código de Defesa do Consumidor

Lula teria obtido habeas corpus, se tivesse sido julgado pelo Código de Defesa do Consumidor

O ministro do STF Ricardo Lewandowski, em seu voto no habeas corpus para Lula, no último dia 4, detonou o punitivismo nos tribunais — em especial o TRF4, que, segundo ele, não “motivou” suficientemente o pedido de prisão do ex-presidente. O juiz deu a entender que Lula obteria mais facilmente o HC se fosse julgado com base no Código de Defesa do Consumidor.

Na sessão do Supremo, neste dia 4, o magistrado criticou o entendimento das cortes segundo qual o “patrimônio” é mais importante que a “liberdade” dos indivíduos. De acordo com o ministro, a vida é relativizada e as são coisas maximizadas pelo Código de Processo Penal (CPP).

Na ditadura militar, o jurista Sobral Pinto exigiu que o governo de exceção aplicasse o artigo 14 da Lei de Proteção aos Animais, numa petição (estudada até hoje em cursos de Direito) em favor de tratamento humanitário para prisioneiros políticos. (Naquela época, os ditadores também não podiam nem ouvir falar em habeas corpus).

Voltemos ao histórico voto de Lewandowski.

Então, pelo raciocínio correto de Ricardo Lewandowski, a presunção da inocência de Lula deveria ter sido analisada à luz do Código do Processo Civil (CPC/2015) ou do Código de Defesa do Consumidor (CDC), haja vista que ambos são mais contemporâneos da Constituição Federal de 1988.

O Código de Processo Penal Brasileiro é de 3 de outubro de 1941.

Vale a pena assistir esta parte do voto do ministro Ricardo Lewandowski:

Leia mais

8 de abril de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em “Patriota 51” racha por causa da prisão de Lula

“Patriota 51” racha por causa da prisão de Lula

Marcellão Sampaio (pres. Patriota/Curitiba, Wilson Picler e Japonês da Federal. Felicidade de curta duração: apenas 4 dias.

O empresário e ex-deputado Wilson Picler anunciou que deixou o “Patriota 51” — ou Partido Ecológico Nacional (PEN-51) — por causa do apoio da agremiação ao ex-presidente Lula. Em nota, Picler explica que o PEN é autor de medida cautelar para impedir a antecipação da pena para condenados em 2ª instância.

Picler se retira do PEN/Patriota quatro dias após a

filiação do Japonês da Federal ... 

Leia mais

4 de abril de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Alexandre de Moraes vota pela prisão de Lula; acompanhe ao vivo

Alexandre de Moraes vota pela prisão de Lula; acompanhe ao vivo

O ministro Alexandre de Moraes votou pela antecipação da prisão para condenados em segunda instância. O placar está 2 votos a 1 contra o ex-presidente Lula. Abaixo, acompanhe ao vivo a sessão do STF.

Antes, Gilmar Mendes e Edson Fachin tinham empatado o julgamento do habeas corpus para o petista. Faltam votar 8 ministros.

ASSISTA AO VIVO: ... 

Leia mais

3 de abril de 2018
por Redacao
Comentários desativados em Manifestações ‘são mixurucas’, diz Noblat no Twitter

Manifestações ‘são mixurucas’, diz Noblat no Twitter

Até o Noblat, um jornalista militante do golpismo, jogou a toalha. Em seu twitter registrou que as manifestações pela prisão em segunda instância e contra a concessão do habeas corpus para o ex-presidente Lula são pequenas. “Mixurucas”, disse um desalentado Noblat. Confira.

 

Até a esta hora, são mixurucas as manifestações país a fora contra a concessão pelo STF de habeas corpus para manter Lula solto. ... 

Leia mais

3 de abril de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Bateu o desespero na Globo!

Bateu o desespero na Globo!

Na iminência de levar mais um chocolate de 7 votos a um, no STF, a Globo entrou em desespero no início da noite de hoje (3). A emissora tenta salvar as manifestações neofascistas do MBL e do Vem Pra Rua, em nome da prisão de Lula.

Todas as afiliadas da TV dos Marinhos convocam para as esvaziadas manifestações pelo país. A tática da Globo é a mesma que utilizou no impeachment da presidenta eleita Dilma Rousseff, em 2016.

O STF julga nesta quarta (4) o habeas corpus para o ex-presidente Lula. Leia mais

3 de abril de 2018
por Redacao
Comentários desativados em Urgente: Globo News faz convocação para os atos contra o STF

Urgente: Globo News faz convocação para os atos contra o STF

O canal de TV paga Globo News, como em 2016 na campanha pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff, faz um esforço tremendo para tentar engrossar os minguados atos da extrema-direita golpista contra o STF e a Constituição, que exigem a prisão em segunda instância e o banimento político do ex-presidente Lula.

Nos noticiosos deste início de noite de terça-feira (3), a emissora faz abertamente a convocação para as manifestações. Apesar do reforço midiático, os coxinhas estão passando vergonha e apelam para os ‘generais de pijama’ como última tábua de salvação. Leia mais

3 de abril de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Deputado do PT pede prisão de general que ameaçou STF com golpe militar

Deputado do PT pede prisão de general que ameaçou STF com golpe militar

O deputado Jorge Solla (PT-BA) pediu nesta terça (3), em discurso na Câmara, a prisão imediata do general da reserva Luiz Gonzaga Schroeder Lessa, que ameaçou o STF com golpe militar. “Qual a capacidade que os 11 ministros do Supremo terão de julgar observando apenas a aplicação da constituição, quando há uma ameaça pública de golpe militar?”, questionou.

ASSISTA AO VÍDEO

Para o parlamentar petista, a coação do general é um crime de conspiração. “É grave. É muito grave. Ou ele é preso imediatamente para garantir de que teremos amanhã um julgamento sério, ou teremos uma grande chance de ver o STF decidir com a faca no pescoço. E se isso acontecer também já é golpe. Quando uma suprema corte não tem liberdade para decidir, em lugar nenhum do mundo isso pode ser chamado de democracia”, afirmou.

“Se acontecer tanta rasteira e mudança da lei, aí eu não tenho dúvida de que só resta o recurso à reação armada. Aí é dever da Força Armada restaurar a ordem. Mas não creio que chegaremos lá”,

disse o general da reserva ... 

Leia mais

3 de abril de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em STF pode repetir goleada de 7 votos a 4 pelo habeas corpus para Lula

STF pode repetir goleada de 7 votos a 4 pelo habeas corpus para Lula

A expectativa é que o STF conceda amanhã (4) o habeas corpus para o ex-presidente Lula pelo placar de 7 votos a 4, o mesmo resultado da admissibilidade em 22 de março. Por isso a gincana de fake news e o festival de bravatas nessas horas que antecedem à sessão na Corte Suprema.

Três eventos corroboram com a possível goleada do petista nesta quarta-feira: 1- o pronunciamento da ministra Cármen Lúcia pedindo “serenidade” ao país; 2- a declaração do ministro Gilmar Mendes rechaçando pressões externas; e 3- a bravata de um general da reserva, que ameaça com ditadura se o Supremo cumprir a Constituição Federal.

A presunção da inocência é expressa no art. 5º, LVII, da Carta Política de 1988: “ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória”. Portanto, é um direito do ex-presidente e dever do STF julgar o mérito do pedido formulado no início de fevereiro.

A concessão do habeas corpus para Lula poderá pôr freio às ondas de ódio, violência, vingança, intolerância, enfim, pôr termo ao crescimento do fascismo no país. Eis a responsabilidade dos 11 ministros no dia de amanhã. Eis a verdadeira pauta que será julgada pela Corte Máxima.

Leia mais

3 de abril de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em A bravata do general da reserva contra Lula na mídia golpista

A bravata do general da reserva contra Lula na mídia golpista

Soou como bravata a declaração do general da reserva Luiz Gonzaga Schroeder Lessa, segunda qual, se o STF deixar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva solto, estará agindo como “indutor” da violência entre os brasileiros, “propagando a luta fratricida, em vez de amenizá-la”. A afirmação do ministro Gilmar Mendes nesta terça (3), em Portugal, de que ‘a Suprema Corte não deve se curvar às pressões externas’ também vale para o militar.

A reverberação da bravata do general da reserva, pela mídia, tem como objetivo tentar gerar mais confusão e instabilidade no país às vésperas do julgamento do habeas corpus para o ex-presidente Lula.

A expectativa é que o STF conceda o instituto para o petista pelo placar de 7 votos a 4, o mesmo resultado da admissibilidade em 22 de março. Por isso a gincana de fake news e festival de bravatas.

“Se acontecer tanta rasteira e mudança da lei, aí eu não tenho dúvida de que só resta o recurso à reação armada. Aí é dever da Força Armada restaurar a ordem. Mas não creio que chegaremos lá”, disse o general da reserva, sem levar em conta que o que discute é o inverso: o cumprimento da atual Constituição Federal de 1988.

Vamos, mais uma vez. A presunção da inocência tem previsão expressa no art. 5º, LVII, da Constituição Federal: “ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória”. Não há, portanto, mudança na lei. Não pode o condenado em segunda instância ser preso sem o esgotamento de todas as instâncias recursais.

“Vai ter derramamento de sangue, infelizmente é isso que a gente receia. Vai ser resolvida na bala”, atribui a velha mídia a Schroeder Lessa.

O diabo é que o comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, da ativa, tem reafirmado seu compromisso com a democracia e, consequentemente, desqualificado discursos intervencionistas. “A ditadura nunca é melhor”, costuma repetir.
Leia mais

2 de abril de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Mídia quer Rosa Weber violando a Constituição

Mídia quer Rosa Weber violando a Constituição

Funciona assim: a mídia pressiona para que a ministra Rosa Weber, do STF, vote contra a presunção da inocência e, portanto, viole a Constituição; depois de 15 minutos de fama, a “magistrada-heroína” seria atirada ao lixo da História pela própria mídia.

O caso de Eduardo Cunha (MDB-RJ), preso pela lava jato, é bastante emblemático acerca do comportamento da velha mídia golpista. Num primeiro momento, ele foi considerando o “brasileiro número 1”; depois do trabalho sujo no impeachment, o parceiro de Michel Temer foi escrachado pelos jornalões.

O voto de Rosa Weber não seria apenas em favor do ex-presidente Lula, a dimensão história seria muito maior. Também diz respeito ao marco civilizatório conquistado com a Carta Política de 1988. Ou seja, votar contra o habeas corpus para o petista seria homenagear o autoritarismo em detrimento da democracia brasileira.

Dito isto, relativizar a presunção da inocência seria relativizar — ainda mais — os direitos fundamentais. Rosa Weber não pode erra aí.

Não dá para “flexibilizar” Constituição com o único objetivo de prender Lula e tirá-lo da disputa presidencial de outubro. Isto, sim, seria apequenar o Supremo.
Leia mais

1 de abril de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Manifesto pró-Lula tem 260 mil assinaturas

Manifesto pró-Lula tem 260 mil assinaturas

Lançado em janeiro, às vésperas do julgamento no TRF4, o manifesto “Eleição sem Lula é fraude” alcançou neste domingo (1º) 260 mil assinaturas. Até o exame do habeas corpus do ex-presidente, no dia 4, poderá ultrapassar 300 mil subscritores.

O documento pró-Lula é um contraponto ao abaixo-assinado de 3,8 mil juízes, procuradores e promotores que pedem ao STF a prisão em segunda instância.

“Lula cresce nas pesquisas em todos os cenários de primeiro e segundo turno e até pode ganhar em primeiro turno. O cenário de vitória consagradora de Lula significaria o fracasso do golpe, possibilitaria a abertura de um novo ciclo político”, diz um trecho do manifesto.

Assim como os integrantes do judiciário, manifestantes favoráveis à presunção da inocência e ao cumprimento da Constituição Federal, quais sejam, juristas, advogados e parlamentares, deverão entregar cópia deste documento subscrito por 300 mil brasileiros aos 11 ministros do STF.

Clique aqui para assinar você também o manifesto ‘Eleição sem Lula é fraude’ ... 

Leia mais