20 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Conselho Federal de Economia repudia declarações de Bolsonaro sobre economistas

Conselho Federal de Economia repudia declarações de Bolsonaro sobre economistas

O Conselho Federal de Economia (Confecon), através de seu presidente, Wellington Leonardo da Silva, repudiou nesta terça-feira(20), a declaração do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), atribuindo aos economistas a crise econômica em curso no país.  Ao tomar conhecimento da afirmação feita à Folha de São Paulo por Jair Bolsonaro de que “quem ferrou o Brasil foram economistas”, venho repudiar veemente sua assertiva, diz um trecho da nota do Conselho Federal. ... 

Leia mais

25 de setembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Greve geral na Argentina; saída para a crise tem nome: Cristina Kirchner

Greve geral na Argentina; saída para a crise tem nome: Cristina Kirchner

O governo de Mauricio Macri, uma espécie de Michel Temer, enfrenta a quarta greve geral na Argentina contra a política econômica neoliberal. ... 

Leia mais

25 de junho de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Gleisi Hoffmann: “Só Lula pode resgatar a estabilidade e a confiança no país”

Gleisi Hoffmann: “Só Lula pode resgatar a estabilidade e a confiança no país”

A senadora Gleisi Hoffmann afirma que só a candidatura do ex-presidente Lula pode sinalizar a retomada da estabilidade e da confiança no país. “Excluí-lo à força só vai aprofundar a crise que elas criaram”, escreve a presidenta nacional do PT, que, na semana passada, foi absolvida pelo STF de injustas acusações que se arrastaram por mais de quatro anos. ... 

Leia mais

14 de fevereiro de 2017
por Esmael Morais
9 Comentários

A blitzkrieg da Globo contra a PM

Desde a semana passada, a TV Globo faz incansável blitzkrieg contra a greve da PM no Espírito Santo e baixa o pau nos milicianos do Rio. Leia mais

14 de fevereiro de 2017
por Esmael Morais
20 Comentários

Requião Filho: O Paraná também vive no Caos

O deputado Requião Filho (PMDB), em sua coluna desta terça-feira (14), vê semelhanças entre o caos no Espírito Santo com o caos no Paraná que “saltam os olhos”. Segundo o colunista, o governador capixaba Paulo Hartung a exemplo e seu colega paranaense Beto Richa promove corte de gastos, reduz investimentos e nega reajuste aos servidores desde o início de 2015. Leia mais

17 de agosto de 2016
por Esmael Morais
43 Comentários

Sérgio Moro já DESEMPREGOU 1,5 milhão de trabalhadores, acusam petroleiros

Lula_Petroleiros_MoroA Federação Única dos Petroleiros (FUP) acusa o juiz federal Sérgio Moro, da Operação Lava Jato, de desempregar mais de 1,5 milhão de trabalhadores em todo o país. Leia mais

20 de abril de 2016
por admin
17 Comentários

“O Senado deve ser ágil para virar essa página da história”

senado

O senador Alvaro Dias (PV) afirma que a indefinição sobre o futuro do governo federal “paralisa a economia, gera insegurança e perturba o mercado”. Por isso, ele defende a rapidez do processo de impeachment no Senado. Leia e ouça a coluna do senador abaixo. Leia mais

14 de abril de 2016
por admin
10 Comentários

Coluna do Requião Filho: A crise no Paraná é pior que a do Brasil e a razão é o “fator Richa”

Download áudio

Requião Filho*

Muito se fala da crise econômica vivenciada em nosso país. No entanto, o Brasil já passou por outros momentos extremamente difíceis com índices inflacionários beirando os 40% ao mês, o confisco da poupança dos cidadãos e também com a entrega do patrimônio público à iniciativa privada a preço vil.

Mas porque o cidadão e o empresariado paranaense sentem mais intensamente a atual crise? Ou pelo menos tem esta impressão?

Além do inegável abrandamento trazido pelo tempo, as crises vividas durante os governos Sarney/Collor/FHC não foram agravadas pelo “fator Richa”!

Durante o primeiro mandato do atual governo, as finanças do Estado foram dizimadas em razão de uma gestão irresponsável. Mesmo assim, o Governador Carlos Alberto foi reeleito… e, na sequencia, ainda em 2014, já lançou seu primeiro pacote de maldades.

Assim, o Paraná começou o ano de 2015 Governado por Mauro Ricardo e seu assessor, Beto Richa.

A política tributária, absolutamente benéfica aos micro e pequenos empresários e ao povo paranaense no período compreendido entre 2003 e 2010, foi totalmente substituída por aumentos sucessivos de impostos de milhares de produtos e serviços, somados a escândalos de corrupção, que terminaram por formar o atual cenário de desesperança e descrença da população.

Mas o Governo Estadual, covardemente, atribui toda a responsabilidade da crise paranaense ao Governo Federal e não assume abertamente seus erros, julgando que o povo seja tolo o suficiente para acreditar neste embuste.

Ora! O Povo P Leia mais

21 de março de 2016
por admin
11 Comentários

“Lula não está morto”, afirma Delfim Netto; assista ao vídeo

O ex-ministro da Fazenda, professor Delfim Netto, concedeu entrevista ao programa Canal Livre da TV Bandeirantes, exibida na noite deste domingo (20). Como não poderia deixar de ser, Delfim foi questionado e opinou sobre o atual quadro político e econômico do País.

Sobre Lula, o ex-ministro da ditadura opinou que a divulgação dos grampos com conversas do ex-presidente serviram para tentar minar o seu capital político e capacidade de articulação. Para ele, sem a divulgação dos áudios, Lula reverteria o processo de impeachment de Dilma com facilidade.

Mesmo assim, o economista ponderou que, caso o processo de impedimento da presidenta avance, não será “tranquilo” como foi o de Collor. Ele lembrou que Lula e Dilma contam com o apoio da igreja, dos movimentos sociais, dos sindicatos, estudantes… enfim, amplos setores da sociedade. Delfim alertou para o risco de se produzir “um cadáver”.

Delfim também refutou a possibilidade de renúncia da presidenta Dilma, ressaltando seu o caráter e a sua história. “A Dilma não é um biscoito”, completou.

Delfim Netto foi ministro da Fazenda nos governos da ditadura militar, entre os anos de 1967 e 1974, e do Planejamento, entre os anos de 1979 e 1985.

Assista a seguir os principais trechos da entrevista: 

“Pensem comigo: um País que em apenas 12 anos saiu do Mapa da Fome da ONU, colocou mais de 40 milhões de brasileiros na classe média, bateu recordes na geração de empregos e fez programas como Minha Casa, Minha Vida, o Prouni e o Fies, é capaz de vencer qualquer crise”, diz o petista.

“Um país que fez tanto em tão pouco tempo tem que acreditar na força de seu povo. Foi por isso que lutei e vou continuar lutando hoje e sempre”, completa Lula.

Confira a segunda inserção: 

Leia mais