23 de setembro de 2016
por esmael
54 Comentários

Em nota, centrais condenam Greca por dizer que “vomitou ao sentir cheiro de pobre”

greca_vomitacoCinco centrais sindicais do Paraná — CTB, CSP-Conlutas, Força Sindical, CUT e UGT — lançaram nota pública nesta sexta (23) contra a declaração de Rafael Greca (PMN), candidato à Prefeitura de Curitiba, que afirmou ter “vomitado ao sentir cheiro de pobre” durante debate na PUCPR. Abaixo, leia a íntegra do documento:

26 de agosto de 2015
por esmael
4 Comentários

Assista ao vivo à sabatina de Janot na CCJ do Senado

da Agência Senado

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, negou a possibilidade de haver um “acórdão” do Ministério Público com governo e aliados para interferir no andamento das investigações da operação Lava Jato. A questão foi levantada pelo senador Alvaro Dias (PSDB-PR) durante sabatina na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) nesta quarta-feira (26). Janot é indicado a um novo mandato à frente da PGR.

9 de agosto de 2015
por esmael
4 Comentários

CCJ do Senado pode barrar indicação de Dilma pela recondução de Janot

dilma_janot_senadoA Comissão de Constituição e e Justiça (CCJ) do Senado deverá barrar a indicação do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, reconduzido pela presidenta Dilma Rousseff (PT) na última quinta-feira (6). Leia mais

12 de Maio de 2015
por esmael
50 Comentários

Richa aparece no Senado, após fugir de audiência pública sobre massacre

fachin_senado_richa

A maioria dos senadores ironizou nesta terça-feira (12), em Brasília, a presença do governador Beto Richa (PSDB) e grande comitiva no Senado da República — a mesma Casa da qual o tucano fugiu, como o diabo foge da cruz, na última quarta-feira (6) durante audiência pública sobre o massacre dos professores paranaenses no final de abril.

Hoje pela manhã, o governador do PSDB acompanhou sabatina do jurista Luiz Edson Fachin, na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado, e esteve como presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), cuja agenda foi articulada pelo ex-deputado Tony Garcia.

12 de Maio de 2015
por esmael
2 Comentários

Ao vivo: Fachin é sabatinado no Senado

O Blog do Esmael transmite ao vivo, pela TV Senado, a sabatina com o jurista Luiz Edson Fachin, na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado.

O procedimento do debate é necessário para que Fachin tenha o nome aprovado como novo integrante do Supremo Tribunal Federal, na vaga de Joaquim Barbosa.

Levantamento do Blog do Esmael, feito no fim de semana, apontava 62 favoráveis, 11 contra e oito indecisos.

Resumo da ópera: a tendência é que a velha mídia perca essa batalha para Fachin.

Abaixo, os links alternativos para a transmissão ao vivo da sabatina no Senado:

CANAL 1: CCJ – Comissão de Constituição e Justiça CANAL

2: CCJ – Comissão de Constituição e Justiça CANAL

3: CCJ – Comissão de Constituição e Justiça

10 de Maio de 2015
por esmael
8 Comentários

Fachin já tem 62 votos no Senado

Fachin_SenadoO Blog do Esmael apurou que o jurista Luiz Edson Fachin, indicado pela presidente Dilma Rousseff para ocupar uma vaga de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), teria hoje 62 votos no Senado. Leia mais

16 de setembro de 2014
por esmael
38 Comentários

Requião “espanca” Gazeta do Povo em autossabatina; leia e assista na íntegra

O senador Roberto Requião respondeu na ‘TV 15’, a sua televisão caseira na internet, à s perguntas que teriam sido feitas a ele caso tivesse participado da sabatina da Gazeta do Povo. O candidato do PMDB ao governo do Paraná começou explicando porque não foi à  entrevista, alegando um problema de saúde e porque por treze anos a Gazeta do Povo vem me agredido com mentiras, com malandragens, com safadezas. A Gazeta do Povo é uma espécie de uma “jukebox”, que é a máquina em que você põe dinheiro e ela toca uma música; então, como eu não tenho dinheiro pra por no “jukebox”…!.

Assista ao “espancamento” completo no vídeo:

Eu tirei o dinheiro do governo do estado da imprensa, você sabe que eu assumi o primeiro governo e eles foram ao Palácio me pressionar, e diziam “ou você restabelece aquela grana que o Lerner dava, ou vai apanhar dia e noite na imprensa”. Eu respondi: como eu retirei do orçamento aí não adiantava nem pressionar. O que eu queria de fato é trazer aqueles meninos que dirigem de fato a Gazeta do Povo! aqui pra eu fazer uma sabatina com eles!, afirmou o senador.

A seguir, leia a transcrição da íntegra da autossabatina:

1. Uma de suas afirmações a respeito dos seus governos, faz referência aos bons resultados do combate à  violência e à  criminalidade. Relatórios do DataSUS, principal referencial para medir os índices de morbidade do País, mostram que quando o senhor assumiu o governo em 2003 a taxa de homicídios era de 25 por 100 mil habitantes, oito anos depois, em 2010, o senhor legou ao seu sucessor uma taxa de 34 homicídios por 100 mil habitantes. Por esses números o aumento foi de 36%. Ao que o senhor atribui a contradição entre o que fala na campanha e os dados do DataSUS?

R: Eu atribuo à  safadeza da Gazeta do Povo. Nós não tínhamos estatística no Paraná. Nós entramos no governo e estabelecemos a transparência nas estatísticas. Então essas informações passaram a ser mais corretas. E nós investimos pesadamente na polícia do Paraná.

2. Ao longo de 2009 a Gazeta do Povo fez dois grandes levantamentos sobre o uso de telefones do projeto POVO (Policiamento Volante). Em Curitiba, dos 71 celulares divulgados no site da Secretaria de Segurança Pública, só oito foram atendidos por policiais de maneira prevista. O Policiamento Volante continua sendo a base da sua proposta para a Segurança Pública? O que vai mudar?

R: Ao longo de 2009 eu já não era governador do Estado. Estava o Pessuti já num entendimento com o Beto Richa e aí começou o desmonte do processo. Mas que perguntinha safada e de má fé. Quem é que pagou es

14 de setembro de 2014
por esmael
22 Comentários

TV proibida de Requião responde à s 21h sabatina da Gazeta do Povo

O senador Roberto Requião (PMDB), candidato ao governo do Paraná, pelo Twitter, informou que “sabatinará” ao vivo, à s 21 horas deste domingo (14), pela TV 15 (clique aqui), o jornal curitibano Gazeta do Povo.

O candidato do PMDB promete responder à s perguntas elaboradas no último dia 10 pela Gazeta do Povo, que é do grupo RPC TV (Globo).

O peemedebista era esperado na semana passada na sede do jornal curitibano, mas não compareceu à  entrevista. Ao Blog do Esmael, Requião disse que “a Gazeta é adversária política” e alegou questão de saúde para a ausência.

A seguir, leia a íntegra das perguntas que serão respondidas na sabatina da Gazeta do Povo pelo senador Requião:

Bagunça! é o termo preferido do sr. para se referir à  gestão Beto Richa. O atual governador, no entanto, diz que as dificuldades de caixa são em grande parte herança dos seus mandatos, como no caso de uma dívida de R$ 1,1 bilhão por ter deixado de recolher valores de contribuição do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep). Qual a responsabilidade o sr. tem na situação das contas atuais do governo?

Ainda sobre essa questão da bagunça!. Em março de 2013, a Gazeta do Povo publicou um levantamento que apontou que o Paraná era a unidade da federação com mais pendências no Cadastro Único de Convênios (Cauc), que funciona como uma espécie de SPC do governo federal. O então chefe da Casa Civil, Reinhold Stephanes, que também participou do secretariado do seu governo, disse que estava trabalhando para resolver uma situação deixada pela sua gestão. A frase dele foi a seguinte: O governo Requião, durante oito anos, não se preocupou com o Cauc!. Por que a sua gestão não se preocupou com essa questão?

Nos dois últimos anos de sua gestão, 2009 e 2010, o Paraná ficou em penúltimo lugar na comparação entre todas as unidades da federação na relação entre investimento e total de despesas. Em 2009, investiu 5% de tudo que gastou, em 2010, 6,1%. A situação não melhorou significativamente no governo Richa. Por que o Paraná investe tão pouco?

Das quatro votações no Senado de empréstimos internacionais negociados pela gestão Richa, o sr. não esteve presente em duas, votou a favor em uma e contra em outra. Além disso, alertou o Tesouro Nacional e o ST

14 de setembro de 2014
por esmael
43 Comentários

Requião “racha o bico” de tanto rir de entrevista de Richa na Gazeta do Povo

Senador Roberto Requião, candidato ao Palácio Iguaçu, disse neste domingo (14) ter ficado "espantado com o desconhecimento, má-fé ou ignorância total" de Richa sobre o Paraná demostrado na entrevista ao jornal Gazeta do Povo; peemedebista revela que tucano, quando era prefeito de Curitiba, a exemplo dele [Requião] no governo, deixou de pagar PIS/PASEP porque a dívida era questionada no Supremo Tribunal Federal (STF); Ou ele assinou sem saber que assinava?!, provocou.

Senador Roberto Requião, candidato ao Palácio Iguaçu, disse neste domingo (14) ter ficado “espantado com o desconhecimento, má-fé ou ignorância total” de Richa sobre o Paraná demostrado na entrevista ao jornal Gazeta do Povo; peemedebista revela que tucano, quando era prefeito de Curitiba, a exemplo dele [Requião] no governo, deixou de pagar PIS/PASEP porque a dívida era questionada no Supremo Tribunal Federal (STF); Ou ele assinou sem saber que assinava?!, provocou.

O senador Roberto Requião (PMDB), candidato ao Palácio Iguaçu, não conteve na manhã deste domingo (14) uma crise de riso depois de ler a transcrição da sabatina do governador Beto Richa (PSDB) no jornal Gazeta do Povo. Leia mais

12 de setembro de 2014
por esmael
33 Comentários

TRE proíbe Requião de atribuir tarifaço da Copel a Richa; tucano admitiu em sabatina que aumentou a conta de luz

Juiz Lourival Pedro Chemim, do TRE, concedeu nesta sexta-feira (12) liminar favorável ao tucano proibindo o senador Roberto Requião (PMDB) fale no horário eleitoral que Richa aumentou a conta de luz em 25%; novamente, governador caiu em contradição ao garantir ao informar na Justiça que "o governador de estado não tem tal poder absoluto para reajustar a tarifa da Copel!; entretanto, o Blog do Esmael registrou fala do candidato do PSDB na sabatina na Universidade Positivo -- -- olha aí as sabatinas, de novo! -- que aumentou a conta de luz dos consumidores paranaenses; Eu tive coragem de aumentar [a conta de luz] em 24% para não quebrar a Copel!, afirmou Richa há exatos dez dias; entrevista foi gravada em vídeo.

Juiz Lourival Pedro Chemim, do TRE, concedeu nesta sexta-feira (12) liminar favorável ao tucano proibindo o senador Roberto Requião (PMDB) fale no horário eleitoral que Richa aumentou a conta de luz em 25%; novamente, governador caiu em contradição ao garantir ao informar na Justiça que “o governador de estado não tem tal poder absoluto para reajustar a tarifa da Copel!; entretanto, o Blog do Esmael registrou fala do candidato do PSDB na sabatina na Universidade Positivo — — olha aí as sabatinas, de novo! — que aumentou a conta de luz dos consumidores paranaenses; Eu tive coragem de aumentar [a conta de luz] em 24% para não quebrar a Copel!, afirmou Richa há exatos dez dias; entrevista foi gravada em vídeo.

O juiz Lourival Pedro Chemim, do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE), nesta sexta-feira (12), pode ter sido induzido ao erro pelo governador Beto Richa (PSDB). Leia mais

12 de setembro de 2014
por esmael
37 Comentários

Gleisi promete panfletar jornal Gazeta do Povo com entrevista de Richa

Senadora Gleisi Hoffmann, candidata do PT ao Palácio Iguaçu, nesta sexta-feira (12), parou a campanha por quinze minutos para declarar: "Peço aos paranaenses: leiam a entrevista de Richa na Gazeta antes de definir voto"; petista se refere à  transcrição da sabatina do governador Beto Richa (PSDB), candidato à  reeleição, no jornal curitibano Gazeta do Povo; hoje pela, o Blog do Esmael já havia anotado uma opinião de advogado acerca da entrevista do tucano: Humilhante. Minha conclusão: Beto Richa é o fracasso mais bem sucedido da história do Paraná!, afirmou o causídico, que pediu para não ser identificado.

Senadora Gleisi Hoffmann, candidata do PT ao Palácio Iguaçu, nesta sexta-feira (12), parou a campanha por quinze minutos para declarar: “Peço aos paranaenses: leiam a entrevista de Richa na Gazeta antes de definir voto”; petista se refere à  transcrição da sabatina do governador Beto Richa (PSDB), candidato à  reeleição, no jornal curitibano Gazeta do Povo; hoje pela, o Blog do Esmael já havia anotado uma opinião de advogado acerca da entrevista do tucano: Humilhante. Minha conclusão: Beto Richa é o fracasso mais bem sucedido da história do Paraná!, afirmou o causídico, que pediu para não ser identificado.

“Peço aos paranaenses: leiam a entrevista de Richa na Gazeta antes de definir voto”, pediu na tarde desta sexta-feira (12) a senadora Gleisi Hoffmann (PT), candidata ao governo do Paraná. A petista se refere à  transcrição da sabatina do governador Beto Richa (PSDB), candidato à  reeleição, no jornal curitibano Gazeta do Povo. Leia mais

12 de setembro de 2014
por esmael
68 Comentários

Humilhante!: Richa deveria ter faltado à  sabatina da Gazeta do Povo

Leitores que analisaram atentamente a transcrição da sabatina do governador Beto Richa (PSDB), candidato à  reeleição, ocorrida ontem no jornal Gazeta do Povo. Sinceramente, diz um advogado, melhor seria que nem fosse. “Humilhante. Minha conclusão: Beto Richa é o fracasso mais bem sucedido da história do Paraná”, afirmou o causídico, que pediu para não ser identificado.

Quando apertado pelos repórteres sobre a queda do Paraná no ranking do Ideb (àndice de Desenvolvimento da Educação Básica), Richa esquivou-se dizendo não saber o motivo, mas garantiu que “os professores ganham bem, não há reclamação”. Entretanto, recentemente, houve até greve dos educadores que reclamavam contra calotes e descumprimento da Lei do Piso (hora-atividade).

O candidato do PSDB também patinou para responder sobre a presença de Ezequias Moreira, o homem da sogra, em seu secretariado. Da mesma forma suou frio quando inquirido sobre promessas de campanha descumpridas mesmo assinadas em cartório. Para o tucano, os problemas com seu “choque de gestão” são frutos da era PMDB (leia-se Roberto Requião e Orlando Pessuti) e da perseguição da ex-ministra e senadora Gleisi Hoffmann (PT).

O governador também engasgou para falar sobre cumprimento dos 12% na saúde, redução da tarifa do pedágio, dos voos secretos com aeronaves do estado, das supostas relações promíscuas com o ex-presidente do Tribunal de Justiça, do factoide das UPS e sobre contratos com o Ibope.

A seguir o Blog do Esmael publica a íntegra da entrevista do governador Beto Richa:

Se estivesse tudo bom, não buscaria a reeleição!

Entrevista por
ANDRà‰ GONà‡ALVES, BRUNA MAESTRI WALTER, CELSO NASCIMENTO, CHICO MARà‰S, EUCLIDES LUCAS GARCIA, GUILHERME VOITCH, RHODRIGO DEDA E ROGERIO WALDRIGUES GALINDO

Último candidato a governador a ser sabatinado pela Gazeta do Povo, Beto Richa (PSDB) admitiu ontem problemas durante seus três anos e meio de mandato, mas atribuiu grande parte deles à  gestão anterior e ao governo federal. Ele afirmou ter herdado dívidas de R$ 4,5 bilhões de Roberto Requião (PMDB) e disse que precisou contratar professores e policiais em grande escala. O tucano voltou a dizer, ainda, que foi prejudicado sistematicamente pela União. Richa também comentou o mau resultado do estado no àndice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb): O avanço não foi satisfatório. Temos que apertar mais nas avaliações e verificar onde está o problema!.

O candidato falou sobre algumas das polêmicas de seu mandato, como a contratação de Ezequias Moreira para a Secretaria de Cerimonial e Relações Internacionais. Foi um grande secretário, me ajudou muito!, defendeu, completando que ele será automaticamente desligado do governo caso seja condenado criminalmente. Richa também negou a afirmação de Gleisi Hoffmann (PT) de que teria solicitado a prorrogação dos contratos de pedágio em audiência com a presidente Dilma Rousseff. A senadora falta com a verdade. Ela nem sequer estava presente nessas audiências!, disse.

Entre dezembro de 2010 e dezembro de 2013, o Paraná foi a unidade da federação que mais aumentou sua receita corrente líquida (RCL), que subiu 49,68%, de R$ 16,968 bilhões para R$ 25,398 bilhões. O crescimento foi duas vezes e meia superior à  inflação acumulada. Com um aumento tão significativo das receitas, como o estado conseguiu acumular uma dívida de R$ 1,1 bilhão com fornecedores, segundo estimativa de janeiro de 2014?

Por uma série de razões. Primeiro, eu assumi um estado com muitas dívidas, com uma grande crise financeira. Foram R$ 4,5 bilhões de dívidas do governo anterior. Já citei várias vezes o Pasep [Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público], por exemplo. Foram oito anos sem recolher, [o que gerou uma dívida de] R$ 1 bilhão. Uma conta pendurada na Caixa Econômica Federal de R$ 450 milhões. àgua, luz e telefone, outros R$ 100 milhões. Promoções e progressões de professores, dois anos atrasados: R$ 70 milhões… Tivemos que mostrar a todos os investidores e setor produti

10 de setembro de 2014
por esmael
47 Comentários

Requião diz “não” à  Gazeta do Povo

Gazeta do Povo, do grupo RPC TV, justificou que o senador alegou "motivos de saúde", no entanto, nesta terça-feira (9), peemedebista tem agenda de campanha nos municípios de Cianorte e Francisco Beltrão; "bolo" de Requião ao jornal curitibano tem a ver com questão ideológica; candidato do PMDB afirmou ao Blog do Esmael que não compareceria à  sabatina da Gazeta do Povo porque o jornal se comporta como se fosse um partido político contra a redução da luz e da água; esta semana, Requião atacou o capitalismo! no horário eleitoral gratuito.

Gazeta do Povo, do grupo RPC TV, justificou que o senador alegou “motivos de saúde”, no entanto, nesta terça-feira (9), peemedebista tem agenda de campanha nos municípios de Cianorte e Francisco Beltrão; “bolo” de Requião ao jornal curitibano tem a ver com questão ideológica; candidato do PMDB afirmou ao Blog do Esmael que não compareceria à  sabatina da Gazeta do Povo porque o jornal se comporta como se fosse um partido político contra a redução da luz e da água; esta semana, Requião atacou o capitalismo! no horário eleitoral gratuito.

O senador Roberto Requião (PMDB), candidato ao governo do Paraná, torceu o nariz para a sabatina do jornal Gazeta do Povo. Ele era esperado hoje pela manhã, à s 10 horas, na sede do jornalão, em Curitiba, mas não compareceu. Leia mais

5 de setembro de 2014
por esmael
25 Comentários

“Ibope não é aquele anunciava a vitória de Ducci?”, ironiza Requião

"Ibope não é aquele anunciava a vitória de Ducci?", ironizou o senador Roberto Requião, candidato ao governo do Paraná, referindo-se ao ex-prefeito de Curitiba, Luciano Ducci (PSB), que era apontado pelo instituto como líder nas pesquisas das eleições de 2012. No entanto, Ducci terminou em terceiro lugar e Gustavo Fruet (PDT) foi eleito. "Pesquisas internas nos dão certeza da vitória. Vamos libertar os paranaenses de tarifaços e antecipações tributárias", tuitou nesta manhã o peemedebista.

“Ibope não é aquele anunciava a vitória de Ducci?”, ironizou o senador Roberto Requião, candidato ao governo do Paraná, referindo-se ao ex-prefeito de Curitiba, Luciano Ducci (PSB), que era apontado pelo instituto como líder nas pesquisas das eleições de 2012. No entanto, Ducci terminou em terceiro lugar e Gustavo Fruet (PDT) foi eleito. “Pesquisas internas nos dão certeza da vitória. Vamos libertar os paranaenses de tarifaços e antecipações tributárias”, tuitou nesta manhã o peemedebista.

O senador Roberto Requião (PMDB), candidato ao governo do Paraná, afirmou nesta sexta-feira (5) que tem certeza da sua vitória eleitoral em 5 de outubro. Leia mais