5 de outubro de 2017
por esmael
15 Comentários

Luizão, o “prefeito” mais popular do Brasil, agora é do PRB

O ex-prefeito de Pinhais, Luizão Goulart (ex-PT), cujas duas gestões foram consideradas as mais populares do Brasil, nesta sexta-feira (6), vai embarcar na canoa do Partido Republicano Brasileiro (PRB). Ele vai concorrer à Câmara.

27 de agosto de 2017
por esmael
26 Comentários

“Só não vou de Beto Richa”, diz prefeito mais popular do Brasil

Próximo ao deadline (prazo final) de escolher um novo partido, Luizão Goulart, considerado o prefeito mais popular do Brasil nas duas gestões que esteve à frente de Pinhais (PR), tem uma certeza: só não estará em legenda que apoie o governador Beto Richa (PSDB).

12 de agosto de 2017
por esmael
5 Comentários

‘A propaganda prejudicou a região metropolitana de Curitiba’, diz “o melhor prefeito do país”

Considerado “o melhor prefeito do país” nas duas gestões que esteve à frente da Prefeitura de Pinhais (2009-2016), Luizão Goulart (sem partido), em artigo especial para o Blog do Esmael, aponta a ‘propaganda enganosa’ da Prefeitura de Curitiba, entre os anos 80 e 90, como a responsável pelos problemas de ocupações irregulares na região metropolitana.

5 de agosto de 2014
por esmael
10 Comentários

Novo presidente da Comec mais perdido que surdo em bingo

Pegou mal. Em audiência realizada ontem (4) sobre transporte coletivo no município de Tijucas do Sul, o novo presidente da Comec (Coordenação da Região Metropolitana), Luis Alberto Alves, recém-nomeado pelo governador Beto Richa (PSDB), deixou o público presente decepcionado. O evento tinha como intuito discutir novas soluções para a melhoria do transporte público na região, principalmente, no que diz respeito ao valor da tarifa. Hoje, o tijucano paga R$ 15,00 na passagem de ônibus para ir à  Curitiba.

O valor que tem deixado a comunidade desesperada. Pois bem, para esclarecer esta história e tentar solucionar, nada melhor que o presidente da Comec.

Primeiro, Alves chegou aproximadamente uma hora atrasado e assim que começou a falar já causou alguns espantos por parte das pessoas ali presentes. O escolhido do governador disse que não sabia o que poderia fazer. Não soube responder de quem é a responsabilidade em cobrar uma nova licitação das linhas metropolitanas (sendo que quem administra o transporte coletivo na RMC é a Comec).

Também errou feio no posicionamento de Tijucas do Sul no IDH !“ àndice de Desenvolvimento Humano. Repetiu por três vezes que Tijucas possui o 18!º IDH do Estado, sendo que atualmente ocupa a triste colocação número 277.

O presidente da Comec chegou a falar até do caso do tigre de Cascavel, mas em nenhum momento conseguiu explicar porque uma família de quatro pessoas que vive em Tijucas do Sul gasta R$ 120,00 de passagem para ir até a capital um percurso de menos 50 quilômetros.

Logo que fez sua catastrófica explanação, Luis Alberto Alves pediu pra sair! da reunião e deixou a Audiência rolar! no salão da igreja de Tijucas.

Para o presidente da Câmara Municipal, Claudemir Machado (PT), a atitude do representante maior do transporte foi lamentável. Um tema desta magnitude, que desperta a atenção da comunidade local ser tratada com tanta displicência é complicado!, disse após o término da sessão.

A Audiência Pública sobre o transporte coletivo foi realizada por iniciativa dos vereadores. Fizeram parte das discussões o prefeito de Pinhais e presidente da Assomec (Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba) Luizão Goulart (PT), o deputado estadual Toninho Wandscheer (PT), o prefeito anfitrião Altair Gringo (PP) e os representantes da Concessionária Litoral Sul, Prefeitura de Curitiba e Prefeitura de São José dos Pinhais.

4 de agosto de 2014
por esmael
2 Comentários

70% das cidades do Paraná se livram dos lixões no prazo

via Bem Paraná

Terminou no último fim de semana o prazo para que os municípios brasileiros acabassem com os lixões a céu aberto, cumprindo a meta estabelecida em 2010 pela Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). No Paraná, muitas cidades não conseguiram cumprir com o prazo, mas ainda assim, há motivos para se comemorar. à‰ que de 65% a 70% dos municípios do Estado cumpriram ou estão perto de conseguir cumprir com a lei, enquanto no Brasil apenas 39,5% das cidades contam com destinação adequada dos resíduos sólidos.

A situação do lixo teve avanços nos últimos anos por conta da exigência da legislação. O pessoal foi se mexendo e resolvendo, mas uma grande parcela dos municípios paranaenses ainda não conseguiu acabar com os lixões!, afirma o prefeito de Pinhais e presidente da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba (Assomec).

Em 2011, uma auditoria do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR) apontou que os lixões estavam presentes em 45% das cidades paranaenses. Dois anos depois, um levantamento feito pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP) apontou que eram apenas 23,33% dos municípios que ainda utilizavam lixões a céu aberto para depositar os resíduos, ou seja, 93 dos 399 municípios do Estado. O estudo do IAP ainda diagnosticou que a maior parte das cidades que ainda depositam seus resíduos em áreas inadequadas são pequenas, em geral com menos de 20 mil habitantes.

Para resolver o problema, muitos se consorciam e/ou encaminham os dejetos para aterros controlados, que não são os locais mais adequados, mas são melhores que o lixão.

Normalmente, os municípios que ainda tem lixões são de pequeno porte e encontram dificuldades para se consorciar. Eles não têm condições de contratar um engenheiro ambiental, um arquiteto e um biólogo para cuidar da situação do lixo. Então, para conseguir isso, eles se consorciam para cuidar da gestão compartilhada. O problema maior, portanto, é a falta de capacidade operacional dos pequenos municípios, que inviabiliza resolver 100% do passivo!, aponta Carlos Garcez, coordenador de Resíduos Sólidos da Secretaria Estadual do Meio Ambiente.

Luizão Goulart aponta ainda a escassez de dinheiro disponível para os municípios e a pobreza da própria população de algumas cidades como outra dificuldade a ser superada para se extinguir definitivamente os lixões. A maior dificuldade é o preço. Fica muito caro transportar e depositar o lixo. Além disso, um aterro sanitário demanda tecnologia, um gasto a mais para cumprir a destinação dos resíduos. Não temos quase nada de apoio para conseguir recurso, estamos nos virando por

29 de maio de 2014
por esmael
14 Comentários

Dilma terá palanque duplo no Paraná com Gleisi e Requião

Prefeito de Pinhais, Luizão Goulart, do PT, na tarde desta quinta (29), foi o anfitrião de um evento que simboliza o surgimento do palanque duplo de Dilma no Paraná; sentaram-se à  mesa Gleisi e Requião, que hoje voltou declarar voto para a reeleição da presidenta; evento contou ainda com a presença do vice-presidente Michel Temer.

Prefeito de Pinhais, Luizão Goulart, do PT, na tarde desta quinta (29), foi o anfitrião de um evento que simboliza o surgimento do palanque duplo de Dilma no Paraná; sentaram-se à  mesa Gleisi e Requião, que hoje voltou declarar voto para a reeleição da presidenta; evento contou ainda com a presença do vice-presidente Michel Temer.

Na noite da última terça, em Brasília, a presidenta Dilma agradou bastante o senador Roberto Requião (PMDB) durante jantar na casa do vice Michel Temer. Ao contínuo, nesta quinta (29), em Curitiba, o pré-candidato ao governo do Paraná ciceroneou o presidente nacional do PMDB licenciado. Leia mais

19 de maio de 2014
por esmael
8 Comentários

Prefeito de Pinhais “solteirão” só quer fazer campanha para mulheres

Prefeito de Pinhais, Luizão Goulart (PT), quer fazer valer a máxima segunda qual "o mundo é das mulheres"; petista com gestão mais bem avaliada do país quer apoiar chapa completa só de mulheres, de vários partidos, nas eleições de 2014; segundo os petistas próximos, o galalau não terá risco de ter que dormir no sofá quando chegar tarde em casa porque está solteirão!.

Prefeito de Pinhais, Luizão Goulart (PT), quer fazer valer a máxima segunda qual “o mundo é das mulheres”; petista com gestão mais bem avaliada do país quer apoiar chapa completa só de mulheres, de vários partidos, nas eleições de 2014; segundo os petistas próximos, o galalau não terá risco de ter que dormir no sofá quando chegar tarde em casa porque está solteirão!.

O prefeito de Pinhais Luizão Goulart (PT), presidente da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba (Assomec), decidiu que só vai dar as mãos à s representantes do sexo feminino na disputa eleitoral. Leia mais

28 de abril de 2014
por esmael
6 Comentários

Richa “invade” praia petista nesta segunda, sob protesto de grevistas

Educadores prometem "recepcionar" Beto Richa nesta segunda (28), à s 19 horas, em Pinhais, região metropolitana de Curitiba; tucano "invadirá" praia do petista Luizão Goulart, prefeito mais popular do país, segundo a Paraná Pesquisas, para reunião com correligionários do PSDB e PRB; visita do governador aos municípios tem motivado protestos de professores e funcionários de escolas em greve desde o dia 23 de abril.

Educadores prometem “recepcionar” Beto Richa nesta segunda (28), à s 19 horas, em Pinhais, região metropolitana de Curitiba; tucano “invadirá” praia do petista Luizão Goulart, prefeito mais popular do país, segundo a Paraná Pesquisas, para reunião com correligionários do PSDB e PRB; visita do governador aos municípios tem motivado protestos de professores e funcionários de escolas em greve desde o dia 23 de abril.

O governador Beto Richa (PSDB) estará na noite desta segunda-feira (28) no município de Pinhais, região metropolitana, a 7 km de Curitiba, onde se reúne com correligionários do PSDB e do PRB. A informação é blogueiro pinhaiense Chicão Somavilla. Leia mais

11 de abril de 2014
por esmael
17 Comentários

PT de Gleisi mantém consórcio com PSC de Ratinho na RMC

Senadora Gleisi Hoffmann, candidata do PT ao governo do Paraná, nesta sexta (11), passa a "tarrafa" nos municípios de Pinhais e Campo Largo, administrados pelo seu partido; um detalhe escapa aos olhares mais desavisados: petistas mantêm "consórcio" nessas cidades da região metropolitana de Curitiba com o PSC de Ratinho Júnior; governador Beto Richa pode estar sendo "jantado" pela "loura má" e pelo seu ex-secretário do Desenvolvimento Urbano; veja por quê.

Senadora Gleisi Hoffmann, candidata do PT ao governo do Paraná, nesta sexta (11), passa a “tarrafa” nos municípios de Pinhais e Campo Largo, administrados pelo seu partido; um detalhe escapa aos olhares mais desavisados: petistas mantêm “consórcio” nessas cidades da região metropolitana de Curitiba com o PSC de Ratinho Júnior; governador Beto Richa pode estar sendo “jantado” pela “loura má” e pelo seu ex-secretário do Desenvolvimento Urbano; veja por quê.

O distinto e desavisado público é levado a crer que o ex-candidato a prefeito de Curitiba, Ratinho Júnior (PSC), nas eleições que foi derrotado pelo prefeito Gustavo Fruet (PDT), em 2012, rompeu com a ex-ministra e senadora Gleisi Hoffmann (PT). Nesse caso, as aparências enganam sim. Leia mais

4 de abril de 2014
por esmael
9 Comentários

Luizão desiste de concorrer à  Câmara e continua na Prefeitura de Pinhais

Lideranças do PT e PDT, nesta sexta, desistiram de concorrer à s eleições de outubro; hoje foi o último dia para desincompatibilizações de agentes públicos; Luizão Goulart, de Pinhais, diz que fica na prefeitura; Osmar Dias permanece do Banco do Brasil; e a londrinense Lygia Pupatto continua na Secretaria Nacional de Inclusão Digital.

Lideranças do PT e PDT, nesta sexta, desistiram de concorrer à s eleições de outubro; hoje foi o último dia para desincompatibilizações de agentes públicos; Luizão Goulart, de Pinhais, diz que fica na prefeitura; Osmar Dias permanece do Banco do Brasil; e a londrinense Lygia Pupatto continua na Secretaria Nacional de Inclusão Digital.

O prefeito de Pinhais, Luizão Goulart (PT), desistiu de renunciar ao mandato para se candidatar a uma vaga na Câmara Federal. Ele continuará à  frente da gestão até o último dia. Leia mais

3 de abril de 2014
por esmael
19 Comentários

A pedido de Lula, prefeito mais popular do país renuncia mandato nesta sexta

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na última visita que fez ao Paraná, convenceu o prefeito de Pinhais, Luizão Goulart, o mais popular do país, a disputar uma cadeira na Câmara para ajudar campanha de Gleisi ao governo do estado; nesta sexta, dia 4, petista deverá renunciar ao mandato cuja gestão tem aprovação de 93% dos eleitores, segundo a Paraná Pesquisas; uma mulher vai comandar o município a partir da semana que vem: Marli Paulino, do PDT.

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na última visita que fez ao Paraná, convenceu o prefeito de Pinhais, Luizão Goulart, o mais popular do país, a disputar uma cadeira na Câmara para ajudar campanha de Gleisi ao governo do estado; nesta sexta, dia 4, petista deverá renunciar ao mandato cuja gestão tem aprovação de 93% dos eleitores, segundo a Paraná Pesquisas; uma mulher vai comandar o município a partir da semana que vem: Marli Paulino, do PDT.

O prefeito de Pinhais, Luizão Goulart (PT), o mais popular do país, deverá renunciar ao cargo nesta sexta-feira (4) para concorrer à  Câmara Federal. Ele é uma aposta do ex-presidente Lula e do PT para fortalecer a campanha da senadora Gleisi Hoffmann (PT) na região metropolitana de Curitiba. Leia mais

18 de março de 2014
por esmael
48 Comentários

Quatro chapas expõem divergências com a política do cafezinho! da diretoria da APP-Sindicato

Pré-candidatura de Marlei Fernandes, presidente da APP-Sindicato, à  Câmara Federal, expõe racha no maior sindicato do Paraná; segundo professores e militantes do PT, até agora, quatro chapas se organizam para disputar a direção da entidade em setembro; Luizão Goulart, do PT, prefeito de Pinhais, também de olho no Congresso Nacional, acusa a dirigente sindical de utilizar a APP como "trampolim político"; nesta quarta, dia 19, professores prometem greve pela implantação de 33% da hora-atividade; este blogueiro renova o apoio incondicional à  luta dos educadores paranaenses amanhã e noutras jornadas futuras.

Pré-candidatura de Marlei Fernandes, presidente da APP-Sindicato, à  Câmara Federal, expõe racha no maior sindicato do Paraná; segundo professores e militantes do PT, até agora, quatro chapas se organizam para disputar a direção da entidade em setembro; Luizão Goulart, do PT, prefeito de Pinhais, também de olho no Congresso Nacional, acusa a dirigente sindical de utilizar a APP como “trampolim político”; nesta quarta, dia 19, professores prometem greve pela implantação de 33% da hora-atividade; este blogueiro renova o apoio incondicional à  luta dos educadores paranaenses amanhã e noutras jornadas futuras.

“à‰ mais fácil Saci-Pererê cruzar as pernas do que essa diretoria da APP-Sindicato convocar uma greve contra Beto Richa”. Esse desabafo é de um professor da região Sudoeste que pediu para não ser identificado, cujo relato abaixo também é dele. Leia mais

11 de março de 2014
por esmael
18 Comentários

Ratinho Jr ‘não dá conta do recado’ na Comec, dizem prefeitos

Pela enésima vez, os prefeitos vinculados à  Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba (Assomec) voltaram se reunir ontem (10) para encontrar uma solução para o transporte nas 13 cidades que compõem a Rede Integrada de Transporte (RIT). Ninguém quer gerenciar “de fato” as linhas de ônibus metropolitanas. Nem o governo estadual, nem a prefeitura da capital.

Sob a batuta do maestro Luizão Goulart (PT), prefeito de Pinhais e presidente da Assomec, sobrou críticas à  Coordenação da Região Metropolitana (Comec). O órgão está sob as asas do secretário do Desenvolvimento Urbano (SEDU), Ratinho Júnior (PSC), que não compareceu ao encontro. No seu lugar esteve o chefe da Casa Civil, Reinold Stephanes (PSD), que nada decidiu.

Prefeitos saíram da reunião de ontem com a sensação que uma solução só será encontrada quando o Saci-Pererê cruzar as pernas ou o sargento Garcia prender o Zorro. Ninguém quer ficar com o ônus da região metropolitana, mas todos querem o bônus do mercado consumidor e a mão de obra — de preferência barata — encontrada em abundância nesses municípios.

Ao blog, com sua simplicidade típica, um dos prefeitos que participou da reunião na Comec deu sua impressão sobre o impasse: o secretário Ratinho Júnior não consegue dar conta do recado.

Antes do feriadão de Carnaval, prefeitos da mesma Assomec questionaram a competência de gestão de Ratinho (clique aqui). Em nota oficial, a entidade colocou “panos quentes” no assunto (relembre aqui).

Segundo o presidente da Assomec e prefeito de Pinhais, Luizão Goulart é necessário que a Comec assuma definitivamente o gerenciamento do transporte coletivo da Região Metropolitana.

O governo do estado criou o subsídio e tem a legitimidade de gerenciar o transporte, não podemos ficar neste “empurra, empurra” entre URBS e Comec, pois a cada inicio de ano vivemos uma grande “novela” na RMC!, ponderou.

Para os prefeitos o que falta principalmente é informação. Segundo o prefeito de Itaperuçu, Neneu Artigas (PDT), os prefeitos ficam de mãos atadas! e mesmo assim depois correm o risco de serem responsabilizados pela falta de ações efetivas no que se refere ao transporte coletivo.

Em nossa região, por exemplo, existe um grande monopólio, já que há mais de 20 anos as mesmas empresas administram o transporte e nós não podemos nem questionar!, salientou.

Durante a reunião o prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT) mostrou-se a favor dos municípios e da integração com a região metropolitana, no entanto, alertou mais uma vez que a capital não pode continuar arcando com as despesas sem que haja ajuste na tarifa.

à‰ necessário pensar o mais rápido possível em um novo modelo de governança para o transporte, pois não é possível que Curitiba continue assumindo o gerenciamento das linhas metropolitanas após uma série de acréscimos na tarifa técnica, sendo que o subsídio do governo estadual continua o mesmo do ano passado!, defendeu.

Representando o governador Beto Richa (PSDB) durante a reunião, Reinhold Stephanes admitiu falta de planejamento nos últimos anos para que novas alternativas para o transporte coletivo na RMC fossem implantadas com êxito.

Reconhecemos que o governo estadual tem responsabilidade em resolver este problema, assim como os municípios também tem a responsabilidade de cobrar e ajudar a encontrar soluções!, destacou.

Durante o encontro,

27 de fevereiro de 2014
por esmael
8 Comentários

Em nota oficial, Assomec jura que prefeitos não questionaram competência de Ratinho Junior

Prefeito de Pinhais e presidente da Assomec, Luizão do PT, em nota, jurou que prefeitos não questionaram a competência de gestão de Ratinho Júnior à  frente da SEDU, mas confirmou que foi discutido o descaso com o transporte público metropolitano; "Realmente, todos nós questionamos o impasse do transporte coletivo e a forma com que este importante tema vem sendo tratado nos últimos anos", disse o petista; leia a íntegra da nota.

Prefeito de Pinhais e presidente da Assomec, Luizão do PT, em nota, jurou que prefeitos não questionaram a competência de gestão de Ratinho Júnior à  frente da SEDU, mas confirmou que foi discutido o descaso com o transporte público metropolitano; “Realmente, todos nós questionamos o impasse do transporte coletivo e a forma com que este importante tema vem sendo tratado nos últimos anos”, disse o petista; leia a íntegra da nota.

O prefeito de Pinhais e presidente da Assomec (Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba), Luizão Goulart (PT), em nota, jura que os prefeitos não questionaram a capacidade de gestão do Secretário Estadual de Desenvolvimento Urbano (SEDU), Ratinho Júnior (PSC), como registrou este blog. Dezessete prefeitos criticaram a COMEC, órgão que gerencia o transporte público na Grande Curitiba, que, coincidentemente, é comandado pela SEDU. A seguir, a íntegra do esclarecimento: Leia mais

16 de dezembro de 2013
por esmael
9 Comentários

Nos bastidores, petistas travam batalha pela Câmara Federal

Vanhoni e Luizão, da corrente CNB, podem protagonizar uma das mais "emocionantes" batalhas pelos votos da região metropolitana de Curitiba rumo à  Câmara Federal; outro que corre por fora é o sindicalista Denílson Pestana.

Vanhoni e Luizão, da corrente CNB, podem protagonizar uma das mais “emocionantes” batalhas pelos votos da região metropolitana de Curitiba rumo à  Câmara Federal; outro que corre por fora é o sindicalista Denílson Pestana.

O deputado federal à‚ngelo Vanhoni é tido como um dos possíveis puxadores de voto na chapa proporcional do PT em 2014. Estima-se que ele vá liderar o batalhão de frente, haja vista seu trabalho na Câmara com o Plano Nacional de Educação (PNE) e em virtude de espaços que abriu na administração do prefeito Gustavo Fruet (PDT), em Curitiba. Leia mais

11 de dezembro de 2013
por esmael
9 Comentários

De olho em 2014, André Vargas começa “costear o alambrado” de Requião

 Orelha seca deste blog flagrou o deputado André Vargas, nesta quarta (11), costeando o alambrado pronto para pular a cerca do senador Roberto Requião, que se prepara para disputar o governo do Paraná; encontro entre petista e o senador testemunhado pelo sobrinho, deputado João Arruda, e o filho, Maurício Requião, coincide com especulações na frente política, inclusive no PT, de que a ministra vai pipocar! da disputa com Richa; vice-presidente da Câmara, bem como o prefeito de Pinhais, Luizão Goulart, e o diretor-geral de Itaipu, Jorge Samek, são sondados para a vice do senador peemedebista.


Orelha seca deste blog flagrou o deputado André Vargas, nesta quarta (11), costeando o alambrado pronto para pular a cerca do senador Roberto Requião, que se prepara para disputar o governo do Paraná; encontro entre petista e o senador testemunhado pelo sobrinho, deputado João Arruda, e o filho, Maurício Requião, coincide com especulações na frente política, inclusive no PT, de que a ministra vai pipocar! da disputa com Richa; vice-presidente da Câmara, bem como o prefeito de Pinhais, Luizão Goulart, e o diretor-geral de Itaipu, Jorge Samek, são sondados para a vice do senador peemedebista.

O deputado federal André Vargas, vice-presidente da Câmara, começou hoje a “costear o alambrado” do senador Roberto Requião. Pelo jeito faceiro que apresentava durante visita ao candidato do PMDB ao governo do Paraná, o petista está pronto para pular a cerca. Leia mais

11 de dezembro de 2013
por esmael
20 Comentários

A estranha ausência de Gleisi Hoffmann

Nos bastidores da política, inclusive do PT, crescem rumores de que Gleisi não disputará o governo do Paraná em 2014; ausência da ministra em evento do PAC 2, ontem, em Brasília, que anunciou 15 Centros de Iniciação ao Esporte no estado, reforçou a hipótese do pipoco!; "Plano B" de petistas inclui a vice na chapa de Roberto Requião; prefeito de Pinhais e presidente da Assomec (Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba), Luizão Goulart, é lembrado para a tarefa, bem como o deputado André Vargas, que jura preferir o Senado; com a estranha ausência de Gleisi na agenda positiva, que beneficiou municípios paranaenses com investimentos de até R$ 3 milhões em cada um deles, Ricardo Gomyde, do Ministério do Esporte, e o prefeito de Pinhais faturaram politicamente ao lado dos ministros Aldo Rebelo (Esporte) e Miriam Belchior (Planejamento).

Nos bastidores da política, inclusive do PT, crescem rumores de que Gleisi não disputará o governo do Paraná em 2014; ausência da ministra em evento do PAC 2, ontem, em Brasília, que anunciou 15 Centros de Iniciação ao Esporte no estado, reforçou a hipótese do pipoco!; “Plano B” de petistas inclui a vice na chapa de Roberto Requião; prefeito de Pinhais e presidente da Assomec (Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba), Luizão Goulart, é lembrado para a tarefa, bem como o deputado André Vargas, que jura preferir o Senado; com a estranha ausência de Gleisi na agenda positiva, que beneficiou municípios paranaenses com investimentos de até R$ 3 milhões em cada um deles, Ricardo Gomyde, do Ministério do Esporte, e o prefeito de Pinhais faturaram politicamente ao lado dos ministros Aldo Rebelo (Esporte) e Miriam Belchior (Planejamento).

Sem a presença da ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, pré-candidata do PT ao Palácio Iguaçu, o Ministério do Esporte anunciou ontem, em Brasília, a lista de 14 municípios paranaenses que serão beneficiados com a construção de 15 Centros de Iniciação ao Esporte (CIE). Leia mais