Assista ao vídeo do momento da invasão da Assembleia Legislativa do Paraná

https://www.facebook.com/appsindicato/videos/861919314223994/ Servidores públicos estaduais ocuparam na tarde desta terça-feira (3) o prédio da Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP), em Curitiba. Eles são contrários aos projetos do governador Ratinho Júnior (PSD) que altera a aposentadoria do funcionalismo público. LEIA TAMBÉM: URGENTE: Ratinho repete massacre contra professores no Paraná Ministro da Educação culpa o PT pelo mau … Read more

Assembleia Legislativa vira dormitório de servidores em greve no Paraná

Cerca de 400 servidores públicos estaduais transformaram a Assembleia Legislativa em dormitório no Paraná. Eles ocuparam o parlamento ontem (9) após participarem de uma marcha que reuniu 30 mil pessoas em Curitiba. O funcionalismo está em greve desde 25 de junho contra o governador Ratinho Junior (PSD). Os servidores que dormiram nas galerias do prédio … Read more

Suplicy, o super-herói paulistano; assista

O vereador Eduardo Suplicy (PT), de 77 anos, protagonizou neste fim de ano cena digna de super-herói paulistano. Suplicy arrancou uma servidora das mãos de três policiais durante protesto contra reforma da previdência, sexta (21), na Câmara Municipal de São Paulo. LEIA TAMBÉM Lula vira hino ‘Jingle Bells’ de Natal; assista “O que o governo … Read more

Relembre: Clima pesado na véspera do massacre de 29 de abril

No dia 28 de abril de 2015 o clima já estava mais que pesado no Centro Cívico. O entorno da Assembleia Legislativa do Paraná era uma praça de guerra e os servidores estaduais eram tratados como bandidos perigosos. O então governador Beto Richa (PSDB) mandava fechar ruas sem sequer comunicar ao então prefeito Gustavo Fruet … Read more

Professores farão ato para marcar os 3 anos do massacre de 29 de abril

Professores da rede pública estadual de ensino farão um Ato Público no domingo (29) para marcar a passagem de 3 anos do massacre de 29 de abril. A manifestação está sendo convocada pelo Núcleo Curitiba Norte da APP-Sindicado e será no grande ponto de encontro de Curitiba aos domingos, que é a Feirinha do Largo … Read more

Há 3 anos: Richa transformou o Centro Cívico numa praça de guerra

Dia 27 de abril de 2015 foi uma segunda-feira. As ditaduras e regimes de exceção mandavam lembranças. O Centro Cívico de Curitiba havia se tornado uma tenebrosa praça de guerra. Tudo para aprovar sem debate o confisco do fundo de previdência dos servidores públicos do Paraná. Relembre. O então governador Beto Richa (PSDB) proibiu até … Read more

Requião Filho: Nunca esqueceremos 29 de abril de 2015

“Três anos se passaram e cada vez que chego à Assembleia Legislativa do Paraná ainda consigo ouvir os gritos de socorro da população, os tiros e o cheiro das bombas de gás lançadas no meio dos manifestantes”, relata o deputado Requião Filho (MDB-PR). 29 de abril de 2015 – Nunca esqueceremos. Requião Filho* Três anos … Read more

Repressão na UnB

Estudantes, professores e servidores da Universidade Federal de Brasília (UnB) foram duramente reprimidos nesta tarde. Eles protestam contra o corte de verbas na educação. A manifestação ocorre na Esplanada dos Ministérios. As imagens são da página da deputada Érika Kokay. Assista ao vídeo:

O Blog do Esmael ficou fora do ar para manutenção de emergência nos servidores

O Blog do Esmael ficou as últimas 24 horas fora do ar para fazer manutenção de emergência nos servidores, em virtude do aumento exponencial de acessos simultâneos. Dores do crescimento. A parada técnica foi fundamental para garantir melhores experiência e segurança para o leitor. Pedimos escusas por eventuais transtornos. Segue o baile.

URGENTE: Justiça considera inconstitucional calote de Beto Richa em servidores

O juiz Cesar Ghizoni, de Curitiba, considerou inconstitucional o calote do governador do Paraná Beto Richa (PSDB) nos servidores estatutários civis e militares do Executivo Estadual. A decisão é desta segunda-feira, dia 30.

Read more

92% favoráveis a congelamento e redução de salário para deputado, mostra enquete

Motivada pela recente decisão de deputados de congelar salário dos servidores públicos pelos próximos três anos, enquete inédita do Blog do Esmael mostra que 92% dos leitores são favoráveis ao congelamento e redução de salário dos deputados estaduais do Paraná.

Read more

Requião Filho: A educação é “estuprada” e o servidor público é “violentado” no Paraná

O deputado Requião Filho (PMDB) faz um desabafo nesta terça (5) comparando o “maníaco da ejaculação”, de São Paulo, com o governo do Paraná que “estupra” a educação e “violenta” os servidores públicos.

Read more

Richa e Greca planejam usar PM para massacrar servidores na segunda-feira

O objetivo do prefeito de Curitiba Rafael Greca (PMN) é aprovar na segunda-feira (26) o pacotaço, custe o que custar. Para isso o aliado Beto Richa (PSDB), governador do Paraná, deverá aumentar o efetivo de policiais militares na repressão aos servidores públicos municipais.

Read more

Ouça Requião Filho sobre o calote nos servidores: “Beto Richa deu pra trás”

requiao_calote_richaO deputado Requião Filho (PMDB), líder da oposição na Assembleia Legislativa, foi lacônico ao definir o calote do governador Beto Richa (PSDB) nos servidores públicos do Paraná: “Beto Richa deu pra trás”. Ouça:

Read more

Assembleia da educação pode suspender greve no Paraná; acompanhe ao vivo

A APP-Sindicato realiza nesta segunda (31), em Curitiba, assembleia geral dos educadores para decidir se suspendem ou não a greve contra Beto Richa (PSDB) que já dura 15 dias.

Read more

Greca minimiza calote de Richa nos professores: “governar é a arte do possível”

Diferente de sua postura no primeiro turno, o candidato do PMN à Prefeitura de Curitiba Rafael Greca agora minimiza o calote do governador Beto Richa, do PSDB, nos professores em greve há 9 dias. Ao ser questionado nesta terça (25), em entrevista na RPC TV (Globo), Greca disse que “governador é a arte do possível”.

Read more

Governos tucanos e conservadores se aliam aos fascistas para atingir o nirvana neoliberal

enio_fascistas_temer_richaO deputado Enio Verri (PT-PR) mata a charada ao dizer em sua coluna, desta terça (25), que governos tucanos e conservadores se aliam aos fascistas para atingir o nirvana neoliberal. Bingo! Segundo o colunista, além de retirar direitos, a onda protofascista criminaliza professores, estudantes e pais que exigem respeito aos servidores, qualidade no ensino público e acesso à educação. Abaixo, leia a íntegra do texto:

Read more

Ao vivo: Servidores e governo fazem reunião sobre greve no Paraná

Servidores públicos em greve — dentre os quais educadores — participam esta tarde de uma nova rodada de negociações com o governo Beto Richa (PSDB).

Read more

Crepúsculo chega com 420 escolas ocupadas no Paraná

richa_ocupacoes_mendoncaJá são 420 escolas da rede pública estadual ocupadas pelos estudantes no Paraná, no início desta noite (14). Também foram tomadas seis universidades estaduais. O governador Beto Richa (PSDB), em xeque, pedirá na semana que vem socorro ao ministro da Educação Mendonça Filho (DEM).

Read more

Denúncia: Beto Richa obriga servidores doentes a permanecerem trabalhando

doentesA APP-Sindicato fez grave denúncia nesta terça-feira (29) envolvendo a perícia médica do governo Beto Richa (PSDB). De acordo com a entidade, servidores públicos adoecidos, que precisam de afastamento do trabalho para tratamento médico, estariam sendo submetidos à exausta jornada mesmo sem condições físicas e emocionais. A perícia governamental estaria ignorando laudos e obrigando servidores doentes a trabalhar normalmente.

A denúncia da APP cita dois casos concretos. No primeiro a perícia médica julgou que 70% de surdez, uma recente cirurgia no ombro e a quase total incapacidade de movimentar os braços não são empecilhos para que uma servidora exerça as funções de limpeza no colégio onde trabalha.

No segundo caso, uma professora desenvolveu fibromialgia, doença que é agravada em ambientes de stress, e mesmo com atestado de 30 dias de afastamento, recebeu da perícia licença de somente três dias.

Além da denúncia da APP-Sindicato, o Blog do Esmael recebeu a informação de uma fonte que pediu anonimato de que a ‘orientação não escrita’ do governo é para manter os doentes trabalhando ‘até quando encontrar Jesus’.

Read more

Para nunca esquecer os 31 deputados da “bancada do camburão”

Charge de Simon Taylor, para a APP-Sindicato.
Charge de Simon Taylor, para a APP-Sindicato.

A Assembleia Legislativa do Paraná, após quase duas semanas de recesso branco, inicia nesta segunda-feira (14) os debates acerca do “Pacote de Maldades 3” do governador Beto Richa (PSDB). Mais uma vez, os deputados serão empurrados para o cadafalso em troca de algumas ambulâncias e outras prebendas.

Dentre as medidas propostas pelo Palácio Iguaçu estão a ‘cassação do voto’ para eleição de diretor de escola e antecipação de R$ 6 bilhões de recebíveis dando como garantia ações da Copel e Sanepar.

O aumento de impostos sobre herança é apenas uma “cortina de fumaça” para esconder o verdadeiro debate, haja vista que a maioria da sociedade não tem esse “problema de rico”.

O filé mignon, por óbvio, é “antecipação de recebíveis” cuja execução será realizada pelo sócio da Companhia Paranaense de Securitização (PRSEC), Mauro Ricardo Costa, preposto do lobista Luiz Abi Antoun, importado de São Paulo para ocupar a Secretária da Fazenda.

Com mais essas maldades em curso, os parlamentares, que sistematicamente votam com o governo, dificilmente se livrarão da pecha de integrantes da “bancada do camburão”, cuja repercussão mais imediata dar-se-á nas eleições municipais de 2016.

Quem bate esquece, mas quem apanha jamais esquece. Partindo dessa premissa, os paranaenses — em especial os educadores e servidores públicos do estado — nunca esquecerão do massacre do Centro Cívico. A covardia do governador Beto Richa teve a anuência da maioria dos deputados.

Para nunca esquecer, o Blog do Esmael relembra o nome dos deputados que votaram a FAVOR do ‘confisco da poupança previdenciária’ e dos que votaram CONTRA o confisco na sessão extraordinária de 29/04 – o Dia da Infâmia:

A seguir, veja quais sãos os 31 deputados que compõem a “bancada do camburão” na Assembleia:

Read more

Para “limpar a barra”, Assembleia deverá aprovar hoje reajuste de 8,17% aos servidores do judiciário

A mesa executiva da Assembleia Legislativa do Paraná colocará em votação, na sessão desta terça-feira (7), reajuste de 8,17% para os servidores do judiciário. Oposição e situação deverão acatar a mensagem do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) que, neste caso, cumpre a lei da data-base. O poder legislativo não foi zeloso no caso da … Read more

Governo tem caixa para pagar 8,17% de reajuste, mas Richa diz “NÃO” a professores e servidores

O interventor do PSDB nacional nas finanças do Paraná, Mauro Ricardo Costa, secretário da Fazenda, nesta quarta-feira (17), não desmentiu na audiência pública na Assembleia Legislativa que pretende “transferir ativos” (privatizar, em tucanês) da Companhia Paranaense de Energia (Copel) e da Sanepar (Companhia de Saneamento do Paraná). Mais liso que vaselina, Mauro Ricardo saiu pela … Read more

Ao vivo: Assembleia põe interventor nacional do PSDB contra a parede; cadê o dinheiro do Paraná?

O Blog do Esmael, em parceria com a TV 15, transmite a sessão ao vivo para o Brasil e o mundo.
O Blog do Esmael, em parceria com a TV 15, transmite a sessão ao vivo para o Brasil e o mundo.
Transmissão encerrada às 17h50.

O interventor nacional do PSDB nas finanças do Paraná, Mauro Ricardo Costa, secretário de Estado da Fazenda (Sefa), será inquirido sobre o caixa do estado durante audiência pública na Assembleia Legislativa do Paraná.

Read more

Palácio Iguaçu sugere “habeas corpus preventivo” a secretário da Fazenda

Bancada de oposição na Assembleia -- Tadeu Veneri, Péricles Mello, Professor Lemos, Requião Filho, Ademir Bier, Nereu Moura e Anibelli Neto – ingressaram ontem (16) com representação no Ministério Público contra o interventor do PSDB nacional nas finanças do Paraná, Mauro Ricardo Costa, acusado de cometer improbidade administrativa; secretário da Fazenda participará nesta quarta (17), às 13h30, de audiência pública na Assembleia Legislativa; Blog do Esmael e a TV 15 transmitirão ao vivo;  abaixo, leia o documento.
Bancada de oposição na Assembleia — Tadeu Veneri, Péricles Mello, Professor Lemos, Requião Filho, Ademir Bier, Nereu Moura e Anibelli Neto – ingressaram ontem (16) com representação no Ministério Público contra o interventor do PSDB nacional nas finanças do Paraná, Mauro Ricardo Costa, acusado de cometer improbidade administrativa; secretário da Fazenda participará nesta quarta (17), às 13h30, de audiência pública na Assembleia Legislativa; Blog do Esmael e a TV 15 transmitirão ao vivo; abaixo, leia o documento.
Sete deputados da oposição ingressaram ontem com uma representação no Ministério Público contra o secretário de Estado da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, por improbidade administrativa. O interventor nacional do PSDB nas finanças do Paraná, importado da Bahia, é acusado de não prestar contas do primeiro quadrimestre, conforme determina a lei.

O titular da Fazenda participará hoje à tarde, às 13h30, de uma audiência pública na Assembleia Legislativa.

Costa foi orientado pelo Palácio Iguaçu a pedir um “habeas corpus preventivo” na Justiça, assim como fez o presidente do IAP (Instituto Ambiental do Paraná), Luiz Tarcísio Mossato Pinto, que continuou no cargo apesar de investigações do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado).

O Blog do Esmael, em parceria com a TV 15, vai transmitir a sessão ao vivo para o Brasil e o mundo.

Os parlamentares oposicionistas desconfiam que o secretário Mauro Ricardo esteja omitindo a situação financeira do estado justamente para dar calote na reposição salarial. O governo Beto Richa (PSDB) se nega a cumprir a lei, que o obriga 8,17% ainda este ano. O tucano propõe apenas 3,45% em outubro.

Leia a íntegra da representação contra o Secretário da Fazenda:

Read more

Reviravolta: Governo Richa teme votação no plenário da Assembleia

Se o governo Beto Richa for derrotado na questão da data-base, na Assembleia, como se desenha no horizonte, não será uma derrota apenas pelos 8,17% como creem os incautos; será pelos tratoraços, pacotes de maldades, tarifaços, confisco da previdência, massacre de professores, sucateamento das escolas e dos serviços públicos, enfim, pela luta contra a corrupção.
Se o governo Beto Richa for derrotado na questão da data-base, na Assembleia, como se desenha no horizonte, não será uma derrota apenas pelos 8,17% como creem os incautos; será pelos tratoraços, pacotes de maldades, tarifaços, confisco da previdência, massacre de professores, sucateamento das escolas e dos serviços públicos, enfim, pela luta contra a corrupção.
O governador Beto Richa (PSDB) teme encarar votações polêmicas no plenário da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), dentre as quais a emenda que obriga o tesouro estadual pagar reajuste de 8,17% para todos os professores e servidores públicos. O tucano propõe 3,45% em outubro, o que é rejeitado por uma parcela de parlamentares.

O substitutivo que garante os 8,17% vai hoje às 13h30 para apreciação da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Se o colegiado de 13 deputados emitir parecer contrário à emenda de autoria de Requião Filho (PMDB), a matéria desce para avaliação do plenário formado por 54 parlamentares. É aí que a porca torce o rabo…

Beto Richa ameaça retirar da pauta o projeto de reajuste na data-base, que é direito de todo trabalhador. Isto porque o governo não goza de maioria no legislativo, a quem joga o desgaste. Ele tem tudo para perder essa votação. Faltam-lhe votos na Assembleia, por isso flerta com “zero” de reposição ao funcionalismo. Teme o inevitável, portanto.

O governo Beto Richa errou ao fazer do índice de correção inflacionário um cabo de guerra contra professores e servidores, após descolar-se da realidade. Para complicar o quadro, o tucano praticamente despacha da penitenciária haja vista a quantidade de Boletins de Ocorrência (B.O.) envolvendo seus auxiliares e familiares mais próximos.

Read more

Governo Richa estuda dinheiro do auxílio-moradia de juízes para pagar data-base de 8,17% aos professores

richa_tjpr_prof.jpgDesde a manhã desta quarta-feira (20) o governo Beto Richa (PSDB) procura fontes para financiar a reposição de 8,17% da data-base para os servidores públicos do Paraná.

Um deputado governista afirmou ao Blog do Esmael que o dinheiro para financiar o reajuste, conditio sine qua non para que a educação encerre a greve de 25 dias, pode sair do orçamento do judiciário.

O governo pode dar sinal verde para que a Assembleia retire do orçamento R$ 500 milhões do Tribunal de Justiça, Tribunal de Contas e Ministério Público. Parte desse recurso é utilizada para o pagamento de auxílio-moradia de R$ 4,4 mil ao mês para juízes, promotores, auditores e conselheiros de contas.

Read more

Frente política condena cerco militar a professores em greve no Paraná

richa_sob_cercoO governador Beto Richa (PSDB) vai se isolando cada vez mais na sua intenção de reprimir, com violência policial, a manifestação de professores e funcionários públicos em greve prevista esta semana no Paraná. Os servidores do estado iniciam paralisação amanhã (27) contra o confisco da poupança previdenciária.

Desde ontem (26) à tarde, quando determinou a ocupação militar do Centro Cívico, o tucano atraiu contra si uma onda de protestos da frente política liderados por parlamentares.

“Governo autoritário e arrogante que convoca policiais para cercar a Assembleia, intimidar professores, e garantir votações”, tuitou o deputado João Arruda (PMDB), coordenador da bancada federal paranaense em Brasília. Segundo ele, Richa comete “improbidade administrativa” ao transformar servidores do governo [policiais militares] em seguranças particulares de deputados para preservar os seus interesses na Assembleia.

Mais cedo, os senadores Gleisi Hoffmann (PT) e Roberto Requião (PMDB) também emitiram duras críticas ao iminente confronto a que o governador do PSDB está empurrado a cavalaria da PM contra educadores.

Read more

Enio Verri lamenta calote de Richa aos servidores do Paraná

verri.jpg

O deputado federal eleito, Enio Verri (PT) lamentou o calote do governo Beto Richa (PSDB) aos servidores paranaenses de férias em dezembro e janeiro, hoje pela manhã, em reunião com funcionários públicos do Paraná.

A Secretaria de Administração do Paraná anunciou que, como medida de economia, o pagamento do terço de férias aos servidores paranaenses que gozam do direito nos próximos dois meses será pago apenas no próximo ano e em três parcelas.

De acordo com a secretaria, os cortes se devem as dificuldades em pagar o salário referente ao mês de novembro e o 13!º do funcionalismo. Para o deputado Enio Verri é mais uma irresponsabilidade de um desgoverno que fere o direito dos servidores do nosso Estado.!

Read more