13 de Abril de 2018
por esmael
5 Comentários

Suplicy em Curitiba para “cumprir pena” no lugar de Lula

O vereador de São Paulo Eduardo Suplicy (PT) desembarcará nesta sexta (13) em Curitiba com uma missão nobre: convencer a Superintendência da Polícia Federal a deixá-lo cumprir pena no lugar do ex-presidente Lula, preso ilegalmente desde sábado (7). Leia mais

25 de julho de 2016
por esmael
34 Comentários

Suplicy nos representa; assista ao vídeo

suplicyO ex-senador Eduardo Suplicy, 75 anos, foi detido na manhã desta segunda (25), em São Paulo, quando tentava impedir a reintegração de uma área ocupada por moradores na Zona Oeste. Suplicy nos representa por que é gente. Abaixo, assista ao vídeo:

25 de outubro de 2015
por esmael
28 Comentários

“Antipetismo é doença que contamina o País”, diz escritor Fernando Morais

do Brasil 247

fernando_moraisO escritor e jornalista Fernando Morais reagiu, através das redes sociais, ao protesto feito contra o ex-senador Eduardo Suplicy (PT), no sábado (24), na Livraria Cultura, em São Paulo.

O ex-parlamentar foi chamado de “vergonha nacional”. Ele foi hostilizado por manifestantes que foram ao local protestar contra o prefeito Fernando Haddad, que concedia uma entrevista no local. Para o jornalista, os atos contra petistas são como uma doença, “que está contaminando o país”.

“Antes que comecem com esse papo de que a agressão ao Eduardo Suplicy, na Livraria Cultura, é ‘coisa de paulista’, vamos aos efes e aos erres. Não foi em São Paulo, mas em Belo Horizonte, que um bando de tarados fez manifestação na porta do velório do José Eduardo Dutra. Não foi em São Paulo, mas no aeroporto de Fortaleza, que um corretor de imóveis mobilizou gente para insultar o João Pedro Stédile, do MST”, resgatou.

6 de agosto de 2014
por esmael
21 Comentários

PT anuncia abertura de CPI para investigar propina no metrô de SP

da Agência Senado e Brasil 247
O Senado instala nesta quarta-feira a chamada CPI Mista do Metrô de São Paulo. A reunião para o início dos trabalhos está marcada para as 15h e será presidida pelo senador Eduardo Suplicy (PT-SP), como membro mais antigo da comissão.

Neste primeiro encontro devem ser eleitos o presidente e o vice, bem como escolhido o relator da comissão.

A CPI Mista do Metrô foi proposta pela base de apoio ao governo no Congresso. O objetivo é apurar denúncias de formação de cartel, corrupção de autoridades e outros ilícitos nos contratos, licitações, execução de obras e manutenção de linhas de trens e metrôs em gestões tucanas em São Paulo. Mas, sobretudo, o PT visa minar a reeleição do governador Geraldo Alckmin.

A investigação será conduzida por 13 senadores e 14 deputados. A maioria faz parte do bloco de apoio ao governo federal. O pedido para a criação da comissão foi apresentado no mês de maio. O prazo previsto para as averiguações é de 120 dias.

O nosso desafio será o de dar quorum para a reunião marcada para as 15h. Se isso ocorrer, se houver quorum, será uma vitória política. O presidente Renan não vinha se empenhando. Não é revanche!, garante o líder do PT no Senado, Humberto Costa.

Pelo rodízio, o relator da CPI do Metrô será o deputado Renato Simões (PT-SP). O presidente será um senador do PMDB.

14 de Fevereiro de 2014
por esmael
10 Comentários

Gilmar Mendes quer abater vaquinhas do PT porque “ridicularizam” multas

do Brasil 247
Numa carta escrita para o senador Eduardo Suplicy (PT-SP), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) responde a alegação do parlamentar de que o dinheiro arrecadado para pagar as multas dos petistas condenados na Ação Penal 470 eram legítimas e dispara críticas contra o processo de arrecadação !“ a criação de sites na internet fizeram com que José Genoino e Delúbio Soares arrecadassem, juntos, mais de R$ 1,7 milhão para quitar a dívida com a União. Em um dia, José Dirceu arrecadou quase R$ 100 mil.

No documento, ao qual o jornalista Gerson Camarotti, do portal G1 e da Globonews, teve acesso, Gilmar afirma que a ação “sabota e ridiculariza o cumprimento da pena !“ que a Constituição estabelece como individual e intransferível !“ pelo próprio apenado, fazendo aumentar a sensação de impunidade que tanto prejudica a paz social no país”. Ele exige que se “tornem públicos todos os dados relativos à s doações” para que sejam submetidos à  Receita Federal e ao Ministério Público.

O membro do Supremo é irônico ao cobrar que o “ressarcimento ao erário público das vultosas cifras desviadas” no caso do chamado ‘mensalão’. “Quem sabe o ex-tesoureiro Delúbio Soares, com a competência arrecadatória que demonstrou !“ R$ 600.000,00 em único dia, verdadeiro e inédito prodígio! -, possa emprestar tal expertise à  recuperação de pelo menos parte dos R$ 100 milhões subtraídos dos cofres públicos”, escreve. Gilmar Mendes ainda ter “certeza” de que Suplicy “liderará o ressarcimento ao erário”.

Segundo o ministro, “a falta de transparência” na arrecadação torna o procedimento “ainda mais questionável”. O ministro reclama que os sites criados para as campanhas de arrecadação para os petistas se usaram de estratégias como a de “usar sites hospedados no exterior para angariar doações moralmente espúrias”, a fim de dificultar a fiscalização.