15 de janeiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em STJ regulamenta auxílio-moradia para ministros e juízes

STJ regulamenta auxílio-moradia para ministros e juízes

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, que também preside o Conselho Nacional da Justiça Federal, regulamentou o pagamento do auxílio-moradia aos juízes federais. ... 

Leia mais

20 de maio de 2015
por Esmael Morais
28 Comentários

Governo Richa estuda dinheiro do auxílio-moradia de juízes para pagar data-base de 8,17% aos professores

richa_tjpr_prof.jpgDesde a manhã desta quarta-feira (20) o governo Beto Richa (PSDB) procura fontes para financiar a reposição de 8,17% da data-base para os servidores públicos do Paraná.

Um deputado governista afirmou ao Blog do Esmael que o dinheiro para financiar o reajuste, conditio sine qua non para que a educação encerre a greve de 25 dias, pode sair do orçamento do judiciário.

O governo pode dar sinal verde para que a Assembleia retire do orçamento R$ 500 milhões do Tribunal de Justiça, Tribunal de Contas e Ministério Público. Parte desse recurso é utilizada para o pagamento de auxílio-moradia de R$ 4,4 mil ao mês para juízes, promotores, auditores e conselheiros de contas. Leia mais

25 de abril de 2014
por Esmael Morais
72 Comentários

Repórter de TV surpreende ao defender ao vivo salário de juiz para professor; assista ao vídeo

O jornalista Diogo Hutt, da TV Tarobá, ao vivo, deu exemplo consciência cidadã, ao defender isonomia salarial entre juízes e professores; recentemente, o governo Beto Richa (PSDB) sancionou lei que concede R$ 4 mil de auxílio-moradia aos magistrados; "Quer saber de uma coisa? Eu apoio essa greve", explicitou no telejornal, durante reportagem sobre a greve dos educadores do Paraná que hoje entrou no 3!º dia; vale a pena conferir o vídeo.

O jornalista Diogo Hutt, da TV Tarobá, ao vivo, deu exemplo consciência cidadã, ao defender isonomia salarial entre juízes e professores; recentemente, o governo Beto Richa (PSDB) sancionou lei que concede R$ 4 mil de auxílio-moradia aos magistrados; “Quer saber de uma coisa? Eu apoio essa greve”, explicitou no telejornal, durante reportagem sobre a greve dos educadores do Paraná que hoje entrou no 3!º dia; vale a pena conferir o vídeo.

O repórter Diogo Hutt, da TV Tarobá de Londrina, repetidora da TV Bandeirantes, surpreendeu no telejornal desta sexta-feira (25) ao defender salário de juiz, algo em torno de R$ 27 mil ao mês, para professores que recebem menos de 10% desse valor no Paraná. ... 

Leia mais

25 de fevereiro de 2014
por Esmael Morais
30 Comentários

Por 41 votos a 8, juízes do Paraná terão R$ 4 mil de auxílio-moradia

Por 41 votos a 8, os deputados aprovaram hoje (25) auxílio-moradia de R$ 4 mil para cerca de 900 juízes e desembargadores paranaenses; não tiveram a mesma sorte que os juízes os servidores públicos que, na mesma sessão, assistiram aos mesmos parlamentares aprovarem a privatização da saúde; também não têm a mesma felicidade que os homens da toga os alunos das escolas da rede pública estadual que viram salas de aula sendo fechadas e falta de merenda; nem vou falar dos cães que passam fome porque tem PM passando fome nos quartéis; cerca de 100 policiais formados em setembro de 2013 ainda não receberam a bolsa-auxílio.

Pela goleada de 41 votos a 8, os deputados aprovaram hoje (25) auxílio-moradia de R$ 4 mil para cerca de 900 juízes e desembargadores paranaenses; não tiveram a mesma sorte que os juízes os servidores públicos que, na mesma sessão, assistiram aos mesmos parlamentares aprovarem a privatização da saúde; também não têm a mesma felicidade que os homens da toga os alunos das escolas da rede pública estadual que viram salas de aula sendo fechadas e falta de merenda; nem vou falar dos cães que passam fome porque tem PM passando fome nos quartéis; cerca de 100 policiais formados em setembro de 2013 ainda não receberam a bolsa-auxílio.

Provavelmente com medo dos homens da toga, os deputados estaduais aprovaram nesta terça-feira (25) projeto do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) criando o auxílio-moradia de R$ 4 mil para os cerca de 900 juízes que atuam nas comarcas do estado. ... 

Leia mais

18 de fevereiro de 2014
por Esmael Morais
15 Comentários

CCJ da Assembleia aprova auxílio-moradia de R$ 4 mil para juízes no PR

Deputado Alexandre Curi, do PMDB, relatou projeto aprovado hoje na CCJ que estabelece auxílio-moradia de R$ 4 mil para juízes e desembargadores do Paraná; segundo o parlamentar, benefício garante isonomia com os promotores do Ministério Público !“ que já recebem a ajuda; votação em plenário agora depende do presidente da Assembleia, Valdir Rossoni, que tem a prerrogativa de colocar a matéria na pauta.

Deputado Alexandre Curi, do PMDB, relatou projeto aprovado hoje na CCJ que estabelece auxílio-moradia de R$ 4 mil para juízes e desembargadores do Paraná; segundo o parlamentar, benefício garante isonomia com os promotores do Ministério Público !“ que já recebem a ajuda; votação em plenário agora depende do presidente da Assembleia, Valdir Rossoni, que tem a prerrogativa de colocar a matéria na pauta.

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, nesta terça (18), por 7 votos a 3, aprovou parecer do deputado Alexandre Curi (PMDB) ao projeto de lei n!º 801/2013, de autoria do Tribunal de Justiça, instituindo o auxílio moradia de até R$ 4 mil nas localidades em que não houver residência oficial à  disposição do magistrado.  ... 

Leia mais