8 de agosto de 2018
por editor
Comentários desativados em PSOL vai pedir a impugnação de Richa

PSOL vai pedir a impugnação de Richa

Após a condenação do ex-governador Beto Richa (PSDB) no Tribunal de Justiça do Paraná, o PSOL decidiu que pedirá a impugnação da candidatura do tucano ao Senado.  ... 

Leia mais

22 de julho de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Veja quem os cinco candidatos a presidente da República já definidos

Veja quem os cinco candidatos a presidente da República já definidos

Com a homologação de Jair Bolsonaro (PSL), neste domingo (22), já somam cinco candidatos definidos à Presidência da República. Confira a lista. ... 

Leia mais

12 de março de 2018
por Redacao
Comentários desativados em Sindicalista negra, nordestina e sapateira é a pré-candidata do PSTU à Presidência da República

Sindicalista negra, nordestina e sapateira é a pré-candidata do PSTU à Presidência da República


Vera Lúcia,  pré-candidata pelo PSTU – Foto: Divulgação ... 

Leia mais

11 de novembro de 2015
por Esmael Morais
12 Comentários

PSOL e PSTU conseguem na Justiça obrigar Beto Richa a prestar contas de viagem a Paris

voos_richa_gargantaO juiz Roger Vinícius Pires de Camargo Oliveira, da 3ª Vara da Fazenda Pública de Curitiba, atendendo uma ação pública do PSOL e do PSTU, determinou que o governador Beto Richa (PSDB) preste contas da viagem que fez a Paris, Rússia e China em 20 dias. ... 

Leia mais

27 de agosto de 2014
por Esmael Morais
2 Comentários

Candidato do PSTU defende estatização geral em sabatina

Defendendo a estatização das empresas, a participação dos trabalhadores no Executivo e as manifestações de rua, Rodrigo Tomazini, o candidato do PSTU ao governo do Estado, foi o penúltimo entrevistado do ciclo de sabatinas da Rede Mercosul/Record News Paraná, na noite da última terça-feira, 26.

O PSTU apoia as manifestações do último ano, tanto que fomos nós que começamos com o movimento Passe Livre, em São Paulo. Só não achávamos que iam tomar as proporções que tiveram!, disse o candidato que foi entrevistado por uma hora pela diretora de Jornalismo da emissora, Ligia Gabrielli, o colunista da Rede, Eduardo Simões, e os jornalistas de política Roger Pereira e Elizabete Castro, do portal Vanguarda Política. A sabatina foi assistida por alunos da PUCPR e da Uninter.

O candidato explicou que o PSTU fazia parte do PT, mas que foi expulso! do partido, tornando-se independente em 1993.

Temos muito orgulho em dizer que o homem que assinou a expulsão do PSTU pelo PT está atrás das grades. Obrigado, José Dirceu!, ironizou e afirmou que os pensamentos dos partidos já estavam divergentes.

Nós saímos à s ruas para pedir o impeachment do Collor, em 1992. Nós sempre prezamos pela população e uma melhor condição para o governo.! Para Tomazini, o PT é controverso.

O presidente Lula entrou antes das privatizações e afirmou que reverteria a situação. A Dilma falou que não privatizaria e o que ela fez com os portos e aeroportos?!, questionou.

Tomazini defende a estatização de vários setores: da educação à  saúde, do transporte coletivo à  agricultura e pecuária.

Vamos confiscar as empresas de agronegócios. O Estado é quem deve ter controle dos produtos que chegam à  mesa do consumidor!, comenta e acredita que o MST está muito soft!.

O governo da Dilma fez menos reforma agrária que os outros governos!, atacou. A educação foi deixada de lado pelo Estado e é por isso que os pais procuram as escolas particulares para seus filhos. Queremos mudar esse quadro.!

O candidato é favorável ao transporte gratuito para o estudante.

Todos chamam de transporte público, mas de público não tem nada. Para que subsidiar se quem vai lucrar são as empresas?!, questionou e complementou: Hoje, sabemos que as empresas ganham rios de dinheiro e é por isso que defendemos a estatização. Os contratos possuem muitas falhas, não só do transporte, como do pedágio também.!

Outra bandeira de Tomazini é recuperar o Banco do Estado do Paraná, que foi vendido ao grupo Itaú no governo Lerner e quer fiscalização e participação d Leia mais

26 de julho de 2014
por Esmael Morais
75 Comentários

Candidato do PSTU desafia Beto Richa

"Lei da mordaça? Espero que não se atreva! Ao invés de nos ameaçar deveria estar contratando educadores para suprir as vagas dos que, amparados pela lei, se licenciaram", criticou Rodrigo Tomazini, candidato ao Palácio Iguaçu pelo PSTU, ao criticar o decreto 9768, assinado por Richa, que proíbe manifestação dos servidores públicos do estado nas redes sociais, colocar adesivos em seus carros, usar camisetas, bonés e broches de seus candidatos preferidos; lei do tucano contraria a Constituição Federal ao institucionalizar a censura no Paraná.

“Lei da mordaça? Espero que não se atreva! Ao invés de nos ameaçar deveria estar contratando educadores para suprir as vagas dos que, amparados pela lei, se licenciaram”, criticou Rodrigo Tomazini, candidato ao Palácio Iguaçu pelo PSTU, ao criticar o decreto 9768, assinado por Richa, que proíbe manifestação dos servidores públicos do estado nas redes sociais, colocar adesivos em seus carros, usar camisetas, bonés e broches de seus candidatos preferidos; lei do tucano contraria a Constituição Federal ao institucionalizar a censura no Paraná.

O professor da rede pública estadual Rodrigo Tomazini, candidato ao Palácio Iguaçu pelo PSTU, acometido por uma cólera de indignação, condenou veementemente a “lei da mordaça” editada pelo governador Beto Richa (PSDB) que proíbe a manifestação política dos servidores públicos do Paraná. ... 

Leia mais

23 de julho de 2014
por Esmael Morais
3 Comentários

Candidatos ‘nanicos’ ao governo apresentam propostas radicais

via Folha de Londrina

Dos oito candidatos que se registraram junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) para concorrer ao governo do Paraná, cinco são considerados “nanicos”. Com menos tempo de televisão e recursos escassos de campanha, Bernardo Pilotto (PSOL), Geonísio Marinho (PRTB), Ogier Buchi (PRP), Rodrigo Tomazini (PSTU) e Tulio Bandeira (PTC) correm por fora na disputa. Talvez por isso, alguns deles apostem em medidas mais radicais, como a reestatização de empresas públicas, no caso do PSTU, ou a privatização dos presídios, proposta pelo PRTB, para chamar a atenção do eleitor.

PSOL

Pilotto e Tomazini são, notadamente, os candidatos mais à  esquerda do espectro político. Ambos enfatizam o fato de não dependerem do financiamento de banqueiros, do agronegócio ou de empreiteiras. O sociólogo do PSOL diz que seu plano de governo é também um programa de ação, pois continuará sendo utilizado para a militância cotidiana mesmo em caso de derrota nas eleições.

Segundo ele, sua primeira tarefa será desfazer os mitos difundidos pelas propagandas oficiais, de que “vivemos em um Estado branco, europeizado, sem desigualdades sociais e oligarquias”. Na saúde, suas principais propostas são o “esvaziamento” da Funeas (Fundação Estatal de Atenção à  Saúde), criada no início do ano pelo governador Beto Richa (PSDB), com o argumento de garantir maior autonomia orçamentária e financeira ao setor, e a criação de uma empresa pública de produção de medicamentos. Adotado na gestão atual, o modelo de Parcerias Público-Privadas (PPPs), base da Leia mais

21 de julho de 2014
por Esmael Morais
9 Comentários

Candidato a presidente pelo PSTU, Zé Maria, em Curitiba nesta semana

Na próxima terça-feira, dia 22/07, o Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) fará o lançamento de seus candidatos à s Eleições 2014, na cidade de Curitiba. Estarão presentes na atividade o candidato a presidente pelo partido, Zé Maria, o candidato ao governo do estado, Rodrigo Tomazini, além dos candidatos ao Senado, à  Câmara Federal e Estadual. Os candidatos do PSTU apresentarão um programa para os trabalhadores, mostrando a necessidade de se governar sem patrões, empresários e banqueiros.

Nossa candidatura é feita por trabalhadores e para os trabalhadores. A melhor forma de encontrar melhorias dos setores públicos como Saúde, Educação, Transporte e Moradia é ouvindo quem os utiliza e quem mais sofre com sua precarização, que são os trabalhadores e a juventude!, afirma Tomazini.

Zé Maria estará em Curitiba nos dias 22 e 23 de julho, participando do lançamento das candidaturas do PSTU na terça-feira à  noite e realizando atividades de campanha na quarta-feira pela manhã.

O lançamento das candidaturas ocorrerá no Salão Nobre da APP-Sindicato, localizado no 14!º andar do Edifício ASA, em frente à  Praça Osório, no centro de Curitiba.

Serviço:
Atividade: Lançamento das candidaturas do PSTU no Paraná
Local: Salão Nobre da APP Sindicato
Edifício ASA, 14!º andar, em frente à  Praça Osório
Data: 22/07 (terça-feira)
Horário: 19h

Leia mais

10 de julho de 2014
por Esmael Morais
10 Comentários

PSTU lança seus candidatos no Paraná

O Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) fará o lançamento de seus candidatos no Paraná nesta sexta-feira, dia 11 de julho, na cidade de Sarandi para as eleições estaduais de 2014.

O partido que traz como candidato a governador estadual Rodrigo Tomazini, trabalhador da educação, e à‰rica Andreassy como vice, tem, segundo eles, um programa voltado aos trabalhadores e à  juventude. O PSTU se propõe a debater abertamente suas propostas junto à  comunidade.

Nossa candidatura é feita por trabalhadores e para os trabalhadores. A melhor forma de encontrar melhorias dos setores públicos como Saúde, Educação, Transporte e Moradia é ouvindo quem os utiliza e mais sofre com sua precarização, que são os trabalhadores e a juventude.!, afirma Tomazini.

Os outros candidatos do PSTU são Evandro Castagna para senador, Mariane Siqueira para deputada federal e para deputados estaduais são Alexandre dos Santos, Bianca Zanetti, Ivan Ramos, José Carlos de Assis e Marcela de Souza.

O lançamento estadual será no dia 22 de julho, em Curitiba, com a presença de Zé Maria, candidato a presidente pelo PSTU.

Serviço:
Local: Esquina da Av. Londrina com a Rua Taí, Sobreloja da Top 100, sala 11 – Sarandi-PR
Horário: 19h30
Data: 11 de julho

Leia mais

21 de junho de 2014
por Esmael Morais
12 Comentários

PSTU indica seus candidatos no Paraná

Neste sábado, 21, ocorrerá em Curitiba a Convenção Estadual do PSTU que irá indicar os nomes que concorrerão à s Eleições de 2014 pelo Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) no Paraná. Dentre os presentes estará Rodrigo Tomazini, funcionário da Rede Estadual de Educação na região de Maringá, que até o momento foi indicado como pré-candidato ao governo estadual.

A convenção ocorrerá no Colégio Estadual Professor Cleto, localizado na Rua Visconde de Nácar, 544 Centro, Curitiba-PR. A partir das 16 horas, ocorrerá uma coletiva de imprensa e o lançamento público das candidaturas que representarão o PSTU neste pleito.

Serviço: Convenção Estadual do PSTU – Paraná
Data: 21/06/2014, sábado
Coletiva de Imprensa e Lançamento das Candidaturas: 16h00
Local: Colégio Estadual Professor Cleto
Rua Visconde de Nácar, 544, Centro, Curitiba-PR

Leia mais

15 de junho de 2014
por Esmael Morais
6 Comentários

Eduardo Jorge (PV), Pastor Everaldo (PSC) e Zé Maria (PSTU) são candidatos à  presidência da República

Três partidos fizeram suas convenções nacionais eleitorais no sábado e escolheram cada qual seu candidato a presidente para a eleição de outubro. O Partido Verde (PV) definiu o médico e ex-deputado federal Eduardo Jorge. A atual vice-prefeita da Bahia, Célia Sacramento, também do PV, complementa a chapa como vice. O Partido Social Cristão (PSC) homologou o nome do Pastor Everaldo. O nome do vice não foi anunciado e deve ser confirmado no dia 31 de junho. E o PSTU lançou a candidatura de José Maria de Almeida, o Zé Maria, à  Presidência da República. A professora e assistente social Cláudia Durans concorre a vice.

Os partidos também apresentaram suas plataformas, e os que os diferencia nessa disputa. Segundo Eduardo Jorge, que também foi secretário municipal de Saúde e de Meio Ambiente de São Paulo, além de deputado estadual, o PV quer se colocar como opção alternativa na disputa. O PV é um partido do século 21. Os três partidos grandes [PT, PSDB e PSB] ainda estão no século 20. Eles continuam ligados naquele velho sistema capitalista e socialista, em que a questão do meio ambiente é considerada uma coisa secundária, quando não desprezível!, disse Jorge.

Como principais pontos do programa de governo, Eduardo Jorge (PSC) disse que o partido propõe o debate acerca da reforma política !“ com adoção do parlamentarismo, o sistema de voto distrital misto e facultativo !“, implantação de políticas de desenvolvimento sustentável focadas na expansão da energia eólica e mudanças na condução da economia.

Pastor Everaldo do PSC defende a existência de um Estado mínimo e menos ministérios. O pastor disse que 74% da população querem mudanças e nossa candidatura corresponde verdadeiramente a estas mudanças. A população quer mudanças no modelo de gestão para transformar o Brasil e inverter a política praticada pelo atual governo, que ao invés de servir ao povo se serve dele!.

Já Zé Mario e o PSTU defendem que o governo brasileiro rompa com banqueiros e as grandes empresas. Isso faria com que riqueza e os recursos que o Brasil tem possam garantir saúde, educação, moradia, transporte coletivo, reforma agrária e aposentadoria, ou seja, vida digna para o povo brasileiro.

O candidato disse que o país segue sendo governado com base nos interesses das grande Leia mais

12 de junho de 2014
por Esmael Morais
59 Comentários

Cem Black Blocs saíram à s ruas de Curitiba contra a Copa

Cerca de 100 Black Blocs que acreditam que “Não Vai Ter Copa” fizeram um percurso de 900 metros, nesta quinta (12), entre a Praça Santos Andrade e o Largo da Ordem, setor histórico de Curitiba.

Os manifestantes haviam divulgado uma marcha de 14 km até o bairro CIC, na região Sul, mas desistiram, bem como recuaram da ideia de protestar no Palácio Iguaçu e na Prefeitura.

O Blog do Esmael transmitiu ao vivo toda a movimentação, do início ao fim.

Como ninguém é de ferro, nem os Black Blocs, o protesto foi encerrado à s 14 horas para dar tempo de os manifestantes assistirem ao jogo Brasil x Croácia.

O barulho contra a Copa foi comandado por órfãos de Marina Silva (Rede) e de militantes do PSol e PSTU, além de simpatizantes da extrema-direita.

A seguir a íntegra do manifesto dos Black Blocs e os vídeos da manifestação:

No dia 12 de junho teremos a abertura da Copa do Mundo 2014 no Brasil, com isso, precisamos mostrar aos turistas e ao governo que não estamos satisfeitos com essa copa!

Quando se gasta quase 40 bilhões (BILHà•ES!) de reais para fazer este evento, falta investimento na saúde, educação e transporte.

Para um evento de apenas UM MàŠS, milhares de famílias foram retiradas à  força de suas casas!

Precisamos mostrar que não estamos satisfeitos com isso e denunciar as injustiças da Copa para a classe trabalhadora brasileira!

Por isso, no dia da abertura da Copa, vamos fazer um ato em Curitiba para começar a Copa denunciando seus absurdos!

Leia mais

15 de maio de 2014
por Esmael Morais
18 Comentários

Veja como foi o protesto da Copa em Curitiba; assista ao vídeo

Rosani Moreira, da Marcha Mundial de Mulheres, nesta noite, falou sobre a exploração de crianças e mulheres durante a Copa. "Não queremos nada padrão Fifa, que não é padrão pra nada"; movimentos sociais também abordaram temas como mobilidade urbana e remoções forçadas para atender à  realização do campeonato mundial.

Rosani Moreira, da Marcha Mundial de Mulheres, nesta noite, falou sobre a exploração de crianças e mulheres durante a Copa. “Não queremos nada padrão Fifa, que não é padrão pra nada”; movimentos sociais também abordaram temas como mobilidade urbana e remoções forçadas para atender à  realização do campeonato mundial.

Os movimentos sociais foram ao divã esta noite, em Curitiba. Setores da esquerda do PT, PSTU e PSol realizaram uma “aula pública” sobre o legado da Copa. A maioria dos “alunos” era composta por profissionais da imprensa. Cerca de 50 pessoas assistiram à  aula em pleno centro da capital paranaense. ... 

Leia mais

3 de maio de 2014
por Esmael Morais
21 Comentários

Black Blocs saem à s ruas no dia que Curitiba recebe taça da Fifa; assista ao vivo

Movimento "Não Vai Ter Copa", originado com os Black Blocs, volta à s ruas de Curitiba neste sábado (3) contra a Copa do Mundo; protesto transmitido ao vivo pelo Blog do Esmael mostra insatisfação do grupo ligado ao PSOL, PSTU, DEM e PSDB com os jogos na Arena da Baixada; hoje, também na capital paranaense, o troféu da Fifa permanece em exposição até as 21 horas no Park Shopping Barigui; assista ao vivo a manifestação.

Movimento “Não Vai Ter Copa”, originado com os Black Blocs, volta à s ruas de Curitiba neste sábado (3) contra a Copa do Mundo; protesto transmitido ao vivo pelo Blog do Esmael mostra insatisfação do grupo ligado ao PSOL, PSTU, DEM e PSDB com os jogos na Arena da Baixada; hoje, também na capital paranaense, o troféu da Fifa permanece em exposição até as 21 horas no Park Shopping Barigui; assista ao vivo a manifestação.

O Blog do Esmael transmite ao vivo, direto do Centro de Curitiba, protesto dos Black Blocs contra a realização da Copa do Mundo no Brasil. O movimento rebatizado como “Não Vai Ter Copa” tem simpatia do PSOL, PSTU, DEM e PSDB. ... 

Leia mais

13 de abril de 2014
por Esmael Morais
28 Comentários

Folha estimula protestos de Black Blocs durante a Copa

O PSTU não está sozinho no estímulo aos protestos de rua durante a Copa do Mundo, em junho. Na quinta (10), o partido foi à  TV, no horário eleitoral, pedir mobilizações contra o governo Dilma (clique aqui).

Neste domingo (13), foi a vez da Folha de S. Paulo anunciar a criação do “protestômetro”, um site que, inexoravelmente, deverá estimular a volta dos Black Blocs e das manifestações violentas no país.

Em fevereiro deste ano, os Black Blocs produziram seu primeiro cadáver: Santiago Andrade, que era cinegrafista da TV Bandeirantes (clique aqui).

Será que a história recente nada ensinou ao jornal comandado por Otávio Frias Filho? Será que para derrubar Dilma, estimular o complexo de vira-latas, vale tudo, até mesmo produzir mais baixas?

A seguir, a anotação do Brasil 247 sobre o tema e o anúncio do “protestômetro” da Folha:

A 60 dias da Copa, Folha lança o “protestômetro”

A exatos dois meses da Copa de 2014, a Folha de S. Paulo, jornal comandado por Otávio Frias Filho, lança uma ferramenta em seu site batizada de “protestômetro” (leia mais aqui). O objetivo declarado é levar aos leitores informações sobre manifestações em diversos pontos do País.

Neste fim de semana, em entrevista à s páginas amarelas da revista Veja, o sociólogo Mauro Paulino afirmou que as eleições de 2014 serão imprevisíveis e destacou dois pontos relevantes: o fator Copa e a possibilidade de repetição de grandes protestos, como os ocorridos em junho do ano passado (leia mais aqui).

Com seu protestômetro, a Folha deixa uma dúvida no ar. Pretende noticiar as manifestações ou também estimulá-las? Abaixo, o texto do jornal que noticia a novidade:

Folha lança ‘protestômetro’ na internet

A Folha lança amanhã, em seu site, o “protestômetro” !”ferramenta que vai permitir aos leitores acompanhar diariamente a quantidade e os detalhes de manifestações e greves em dez das principais Leia mais

10 de abril de 2014
por Esmael Morais
18 Comentários

Na TV, PSTU pedirá hoje protestos da juventude durante a Copa

Zé Maria, pré-candidato a presidente da República pelo PSTU, hoje à  noite, à s 20h30, no horário eleitoral em rede nacional, vai conclamar a juventude e os trabalhadores para jornada de protestos durante a Copa; palavra de ordem do partido será "Na Copa Vai ter Luta".

Zé Maria, pré-candidato a presidente da República pelo PSTU, hoje à  noite, à s 20h30, no horário eleitoral em rede nacional, vai conclamar a juventude e os trabalhadores para jornada de protestos durante a Copa; palavra de ordem do partido será “Na Copa Vai ter Luta”.

O Partido Socialista dos Trabalhadores Unificados (PSTU), nesta quinta (10), 20h30, vai utilizar o horário eleitoral em rede nacional de televisão e rádio para estimular protestos durante a Copa do Mundo. ... 

Leia mais

14 de fevereiro de 2014
por Esmael Morais
20 Comentários

Fruet foi vaiado pelos blacks blocs, diz Prefeitura de Curitiba

Gustavo Fruet levou a primeira saraivada de vaias depois de um ano à  frente da Prefeitura de Curitiba; integrantes da Frente do Transporte Coletivo Tarifa Zero dizem que foram ignorados, ontem, durante protesto em frente ao Palácio 29 de Março, por isso seguiram as pedaladas do pedetista até à  Reitoria da UFPR; Prefeitura ensaia dizer que autores dos apupos são integrantes do black blocs e de partidos que orientam manifestações violentas no país, tais como PSTU e PSOL; assista ao vídeo.

Gustavo Fruet levou a primeira saraivada de vaias depois de um ano à  frente da Prefeitura de Curitiba; integrantes da Frente do Transporte Coletivo Tarifa Zero dizem que foram ignorados, ontem, durante protesto em frente ao Palácio 29 de Março, por isso seguiram as pedaladas do pedetista até à  Reitoria da UFPR; Prefeitura ensaia dizer que autores dos apupos são integrantes do black blocs e de partidos que orientam manifestações violentas no país, tais como PSTU e PSOL; assista ao vídeo.

O prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), ontem à  noite, pedalou até à  Reitoria da Universidade Federal do Paraná (UFPR), a mais antiga do país, onde acontecia o Fórum Mundial da Bicicleta. Chegando lá, o pedetista foi alvo de acalorados apupos vindo de parte da plateia formada por estudantes que reivindicam o passe livre. ... 

Leia mais

16 de outubro de 2013
por Esmael Morais
14 Comentários

Candidato ao governo do Paraná lidera manifestação contra Fruet

Sociólogo e servidor público federal Bernardo Pilotto, líder da ocupação na Câmara de Curitiba, foi escolhido como candidato a governador do Paraná pelo PSOL; revelação é do Blog do Johnny, de Ponta Grossa, onde ocorreu o IV Congresso do partido; Integrante da Frente de Luta pelo Transporte, o adversário do governador Beto Richa (PSDB) também coloca o prefeito Gustavo Fruet contra a parede ao reivindicar passe livre estudantil, cancelamento dos contratos com as empresas de ônibus, redução da tarifa e criação da frota pública municipal; leia a informação do blogueiro Johnny Willian Soares.

Sociólogo e servidor público federal Bernardo Pilotto, líder da ocupação na Câmara de Curitiba, foi escolhido como candidato a governador do Paraná pelo PSOL; revelação é do Blog do Johnny, de Ponta Grossa, onde ocorreu o IV Congresso do partido; Integrante da Frente de Luta pelo Transporte, o adversário do governador Beto Richa (PSDB) também coloca o prefeito Gustavo Fruet contra a parede ao reivindicar passe livre estudantil, cancelamento dos contratos com as empresas de ônibus, redução da tarifa e criação da frota pública municipal; leia a informação do blogueiro Johnny Willian Soares.

O blogueiro Johnny Willian Soares, de Ponta Grossa, revela que um dos líderes da ocupação da Câmara Municipal de Curitiba, Bernardo Pilotto, é candidato a governador do Paraná pelo PSOL com apoio do PSTU e PCB. ... 

Leia mais

Esmael Morais 2009-2018. O Blog do Esmael é liberto das excludentes convenções mercantis Copyright ©. O site não cobra pelos direitos autorais, portanto, pode e deve ser reproduzido no todo ou em parte, além de ser liberado para distribuição desde que preservado seu conteúdo e o nome do autor. | A política como ela é em tempo real.

Topo