27 de agosto de 2014
por Esmael Morais
2 Comentários

Candidato do PSTU defende estatização geral em sabatina

Defendendo a estatização das empresas, a participação dos trabalhadores no Executivo e as manifestações de rua, Rodrigo Tomazini, o candidato do PSTU ao governo do Estado, foi o penúltimo entrevistado do ciclo de sabatinas da Rede Mercosul/Record News Paraná, na noite da última terça-feira, 26.

O PSTU apoia as manifestações do último ano, tanto que fomos nós que começamos com o movimento Passe Livre, em São Paulo. Só não achávamos que iam tomar as proporções que tiveram!, disse o candidato que foi entrevistado por uma hora pela diretora de Jornalismo da emissora, Ligia Gabrielli, o colunista da Rede, Eduardo Simões, e os jornalistas de política Roger Pereira e Elizabete Castro, do portal Vanguarda Política. A sabatina foi assistida por alunos da PUCPR e da Uninter.

O candidato explicou que o PSTU fazia parte do PT, mas que foi expulso! do partido, tornando-se independente em 1993.

Temos muito orgulho em dizer que o homem que assinou a expulsão do PSTU pelo PT está atrás das grades. Obrigado, José Dirceu!, ironizou e afirmou que os pensamentos dos partidos já estavam divergentes.

Nós saímos à s ruas para pedir o impeachment do Collor, em 1992. Nós sempre prezamos pela população e uma melhor condição para o governo.! Para Tomazini, o PT é controverso.

O presidente Lula entrou antes das privatizações e afirmou que reverteria a situação. A Dilma falou que não privatizaria e o que ela fez com os portos e aeroportos?!, questionou.

Tomazini defende a estatização de vários setores: da educação à  saúde, do transporte coletivo à  agricultura e pecuária.

Vamos confiscar as empresas de agronegócios. O Estado é quem deve ter controle dos produtos que chegam à  mesa do consumidor!, comenta e acredita que o MST está muito soft!.

O governo da Dilma fez menos reforma agrária que os outros governos!, atacou. A educação foi deixada de lado pelo Estado e é por isso que os pais procuram as escolas particulares para seus filhos. Queremos mudar esse quadro.!

O candidato é favorável ao transporte gratuito para o estudante.

Todos chamam de transporte público, mas de público não tem nada. Para que subsidiar se quem vai lucrar são as empresas?!, questionou e complementou: Hoje, sabemos que as empresas ganham rios de dinheiro e é por isso que defendemos a estatização. Os contratos possuem muitas falhas, não só do transporte, como do pedágio também.!

Outra bandeira de Tomazini é recuperar o Banco do Estado do Paraná, que foi vendido ao grupo Itaú no governo Lerner e quer fiscalização e participação da população.

Precisamos romper a dívida do Banestado que foi feita na gestão do Jaime Lerner. Ninguém pega um empréstimo de R$ 10 mil para reformar uma casa e a vende por R$ 2 mil. O Estado Leia mais

19 de agosto de 2014
por Esmael Morais
24 Comentários

“Vanda” foi sensação no debate dos candidatos ao governo do Paraná

Daqui a pouco, à s 19 horas, Richa será sabatinado pela jornalista Lígia Gabrielli na Rede Mercosul (www.redemercosul.com.br), canal 21. Fatalmente a pergunta "quem é Vanda?" voltará à  baila. Governador tucano foi visto hoje, no debate da APP-Sindicato, abraçado com uma moça que não é a Vanda!. Segundo a assessoria do candidato do PSDB, trata-se de Vanilce Chiapetti, merendeira em uma escola estadual do município de Itapejara do Oeste.

Daqui a pouco, à s 19 horas, Richa será sabatinado pela jornalista Lígia Gabrielli na Rede Mercosul (www.redemercosul.com.br), canal 21. Fatalmente a pergunta “quem é Vanda?” voltará à  baila. Governador tucano foi visto hoje, no debate da APP-Sindicato, abraçado com uma moça que não é a Vanda!. Segundo a assessoria do candidato do PSDB, trata-se de Vanilce Chiapetti, merendeira em uma escola estadual do município de Itapejara do Oeste.

“Pergunte pra Vanda” já virou bordão nesta eleição do Paraná. No debate realizado na manhã de hoje (19) pela APP-Sindicato, sobre educação, transmitido ao vivo pelo Blog do Esmael, o senador Roberto Requião (PMDB) disse que havia conferido os números e informações com a Vanda!. ... 

Leia mais