13 de abril de 2014
por Esmael Morais
28 Comentários

Folha estimula protestos de Black Blocs durante a Copa

O PSTU não está sozinho no estímulo aos protestos de rua durante a Copa do Mundo, em junho. Na quinta (10), o partido foi à  TV, no horário eleitoral, pedir mobilizações contra o governo Dilma (clique aqui).

Neste domingo (13), foi a vez da Folha de S. Paulo anunciar a criação do “protestômetro”, um site que, inexoravelmente, deverá estimular a volta dos Black Blocs e das manifestações violentas no país.

Em fevereiro deste ano, os Black Blocs produziram seu primeiro cadáver: Santiago Andrade, que era cinegrafista da TV Bandeirantes (clique aqui).

Será que a história recente nada ensinou ao jornal comandado por Otávio Frias Filho? Será que para derrubar Dilma, estimular o complexo de vira-latas, vale tudo, até mesmo produzir mais baixas?

A seguir, a anotação do Brasil 247 sobre o tema e o anúncio do “protestômetro” da Folha:

A 60 dias da Copa, Folha lança o “protestômetro”

A exatos dois meses da Copa de 2014, a Folha de S. Paulo, jornal comandado por Otávio Frias Filho, lança uma ferramenta em seu site batizada de “protestômetro” (leia mais aqui). O objetivo declarado é levar aos leitores informações sobre manifestações em diversos pontos do País.

Neste fim de semana, em entrevista à s páginas amarelas da revista Veja, o sociólogo Mauro Paulino afirmou que as eleições de 2014 serão imprevisíveis e destacou dois pontos relevantes: o fator Copa e a possibilidade de repetição de grandes protestos, como os ocorridos em junho do ano passado (leia mais aqui).

Com seu protestômetro, a Folha deixa uma dúvida no ar. Pretende noticiar as manifestações ou também estimulá-las? Abaixo, o texto do jornal que noticia a novidade:

Folha lança ‘protestômetro’ na internet

A Folha lança amanhã, em seu site, o “protestômetro” !”ferramenta que vai permitir aos leitores acompanhar diariamente a quantidade e os detalhes de manifestações e greves em dez das principais Leia mais

10 de fevereiro de 2014
por Esmael Morais
47 Comentários

Black Blocs têm seu 1!º cadáver: morre cinegrafista da Band; e agora?

do Brasil 247
Foi confirmada nesta segunda-feira 10 a morte cerebral do cinegrafista da Bandeirantes Santiago Andrade, atingido por um rojão na cabeça enquanto fazia a cobertura de um protesto contra o aumento da passagem de ônibus no Rio, na última quinta-feira 6. A informação foi dada pela equipe de neurocirurgia do Hospital Municipal Souza Aguiar, onde ele estava internado no Centro de Terapia Intensiva. O cinegrafista, de 49 anos, sofreu afundamento do crânio.

Santiago é o primeiro cadáver do movimento de mascarados Black Blocs, que durante manifestações populares, que muitas vezes começam de forma pacífica, destroem o patrimônio público e privado, utilizam artefatos explosivos contra a polícia e escondem seus rostos enquanto praticam esses atos. Geralmente são detidos, mas sempre soltos em seguida.

Com a morte de Santiago Andrade, como irão agir os governantes contra esse grupo, autointitulado anarquista? Haverá maior rigidez na política de segurança contra quem estiver mascarado durante um protesto? Essa é uma proposta polêmica e que deve ser cobrada para que não saiam impunes os responsáveis pela morte do cinegrafista da Band.

Leia abaixo reportagem anterior do 247 reproduzindo a entrevista da esposa de Santiago, Arlita Andrade, concedida neste domingo à  TV Globo:

“Eles destruíram uma família”, diz mulher de cinegrafista

A mulher do cinegrafista da Bandeirantes atingido por um rojão na cabeça enquanto cobria protesto no Rio, Arlita Andrade, disse que é difícil perdoar “aqueles que destruíram uma família”. “Perdoar? Meu marido está indo embora, eles destruíram uma familia. Uma família que era unida, muito unida mesmo”, desabafou, em entrevista à  TV Globo

Segundo ela, “os médicos disseram que o estado dele é grave, disseram de manh.ã [no domingo] que teriam desligado os aparelhos porque estavam somente aguardando ou milagre ou a morte cerebral”. Santiago Andrade, que está internado no CTI do Hospital Souza Aguiar, no Rio de Janeiro, ajudou a criar os três filhos de Arlita e juntos tiveram uma filha. Segundo a esposa, ele fazia planos para a aposentadoria.

Sobre a entrevista de Fábio Raposo, preso após ter a Leia mais

Esmael Morais 2009-2018. O Blog do Esmael é liberto das excludentes convenções mercantis Copyright ©. O site não cobra pelos direitos autorais, portanto, pode e deve ser reproduzido no todo ou em parte, além de ser liberado para distribuição desde que preservado seu conteúdo e o nome do autor. | A política como ela é em tempo real.

Topo