8 de Maio de 2014
por esmael
15 Comentários

Ministério do Esporte rebate Washington Post sobre atraso de obras da Copa em Curitiba

Joel Benin, coordenador do Grupo Executivo da Copa (Gecopa), nesta quinta (8), rebateu reportagem do norte-americano Washington Post; dirigente do Ministério do Esporte garantiu que quatro principais itens foram debatidos e serão resolvidos até o início dos jogos na capital paranaense, bom como no resto do país: 1- energia e telecomunicações; 2- aeroporto e mobilidade urbana; 3- hotelaria; e 4- segurança; jornal reclamou do Centro de Mídia prometido pela Prefeitura, com conexão à  internet em redes wi-fi, que não ficará pronto até Copa; também recorda que, segundo a Paraná Pesquisas, 57,5% dos curitibanos reprovam o campeonato da Fifa na capital e que 87,5 por cento são contra o uso de dinheiro público para terminar o estádio do Atlético Paranaense.

Joel Benin, coordenador do Grupo Executivo da Copa (Gecopa), nesta quinta (8), rebateu reportagem do norte-americano Washington Post; dirigente do Ministério do Esporte garantiu que quatro principais itens foram debatidos e serão resolvidos até o início dos jogos na capital paranaense, bom como no resto do país: 1- energia e telecomunicações; 2- aeroporto e mobilidade urbana; 3- hotelaria; e 4- segurança; jornal reclamou do Centro de Mídia prometido pela Prefeitura, com conexão à  internet em redes wi-fi, que não ficará pronto até Copa; também recorda que, segundo a Paraná Pesquisas, 57,5% dos curitibanos reprovam o campeonato da Fifa na capital e que 87,5 por cento são contra o uso de dinheiro público para terminar o estádio do Atlético Paranaense.

Uma reportagem do jornal Washington Post, dos Estados Unidos, sobre a Copa do Mundo do Brasil, destaca os atrasos das obras para os jogos do campeonato mundial de futebol em Curitiba. Segundo a versão online, o país reduziu suas ambições iniciais citando a não conclusão do Centro de Mídia prometido pela Prefeitura com conexão à  internet em redes wi-fi. Leia mais

3 de Maio de 2014
por esmael
21 Comentários

Black Blocs saem à s ruas no dia que Curitiba recebe taça da Fifa; assista ao vivo

Movimento "Não Vai Ter Copa", originado com os Black Blocs, volta à s ruas de Curitiba neste sábado (3) contra a Copa do Mundo; protesto transmitido ao vivo pelo Blog do Esmael mostra insatisfação do grupo ligado ao PSOL, PSTU, DEM e PSDB com os jogos na Arena da Baixada; hoje, também na capital paranaense, o troféu da Fifa permanece em exposição até as 21 horas no Park Shopping Barigui; assista ao vivo a manifestação.

Movimento “Não Vai Ter Copa”, originado com os Black Blocs, volta à s ruas de Curitiba neste sábado (3) contra a Copa do Mundo; protesto transmitido ao vivo pelo Blog do Esmael mostra insatisfação do grupo ligado ao PSOL, PSTU, DEM e PSDB com os jogos na Arena da Baixada; hoje, também na capital paranaense, o troféu da Fifa permanece em exposição até as 21 horas no Park Shopping Barigui; assista ao vivo a manifestação.

O Blog do Esmael transmite ao vivo, direto do Centro de Curitiba, protesto dos Black Blocs contra a realização da Copa do Mundo no Brasil. O movimento rebatizado como “Não Vai Ter Copa” tem simpatia do PSOL, PSTU, DEM e PSDB. Leia mais

8 de Fevereiro de 2014
por esmael
7 Comentários

Coluna do Ricardo Gomyde: “Acredite no Brasil; nós somos melhores!”

Ricardo Gomyde, em sua coluna de hoje, mergulha nas crônicas do jornalista e dramaturgo Nelson Rodrigues, cuja coletânea foi lançada nesta semana em Curitiba, para exaltar o sentimento de Nação neste ano em que o país sediará a Copa do Mundo; "Acredite no Brasil porque nós somos melhores do que eles!", diz o colunista, incorporando o espírito rodriguiano em tempos dos radicais de direita Black Blocs! (#NaoVaiTerCopa); Gomyde recorda que o dramaturgo recifense, homenageado com o lançamento no Bar do Torto, escreveu certa feita aos pessimistas: "Foi preciso que jornais alemães, franceses, húngaros, tchecos, ingleses berrassem para nós: !” Vocês são os maiores!; evento no boteca de Arlindo Ventura, o Magrão, levou o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, o presidente do Atlético, Mário Celso Petráglia, o autor desta coluna, além do mundo esportista; leia o texto.

Ricardo Gomyde, em sua coluna de hoje, mergulha nas crônicas do jornalista e dramaturgo Nelson Rodrigues, cuja coletânea foi lançada nesta semana em Curitiba, para exaltar o sentimento de Nação neste ano em que o país sediará a Copa do Mundo; “Acredite no Brasil porque nós somos melhores do que eles!”, diz o colunista, incorporando o espírito rodriguiano em tempos dos radicais de direita Black Blocs! (#NaoVaiTerCopa); Gomyde recorda que o dramaturgo recifense, homenageado com o lançamento no Bar do Torto, escreveu certa feita aos pessimistas: “Foi preciso que jornais alemães, franceses, húngaros, tchecos, ingleses berrassem para nós: !” Vocês são os maiores!; evento no boteca de Arlindo Ventura, o Magrão, levou o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, o presidente do Atlético, Mário Celso Petráglia, o autor desta coluna, além do mundo esportista; leia o texto.

por Ricardo Gomyde*

Eu diria ainda que nós também ‘vivemos’ o futebol, ao passo que o inglês, ou o tcheco, o russo apenas o joga. Há um abismo entre a seca objetividade européia e a nossa imaginação, o nosso fervor, a nossa tensão dionísica.”. Leia mais

12 de novembro de 2013
por esmael
14 Comentários

“Atlético é mais competente que o governo Richa”, assegura Enio Verri

O deputado Enio Verri, presidente estadual do PT, voltou a falar, nesta terça-feira (12) na Assembleia Legislativa (Alep), sobre a liberação dos empréstimos ao governo do Paraná. Verri disse que considera muito pobre! a estratégia do governo estadual de politizar o assunto.

Quando o governo Richa não tem competência técnica para atender as demandas políticas, utiliza o debate político para justificar a deficiência técnica. à‰ o que está acontecendo no Paraná.!

O parlamentar rebateu as críticas do presidente da Alep, deputado Valdir Rossoni (PSDB), que responsabilizou os ministros paranaenses e o governo federal pela demora na liberação dos empréstimos.

Na sessão de ontem, Rossoni disse que o governo federal libera recursos para o Clube Atlético Paranaense construir estádio, mas não libera os empréstimos para o governo do Paraná construir escolas e hospitais.

Essa comparação não enriquece a política, é mais uma vez uma tentativa de justificar com a política um problema de gestão do governo Richa. O Atlético ofereceu garantias, tinha documentos em dia. A Usina Santa Terezinha, uma das maiores empresas de Maringá, faz grandes operações de crédito com o BNDES e a Caixa Econômica. à‰ injusto liberar empréstimos para empresas que têm todas as garantias porque o governo estadual não conseguiu cumprir com as suas obrigações?!

Verri ainda criticou o ex-governador de São Paulo, José Serra. Ontem, em Curitiba, Serra repetiu o discurso do governo Richa de que o governo federal discrimina o Paraná.

Na Constituição de 88, o Serra foi o relator do texto que fez com que o Paraná deixasse de receber R$ 1,5 bilhão por mês em arrecadação de ICMS sobre a energia elétrica. Desde 1988, o estado perdeu R$ 35 bilhões graças ao José Serra.!