9 de maio de 2018
por editor
Comentários desativados em Brasil foi questionado na OEA sobre intervenção no Rio e assassinato de Marielle Franco

Brasil foi questionado na OEA sobre intervenção no Rio e assassinato de Marielle Franco

O Brasil foi questionado na Organização dos Estados Americanos (OEA) sobre violações dos direitos humanos no âmbito da intervenção militar federal no Rio de Janeiro e pelo assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e seu motorista Anderson Gomes. A sessão da Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) da OEA foi realizada ontem (8), em Santo Domingo na República Dominicana. ... 

Leia mais

14 de abril de 2018
por Redacao
Comentários desativados em Anistia Internacional cobra das autoridades esclarecimento do assassinato de Marielle

Anistia Internacional cobra das autoridades esclarecimento do assassinato de Marielle

A anistia Internacional divulgou nota cobrando das autoridades brasileiras uma “investigação imediata, completa, imparcial e independente que não apenas identifique os atiradores, mas também os autores intelectuais do crime” da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes. O posicionamento da entidade acontece no curso do primeiro mês do assassinato da ativista. “A sociedade precisa saber quem matou Marielle e por quê”, diz a diretora-executiva da organização no Brasil, Jurema Werneck, que acrescenta que a falta de resposta das autoridades aumenta o risco e as ameaças aos defensores de direitos humanos.

Em nota, a Anistia internacional exige “investigação imediata, completa, imparcial e independente que não apenas identifique os atiradores, mas também os autores intelectuais do crime”. ... 

Leia mais

21 de março de 2018
por Redacao
Comentários desativados em Moradores de favelas organizam Comissão Popular da Verdade no Rio

Moradores de favelas organizam Comissão Popular da Verdade no Rio

Uma Comissão Popular da Verdade para acompanhar a atuação das forças de segurança no Rio de Janeiro está sendo articulada por moradores de favelas, movimentos sociais, organizações de direitos humanos, universidades, centros de pesquisas e diversos mandatos parlamentares. Uma das maiores preocupações da futura Comissão da Verdade é com o aumento da restrição de liberdades aos moradores das favelas. Com a intervenção militar, as populações de comunidades pobres são alvos de constantes operações de contingentes das Forças Armadas. A morte da vereadora e ativista social, Marielle Franco, funcionou como um “gatilho” para um maior ativismo em defesa dos direitos humanos nas favelas do Rio.

  ... 

Leia mais

19 de março de 2018
por Redacao
Comentários desativados em Juristas acionam CNJ contra desembargadora que atacou Marielle

Juristas acionam CNJ contra desembargadora que atacou Marielle

A Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD) entrou na tarde desta segunda-feira (19) com representação no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) contra a desembargadora Marília Castro Neves, do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, “em razão da prática de crime de ódio nas redes sociais contra a ativista e vereadora Marielle Franco, assassinada no dia 14 de março de 2018 no centro da cidade do Rio de Janeiro”.

De acordo com o texto da ABJD, “o deboche e o desprezo com que a desembargadora trata o trágico homicídio de Marielle, as mentiras que ajuda a disseminar sobre a conduta da vereadora, tentando culpar a vítima pela própria morte, são ofensas à dignidade da pessoa humana, que não estão acobertadas pela liberdade de expressão, o que já foi objeto de análise pelo Supremo Tribunal Federal, pela Corte Interamericana de Direitos Humanos e pela Corte Europeia de Direitos Humanos”. ... 

Leia mais