25 de Abril de 2018
por editor
Comente agora

STJ aceita queixa-crime contra juíza que caluniou Marielle Franco

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) aceitou uma queixa-crime contra a desembargadora Marília Castro Neves, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ). O motivo foi uma postagem  nas redes sociais pedindo o fuzilamento do deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ). Marília foi a mesma juíza que caluniou a vereadora Marielle Franco após o seu assassinato. Leia mais

21 de Março de 2018
por Redacao
Comentários desativados em Magistrados de Pernambuco divulgam nota sobre postagens de juíza

Magistrados de Pernambuco divulgam nota sobre postagens de juíza

A juíza Marília Castro Neves nesta terça-feira (20) voltou  a atacar no Facebook: Depois de ofender a memória da vereadora Marielle, executada no Rio, fez uma outra postagem que circula nas redes sociais de teor preconceituoso sobre uma professora com Síndrome de Down. “O que será que essa professora ensina a quem???? Esperem um momento que eu fui ali me matar e já volto, tá?”, diz um trecho da mensagem. O fato motivou a reação de magistrados de Pernambuco e a abertura de ação no Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Leia mais

20 de Março de 2018
por Redacao
Comentários desativados em Desembargadora ataca uma mulher com Síndrome de Down

Desembargadora ataca uma mulher com Síndrome de Down

A desembargadora Marília de Castro Neves Vieira, que na semana passada atacou a honra e a memória da vereadora Marielle Franco, executada na última quarta-feira (14), atacou de novo.  Em postagem que circula nas redes sociais, mostra um comentário sobre uma professora com Síndrome de Down: “O que será que essa professora ensina a quem???? Esperem um momento que eu fui ali me matar e já volto, tá?”, diz um trecho da mensagem. A reação nas redes sociais foi imediata e a Federação Brasileira das Associações de Síndrome de Down (FBASD) distribuiu uma nota repudiando as declarações da boquirrota desembargadora. O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) abriu processo para investigar Marília Castro Neves. Leia mais

19 de Março de 2018
por Redacao
Comentários desativados em Juristas acionam CNJ contra desembargadora que atacou Marielle

Juristas acionam CNJ contra desembargadora que atacou Marielle

A Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD) entrou na tarde desta segunda-feira (19) com representação no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) contra a desembargadora Marília Castro Neves, do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, “em razão da prática de crime de ódio nas redes sociais contra a ativista e vereadora Marielle Franco, assassinada no dia 14 de março de 2018 no centro da cidade do Rio de Janeiro”.

De acordo com o texto da ABJD, “o deboche e o desprezo com que a desembargadora trata o trágico homicídio de Marielle, as mentiras que ajuda a disseminar sobre a conduta da vereadora, tentando culpar a vítima pela própria morte, são ofensas à dignidade da pessoa humana, que não estão acobertadas pela liberdade de expressão, o que já foi objeto de análise pelo Supremo Tribunal Federal, pela Corte Interamericana de Direitos Humanos e pela Corte Europeia de Direitos Humanos”. Leia mais