21 de junho de 2015
por Esmael Morais
7 Comentários

UPE elege nova diretoria prometendo mobilizações contra Beto Richa

Blog da Laís Laíny, de Cascavel

A UPE (União Paranaense dos Estudantes) escolheu Bruno Schroeder Pacheco como presidente da entidade à gestão 2015/2017. Ele encabeçou a chapa UPE na “Luta Por Mais Direitos” e sua eleição representa a continuidade da UJS (União da Juventude Socialista – juventude do PCdoB) – na gestão da entidade.

Também estavam na disputa pela UPE a chapa Unidade Popular, presidida por Lays Gonçalves (representante do coletivo petista Kizomba) e também a chapa Oposição de Esquerda, que tinha como representante Larissa Rahmeier, da juventude do Psol.

Bruno venceu a eleição com folga. Foram 118 votos, contra 44 à Unidade Popular e 11 à Oposição de Esquerda.

Estudante de Jornalismo da PUC, em Curitiba, Bruno assume a UPE prometendo interiorizar as bandeiras e manter a unidade contra as medidas que o governador Beto Richa (PSDB) tem adotado.

“Temos que tirar a concentração da UPE de Curitiba e interiorizar. Também vamos unificar a luta contra a PEC 171 (Redução da Maioridade Penal) e contra o retrocesso do governador”, afirma o novo presidente da UPE.
Entre os desafios de atividades que ele pretende implantar em sua gestão são a 1ª Exposição de Negros e Negras da UPE; o 2º Encontro LGBT e a Exposição de Mulheres da UPE. Todos os eventos pautados no ambiente acadêmico.

“Esses eventos são importantes porque atualmente os jovens se organizam de outras formas, como em grupos LGBT, em grupos de negros e negras”, cita Bruno.
Bruno Pacheco reforça a UPE seguirá participando da luta pela Educação junto com as demais categorias do funcionalismo público.

“Na segunda-feira estaremos com na Assembleia Legislativa acompanhando a votação do Plano Estadual da Educação pois os estudantes não foram consultados”.
A escolha da direção marca o encerramento do 45° Conupe (Congresso da União Paranaense dos Estudantes) que começou na sexta-feira (19). Durante os três dias, Cascavel recebeu aproximadamente 500 estudantes de todo o Paraná que di Leia mais

21 de junho de 2015
por Esmael Morais
17 Comentários

Álvaro Dias revela com exclusividade para Blog do Esmael que ‘deixará o PSDB’ em breve; assista ao vídeo

O senador Álvaro Dias anunciou neste domingo (21), em entrevista exclusiva para o Blog do Esmael, revelou que deixará o PSDB em breve. Ele não descarta a possibilidade de disputar a Presidência da República, em 2018, como “terceira via”, fora da polarização PT-PSDB.

“Seria necessário bater asas porque o PSDB está focado em três lideranças, de São Paulo e Minas Gerais, e não abre espaço para outras lideranças. É uma providência que deve ser adotada, não é assunto para agora, é para mais próximo de 2018”, declarou o senador tucano ao ser questionado sobre a previsão de um vidente.

Assista ao vídeo

O líder da oposição no Senado não revelou ao Blog do Esmael para qual legenda pretende migrar.

“É uma previsão do Carlinhos de Apucarana. É uma projeção é na direção de algo novo para 2018, que saia desse arco político que envolve PT e PSDB”, explicou Álvaro, referindo-se ao vidente do município do Norte do Paraná.

O senador do PSDB ainda falou sobre a prisão donos das empreiteiras Odebrecht e Andrade Gutierrez. Ele admite que a Operação Lava Jato esteja gerando desemprego, mas acha o combate à corrupção necessária ao país.

Descontraído, Álvaro também disse que Hugo Henrique [o cachorrinho da raça Bichon Frisé] teria grandes possibilidades de candidatar-se em 2016. “É uma figura ímpar, é um nome nacional em virtude da participação dele na última campanha eleitoral”.

Leia mais

21 de junho de 2015
por Esmael Morais
19 Comentários

Demitido da Educação, privatizador continua ‘mamando’ na Copel

O ex-secretário da Educação, Fernando Xavier Ferreira, demitido após dois meses no cargo por “insuficiência técnica”, continua na presidência do Conselho de Administração da Copel (Companhia Paranaense de Energia).

A estatal de energia está próxima do fim, pois há clara intenção do governo Beto Richa (PSDB) de vender os ativos (privatizar) conforme relato do secretário da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, posteriormente minimizada pelo Palácio Iguaçu.

Pois bem, Xavier continua “mamando” R$ 7,3 mil mensais de jetons na Copel mesmo depois de demitido da Educação. O valor é superior à média salarial dos professores, que também é inferior ao auxílio-moradia, de R$ 4,7 mil, pagos aos juízes e desembargadores.

O ex-secretário foi presidente da Telefônica, que incorporou a antiga Telesp e Telepar, com a privatização do sistema Telebrás no governo Fernando Henrique Cardoso. A Telefônica utiliza hoje a marca Vivo.

Quem também tem uma teta no conselho da Copel são os secretários da Fazenda e o titular da Secretaria de Infraestrutura, José Richa Filho, o Pepe, irmão do governador. O secretariado de Richa utiliza os conselhos de estatais para turbinar o salário, que é de R$ 23,6 mil por mês.

A farra dos supersalários no governo Beto Richa foi registrada ontem (20) aqui no Blog do Esmael. Portanto, chega-se à triste conclusão: aos comissionados e membros do primeiro escalão, tudo; aos servidores e professores que lutam pela reposição inflacionária de 8,17%, nada.

Na sexta-feira (19), Fernando Xavier voltou ao prédio da Secretaria de Estado da Educação (SEED) que ocupou até 6 de maio, uma semana após o massacre no Centro Cívico. Ele foi agraciado com uma placa na galeria dos secretários da pasta.

Leia mais

21 de junho de 2015
por Esmael Morais
40 Comentários

Vidente prevê ‘a queda’ de Beto Richa

Macumbeiro Chik Jeitoso esteve semana passada na Assembleia para medir a intensidade das energias negativas; ele também esteve "despachando" nas cercanias do Palácio Iguaçu; segundo o bruxo mais famoso do Hemisfério, “ou Richa paga o que deve aos servidores ou perderá o cargo”; vidente prevê fim melancólico para o tucano: “afastamento judicial, renúncia ou prisão”.

Macumbeiro Chik Jeitoso esteve semana passada na Assembleia para medir a intensidade das energias negativas; ele também esteve “despachando” nas cercanias do Palácio Iguaçu; segundo o bruxo mais famoso do Hemisfério, “ou Richa paga o que deve aos servidores ou perderá o cargo”; vidente prevê fim melancólico para o tucano: “afastamento judicial, renúncia ou prisão”.

O bruxo e tarólogo Chik Jeitoso previu que o governador Beto Richa (PSDB) poderá “cair” do cargo se não pagar o reajuste de 8,17% para os professores e servidores públicos do Paraná. O vidente não precisou como seria a queda, mas sugeriu que poderia ser por “afastamento judicial, renúncia ou prisão”. ... 

Leia mais