7 de junho de 2014
por esmael
43 Comentários

Última reunião da Caravana Volta Requião; assista ao vivo

Completando 25 encontros em todas as regiões do Paraná, termina hoje à  noite, em Curitiba, à s 19h30, no restaurante Dom Antônio, a Caravana Volta Requião; movimento pela candidatura própria do PMDB, ao Palácio Iguaçu, reunirá delegados e lideranças da região metropolitana; pela manhã, correligionários do senador Roberto Requião se reuniram em Londrina, Dois Vizinhos e Cornélio Procópio; disputa interna! no PMDB é o principal embate político do Paraná dos últimos três anos e meio; Blog do Esmael vai transmitir ao vivo para todo o mundo; assista.

Completando 25 encontros em todas as regiões do Paraná, termina hoje à  noite, em Curitiba, à s 19h30, no restaurante Dom Antônio, a Caravana Volta Requião; movimento pela candidatura própria do PMDB, ao Palácio Iguaçu, reunirá delegados e lideranças da região metropolitana; pela manhã, correligionários do senador Roberto Requião se reuniram em Londrina, Dois Vizinhos e Cornélio Procópio; disputa interna! no PMDB é o principal embate político do Paraná dos últimos três anos e meio; Blog do Esmael vai transmitir ao vivo para todo o mundo; assista.

O Blog do Esmael transmite ao vivo na noite deste sábado (7), a partir das 19h30, desde o restaurante Dom Antônio, no bairro de Santa Felicidade, em Curitiba, a última reunião promovida pela Caravana Volta Requião. Leia mais

7 de junho de 2014
por esmael
13 Comentários

Marina e Eduardo Campos racham em SP por causa de Alckmin

do Brasil 247
A ex-senadora Marina Silva criou mais um problema para o presidenciável Eduardo Campos, do PSB. Em nota, divulgada neste sábado, ela acaba de anunciar que a Rede não seguirá a aliança entre o PSB e o governador Geraldo Alckmin, do PSDB, em São Paulo. O acordo foi fechado nesta sexta e deve fazer com que o deputado Marcio França (PSDB-SP) seja candidato a vice ou ao Senado na chapa tucana. Leia, abaixo, a nota de Marina:

Nota sobre a decisão do diretório do PSB de SP de apoiar o projeto político do PSDB no estado

Juntamente com todos os integrantes da Rede Sustentabilidade, discordo da indicação aprovada ontem na reunião do diretório estadual do PSB de São Paulo de apoiar o projeto político do PSDB. Para nós, isso é um equívoco. Consideramos necessário manter independência e lançar uma candidatura própria, que dê suporte ao projeto de mudança para o Brasil liderado por Eduardo Campos, e que dê ao povo de São Paulo a chance de fazer essa mudança também no âmbito estadual.

A Rede Sustentabilidade não seguirá essa indicação. Em todo o país, estamos debatendo o assunto e apoiando nossos companheiros de São Paulo na busca de uma alternativa que supere a velha polarização PT-PSDB, e que proporcione apoio efetivo à  candidatura de Eduardo Campos, que demonstre uma nova forma de fazer política e, principalmente, que represente os ideais de democracia e sustentabilidade expressos no programa de nossa Aliança.

Esperamos que os companheiros do PSB, em sua convenção estadual, não levem adiante essa proposta. Nesse sentido, manteremos o diálogo aberto e respeitoso. Mas, desde já, deixamos clara nossa posição de que, caso essa indicação não seja revertida, seguiremos caminho próprio e independente em São Paulo.

A nova força política que emerge no Brasil, interpretando o desejo de mudança tantas vezes manifestado por milhões de pessoas, encontrará também em São Paulo sua legítima expressão.

Marina Silva

7 de junho de 2014
por esmael
26 Comentários

Para vencer no 1!º turno, marqueteiro do PT planeja overdose de Lula na TV

do Brasil 247
Mago das campanhas petistas, o marqueteiro João Santana pretende inserir o ex-presidente Lula diariamente nos programas de TV de Dilma Rousseff destinados à  propaganda partidária. Pesquisa Datafolha aponta que o líder petista é o principal cabo eleitoral do Brasil, com potencial de transferência de votos na casa dos 60%.

O comando da campanha de Dilma não pretende impor restrições à  estratégia de João Santana, diferentemente do que aconteceu em 2010, quando a participação do ex-presidente foi limitada para não passar a ideia de que a então candidata Dilma era tutelada por ele.

Lula e Dilma já têm aparecido juntos em eventos públicos sempre que possível. Nesta sexta-feira (6), os dois líderes participaram do 21!º Encontro Estadual do PT do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre, ao lado do governador Tarso Genro e do ex, Olívio Dutra.

O ex-presidente criticou a cobertura presidencial da grande mídia, a quem creditou a falta de conhecimento da juventude sobre os avanços ocorridos no país nos últimos 11 anos. Eu vou chamar a atenção de uma coisa que está acontecendo nesse país: eu acho que por conta do tratamento que a imprensa tem dado ao governo, o povo brasileiro não sabe 30% do que o governo da presidenta Dilma está fazendo.!

O Datafolha revelou, além do alto grau de pessimismo com a economia, desalento recorde da população. O total de eleitores que não sabe em quem votar e os que pretendem votar branco ou nulo ou em nenhum candidato chegou a 30%, o maior patamar desde 1989.

7 de junho de 2014
por esmael
39 Comentários

Pesquisas favoráveis embalam ‘Volta Requião’; assista aos vídeos

O senador Roberto Requião intensifica neste sábado (7) o movimento pela candidatura própria do PMDB ao Palácio Iguaçu. Estimulado por nova sondagem, que o coloca tecnicamente empatado com o governador Beto Richa (PSDB), ele ainda luta para viabilizar-se na convenção estadual do próximo dia 20. Leia mais

7 de junho de 2014
por esmael
34 Comentários

àndia caingangue vai a Dilma contra privatização de bosque por Richa

Apesar de nota oficial negar intenção de privatizar o Bosque da Copel, em Curitiba, líder caingangue Sandra Terena afirma não acreditar no governo do tucano Beto Richa; índia promete ir à  presidenta Dilma pela preservação de última floresta urbana na capital paranaense.

Apesar de nota oficial negar intenção de privatizar o Bosque da Copel, em Curitiba, líder caingangue Sandra Terena afirma não acreditar no governo do tucano Beto Richa; índia promete ir à  presidenta Dilma pela preservação de última floresta urbana na capital paranaense.

De nada adiantou o governo de Beto Richa (PSDB), por meio de nota oficial da Companhia Paranaense de Energia (Copel), negar a venda de um bosque na estatal no bairro Bigorrilho em Curitiba. A índia caingangue Sandra Terena, ao Blog do Esmael, informou neste sábado (7) que pedirá ajuda à  presidenta Dilma Rousseff (PT) para impedir o tucano de privatizar a área verde. Leia mais

7 de junho de 2014
por esmael
Comentários desativados em Eleitores “órfãos” de Vargas e Cheida estão na mira dos políticos

Eleitores “órfãos” de Vargas e Cheida estão na mira dos políticos

via Folha de Londrina

Contrariando as perspectivas iniciais do ano eleitoral, o deputado federal André Vargas (sem partido) e o deputado estadual Luiz Eduardo Cheida (PMDB), ambos londrinenses e na lista dos principais nomes da política paranaense, podem ficar impedidos de disputar as urnas em outubro. Nesse cenário, o potencial de votos deles é cobiçado por políticos que pretendem ocupar esse espaço junto ao eleitorado “órfão”.

Pressionado por correligionários, Vargas saiu do PT após revelada sua ligação com o doleiro preso Alberto Youssef e não tem mais como participar das eleições. Pela legislação eleitoral, o candidato já deve ter, na data do pleito, pelo menos um ano de filiação a algum partido.

Já Cheida sofreu condenação no mês passado, já em segunda instância, por improbidade administrativa. Mas sua participação ou não na eleição ainda depende de desdobramentos. A condenação por colegiado pode o enquadrar na Lei da Ficha Limpa, mas o PMDB considera que a candidatura poderá ser efetivada, com o argumento de que não houve “dolo ou má fé”. Segundo o pré-candidato a deputado estadual Gilberto Martin (PMDB), “caso Cheida não consiga, será uma grande perda para a composição da legenda”. Peemedebistas calculam que o ex-prefeito de Londrina poderia alcançar 50 mil votos.

Martin, que a exemplo de Cheida também é médico, aposta na conquista de parte dos votos do correligionário, mas reconhece ser muito difícil manter todos esses votos no partido. “A região pode perder em representatividade.”

No PT, a avaliação é de que parte dos votos de Cheida pode migrar para a vereadora londrinense Lenir de Assis (PT), pré-candidata à  Assembleia Legislativa. O presidente estadual do PT, Enio Verri, acredita também em Tercílio Turini (PPS) e Martin. “Londrina tem uma classe média exigente, que vota no Cheida, e que pode sim votar na Lenir.” Para Verri, Cheida sempre teve uma postura mais à  esquerda.

Pré-candidato a deputado federal, Verri já começou a busca pelo capital eleitoral de Vargas, calculado em 200 mil votos, ao contratar parte da equipe do ex-petista. “Os votos do Vargas não devem ir para o Hauly (PSDB), nem para o Canziani (PTB), que têm o eleitorado definido. Acho que o Denilson Pestana (PT) poderá se apropriar de muitos destes votos. Eu também já recebi um certo apoio, mas não há como destinar para alguém a totalidade.”

O líder petista avalia que, mesmo sem os dois políticos já conhecidos das urnas, são poucas as chances de novos nomes surgirem. “Infelizmente as regras eleitorais são muito rígidas, não pode fazer comício, tem restrições para propaganda, quem não tem mandato não aparece. Apesar de toda essa busca por mudanças, a legislação não ajuda na renovação das lideranças. Isso não é positivo.”

7 de junho de 2014
por esmael
8 Comentários

Tucano Alckmin vence no primeiro turno com 44%, diz Datafolha

do Brasil 247
A pesquisa Datafolha sobre a sucessão estadual não poderia ser melhor para o governador Geraldo Alckmin, do PSDB. A despeito da crise de abastecimento de água, ele seria reeleito no primeiro turno, com 44% dos votos, se as eleições fossem realizadas hoje. O instituto ligado ao grupo Folha também aponta o surpreendente baixo desempenho daquele que, supostamente, seria seu principal rival. O ex-ministro Alexandre Padilha, do PT, marcou apenas 3%.

De acordo com a pesquisa, o único nome que emerge como um adversário real de Alckmin é o peemedebista Paulo Skaf, que se licenciou da presidência da Fiesp e cravou 21% na pesquisa. O ex-prefeito Gilberto Kassab marcou 5%.

Essa pesquisa chega num momento crucial, em que os candidatos estão amarrando suas alianças partidárias. Ontem, o PSB, de Eduardo Campos e Marina Silva, aceitou firmar aliança com o PSDB, na qual o deputado Márcio França poderá ser vice ou candidato ao Senado. Também foi confirmada a coligação entre PMDB e PDT, que indicará o advogado José Roberto Batochio como vice de Paulo Skaf.

Alckmin venceria no primeiro turno porque tem 44% contra 31% de todos os adversários somados, considerando ainda candidatos “nanicos”, como Gilbe

7 de junho de 2014
por esmael
3 Comentários

Coluna do Ricardo Gomyde: De braços abertos para o mundo

Ricardo Gomyde, em sua coluna deste sábado, exalta que a atual campeã Espanha e a Coréia do Sul ficarão baseadas no estado; espanhóis ficarão em Curitiba e os coreanos em Foz do Iguaçu; o colunista, que é assessor do Ministério do Esporte, destaca que um batalhão de 600 jornalistas do mundo inteiro acompanhará a seleção espanhola na capital paranaense; os asiáticos ficarão no segundo destino turístico do país, que são as Cataratas; Ao final, além de melhorias viárias, no aeroporto, na segurança... poderemos comemorar um grande intercâmbio cultural e tornar nossos destinos turísticos muito mais conhecidos internacionalmente!, comemora Gomyde, como a sensação do dever quase cumprido.

Ricardo Gomyde, em sua coluna deste sábado, exalta que a atual campeã Espanha e a Coréia do Sul ficarão baseadas no estado; espanhóis ficarão em Curitiba e os coreanos em Foz do Iguaçu; o colunista, que é assessor do Ministério do Esporte, destaca que um batalhão de 600 jornalistas do mundo inteiro acompanhará a seleção espanhola na capital paranaense; os asiáticos ficarão no segundo destino turístico do país, que são as Cataratas; Ao final, além de melhorias viárias, no aeroporto, na segurança… poderemos comemorar um grande intercâmbio cultural e tornar nossos destinos turísticos muito mais conhecidos internacionalmente!, comemora Gomyde, como a sensação do dever quase cumprido.

Ricardo Gomyde*

Nos próximos dias, o Paraná vai receber duas das 32 seleções classificadas para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014. A atual campeã Espanha e a Coréia do Sul ficarão baseadas no estado, onde treinarão antes de seguir para as cidades-sede para a disputados jogos. Com a oportunidade, nós paranaenses poderemos mostrar não apenas a espanhóis e coreanos, mas ao mundo, nossas belezas, a receptividade e a alegria de nosso povo. Leia mais