16 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
14 Comentários

Da BMW para os derrotistas da velha mídia: O Brasil é um BMW!

do Brasil 247 Se os executivos alemães que comandam a BMW, uma das maiores montadoras do mundo, se informassem pela imprensa brasileira, que exerce o que o jornalista Luis Nassif definiu como “pessimismo militante”, dificilmente a fábrica de 200 milhões de euros, inaugurada hoje na cidade de Araquari, em Santa Catarina, sairia do papel.

Felizmente, os alemães tomam suas decisões levando em conta suas próprias análises sobre a economia brasileira e suas perspectivas futuras. O resultado é uma fábrica moderna, que está gerando 3,5 mil empregos.

Os alemães, no entanto, decidiram também mandar um recado à  imprensa brasileira, num anúncio histórico, publicado hoje na Folha de S. Paulo !“ o mais pessimista dos meios de comunicação !“ e também em outros veículos. Eis a íntegra do texto, que também deveria ser lido pelos compradores de BMWs, outros militantes profissionais do pessimismo:

O Brasil é um BMW.

Nova fábrica BMW em Araquari, SC.

Nasce hoje, para um Brasil maior amanhã.

Ultimamente, parece que está na moda questionar a capacidade do Brasil.

A capacidade do País de realizar, de crescer, de ser grande, de ser o país que todo mundo espera e precisa.

Permitam-nos discordar inteiramente dessa percepção. Para nós, o Brasil é um BMW.

Poucos países no mundo cresceram como este.

Cresceram em riqueza, cresceram em possibilidades, em autoafirmação e em plena liberdade.

O Brasil passou de mero espectador a vibrante realizador. Deixou de ser aquele sujeito que ficava à  beira da estrada, só assistindo aos carros passarem, para virar motor do seu próprio destino.

Este país é único. Pensa novo. à‰ original de fábrica na sua natureza, na sua língua, no seu povo.

Nenhum país hoje no mundo pode escolher um caminho que não passe pelo Brasil. Nada mais natural do que a BMW estar aqui.

Se alguns duvidam do Brasil, nós investimos 200 milhões de euros.

Se ficam com o pé atrás, nós pisamos no acelerador: vamos gerar mais de 3.500 empregos diretos e indiretos, numa fábrica com capacidade para produzir 32 mil carros por ano: BMW Série 1, Série 3, BMW X1, X3 e MINI Countryman.

Esta fábrica que hoje nasce em Araquari. Que vai i Leia mais

16 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
38 Comentários

“Governo Beto Richa é um vexame nacional”, diz Enio Verri

Deputado Enio Verri, presidente estadual do PT, nesta segunda (16), afirmou que o governador tucano Beto Richa faz vergonha nacional ao quebrar o Paraná; à‰ um vexame nacional. Todos os paranaenses estão envergonhados. à‰ lamentável ver o Paraná, com a nossa grandeza, com as nossas riquezas, chegar numa situação como esta. Não ter dinheiro nem para combustível e telefone para a polícia. Todos os setores do governo afetados. Infelizmente, quem mais perde é o população!, criticou o parlamentar petista, referindo-se à  reportagem divulgada hoje no jornal Folha de S. Paulo.

Deputado Enio Verri, presidente estadual do PT, nesta segunda (16), afirmou que o governador tucano Beto Richa faz vergonha nacional ao quebrar o Paraná; à‰ um vexame nacional. Todos os paranaenses estão envergonhados. à‰ lamentável ver o Paraná, com a nossa grandeza, com as nossas riquezas, chegar numa situação como esta. Não ter dinheiro nem para combustível e telefone para a polícia. Todos os setores do governo afetados. Infelizmente, quem mais perde é o população!, criticou o parlamentar petista, referindo-se à  reportagem divulgada hoje no jornal Folha de S. Paulo.

O deputado Enio Verri, presidente estadual do PT, nesta segunda-feira (16), lamentou e pediu desculpas aos paranaenses pela vergonha que o governador Beto Richa (PSDB) está os fazendo passar ao quebrar financeiramente o estado. ... 

Leia mais

16 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
8 Comentários

Pressionado, governo Richa recua de privatização na saúde

Deputado Gilberto Martin, que é médico de profissão, nesta segunda, comemorou o recuou do governo Richa que retirou da pauta projeto que privatizava a saúde no estado; segundo o parlamentar do PMDB, criação da Fundação Estatal de Atenção em Saúde era temerária; na sexta, em nota, entidades sindicais alertaram para o risco de prisões de membros do governo, caso cometessem ilegalidades; retirada do projeto foi encaminhada pelo líder do governo Richa, deputado Ademar Traiano, que aproveitou as galerias cheias de servidores para anunciar antecipação do pagamento do 13!º salário para esta quarta (18).

Deputado Gilberto Martin, que é médico de profissão, nesta segunda, comemorou o recuou do governo Richa que retirou da pauta projeto que privatizava a saúde no estado; segundo o parlamentar do PMDB, criação da Fundação Estatal de Atenção em Saúde era temerária; na sexta, em nota, entidades sindicais alertaram para o risco de prisões de membros do governo, caso cometessem ilegalidades; retirada do projeto foi encaminhada pelo líder do governo Richa, deputado Ademar Traiano, que aproveitou as galerias cheias de servidores para anunciar antecipação do pagamento do 13!º salário para esta quarta (18).

O barulho ensurdecedor nas galerias da Assembleia Legislativa do Paraná, na tarde desta segunda (16), ajudou a pressionar o governo Beto Richa (PSDB) a recuar na votação do projeto que privatizava a saúde no estado. Já no início da sessão, o líder do governo, Ademar Traiano (PSDB), anunciou a retirada da mensagem que cria a Fundação Estatal de Atenção em Saúde do Estado do Paraná (FUNEAS-PARANà). ... 

Leia mais

16 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
9 Comentários

Nos bastidores, petistas travam batalha pela Câmara Federal

Vanhoni e Luizão, da corrente CNB, podem protagonizar uma das mais "emocionantes" batalhas pelos votos da região metropolitana de Curitiba rumo à  Câmara Federal; outro que corre por fora é o sindicalista Denílson Pestana.

Vanhoni e Luizão, da corrente CNB, podem protagonizar uma das mais “emocionantes” batalhas pelos votos da região metropolitana de Curitiba rumo à  Câmara Federal; outro que corre por fora é o sindicalista Denílson Pestana.

O deputado federal à‚ngelo Vanhoni é tido como um dos possíveis puxadores de voto na chapa proporcional do PT em 2014. Estima-se que ele vá liderar o batalhão de frente, haja vista seu trabalho na Câmara com o Plano Nacional de Educação (PNE) e em virtude de espaços que abriu na administração do prefeito Gustavo Fruet (PDT), em Curitiba. ... 

Leia mais

16 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
12 Comentários

Rocha Loures contrata bruxo para “garantir” candidatura de Pessuti

Para garantir candidatura própria de Pessuti, o coordenador de Relações Institucionais da Vice-Presidência da República, Rocha Loures, recorreu ao bruxo e tarólogo Chik jeitoso; macumbeiro mais famoso do Hemisfério já fez "trabalho" para o senador tucano àlvaro Dias, que pediu para tirar André Vargas da disputa pelo senado; coincidência ou não, semana passada o petista jogou a toalha e abriu caminho para composição com outros partidos na chapa de Gleisi Hoffmann.

Para garantir candidatura própria de Pessuti, o coordenador de Relações Institucionais da Vice-Presidência da República, Rocha Loures, recorreu ao bruxo e tarólogo Chik jeitoso; macumbeiro mais famoso do Hemisfério já fez “trabalho” para o senador tucano àlvaro Dias, que pediu para tirar André Vargas da disputa pelo senado; coincidência ou não, semana passada o petista jogou a toalha e abriu caminho para composição com outros partidos na chapa de Gleisi Hoffmann.

O macumbeiro Chik Jeitoso, o mais famoso deste Hemisfério, afirma que foi contratado pelo coordenador de Relações Institucionais da Vice-Presidência da República, Rodrigo Rocha Loures, para fazer um “trabalho” a favor da candidatura de Orlando Pessuti ao Palácio Iguaçu. O ex-governador trava uma queda de braço dentro do PMDB com o senador Roberto Requião, que também quer a vaga de candidato à  sucessão de Beto Richa (PSDB) em 2014. ... 

Leia mais

16 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
33 Comentários

Desobediência civil: Professores vão implantar 33% de hora-atividade à  revelia do governo Richa

Por unanimidade, professores e funcionários de escolas levantam o cartão vermelho para a dupla Arns e Richa durante assembleia da APP-Sindicato; em fevereiro, no início do ano letivo, educadores vão promover campanha de desobediência civil ao implantar, na marra, os 33% de hora-atividade dentro das 2,1 mil escolas da rede pública estadual; os tucanos vêm descumprindo a Lei Nacional do Piso do Magistério e aplicando sucessivos calotes na categoria, que reclama R$ 80 milhões de atrasados.

Por unanimidade, professores e funcionários de escolas levantam o cartão vermelho para a dupla Arns e Richa durante assembleia da APP-Sindicato; em fevereiro, no início do ano letivo, educadores vão promover campanha de desobediência civil ao implantar, na marra, os 33% de hora-atividade dentro das 2,1 mil escolas da rede pública estadual; os tucanos vêm descumprindo a Lei Nacional do Piso do Magistério e aplicando sucessivos calotes na categoria, que reclama R$ 80 milhões de atrasados.

A desobediência civil vai chegar à s escolas paranaenses já no primeiro dia de aula letivo de 2014, conforme calendário de lutas aprovado em assembleia da APP-Sindicato. Já que o governo Beto Richa (PSDB) não implanta os 33% da hora-atividade, de acordo com a Lei Nacional do Piso do Magistério, professores a farão valer na prática nos dias 11, 19, 27 de fevereiro e 07 de março. ... 

Leia mais

16 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
28 Comentários

Pessuti afirma que tem maioria para derrotar Requião no PMDB

por Ivan Santos, no Bem ParanáDepois de oito anos como vice de Roberto Requião no governo, Orlando Pessuti rompeu com seu ex-companheiro de chapa e de partido ao assumir o comando do Palácio Iguaçu em abril de 2010, e desde então os dois não mais se falaram. Pessuti garante que foi Requião que rompeu relações com ele, porque não queria que ele governasse o Estado para continuar mandando mesmo depois de deixar o cargo.

Pouco mais de três anos depois, os dois disputam a vaga de candidato do PMDB ao governo para 2014, em um partido dividido, que flerta ainda com o apoio à  reeleição do atual governador Beto Richa (PSDB), ou uma aliança com o PT da ministra Gleisi Hoffmann. Pessuti garante ter maioria para bater Requião na convenção, com o apoio dos deputados estaduais e federais da sigla. E apesar de admitir que a briga pode prejudicar a candidatura do partido ao governo, diz estar convicto de que com o PMDB no páreo, a disputa fatalmente irá para o segundo turno.

Em entrevista ao Bem Paraná, o ex-governador relata os bastidores do rompimento com Requião e diz porque tem certeza de que pode chegar a esse segundo turno, caso seja escolhido pelo partido.

Bem Paraná – Por que foi cancelada a convenção do PMDB de Curitiba?

Orlando Pessuti !“ O cancelamento deveu-se a um entendimento entre os deputados estaduais, o nosso presidente (estadual do PMDB), Osmar Serraglio, com a direção nacional do partido. Existe um recurso tramitando na Executiva Nacional proposto pelo grupo do Requião que pede para ser validada a convenção de julho realizada por eles e que foi por nós indeferida. E o relator do processo, que é o secretário-geral do partido, deputado Mauro Lopes, pediu que fosse feito o adiamento para que ele pudesse estudar melhor o assunto. E o presidente da comissão interventora, Reinhold Stephanes (Jr) decidiu adiar.

BP – O senador Requião foi destituído da presidência do PMDB de Curitiba sob a alegação de baixo desempenho. Mas muitos integrantes da Executiva do partido, inclusive o senhor, não fizeram campanha para o candidato do partido. Não há contradição?

Pessuti !“ Você não fazer campanha para o candidato do partido não tem nenhuma contradição nesse aspecto. O candidato (a prefeito) do partido (Rafael Greca) teve um bom desempenho até. Agora a chapa de vereadores é que não teve. Se a chapa de vereadores tivesse feito 10% dos votos como fez o candidato a prefeito, nós teríamos pelo menos três ou quatro vereadores. A norma a que nós nos ativemos para a dissolução do diretório de Curitiba e outros 26 é o fato de que não conseguimos o desempenho estabelecido que era pelo menos 10% dos votos para vereador.

BP !“ O senhor também lançou seu filho (Br Leia mais

16 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
26 Comentários

Sem dinheiro para gasolina no jatinho, Richa pega voo comercial

Crise financeira aguda no governo impõe "dieta" de voos a Richa, que trocou jatos e helicópteros oficiais pelos voos comerciais; neste final de semana, governador do PSDB voou de Londrina a Curitiba pela TAM, o que retrata gravidade do problema no caixa do estado; jornal Folha de S. Paulo, nesta segunda, relata o aprofundamento da agonia tucana; deputado Elton Welter, líder da oposição, afirma que o governo não tem como garantir pagamento de salários aos 230 mil servidores a partir de 2014.

Crise financeira aguda no governo impõe “dieta” de voos a Richa, que trocou jatos e helicópteros oficiais pelos voos comerciais; neste final de semana, governador do PSDB voou de Londrina a Curitiba pela TAM, o que retrata gravidade do problema no caixa do estado; jornal Folha de S. Paulo, nesta segunda, relata o aprofundamento da agonia tucana; deputado Elton Welter, líder da oposição, afirma que o governo não tem como garantir pagamento de salários aos 230 mil servidores a partir de 2014.

Reflexo da falta de dinheiro, o governador Beto Richa (PSDB) trocou neste final de semana o jatinho e helicópteros que tanto gosta pelo voo comercial da TAM (voo JJ 3106). O tucano veio de Londrina, no Norte do Estado, e desembarcou no aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, acompanhado do chefe da Casa Civil, Reinold Stephanes. ... 

Leia mais

16 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
15 Comentários

Veja essa: apenas 29 maçons fazem ato em defesa de Barbosa e pelo porte de arma de fogo

do Brasil 247

Manifestação pacífica contra a corrupção no Brasil usou a imagem do presidente do STF e do líder sul-africano Nelson Mandela; grupo de maçons, convocado também pela entidade Movimento Brasil Merece Mais, listou entre as reivindicações, no Parque do Povo, em São Paulo, a redução de impostos e o poder de portar armas para se defender.

Manifestação pacífica contra a corrupção no Brasil usou a imagem do presidente do STF e do líder sul-africano Nelson Mandela; grupo de maçons, convocado também pela entidade Movimento Brasil Merece Mais, listou entre as reivindicações, no Parque do Povo, em São Paulo, a redução de impostos e o poder de portar armas para se defender.

Um pequeno grupo de 29 manifestantes, convocado por maçons e pela entidade Movimento Brasil Merece Mais, realizou no último domingo um ato em apoio a Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal. “A maçonaria não faz protesto, mas, os maçons sim”, explica Fernando Colacioppo. ... 

Leia mais

16 de dezembro de 2013
por Esmael Morais
11 Comentários

Coluna do Marcelo Araújo: “Políticos fazem da segurança no trânsito um balcão de negócios”

Marcelo Araújo, em sua coluna desta segunda, vê politicagem do executivo e do legislativo no adiamento para 2016 da obrigatoriedade do airbag e freio ABS nos veículos, além da regulamentação do uso da bicicleta elétrica; governo e montadores alegam desemprego no setor automotivo se cumprir a lei agora. colunista, que especialista em trânsito, diz que segurança é assunto muito sério para ficar no balcão de negócios de 2014; leia o texto.

Marcelo Araújo, em sua coluna desta segunda, vê politicagem do executivo e do legislativo no adiamento para 2016 da obrigatoriedade do airbag e freio ABS nos veículos, além da regulamentação do uso da bicicleta elétrica; governo e montadores alegam desemprego no setor automotivo se cumprir a lei agora. colunista, que especialista em trânsito, diz que segurança é assunto muito sério para ficar no balcão de negócios de 2014; leia o texto.

por Marcelo Araújo* ... 

Leia mais

Esmael Morais 2009-2018. O Blog do Esmael é liberto das excludentes convenções mercantis Copyright ©. O site não cobra pelos direitos autorais, portanto, pode e deve ser reproduzido no todo ou em parte, além de ser liberado para distribuição desde que preservado seu conteúdo e o nome do autor. | A política como ela é em tempo real.

Topo