31 de Março de 2016
por esmael
19 Comentários

Perdeu, Globo: dois milhões foram às ruas contra o golpe no Brasil

Dia 31 de março de 2016 entrou para a História como o Dia do Antigolpe. A antítese de 31 de março de 1964, quando teve golpe. Hoje, cerca de 2 milhões de pessoas foram às ruas para dizer que “Não Vai Ter Golpe” no Brasil e no mundo.

O destaque foi Brasília, que reuniu 200 mil brasileiros e brasileiras.

A maior derrotada foi a TV Globo, que perdeu a batalha da comunicação para as redes sociais. Prevaleceu a narrativa #BrasilContraOGolpe. A emissora dos Marinhos fogem da palavra “golpe” como o diabo foge da cruz.

Se a Globo perdeu, ganhou a TV Brasil — que é estatal –, candidatíssima a herdar o sinal da golpista – que é uma concessão pública.

A televisão do governo brasileiro deu um show de transmissão, bem como outras tevês como a TVT, TV 15 e de entidades como Perseu Abramo.

O Brasil e o mundo disseram hoje em alto e bom tom que #NãoVaiTerGolpe!

PS: A Globo não perdeu só no asfalto hoje, também levou uma sova no tribunal — o STF; na verdade, seu fornecedor de grampos ilegais tomou uma goleada de 9 a um.

31 de Março de 2016
por esmael
3 Comentários

AO VIVO: protesto contra o golpe

Transmissão encerrada.

O Blog do Esmael, em parceria com a TV 15, transmite ao vivo para o Brasil e o mundo, a partir de Curitiba, a manifestação contra o golpe e a democracia. Leia mais

31 de Março de 2016
por esmael
19 Comentários

Ministro ‘supersincero’ do STF sobre o PMDB: ‘Meu Deus do céu! Essa é a nossa alternativa de poder’

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, nesta quinta-feira (31), reverberou o que muitos brasileiros pensam sobre o golpe contra o mandato de Dilma Rousseff e a alternativa oposicionista à atual presidente da República.

“Quando, anteontem, o jornal exibia que o PMDB desembarcou do governo e mostrava as pessoas que erguiam as mãos, eu olhei e: Meu Deus do céu! Essa é a nossa alternativa de poder. Eu não vou fulanizar, mas quem viu a foto sabe do que estou falando”, afirmou o ministro.

Na terça-feira (29), em apenas três minutos, uma reunião do diretório nacional do PMDB aprovou o “rompimento” com o governo federal. Entretanto, conforme registrou o Blog do Esmael, peemedebistas seguiam indicando pessoas para cargos em agências estatais.

Hoje à tarde, por 9 votos a favor e um contra, o STF confirmou a cassação da jurisdição do juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, de investigar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O relator do processo, ministro Teori Zavascki, criticou o magistrado paranaense pela divulgação de escutas telefônicas ilegais com conversas entre Lula e a presidente Dilma Rousseff.

31 de Março de 2016
por esmael
27 Comentários

AO VIVO: Supremo julga cassação da jurisdição do juiz Sérgio Moro sobre investigação contra Lula

O Plenário do Supremo Tribunal Federal delibera esta tarde sobre a decisão liminar do relator, ministro Teori Zavascki, que cassa a jurisdição do juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba (PR), que grampeou ilegalmente conversas telefônicas entre a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A reclamação aponta o fato de as interceptações registrarem diálogos com a presidente da República e com outros agentes públicos que detêm prerrogativa de foro. Com base na jurisprudência da Corte, o ministro destacou que cabe apenas ao STF decidir sobre a necessidade de desmembramento de investigações que envolvam autoridades com prerrogativa de foro.

Atualização às 17h40: Hoje à tarde, por 9 votos a favor e um contra, o STF confirmou a cassação da jurisdição do juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, de investigar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O relator do processo, ministro Teori Zavascki, criticou o magistrado paranaense pela divulgação de escutas telefônicas ilegais com conversas entre Lula e a presidente Dilma Rousseff.

Assista ao vivo:

31 de Março de 2016
por esmael
1 Comentário

O desembarque do PMDB do governo, segundo o ator Dan Stulbach

O ator Dan Stulbach, em seu perfil no Facebook, publicou uma animação GIF que traduz o desembarque o vice-presidente da República, Michel Temer, e do PMDB, do governo Dilma Rousseff. O filme virou meme na internet. Confira. Leia mais

31 de Março de 2016
por esmael
21 Comentários

TV Brasil cobre AO VIVO movimento antigolpe. Te cuida, Globo!

Cresce no país a campanha para que a TV Brasil assuma o sinal da TV Globo, que é uma concessão pública.

A emissora estatal cresceu bastante na cobertura antigolpe, ao passo que a televisão dos Marinhos — tal qual na ditadura de 1964 — mergulha no golpe.

Só mesmo um tongo manteria uma concessão pública que atenta contra o Estado Democrático de Direito.

Fora o golpismo da Globo, mais democracia! Mais TV Brasil!

Assista ao vivo:

31 de Março de 2016
por esmael
5 Comentários

Blog do Esmael transmite ao vivo #BrasilContraOGolpe

A partir das 14 horas, o Blog do Esmael, vai transmitir ao vivo as manifestações do #BrasilContraOGolpe em Curitiba, São Paulo e Brasília.

Na capital nacional do grampo, Curitiba, as imagens serão geradas pela TV 15 — emissora do senador Roberto Requião (PMDB) – a partir da Praça Santos Andrade (UFPR).

Em São Paulo, o Blog do Esmael, trabalhará com a TVT — a televisão dos trabalhadores — e em Brasília, em parceria com a TV Brasil e o Instituto Perseu Abramo.

#BrasilContraOGolpe é hastahg, a palavra-chave, definida para marcar na internet a luta contra o retrocesso democrático no país.

31 de Março de 2016
por esmael
6 Comentários

Beto Richa segue como governador pior avaliado do país, diz PR Pesquisas

O governador Beto Richa (PSDB) continua sendo o pior avaliado do país, segundo levantamento divulgado nesta quinta-feira (31) pelo instituto Paraná Pesquisas.

O tucano tem 71% de desaprovação, dentro da margem de erro, número próximo à taxa de setembro do ano passado (73%).

As mulheres são as que mais reprovam Beto Richa, 72%, segundo a sondagem, ante 70% dos homens. Em abril de 2015, houve o massacre de professores cuja categoria é formada majoritariamente pelo feminino.

O governador do PSDB é reprovado praticamente com os mesmos índices em todas as classes sociais e nível de escolaridade, mas é rejeitado por 80% dos que têm ensino superior.

O título de pior avaliado do país foi “conquistado” pelo tucano em outubro de 2015. Desde aquela época, até agora, ele não “desgarrou” mais do troféu.

Embora rejeitado pela maioria dos eleitores, não há no Paraná campanha pelo golpe contra o mandato do governador Beto Richa — como a realizada pelo PSDB contra a presidente Dilma Rousseff.

Se Beto Richa mergulha na desgraça, sobem no conceito do eleitorado paranaense o vice-presidente do Banco do Brasil, Osmar Dias (PDT), e o senador Roberto Requião (PMDB). A dupla seria imbatível nas urnas.

A Paraná Pesquisas jura que não simulou a disputa de 2018, mas há quem também jure que viu os números sobre a corrida pelo Palácio Iguaçu e Senado.

31 de Março de 2016
por esmael
5 Comentários

Brasil sai hoje às ruas contra o golpe

Hoje, 52 anos após o golpe militar de 1964, o Brasil volta às ruas para defender a democracia ameaçada.
Há em curso no país mais uma tentativa de golpe contra o Estado Democrático de Direito.

Reconhecidos ladrões da República querem a deposição de Dilma Rousseff, uma mulher honesta, que nada roubou.

Para usar a expressão do ministro Marco Aurélio Mello, do STF, “impeachment sem crime é golpe”.

Os golpistas querem violar mais de 54 milhões de votos conferidos a presidente democraticamente eleita na eleição de 2014.

É importante que as forças vivas e pensantes da sociedade saiam hoje às ruas, em todo o país, para que as trevas não voltem rondar nossas liberdades democráticas.

A covardia de alguns setores da sociedade, em 31 de março de 1964, mergulhou o Brasil numa sanguinária ditadura de 21 anos.

Portanto, não deixe hoje a história se repetir, pois, segundo Marx, isso a primeira vez isso ocorre como tragédia e a segunda como farsa.

O Blog do Esmael vai transmitir ao vivo nesta tarde a marcha contra o golpe.

31 de Março de 2016
por admin
5 Comentários

Coluna do Requião Filho: Curitiba fez 323 anos com pouco a comemorar

Requião Filho*

Curitiba, antiga cidade modelo, referência em ecologia, planejamento urbano e qualidade de vida, hoje perece a olhos vistos.

Nada de novo foi projetado e o que era bom não foi mantido a contento ou foi abandonado, jogado à própria sorte. As administrações fecharam os olhos para o crescimento populacional e industrial da cidade, o que vem causando, por exemplo, uma degradação da mobilidade urbana.

O transporte coletivo, antes referência mundial, hoje, desintegrado, caro e ineficiente, é um problema diário na vida daqueles cidadãos que dele dependem.

Ruas esburacadas balançam o cotidiano dos curitibanos, de uma forma nenhum pouco agradável e não condizem com a beleza da cidade construída com trabalho dos povos das mais diversas partes do mundo que escolheram Curitiba para viver.

As belas praças e parques da arborizada Curitiba dos anos 90, não possuem mais o mesmo brilho.

Os cartões postais de outrora necessitam de maior atenção, a precária maquiagem aplicada gestão após gestão não foi suficiente para resgatar a altivez dos símbolos municipais, reconhecidos internacionalmente e que não condizem, na atualidade, com uma Capital cosmopolita e antenada com o futuro.

A Capital das oportunidades, que acolhia a todos com calor humano e compreensão social, hoje convive com moradores de rua abandonados, carentes de cuidados, distantes de qualquer proteção, que vivem em busca

31 de Março de 2016
por admin
Comentários desativados em O que diz a velha mídia nesta quinta

O que diz a velha mídia nesta quinta

zh1Jornais do Paraná

Gazeta do Povo: Dilma usa “caneta cheia” para reconstruir maioria Leia mais

30 de Março de 2016
por esmael
8 Comentários

Ministro do STF diz que impeachment sem fato jurídico é golpe; assista

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio Mello, jogou um balde de água fria nos golpistas num momento em que eles fazem ginástica para encontrar um “crime” que justifique o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Segundo o ministro, a presidente tem razão quando afirma que impeachment sem crime é golpe.

“Acertada a premissa, ela tem toda razão. Se não houver fato jurídico que respalde o processo de impedimento, esse processo não se enquadra em figurino legal e transparece como golpe”, disse nesta quarta-feira (30).

“É uma esperança vã (que o impeachment resolva a crise). Impossível de frutificar. Nós não teremos a solução e o afastamento das mazelas do Brasil apeando a presidente da República. O que nós precisamos, na verdade, nessa hora, é de entendimento, é de compreensão, é de visão nacional”, declarou o magistrado.

A manifestação do ministro do STF se dá na véspera do protesto contra o impeachment em todo o país. Apoiadores do governo — contra o golpe — concentrarão esforços em Brasília.

Abaixo, assista ao vídeo:

30 de Março de 2016
por esmael
32 Comentários

Temer e Cunha desembarcaram sozinhos do governo. E agora?

O teatro de três minutos que foi a reunião do diretório nacional do PMDB, ontem (29), em Brasília, possibilitou os solitários desembarques do governo do vice-presidente da República, Michel Temer, e do presidente da Câmara, Eduardo Cunha.

A ministra da Agricultura, Kátia Abreu, em mensagem pelo Twitter, disse que ela e os outros cinco correligionários se licenciarão da legenda em “respeito à decisão aprovada”.

Entretanto, os seis ministros peemedebistas se mostram dispostos continuar em seus respectivos cargos. O partido ocupa as seguintes pastas: Ciências e Tecnologia, Aviação Civil, Minas e Energia, Agricultura, Saúde e Portos.

Na reunião que decidiria pelo “rompimento”, a claque peemedebista gritara ontem a palavra de ordem errada — “Fora, PT” — quando deveria ter bradado “Fora, PMDB” do governo.

24 horas depois do teatro, o senador Roberto Requião acusou Temer de aplicar golpe no PMDB. Segundo o parlamentar paranaense, não tinha quórum para deliberar a saída do governo Dilma. “Só conferir nos vídeos”, sugeriu.

A saída do núcleo golpista do governo abriu espaço, no PMDB, para a outra metade da legenda que vinha sendo sufocada pela fome de leão, por cargos, da dupla Cunha-Temer.

30 de Março de 2016
por esmael
16 Comentários

Requião: PMDB sofreu golpe de Temer

O senador Roberto Requião, pelo Twitter, acusou nesta quarta-feira (30) o vice-presidente da República, Michel Temer, de aplicar um “golpe” no PMDB.

Sem citar o presidente nacional da sigla, Requião afirmou que ontem não havia quórum na reunião do diretório nacional para deliberar pelo “rompimento” com o governo Dilma.

O senador peemedebista sugere análise acurada dos vídeos para checar as presenças na reunião, que durou menos de três minutos.

Na verdade, a exiguidade de tempo não possibilitou aos membros do diretório assinarem a ata de presença.

Dona Ciroba, síndica de um prédio em Curitiba, disse que três minutos não são suficientes para deliberar coisa séria.

30 de Março de 2016
por esmael
5 Comentários

“Ministério da Justiça deveria investigar a farra golpista do sistema S com dinheiro público”

J. Carlos de Assis*

Marx supunha que o capitalismo explodiria por conta de suas próprias contradições internas. Parte do capitalismo brasileiro não quer esperar por isso. Corre o risco de explodir por conta de sua imbecilidade. As matérias pagas pedindo o impeachment da Presidenta Dilma em edições de quatro jornais de ontem denotam a suprema estupidez do empresariado, sobretudo paulista, capitaneado por essa figura caricata de Paulo Skaf, por perderam completamente a perspectiva dos interesses reais em favor de ideologia política.

É bem verdade que, para seus propósitos imbecis, Skaf é um sujeito de sorte. Encontrou entre dirigentes das classes trabalhadoras um trânsfuga do movimento sindical, Paulinho da Força, que se coloca na vanguarda do atraso em matéria de política econômica e tornou-se seu sócio. Skaf teve sorte também por trocar a fatigante vida industrial pela comodidade do corporativismo sindical, apossando-se de uma das maiores caixas da República, o dinheiro público arrecadado em nome do Sesi e do Senai.

A exposição pública de dinheiro esbanjado na propaganda do impeachment, com a cobertura de assinaturas provavelmente financiadas pela própria Fiesp, é um acinte à decência e um desafio à ética. Algum procurador da República, desses que preservam a honra de não agir segundo preferências partidárias, deveria investigar a fonte dos recursos usados nessa propaganda, ou seja, se há ali dinheiro do Sesi e do Senai – dinheiro público que deve estar sob fiscalização do TCU e demais órgãos de controle da administração federal, mas que não está.

Não só pelo descaramento do uso político-partidário de verbas oriundas de recursos parafiscais essa atuação de Skaf deveria ser investigada. Ele e o presidente da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro, Eduardo Eugênio, introduziram no sistema S a inacreditável cobrança por cursos de profissionalização. Um sistema inventado por Getúlio e empresários idealistas, no tempo em que os havia, foi degenerado numa arapuca para ganhar dinheiro de pobres e de desempregados, numa verdadeira aberração das finalidades do Senai.

Por que a imprensa brasileira nunca denunciou isso? A resposta está nas páginas do pedido de impeachment. Na verdade, a Fiesp não quer apenas fazer propagan

30 de Março de 2016
por esmael
18 Comentários

“Dilma é vítima de golpe clássico”, diz ator Wagner Moura

Pela legalidade

Ser legalista não é o mesmo que ser governista, ser governista não é o mesmo que ser corrupto. É intelectualmente desonesto dizer que os governistas ou os simplesmente contrários ao impeachment são a favor da corrupção.

Embora me espante o ódio cego por um governo que tirou milhões de brasileiros da miséria e deu oportunidades nunca antes vistas para os pobres do país, não nego, em nome dessas conquistas, as evidências de que o PT montou um projeto de poder amparado por um esquema de corrupção. Isso precisa ser investigado de maneira democrática e imparcial.

Tenho feito inúmeras críticas públicas ao governo nos últimos 5 anos. O Brasil vive uma recessão que ameaça todas as conquistas recentes. A economia parou e não há mais dinheiro para bancar, entre outras coisas, as políticas sociais que mudaram a cara do país. Ninguém é mais responsável por esse cenário do que o próprio governo.

O esfacelamento das ideias progressistas, que tradicionalmente gravitam ao redor de um partido de esquerda, é também reflexo da decadência moral do PT, assim como a popularidade crescente de políticos fascistas como Jair Bolsonaro.

É possível que a esquerda pague por isso nas urnas das próximas eleições. Caso aconteça, irei lamentar, mas será democrático. O que está em andamento no Brasil hoje, no entanto, é uma tentativa revanchista de antecipar 2018 e derrubar na marra, via Judiciário politizado, um governo eleito por 54 milhões de votos. Um golpe clássico.

O país vive um Estado policialesco movido por ódio político. Sergio Moro é um juiz que age como promotor. As investigações evidenciam atropelos aos direitos consagrados da privacidade e da presunção de inocência. São prisões midiáticas, condenações prévias, linchamentos públicos, interceptações telefônicas questionáveis e vazamentos de informações seletivas para uma imprensa controlada por cinco famílias que nunca toleraram a ascensão de Lula.

Você que, como eu, gostaria que a corrupção fosse investigada e políticos corruptos fossem para a cadeia não pode se render a esse vale-tudo típico dos Estados totalitários. Isso é combater um erro com outro.

Em nome da moralidade, barbaridades foram cometidas por governos de direita e de esquerda. A luta contra a corrupção foi também o mote usado pelos que apoiaram o golpe em 1964.

Arrepio-me sempre que escuto alguém dizer

30 de Março de 2016
por esmael
10 Comentários

Comerciantes declaram hoje “guerra do vinho” contra Beto Richa; tucano segue quebrando o Paraná

Ouça o áudio:

Comerciantes e produtores de vinho protestam às 15 horas desta quarta-feira (30), em Curitiba, no Mercado Municipal, contra a política tributária do governador Beto Richa (PSDB).

Os manifestantes irão denunciar que o tucano segue quebrando o Paraná com sua irresponsabilidade fiscal, por isso eles vão declarar oficialmente a “guerra do vinho”, hoje à tarde, contra o tucano.

Donos de restaurantes denunciam a taxa de ICMS cobrada pela administração do governador do PSDB. Segundo os organizadores do ato, 54% do valor final do vinho é referente ao imposto.

A manifestação dos comerciantes pretende divulgar ao consumidor que o preço alto não é culpa das empresas. O comerciante Cesar Heiden afirma que o movimento reúne todos os envolvidos na produção e venda de vinho.

Na última segunda-feira (28), em entrevista ao Blog do Esmael, o ex-secretário de Estado da Fazenda, Heron Arzua, havia dito que o setor de importação — inclusive de vinhos — evita os tributos do governo Beto Richa.

“As importações estão se dando via Santa Catarina. O vinho do Paraná, por exemplo, é o mais caro do país”, declarou.

A política tributária de Beto Richa ameaça quebrar grandes empresas, como a Positivo Informática, que, para sobreviver, trocou o Paraná pelo estado do Amazonas. Outras companhias, a exemplo do setor moveleiro, estão cruzando a fronteira rumo ao Paraguai em virtude do proibitivo ICMS.

Voltemos à guerra do vinho.

O imposto sobre os vinhos teria aumentado de 4% para mais da metade do valor total, segundo os organizadores do ato. As empresas do Simples, com carga tributária simplificada, são as mais afetadas pelos aumentos.

Em comparação com outros estados, o Paraná prioriza o imposto menor para produtos indispensáveis.

O ato dos comerciantes e produtores para chamar atenção dos consumidores sobre a cobrança de ICMS do vinho será amanhã, entre três e cinco horas da tarde, no Mercado Municipal de Curitiba.

Com informações e áudio da rádio Bandnews Curitiba.