31 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
19 Comentários

Com 73% de rejeição, Richa vai iniciar 2016 como o pior governador do país

O instituto Paraná Pesquisas fez a última sondagem do ano sobre a popularidade do governador do Paraná, Beto Richa (PSDB).

De acordo com o levantamento, 73% dos eleitores curitibanos desaprovam a administração do tucano. O índice repete a rejeição no estado, conforme pesquisa anterior.

Portanto, conforme a Paraná Pesquisas, Richa vai iniciar o ano de 2016 consolidado como o pior governador do país.

A sondagem foi realizada na capital paranaense entre os dia 18 e 20 de dezembro. Foram entrevistados 912 eleitores. A margem de erro é de 3,5%.

A aprovação da presidente Dilma Rousseff (PT), como já se sabe, também não é nenhuma Brastemp, segundo a mesma Paraná Pesquisas. De acordo com os números, 83% desaprovam o governo da petista.

A seguir, leia a íntegra da pesquisa:

http://www.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2015/12/richa_pior_dez2015.pdf

Leia mais

31 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
12 Comentários

Janot terá coragem de denunciar Aécio ou vai “afrouxar a tanga”?

Pela segunda vez em menos de dois anos, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) figura em delações como beneficiário de corrupção investigada pela Lava Jato.

O tucano “debutou” na delação do doleiro Alberto Youssef, em 2014, quando o senador foi apontado como beneficiário direto de um mensalão pago por meio de Furnas.

Agora, novamente, Aécio apareceu numa segunda delação. Desta vez, do maleiro Carlos Alexandre de Souza Rocha, que fazia entrega de dinheiro em nome de Youssef. O presidente do PSDB teria sido o destinatário de R$ 300 mil.

Enfim, a pergunta que não quer calar: o procurador da República, Rodrigo Janto, chefe do Ministério Público Federal, terá coragem de denunciar Aécio ao Supremo Tribunal Federal (STF) ou vai “afrouxar a tanga” para o tucano?

A seguir, leia matéria no Brasil 247:

BIS DE AÉCIO NA LAVA JATO TESTARÁ CRITÉRIO DE JANOT

Numa de suas delações premiadas, feitas em 2014, o doleiro Alberto Youssef, afirmou que seu padrinho na política, o ex-deputado José Janene, do PP, dividiu uma diretoria em Furnas com o senador Aécio Neves. Por meio dessa diretoria, ocupada pelo tucano Dimas Toledo, pagou-se, durante o governo FHC, um mensalão a diversos deputados federais.

Na delação, Youssef afirmou que ia constantemente a Bauru (SP) receber recursos da ordem de US$ 100 mil mensais em nome de Janene – o dinheiro era pago por meio da Bauruense, uma fornecedora de Furnas. Ele afirmou ainda que Aécio seria beneficiário desse esquema. As afirmações foram feitas tanto na delação (leiaaqui) como no Congresso (leia aqui).

Essa denúncia só veio a público quando o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, decidiu pediu o arquivamento da investigação relacionada a Aécio. Nela, Janot fez uma ressalva. Disse que o caso poderia ser reaberto se surgissem novas evidências relacionadas ao tucano.

Nesta quarta-feira, o nome de Aécio apareceu numa segunda delação. Desta vez, do maleiro Carlos Alexandre de Leia mais

31 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
5 Comentários

“Kireeff é o Papai Noel dos poderosos donos de ônibus”, diz Belinati

O deputado federal Marcelo Belinati (PP), nesta quinta-feira (31), ao Blog do Esmael, afirmou que o prefeito de Londrina, Alexandre Kireeff (PSD), “é o Papai Noel dos poderosos donos das empresas de ônibus” na cidade do Norte do Paraná.

“Kireeff aumentou a passagem de ônibus para R$ 3,60. Durante o mandato dele, os reajustes na tarifa foram quase três vezes maiores [63,63%] que a inflação no período de [21,84%]”, criticou Belinati.

“É o Papai Noel dos poderosos donos das empresas de ônibus”, repetiu o parlamentar, indignado com o aumento anunciado para amanhã, dia 1º de janeiro de 2016.

Belinati declinou alguns dados sobre os reajustes na passagem de ônibus durante a gestão Kireeff.

Quando o prefeito assumiu em 1º de janeiro de 2013, a tarifa do ônibus era R$ 2,20. Amanhã subirá para R$ 3,60, ou seja, reajuste de 63,63% contra uma inflação acumulada de 21,84% no período de três anos.

A inflação medida pelo IPCA (Índice Nacional de Preço ao Consumidor Amplo) foi respectivamente: 2013 (5,91%), 2014 (6,41%) e 2015 (9,61%).

“Com esse aumento na passagem de ônibus, Kireeff se consagrou como o prefeito dos ricos e dos poderosos donos das empresas de ônibus de Londrina”, finalizou Belinati.

A título de comparação, a tarifa de ônibus em Curitiba — proporcionalmente, uma das mais caras do país — custa R$ 3,30. Entretanto, com a subida de amanhã para R$ 3,60, Londrina fica com o “troféu” de passagem mais cara do Brasil.

Leia mais

31 de dezembro de 2015
por admin
8 Comentários

Coluna do Requião Filho: Feliz Ano Novo, sem surra em professor e menos maldade de Richa

Download áudio

Requião Filho*

Acabou o ano! Gostaria de escrever uma coluna apenas com desejos de boas festas, feliz ano novo, sucesso paz e saúde… Mas é impossível escrever a última coluna do ano sem fazer uma pequena retrospectiva.

2015 foi um ano excepcional para o Paraná. Excepcionalmente triste, excepcionalmente violento, excepcionalmente recheado de escândalos de um governo corrupto: o governo estadual.

Portanto desejo ao Paraná e aos paranaenses que 2016 não tenha surra nos professores, não tenha dinheiro desviado da receita para caixa dois de campanha, não tenha dinheiro desviado construção das escolas públicas do Paraná, que tenha menos propaganda e mais realidade.

2016 pode ser um ano de mudanças, se tivermos coragem para mudar o cenário político. Poderíamos assim sonhar com um Paraná no caminho correto, no caminho do trabalho no caminho da seriedade. Quem sabe ter novamente um estado que seja respeitado e levado a sério. 2016 podemos tirar o Paraná das páginas policiais. Basta termos memória e termos desconfiômetro na hora do voto em 2016.

Quero desejar os professores um ano novo, um ano muito novo! Que o futuro não tenha mais massacres. Que o porvir não tenha o corte de direitos e conquistas históricas. Que os novos tempos tragam aos professores o velho respeito e admiração de outros tempos. O verdadeiro carinho que eles merecem.

Que o 2016 dos nossos policiais seja um novo ano. Um ano com novos coletes balísticos, um ano com novas viaturas, ou bastaria talvez viaturas em condições de uso. Ao menos um ano com condições de trabalho. Que os nossos policiais tenham novamente O respeito de nossa população por fazer o seu trabalho bem feito e não a raiva provocada por cumprir ordens absurdas de um governador abusado que não gosta de polícia.

Para os nossos comerciantes e empresários desejo um ano sem um arrocho fiscal, sem o ataque de um governador desesperado para fazer caixa para cobrir o rombo de sua péssima administração. Que 2016 comece com pessoas que querem ver o comércio paranaense crescer expandir e não pessoas que pensam de uma maneira pequena querendo tirar através de impostos e tarifas todo o lucro dos nosso empresários e comerciantes.

Para o povo paranaense desejo um 2016 sem nenhum pacote de maldades, com mais transparência por parte dos três poderes, um 2016 um pouco mais sério e mais feliz. Desejo um 20 Leia mais

31 de dezembro de 2015
por admin
15 Comentários

Coluna do Reinaldo de Almeida César: Dez fatos mais importantes de 2015 na Segurança Pública do Paraná

Reinaldo Almeida César*

Não tem jeito. Nesta época do calendário que nos foi legado pelo Papa Gregório XIII, é inevitável nos enredarmos nas reflexões de final de ano e nos projetos para o ano que se descortina.

Não há como fugir também das retrospectivas apresentadas pelos canais a cabo, de tv aberta e nas demais mídias, digital e convencional.

Vamos, então, apresentar, aqui também, a nossa “lista dos dez fatos mais importantes de 2015, na Segurança Pública do Paraná“.

Lamento, porém, antecipar que pelos resultados governamentais no setor, a lista mais se aproxima do melhor estilo cômico “Top Ten” popularizado por David Letterman, mago do talk show no entretenimento norteamericano.

Vamos lá, lembrando que os prezados leitores podem acrescentar fatos ou mesmo julgar os que aqui seguem apresentados.

A ascenção e queda de Francischini, o breve — Tanto lutou que chegou lá. Em cerimônia apavonada, sem qualquer pejo em se usar a marca do Paraná Seguro criada em 2011 pela extraordinária e talentosa equipe da G8, o deputado Francischini assume a SESP na virada de dezembro para janeiro de 2015, depois de outras três pessoas terem passado pela SESP e uma quarta, anunciada, não ter tomado posse. A quinta opção de secretário para a SESP tinha, então, um projeto político na cabeça e uma máquina na mão. Richa, por sua vez, não teve melindres em defenestrar da função o dedicado médico de sua família, Leon Grupenmacher, que se portava bem e com muita lealdade no cargo. O tempo é realmente o senhor da razão. Deu no que deu.

O Caveirão dos deputados — Em fevereiro, num episódio até hoje encoberto em névoas, sem que se saiba o mentor da patética ideia e sem que tenhamos certeza se houve d Leia mais

30 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
19 Comentários

Delator aponta propina para Aécio de R$ 300 mil. Vai dar na Globo?

do Brasil 247 

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) recebeu R$ 300 mil de um diretor da UTC Engenharia, uma das empresas investigadas na Operação Lava Jato, segundo o delator Carlos Alexandre de Souza Rocha, conhecido como Ceará. A informação foi publicada em reportagem de Rubens Valente, da Folha de S. Paulo, nesta quarta-feira 30.

Rocha é apontado como entregador de dinheiro do doleiro Alberto Youssef, e teve sua delação premiada homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Ele contou aos investigadores ter levado a quantia no segundo semestre de 2013 a um diretor da UTC no Rio de Janeiro chamado Miranda, que lhe disse que o montante teria como destino o senador tucano.

O diretor financeiro da UTC, Walmir Pinheiro Santana, confirmou que o diretor comercial da empreiteira no Rio chamava-se Antonio Carlos D’Agosto Miranda e que “guardava e entregava valores em dinheiro a pedido” dele ou de Ricardo Pessoa, dono da empresa.

Segundo Rocha, Miranda “estava bastante ansioso” pelos R$ 300 mil, o que lhe causou estranheza e o levou a perguntar o motivo. O diretor da UTC contou então que “não aguentava mais a pessoa” lhe “cobrando tanto” o dinheiro. Rocha teria perguntado quem era e Miranda respondeu Aécio Neves, de acordo com o delator.

Por meio de sua assessoria de imprensa, o tucano chamou de “absurda” a citação de Rocha.

Anteriormente, Aécio já havia sido citado pelo próprio Youssef como responsável por um mensalão em Furnas (leia mais aqui).

Leia mais

30 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
16 Comentários

Petistas denunciam “putaria” do STJ contra José Dirceu

do Brasil 247

“Como o recesso do Judiciário só termina em fevereiro, José Dirceu vai passar o ano novo atrás das grades”. Acredite se quiser, esta postagem na rede social Twitter não é assinada por nenhum coxinha, mas pelo STJ – Superior Tribunal de Justiça (acesse aqui).

Pelo menos é a logomarca do tribunal que aparece no texto apócrifo, postado nesta terça-feira, 29, às 14hs03min. Veja a imagem:

Nesta quarta-feira, 30, os deputados petistas Paulo Pimenta (RS) e Wadih Damous (RJ) denunciaram esta gritante impropriedade ao Conselho Nacional de Justiça e protestaram junto ao próprio STJ, em nota endereçada ao ministro Francisco Falcão (leia na íntegra abaixo). No final da noite de terça-feira, o texto continuava postado. Se foi engano, coisa de funcionário estúpido ou coisa assim, o tribunal teve o dia inteiro para tirá-lo do ar, mas não o fez.

– Isso é inadmissível – diz Damous.

– Para um tribunal, o uso de tal linguagem, mais própria de policiais do que juristas, chega a ser delituoso – acrescenta Pimenta.

A defesa de José Dirceu entrou com recurso junto ao STJ para garantir-lhe o retorno ao regime aberto em que cumpria pena pela condenação na ação penal 470, vulgo mensalão. Dirceu depois foi preso pela Operação Lava Jato e levado para Curitiba, onde foi posto no regime fechado. Ele ainda não foi julgado pelas acusações da Lava Jato.

O comentário também gerou reações de defensores públicos (confira aqui).

Leia na íntegra a nota de Paulo Pmenta e Wadih Damous ao STJ:

“Excelentíssimo Ministro Francisco Falcão, Presidente do Superior Tribunal de Justiça.

Os deputados que abaixo subscrevem este requerimento vêm expor e, ao final, requerer o quanto segue.

Com surpresa e indignação lemos, na página oficial do STJ no twitter em (@STJnoticias), a frase: “Como o Leia mais

30 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
8 Comentários

Paraná Pesquisas: 60,4% reprovam fechamento de escolas em SP

alckmin_escolasO instituto Paraná Pesquisas, a marca paranaense mais nacional atualmente, foi ao estado de São Paulo Paraná aferir o fechamento de escolas pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB). De acordo com relato da coluna Radar, na revista Veja, o projeto do tucano é reprovado por 60,4% dos paulistas.

A Paraná Pesquisas afirma ainda que, para 49,9% dos entrevistados, Alckmin demorou para agir diante dos protestos dos estudantes. Outros 25,6% opinaram que o governo reagiu de forma violenta à invasão das escolas, e só 18% disseram que agiu de forma correta.

Alckmin fechou o ano de 2015 com violência contra os estudantes paulistas. Já seu colega de ninho, o governador Beto Richa, do Paraná, abriu este ano com massacre de professores em 29 de abril. Leia mais

30 de dezembro de 2015
por admin
106 Comentários

Com histórico de exploração de trabalhadores, Wal-Mart fecha lojas “Big” e “Mercadorama” no Paraná

mercadoramaA rede de varejo Wal-Mart anunciou no início da semana o fechamento de parte de suas lojas das bandeiras “Mercadorama” e “Big” em Curitiba e municípios do interior. Pelo menos oito lojas deixam de funcionar já a partir desta quarta-feira (30). Em todo o país, cerca de 30 lojas da rede fecharão as portas.

Em 2012, o Blog do Esmael denunciou uma picaretagem entre o governo Beto Richa (PSDB), por meio da Secretaria de Estado da Educação (SEED), e a rede Wal-Mart, que consistia em recrutar estudantes nas escolas da rede pública estadual “principalmente da periferia” para formar estoque de mão de obra barata visando atender aos supermercadistas. Era o “Programa Escola Social do Varejo”, que foi bombardeado pela comunidade escolar.

Voltemos ao fechamento das lojas. Segundo informações do blog Gazeta do Povo, em Curitiba serão fechadas as lojas “Mercadorama” do Centro Cívico, Seminário, Tarumã e Tiradentes. De acordo com jornais do interior, a loja “Mercadorama” de Umuarama, as lojas “Big” de Toledo, Ponta Grossa e Maringá também cerrarão as portas.

Os funcionários foram avisados pela gerência das unidades na última segunda-feira (28). Muitos manifestaram incerteza sobre o futuro. Ainda não há estimativa do número de trabalhadores que serão demitidos. O Sindicato dos Trabalhadores em Mercados de Curitiba e Região (Siemerc) ainda não foi informado sobre o fechamento. Leia mais

30 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
18 Comentários

Obama copia Dilma e “pedala” com 75% de reprovação. Sem impeachment

dilma_obamaO presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, assim como sua homóloga brasileira Dilma Rousseff, tem reprovação batendo na casa dos 75% entre os norte-americanos. Entretanto, lá, diferente daqui, não há pedido de impeachment nem tentativa de golpe.

As semelhanças entre Dilma e Obama não sustam por aí. O presidente estadunidense, para utilizar a ginástica golpista dos coxinhas, também “pedalou” gostou em 2015: o limite autorizado para a dívida pública dos Estados Unidos é de US$ 18,112 trilhões, mas, em outubro passado, o montante já chegava a US$ 18,165 trilhões.

Os coxinhas brasileiros partiram para cima de Dilma primeiro porque são machistas (não admitem ser governador por uma mulher). Segundo, devido à tradição golpista da burguesia nacional.

A seguir, leia matéria na Agência Brasil sobre a reprovação de Obama nas pesquisas:
Leia mais

30 de dezembro de 2015
por admin
4 Comentários

Coluna do Rafael Greca: 2016, Ano Novo ou tudo de novo?

Downlaod áudio

Rafael Greca*

Proponho aos curitibanos como resolução de Ano Novo seguir a lição das Araucárias, as árvores cujas sementes dão nome a cidade de Curitiba, “muito pinhão” em tupi.

Poucos sabem que os pinhões que frutificarão no próximo ano, a partir de abril, começaram a se formar há três anos, gestados nas ramas altas das araucárias. Assim também é o processo de Consciência política.

Cada geração carrega consigo a experiência, as alegrias e as dores da geração anterior. Cada ano precisamos aprender com as lições – mesmo as mais amargas – do ano que passou.

E assim também acontece com as eleições. Cada eleição se faz com a Consciência, ou a Inconsciência, da última eleição. É imperioso cultivarmos a boa Consciência, o senso de Justiça.

Curitiba é a capital da Operação Lava Jato, que espantou o Brasil este ano, derrubando os poderosos de seus tronos, colocando no presídio de Pinhais, empresários e políticos, notórios corruptos — ainda que não todos.

2015 foi um ano duro e difícil. Em Curitiba, 2015 começou com a desintegração da RIT, Rede Integrada de Transporte Metropolitano, desmanche da obra urbanística que permitia às pessoas irem e virem, entre a capital e a Região Metropolitana, pagando uma só passagem em múltiplos trajetos.

Espantou, em véspera de Carnaval, com os Deputados Estaduais, pró Beto Richa, seguindo para votação em camburão policial, sob vexaminosa vaia da multidão de funcionários públicos tungados.

2015 prosseguiu com o fechamento da FAS-SOS, o espaço da Prefeitura para resgate social, Socorro aos Necessitados, na rua Conselheiro Laurindo.

Fato que promoveu a caótica situação de 4 mil moradores de rua, pernoitando dentro das estações tubo, sob marquises, ou abandonados na umidade das calçadas desta chuvosa Curitiba.

Explodiu, a 29 de abril, com inédito bombardeio aéreo do Centro Cívico Curitiba, estrepolia inaceitável. Nem na sangrenta Revolução Federalista de 1894 nossa Cidade havia sido tão desrespeitada e vilependiada. Episódio arrematado pelas cenas dos professores espancados, cenas que Leia mais

30 de dezembro de 2015
por admin
15 Comentários

Coluna do Alvaro Dias: 2015, ano de mudança e renovação

Download áudio

Alvaro Dias*

Dois mil e quinze pode se consagrar como o ano em que se iniciou uma grande mudança no País. Multidões foram às ruas para demostrar o renascimento da indignação e da luta por uma cidadania mais digna.

Do outro lado, houve a presença forte de instituições importantes que se consolidaram, como a Polícia Federal, o Ministério Público e a Justiça Federal, ressuscitando esperanças, até então sepultadas, em razão da prevalência da impunidade sobre a justiça.

Enfim, 2015 foi o ano em que se estabeleceu o marco de um novo rumo, com uma nova justiça e instituições mais sólidas.

No Senado, apesar da crise, a produtividade foi alta. Não deixamos de votar, e avançamos em temas importantes como a reforma política. Apesar de ainda não termos um sistema político compatível com as aspirações da sociedade, o balanço numérico de votações sobre o tema foi expressivo.

Também avançamos em alguns projetos na área de combate a corrupção, como o que transforma a corrupção em crime hediondo. Projeto que tive a honra de relatar e torná-lo ainda mais rigoroso, incluindo os crimes de concussão e peculato.

Relatei ainda, entre outros, o projeto que cria uma vara federal de competência criminal em Cascavel (PR); a proposta que transforma o transporte público em direito constitucional; e o projeto do senador Aécio Neves que procura reduzir o número de cargos comissionados, estabelecendo a meritocracia como porta de entrada para a serviço público.

Projetos da Agenda Brasil também foram votados, mas nem sempre a Câmara dos Deputados responde na velocidade exigida pela sociedade, relutando em dar celeridade às propostas que têm o Senado como origem.

Para 2016, as perspectivas não são otimistas no cenário político, com a continuidade da Operação Lava Jato e a votação do processo de impeachment contra a presidente da República. O ano, ao que tudo indica, será de nervosismo político e de ajustes no cenário econômico.

Esperamos que, apesar da crise, consigamos avançar de forma propositiva, aprovando as reformas que ofereçam ao País um cenário de esperança e estabilidade.

*Alvaro Dias é Leia mais

29 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
17 Comentários

Beto Richa “arregou” para o Judiciário

Não durou muito tempo a valentia do governador Beto Richa (PSDB) e do secretário de Estado da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, que fizeram semana passada grave denúncia contra o Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR), que, segundo eles, estaria realizando “especulação financeira” com sobras do orçamento.

De acordo com fonte do Blog do Esmael no Palácio Iguaçu, houve esta semana acerto entre o governo e o judiciário, o que finalizou a “crise” gerada pelo corte de R$ 100 milhões. Ou seja, Richa “arregou” para o Poder Judiciário.

Fruto desse acordo, nesta terça-feira (29) funcionários do tribunal começaram a receber a segunda parcela da URV (Unidade Real de Valor) — uma correção salarial decorrente da conversão do Cruzeiro Real (CR$) para o Real (R$) no ano de 1994.

No último dia 23, o secretário importado Mauro Ricardo Costa, espécie de alter ego do governador tucano, denunciou  que o TJPR, o Tribunal Faz de Contas (TCE) e até o Ministério Público do Paraná (MP) “especulam no mercado financeiro” e, portanto, o judiciário estaria desviando dinheiro de impostos dos contribuintes.

Segundo levantamento do tesouro do governo do estado, o Tribunal de Justiça tem quase R$ 1 bilhão aplicados em especulação; o Ministério Público do Paraná (MP) tem R$ 191 milhões em capital vadio; e o Tribunal Faz de Contas (TCE) outros R$ 106 milhões.

“É uma poupança desviada porque esse recurso deveria estar beneficiando a população e não em aplicações de alguns poderes privilegiados no Paraná”, havia atacado o secretário de Beto Richa.

O Blog do Esmael ainda não teve acesso aos termos do acordo que cessou a curta “beligerância” entre Richa e o judiciário.

Leia mais

29 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
3 Comentários

Veja essa: candidatos com apoio de Richa e Dilma lideram em Curitiba

O deputado estadual licenciado Ratinho Júnior (PSC), atual secretário de Desenvolvimento Urbano, unha e carne com o governador Beto Richa (PSDB), é quem lidera a disputa pela Prefeitura de Curitiba.

De acordo com a Paraná Pesquisas, o aliado do tucano tem 20,9% da preferência do eleitorado – embora ele venha despencando nas intenções de voto, pois, em janeiro, ele tinha 38%.

O segundo colocado na corrida pela capital paranaense é o próprio prefeito Gustavo Fruet (PDT), que somou 17,9% nessa rodada, praticamente ficou no mesmo lugar que estavam em janeiro quando tinha 17%.

Fruet é aliado de primeira hora da presidente Dilma Rousseff (PT). A relação umbilical foi traduzida, no começo deste mês, com a liderança de um manifesto de prefeitos de capitais contra o impeachment da presidente da República.

A tendência é que Dilma tenha palanque duplo em Curitiba, haja vista que o PT ensaia a candidatura própria do deputado Tadeu Veneri. Prova desse “approach” é que o parlamentar até agora nenhuma crítica fez ao prefeito que tentará “desbancar” em 2016.

Contraditoriamente, a mesma Paraná Pesquisas aponta Richa e Dilma como “piores” eleitores de um candidato à Prefeitura de Curitiba.

De acordo com o levantamento do instituto, 55% dos eleitores curitibanos não votariam de jeito nenhum em candidato apoio pelo governador Beto Richa. O índice é praticamente o mesmo em relação a presidente Dilma: 58%.

Agora, em qual eleitor acreditar, naquele que vota ou naquele que rejeita o candidato?

A seguir, leia a íntegra do relatório da sondagem da Paraná Pesquisas:

http://www.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2015/12/curitiba_avaliado_dez2015.pdf

Leia mais

29 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
23 Comentários

Dilma vai mudar a economia em 2016

A presidente Dilma Rousseff (PT) promoverá mudanças radicais nos rumos da economia brasileira já no início de 2016. A informação é de uma fonte do Blog do Esmael no Palácio do Planalto.

Dentre as mudanças planejadas estão a utilização de parte das reservas — cerca de US$ 100 bilhões — para vitaminar a economia interna, enfrentar a crise, retomar o crescimento e a geração de empregos.

O país possui hoje quase US$ 400 bilhões em reservas cambiais.

Dilma também teria dado ouvido às ruas, que exigiram no último dia 16 de dezembro a redução dos juros e uma agenda desenvolvimentista. Além disso, o governo se comprometeria a enterrar a ideia de reforma previdenciária e trabalhista — como reivindicam as centrais sindicais.

“Surge a esperança de alterações positivas na política econômica do Brasil”, comemorou esta terça-feira (29), via Twitter, o senador Roberto Requião (PMDB-PR), um dos principais críticos da atual política econômica do governo federal.

Leia mais

29 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
16 Comentários

Educadores temem novo calote na reposição de 9%. Vem aí nova greve?

Dezenas de educadores entraram em contato com o Blog do Esmael, nesta terça-feira, dia 29 de dezembro, temendo possível novo calote do governador Beto Richa (PSDB) na reposição da inflação de 9%, prevista para janeiro de 2016, conforme acordo entre as partes no mês de junho passado.

Tem razão os educadores de temerem novo calote do tucano, pois quem já foi mordido por cobra é bom que tenha medo até de linguiça.

Foram vários tombos que os profissionais do magistério levaram do governador do PSDB ao longo dos últimos 5 anos.

Agora, a pergunta que não quer calar: é possível a educação do Paraná iniciar o ano letivo de 2016 com greve caso haja novo calote de Beto Richa?

A mudança da data-base para o mês de janeiro foi costurada pela APP-Sindicato e o líder do governo na Assembleia, deputado Luiz Claudio Romanelli (PMDB), cujo termo pôs fim à greve do primeiro semestre deste ano.

O reajuste de 9% é relativo à reposição da inflação medida pelo IPCA durante todo o ano de 2015. Ou seja, não se trata de aumento salarial como costuma difundir mentirosamente o Palácio Iguaçu.

Para nunca esquecer, hoje completa sete meses do covarde massacre patrocinado pelo “Carniceiro do Centro Cívico”.

Leia mais