30 de Março de 2012
por esmael
21 Comentários

Crise no PSDB de Paranaguá: Alceuzinho Maron divulga nota oficial

O pré-candidato a prefeito de Paranaguá e presidente do PSDB, Alceu Maron Filho, o Alceuzinho, divulgou uma nota oficial nesta sexta-feira (30) contestando denúncias de que ele estaria fazendo uso político de cargos comissionados do Porto de Paranaguá (APPA).

Alceuzinho disse que os dois novos denunciantes — Nazareth Abel de Lima e Fabiano “Jamanta” Ribeiro Oliveira — foram demitidos dos cargos que ocupavam na APP por incompetência. O tucano insinua na nota oficial que se trata de uma armação perpetrada pelo prefeito José Baka Filho (PDT).

Leia a íntegra da nota oficial de Alceuzinho Maron:

Nota Oficial

A respeito da reportagem publicada na edição desta sexta-feira (30/3) do jornal Gazeta do Povo, intitulada Depoimentos reforçam suspeita de uso eleitoral de cargos no porto, é importante tornar público que os dois ex-ocupantes de cargos comissionados da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA) possuem comprovada relação direta com a atual administração municipal de Paranaguá. A senhora Nazareth Abel de Lima já ocupou o cargo de chefe de gabinete do prefeito José Baka Filho, enquanto o senhor Fabiano Jamanta! Ribeiro Oliveira desempenhou função na atual administração municipal. Ambos, frise-se

30 de Março de 2012
por esmael
1 Comentário

Osmar convoca convenções no PDT

Osmar Dias.

O ex-senador Osmar Dias, presidente estadual do PDT e vice-presidente do Banco do Brasil, está convocando uma reunião para amanhã, à s 8h30, no Hotel Nacional Inn, em Curitiba, com o intuito de preparar as convenções municipais e estadual do partido. Leia mais

30 de Março de 2012
por esmael
4 Comentários

Entidades lançam manifesto contra manual machista de alunos do curso de Direito da UFPR

O Partido Democrático Universitário (PDU), que atua no curso de Direito da UFPR, conseguiu uma façanha: unir gregos e baianos contra o “Manual de Sobrevivência” que lançou para recepcionar as calouros do curso. A polêmica surgiu porque um dos trechos do manual machista diz que a mulher tem obrigação de “dar” aos veteranos.

Leia a íntegra da nota de repúdio assinada por dezenas de entidades:

Nota de repúdio ao Manual de Sobrevivência do PDU

O Manual publicado pelo Partido Democrático Universitário !“ em sua capa estampado: Como cagar em cima dos humanos em 12 lições! !“ pretende abordar de forma bem humorada o cotidiano da Faculdade de Direito da UFPR. Porém, ao escrever tal manual, o que esses veteranos e veteranas fizeram foi evidenciar a cotidiana opressão machista.

30 de Março de 2012
por esmael
2 Comentários

“Casas Bahia”: Professores debatem neste sábado reajuste no “crediário”

Manifestação "monstro" em Curitiba no último dia 15. Foto de Adilson Faxina.

Professores da rede estadual de ensino realizam amanhã, sábado (31), no Colégio Estadual do Paraná, a partir das 8h30, uma assembleia geral para apreciar a proposta do governo do estado de reajuste salarial e implantação da hora-atividade em suaves parcelas. Leia mais

30 de Março de 2012
por esmael
Comentários desativados em Anote aí: Amanhã tem Feijoada Beneficente do Blog

Anote aí: Amanhã tem Feijoada Beneficente do Blog

Amanhã, sábado, dia 31, a partir do meio dia, acontecerá a Feijoada Beneficente em comemoração aos três anos deste Blog. O evento será realizado em parceria com o Hospital Erasto Gaertner de combate ao câncer. Leia mais

30 de Março de 2012
por esmael
Comentários desativados em Manchetes desta sexta

Manchetes desta sexta

Jornais do Paraná

– Gazeta do Povo: Lentidão marca obras do PAC nas estradas do Paraná

– Jornal do Estado: Paraná vai receber R$ 609 milhões da União para obras rodoviárias Leia mais

29 de Março de 2012
por esmael
2 Comentários

STF autoriza quebra de sigilo bancário de Demóstenes Torres

da Agência Brasil

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandovski, autorizou a quebra do sigilo bancário do senador Demóstenes Torres (DEM-GO) para investigar sua relação com o empresário Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira. A quebra do sigilo foi um dos pedidos encaminhados ao STF pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel, na última terça-feira (27), recomendando a abertura de inquérito contra o senador.

De acordo com Lewandowski, que é o relator do processo, a quebra de sigilo abrangerá um período de dois anos. O ministro também informou que, em um primeiro momento, esse inquérito se refere apenas a Demóstenes: a inclusão de outros investigados dependerá do resultado das apurações.

O relator pediu mais detalhes a Gurgel sobre a intenção de desmembrar o inquérito em três partes: a primeira para investigar Demóstenes, a segunda para apurar condutas de outros parlamentares envolvidos, e uma terceira para as pessoas que não têm prerrogativa de foro, cujos casos serão enviados para a Justiça Federal em Goiás. Segundo Lewandowski, os objetivos do Ministério Público com a medida não ficaram claros.

Lewandoswski considera prematuro ouvir Demóstenes neste momento, já que as provas ainda estão sendo colhidas pelo Ministério Público e o senador ainda não saberá exatamente do que tem que se defender. Ele também negou o acesso automático do MPF a dados financeiros de Demóstenes e dos outros envolvidos.

O ministro determinou, ainda, que o presidente do Senado, José Sarney, informe a relação de emendas ao Orçamento da União apresentadas por Torres, mas não especificou o período abrangido da elaboração de emendas. Ele negou pedido do DEM, dos senadores Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) e Pedro Taques (PDT-MT) e de jornalistas para ter acesso aos documentos que integram o inquérito.