3 de outubro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Cabo Daciolo engoliu Alvaro e Meirelles no Datafolha

Cabo Daciolo engoliu Alvaro e Meirelles no Datafolha

O bombeiro militar Cabo Daciolo, candidato à Presidência da República pelo Patriota, já conseguiu um feito inédito nesta campanha. Segundo o Datafolha, divulgado na noite desta terça (2), o presidenciável que tem como bordão “Glória, Deus!” engoliu políticos tradicionais como Alvaro Dias (Podemos) e o bilionário banqueiro Henrique Meirelles (MDB). ... 

Leia mais

22 de agosto de 2017
por Esmael Morais
6 Comentários

Câmara vota hoje a reforma política

O plenário da Câmara vota nesta terça-feira (22), a partir das 13 horas, a proposta de reforma política que altera o sistema eleitoral para o Legislativo e cria um fundo para financiar as eleições. Leia mais

16 de agosto de 2016
por Esmael Morais
9 Comentários

Requião Filho fará campanha ‘sustentável’ na internet sem santinhos de papel

requiao_filho_sustentavelO candidato da Coligação Curitiba Justa e Sustentável (PMDB-REDE), Requião Filho, iniciará a campanha nesta terça (16) sem a impressão de papéis de propaganda. Segundo ele, a busca pelo voto dar-se-á praticamente pela internet. Leia mais

16 de dezembro de 2015
por Esmael Morais
17 Comentários

Coluna do Rafael Greca: As alianças do casamento Fruet-PT foram compradas na joalheria OAS?

Download áudio Rafael Greca

Rafael Greca*

O prefeito Gustavo Fruet (PDT) está uma onça com sede. Mas não com sede de água. Uma onça com sede de outras onças. Das onças que ornamentam a nota de 50 reais.

Na contramão da economia popular, sem justificativa técnica, a toque de caixa, sem a devida audiência pública, Fruet criou e aprovou na Câmara dos vereadores mais nove novas taxas na cidade: 1.Taxa de Bloqueio de Estacionamento para Obras e Mudanças; 2.Taxa de Bloqueio Parcial de Calçada; 3. Taxa de Bloqueio em Faixa de Via Pública; 4. Taxa de Trânsito Especial; 5.Taxa de Caçamba; 6.Taxa Valet Park; 7. Taxa Operação Escola; 8. Taxa de Operação de Igreja; 9. Taxa de Eventos.

E, como se já não bastasse, no dia de fúria arrecadadora Fruet aumentou em 18% a Taxa de Iluminação Pública, no segundo aumento deste ano. Voracidade espantosa.

Taxas e multas de R$47,65, R$ 68,73, de R$ 68,73, R$ 99,23, de R$ 120,31, de R$ 164,80, de R$ 193,89, multiplicadas por Vagas de Estar que se cancelam temporáriamente, ou por horas trabalhadas de agentes públicos.

Taxas e multas que dificultarão a congregação religiosa; levantarão barreiras burocráticas contra a participação social; e encarecerão o preço dos serviços de logística, do embarque e desembarque, e que assim vão impactar no já combalido bolso dos consumidores, no seu bolso, por consequência.

Da taxa de eventos, nem procissão escapa. Seja Corpus Christi, seja Marcha para Jesus, seja Lavagem do Rosário em dia de Consciência Negra.

Pelo visto, lido e escutado, Fruet ainda não pensou na criação da Taxa para Ocupação de Calçadas e Marquises e Estações-tubo do morador abandonado pela abandonada F.A.S. fechada; nem a Taxa para Traficante de Crack e Drogas Sintéticas nas dezenas de centenas territórios liberados entregues ao descaso; nem a Taxa do Churrasquinho e das Batas Fritas nas Praças que enc Leia mais

7 de julho de 2015
por Esmael Morais
4 Comentários

Coluna do Enio Verri: O financiamento de campanha e o resgate da credibilidade na política

financiamentoEnio Verri*

Os baixos índices de aprovação que envolvem os políticos de uma forma em geral é uma realidade marcada pelo personalismo e paroquialismo, cujo enfraquecimento partidário e de suas ideologias afastam a população das decisões governamentais.

Partidos que rasgam seus documentos de fundação ao votar a redução da maioridade penal apenas por interesses eleitoreiros e que aprovam o financiamento privado de campanha e a terceirização contrariam seus ideais e distanciam-se da sociedade.

Trata-se, assim, de uma configuração perigosa nas casas legislativas e palácios executivos, a qual promove decisões individuais e particulares que sobressaem às políticas efetivas de mudanças sociais quem nem sempre agradam a um eleitorado especifico.

É sob esta perspectiva que a Câmara dos Deputados pode se redimir perante a sociedade e reprovar o financiamento empresarial. Negado pelos deputados, o modelo de financiamento de campanhas eleitorais, após manobra do presidente da Casa, Eduardo Cunha, voltou a pauta e foi aprovado por 2/3 dos parlamentares. Leia mais

10 de junho de 2015
por Esmael Morais
16 Comentários

Camargo Corrêa doou R$ 183 mi a gente de todos os partidos

do Brasil 247
camargo_correiaA Camargo Corrêa, investigada na Operação Lava Jato por participação no esquema de pagamento de propina para obtenção de contratos com a Petrobras, foi uma das empresas que mais fizeram doações eleitorais nos últimos anos, a nomes de quase todos os principais partidos: PSDB, PT, PMDB, PDT, PTB, PPS, DEM, PR, PSB. Doações feitas entre julho de 2008 e dezembro de 2013 somam R$ 183,79 milhões e constam em um laudo de 66 páginas elaborado pela Polícia Federal.

Em 2010, o candidato a governador do Paraná Beto Richa (PSDB) obteve R$ 1,5 milhão em doações da Camargo. A empresa doou R$ 500 mil ao comitê financeiro paulista do PSDB, que lançou Geraldo Alckmin a governador no mesmo ano. Para Aécio Neves, candidato a senador ano, foram doados R$ 200 mil. O deputado Eduardo Cunha (PMDB), atual presidente da Câmara, recebeu R$ 500 mil. Senadores petistas como Humberto Costa, Gleisi Hoffmann e Lindbergh Farias obtiveram R$ 250 mil cada. A mesma quantia foi doada ao deputado Roberto Freire, do PPS. Leia mais

15 de maio de 2015
por Esmael Morais
17 Comentários

Luciano Ducci acredita que fim da reeleição e unificação das eleições sejam aprovadas na reforma política

ducciO deputado federal Luciano Ducci (PSB) acredita que o fim da reeleição para cargos do poder executivo e a unificação das eleições são praticamente consenso entre os deputados. “Acho que estes dois pontos têm maioria entre os deputados. Também considero que passe mandato de 5 anos”, afirmou o ex-prefeito de Curitiba, membro da comissão especial que discute a reforma política na Câmara Federal. Leia mais

5 de fevereiro de 2015
por Esmael Morais
46 Comentários

Em seu 1!º discurso na Câmara, Aliel Machado desanca Beto Richa e defende reforma política; assista

alielO deputado federal Aliel Machado (PCdoB) fez ontem (4) o primeiro discurso na Câmara afirmando que o sistema político nacional está falido e que o País precisa de uma reforma política que afaste o poder econômico e os interesses privados das eleições. ... 

Leia mais

29 de novembro de 2014
por Esmael Morais
50 Comentários

Aécio está ‘mudo e calado’ porque recebeu R$ 35,7 mi de empresas da Lava Jato, diz PT

aecio-mente

O candidato do PSDB à  Presidência, senador Aécio Neves (MG), arrecadou R$ 222,92 milhões em doações na última campanha eleitoral. Desse total, R$ 35,77 milhões, pouco mais de 16%, saíram de empreiteiras investigadas pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal, no âmbito das denúncias de corrupção e pagamento de propinas que envolvem a Petrobrás.

Os dados foram obtidos com base nas prestações de contas eleitorais das campanhas, divulgadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em sua página na internet. Leia mais