3 de julho de 2015
por Esmael Morais
50 Comentários

Programa de troca de geladeiras da Copel sob suspeita

copel_geladeira_richaTeve início na quarta-feira (1°) um programa da Companhia Paranaense de Energia (Copel) chamado “Lar Eficiente” em que o governo do estado está concedendo bônus de 45% para subsidiar a troca de refrigeradores, freezers e lâmpadas usadas por aparelhos similares novos que tenham maior eficiência energética. ... 

Leia mais

3 de julho de 2015
por Esmael Morais
18 Comentários

Espectro do impeachment volta a rondar o Palácio Iguaçu

richa_impeachment_profsNa última segunda-feira, dia 29 de junho, dois meses após o covarde massacre dos professores no Centro Cívico, em Curitiba, promotores do Ministério Público do Paraná (MP) concederam entrevista coletiva para anunciar que ofereceram à Justiça denúncia contra o governador Beto Richa (PSDB) por improbidade administrativa, ou seja, crime de responsabilidade que pode cassar-lhe o mandato e os direitos políticos por 8 anos.

Dito isto, cada vez mais o espectro do impeachment ronda as imediações do Palácio Iguaçu, mesmo local que serviu para a ação violenta da polícia que deixou saldo de 213 feridos.

O blogueiro e advogado Tarso Violin Cabral, no último dia 25 de maio, protocolou o primeiro requerimento na Assembleia solicitando o impedimento do governador tucano. Para ele e um grupo de juristas, que subscreveram o documento, a ação de improbidade administrativa anunciada pelo Ministério Público contra Beto Richa, o ex-secretário da Segurança Pública, Fernando Francischini, e o alto comando da PM à frente das decisões do Massacre de 29 de abril, reforça a tese do impeachment.

Nesta sexta-feira (3) veio mais um elemento que poderá ser apensado a denuncia de improbidade do inquilino do Palácio Iguaçu: a Justiça determinou que Richa cessasse de mentir e fazer campanha contra professores no site oficial Agência Estadual de Notícia; o tucano vinha abusando da máquina pública para denegrir a imagem dos educadores que ainda lutam por melhores condições de trabalho e reposição inflacionária. Leia mais

3 de julho de 2015
por Esmael Morais
10 Comentários

Justiça proíbe mentira de Richa sobre salários de professores

tendaO juiz Guilherme de Paula Rezende, da 4ª Vara da Fazenda Pública da Região Metropolitana de Curitiba, determinou a retira do ar da matéria veiculada pela Agência Estadual de Notícias que comparava os salários de professores do Estado ao de prefeitos do interior. ... 

Leia mais

3 de julho de 2015
por Esmael Morais
3 Comentários

Edson Campagnolo disputa reeleição sem concorrentes na Fiep

pedagio_fiep_fecooparO empresário Edson Campagnolo não terá adversários na eleição da Fiep (Federação das Indústrias do Paraná), que ocorrerá em outubro, pois apenas uma chapa se inscreveu no prazo fatal — que foi a última segunda-feira (29). Ele vai concorrer sozinho à reeleição, portanto.

O dirigente da Fiep tem sido uma das poucas vozes a se levantar contra os tarifaços da água e da luz, promovidos pelo governador Beto Richa (PSDB), e a recente tentativa do tucano, que, por ora bateu na trave, de prorrogar os contratos do ‘pedágio mais caro do mundo’ para até 2050.

Justiça seja feita: além da Fiep, a Fecoopar (Federação e Organização das Cooperativas do Estado do Paraná) também tem sido guerreira na luta contra a prorrogação dos contratos com as concessionárias ligadas ao governo Richa.

Esta semana, destoando do “Consenso do Palácio Iguaçu”, que consiste em arrancar o couro de todos os paranaenses para dar a poucos privilegiados, o Sistema Ocepar divulgou uma entrevista com Campagnolo sobre o tema: Leia mais

3 de julho de 2015
por Esmael Morais
23 Comentários

Golpe de Cunha para aprovar redução da maioridade penal vai parar no STF

stfO golpe aplicado pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), ao submeter novamente à votação e aprovar “na marra” a proposta de redução da maioridade não colou. Deputados e senadores contrários à medida, entidades como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), e até o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, condenaram a manobra que fere a Constituição Federal.

Deputados do PT, PMDB, PPS, PSB, PCdoB, PSOL e PDT decidiram recorrer ao STF contra a manobra na Câmara. A OAB afirmou que, se a medida também avançar no Senado, entrará com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade no Supremo. O deputado Alessandro Molon (PT-RJ), com apoio de vários outros parlamentares, entrará na semana que vem com um mandado de segurança contra Eduardo Cunha. O senador Roberto Requião (PMDB-PR) classificou Cunha como “industrial da loucura” na Câmara. Leia mais

3 de julho de 2015
por Esmael Morais
36 Comentários

Escuta ilegal contra Youssef pode gerar nulidade na Lava Jato de Sérgio Moro

por Paulo Moreira Leite, via Brasil 247

Yossef_CPI_Moro

Denuncia de agente da Polícia Federal de Curitiba atinge pedra fundamental das investigações da Lava Jato: depoimentos iniciais de doleiro e Paulo Roberto Costa podem ter sido obtidos com auxílio de escuta ilegal

A CPI que apura a Operação Lava Jato ouviu um depoimento estarrecedor na tarde desta quinta-feira. Falando para os parlamentares reunidos numa sessão fechada, o agente da Polícia Federal Dalmey Fernando Werlang contou que: Leia mais