27 de setembro de 2014
por Esmael Morais
34 Comentários

Faltam 48 horas para a prometida “bala de prata” de Requião

Na ofensiva política, Roberto Requião promete para daqui a 48 horas a tal "bala de prata" contra o governador Beto Richa; Haverá desagregação familiar, choro e desespero. Por isso eu sugiro que tirem os menores de 18 anos da sala!, recomendou o candidato peemedebista; a revelação dar-se-á na segunda-feira, dia 29, à s 20h30, durante a propaganda partidária na TV; nunca antes na história do Paraná esperou-se tanto pelo início horário eleitoral gratuito.

Na ofensiva política, Roberto Requião promete para daqui a 48 horas a tal “bala de prata” contra o governador Beto Richa; Haverá desagregação familiar, choro e desespero. Por isso eu sugiro que tirem os menores de 18 anos da sala!, recomendou o candidato peemedebista; a revelação dar-se-á na segunda-feira, dia 29, à s 20h30, durante a propaganda partidária na TV; nunca antes na história do Paraná esperou-se tanto pelo início horário eleitoral gratuito.

Ao longo desta semana o senador Roberto Requião (PMDB), candidato ao Palácio Iguaçu, prometeu uma “bala de prata” para a próxima segunda-feira, dia 29, à  noite, no horário eleitoral gratuito. Segundo o peemedebista, a revelação que fará tem potencial de tirar o governador Beto Richa (PSDB) da corrida eleitoral. ... 

Leia mais

27 de setembro de 2014
por Esmael Morais
10 Comentários

Gleisi mostra força na reta final

A senadora Gleisi Hoffmann (PT), candidata ao governo do Paraná, neste sábado (27), em Curitiba, participou da Plenária Lilás de Mulheres, com a presença da ministra da Secretaria de Política para as Mulheres da Presidência da República, Eleonora Menicucci de Oliveira, da vice-prefeita de Curitiba Mirian Gonçalves, várias lideranças políticas femininas e das candidatas a deputadas estaduais e federais.

A candidata petista mostrou que tem força para a reta final de campanha, haja vista que o evento ocorreu a 8 dias da eleição.

Gleisi estava acompanhada do vice Haroldo Ferreira (PDT), do prefeito de Curitiba Gustavo Fruet (PDT), e de Ricardo Gomyde (PCdoB), candidato ao Senado, além de outras lideranças.

“No nosso governo, vamos inaugurar um novo tempo para as mulheres paranaenses com políticas que vão cuidar de verdade delas. Entre as propostas, destaque para o Centro de Atenção Integral de Proteção à  Saúde da Mulher, o incentivo ao empreendedorismo feminino e a criação da Patrulha Estadual Maria da Penha”, prometeu a candidata do PT.

Leia mais

27 de setembro de 2014
por Esmael Morais
23 Comentários

Richa deflagra “Operação Vai Que Cola?” ao lado de Ratinho e J. Camargo

Neste sábado (27), Beto Richa botou um pé em cada canoa no município de Colombo, região metropolitana de Curitiba, ao desfilar ao lado do ex-prefeito da cidade, J. Camargo, desafeto da atual mandatária Beti Pavin; esforço do governador tucano era para deflagrar a "Operação Vai Que Cola?", que consiste em convencer setores do eleitorado de que a eleição "já está resolvida" a partir de overdose de pesquisas favoráveis e de propaganda no rádio, na televisão, na internet e na rua.

Neste sábado (27), Beto Richa botou um pé em cada canoa no município de Colombo, região metropolitana de Curitiba, ao desfilar ao lado do ex-prefeito da cidade, J. Camargo, desafeto da atual mandatária Beti Pavin; esforço do governador tucano era para deflagrar a “Operação Vai Que Cola?”, que consiste em convencer setores do eleitorado de que a eleição “já está resolvida” a partir de overdose de pesquisas favoráveis e de propaganda no rádio, na televisão, na internet e na rua.

O governador Beto Richa (PSDB), candidato à  reeleição, no esforço de fechar a eleição no primeiro turno, desencadeou neste sábado (27) a “Operação Vai Que Cola?” ao lado do apresentador Carlos Roberto Massa, o Ratinho, em desfile de carro aberto. ... 

Leia mais

27 de setembro de 2014
por Esmael Morais
26 Comentários

Crea encontra rachaduras em viaduto novo da PR-445 em Londrina

via Portal Bonde

Fiscais do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR) visitaram parte das obras de duplicação da PR-445 e encontraram rachaduras no muro de contenção de um viaduto localizado entre a rodovia e a avenida Dez de Dezembro (zona sul de Londrina).

Os fiscais foram até o local após o recebimento de uma denúncia. O Crea constatou o problema, fotografou as rachaduras e enviou as imagens, além de documentos sobre a visita, para a superintendência regional do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), órgão responsável por acompanhar as obras de duplicação da PR-445.

“Não temos o poder legal de embargar a estrutura ou pedir a paralisação das obras. Só podemos verificar e pedir providências aos órgãos competentes”, explicou o chefe do setor de fiscalização do Crea no norte do Paraná, Rubens Galera.

O DER informou, via assessoria de imprensa, que a empresa responsável pela construção do viaduto já foi notificada para reparar as rachaduras. De acordo com o órgão, a terceirizada tem 20 dias para executar as melhorias. O DER garantiu, ainda, que as fendas foram causadas por problemas no solo e não colocam em risco a estrutura.

O Governo do Estado pretende inaugurar 10 quilômetros de duplicação da PR-445, entre a Universidade Estadual de Londrina (UEL) e o município de Cambé, na tarde da próxima segunda-feira (29).

Leia mais

27 de setembro de 2014
por Esmael Morais
37 Comentários

Gleisi é atacada na TV. Requião se solidariza: “estupidas agressões”

Ataque gratuito contra Gleisi Hoffmann, em distante terceiro lugar nas pesquisas iBeto e DatafAlha, reforçam tese de que o Palácio Iguaçu utiliza as pesquisas para ganhar a eleição na "mão grande"; ontem à  noite, nas inserções de comerciais no horário eleitoral gratuito, a petista foi relacionada a Eduardo Gaievski, acusado de estupro, e ao mensalão do PT; Requião se solidarizou considerando estupidas agressões! desferidas contra a senadora; Por que chutariam "cachorro morto" na reta final da campanha?!, pergunta-se neste sábado na tradicional Boca Maldita, em Curitiba; por quê?

Ataque gratuito contra Gleisi Hoffmann, em distante terceiro lugar nas pesquisas iBeto e DatafAlha, reforçam tese de que o Palácio Iguaçu utiliza as pesquisas para ganhar a eleição na “mão grande”; ontem à  noite, nas inserções de comerciais no horário eleitoral gratuito, a petista foi relacionada a Eduardo Gaievski, acusado de estupro, e ao mensalão do PT; Requião se solidarizou considerando estupidas agressões! desferidas contra a senadora; Por que chutariam “cachorro morto” na reta final da campanha?!, pergunta-se neste sábado na tradicional Boca Maldita, em Curitiba; por quê?

Por que chutariam “cachorro morto” na reta final da campanha? Esta é a principal pergunta que se faz hoje pela manhã na Boca Maldita, em Curitiba, um dos principais pontos de ebulição da política paranaense. ... 

Leia mais

27 de setembro de 2014
por Esmael Morais
4 Comentários

Coluna do Ricardo Gomyde: Agricultura, mais comida e mais renda

Ricardo Gomyde*

A Conferência das Nações Unidas para o Comércio e Desenvolvimento (Unctad) prevê que o Brasil logo será o maior país agrícola do mundo. O ritmo de crescimento da produção brasileira de alimentos deixa claro que a virada está prestes a ocorrer; a receita com as exportações do setor foi de US$ 101,5 bilhões em 2013, valor 4% superior ao do ano anterior e novo recorde !” em termos nominais !”, segundo levantamento do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

Os pesquisadores da entidade dizem que nos últimos 14 anos (de 2000 a 2013) a agricultura brasileira tem contribuído fortemente para a geração de divisas para o país. No período, o volume exportado cresceu quase 230% e os preços externos, 101%. O saldo comercial (receitas das exportações menos gastos com importações) mais que quintuplicou, com crescimento de 468%.

Em 2000, o país ocupava o sexto lugar no ranking e hoje já é o terceiro maior exportador de produtos agrícolas do mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos e União Europeia. Os dados merecem ser comemorados, mas é preciso fazer uma profunda reflexão sobre esse fenômeno. Nesse período, sem descuidar da necessidade de aumentar a distribuição da produção brasileira internamente, combatendo a fome com vigor, os produtos que saíram do país levaram consigo mais valor agregado.

Até então, o Brasil era um exportador medíocre, um perna-de-pau que vendia lá fora muito menos do que podia. Não dávamos a devida importância para o setor, a ponto de promover, nos anos 1990, um verdadeiro desmonte da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), um dos principais institutos de produção de conhecimento do país. O empenho para recuperar a capacidade da empresa desde os anos 2000 foi um dos grandes responsáveis por essa posição de destaque que o Brasil conquistou no mercado agrícola mundial.

Leia mais

27 de setembro de 2014
por Esmael Morais
17 Comentários

àlvaro e Gomyde crescem na pesquisa DatafAlha/RPC TV

Segundo divulgação do DatafAlha neste sábado (27), em relação a levantamento anterior (18) da empresa, àlvaro Dias cresceu quatro pontos e agora tem 63% na corrida pelo Senado. Ricardo Gomyde subiu de 6% para 8%. O candidato Marcelo Almeida (PMDB), ainda de acordo com a sondagem, tinha 6% e agora caiu para 4%. Gomyde e Almeida lutam para fazer mais votos que o cachorrinho Bichon Frisé! de àlvaro Dias.

Segundo divulgação do DatafAlha neste sábado (27), em relação a levantamento anterior (18) da empresa, àlvaro Dias cresceu quatro pontos e agora tem 63% na corrida pelo Senado. Ricardo Gomyde subiu de 6% para 8%. O candidato Marcelo Almeida (PMDB), ainda de acordo com a sondagem, tinha 6% e agora caiu para 4%. Gomyde e Almeida lutam para fazer mais votos que o cachorrinho Bichon Frisé! de àlvaro Dias.

O senador àlvaro Dias (PSDB), candidato à  reeleição, e o desafiante Ricardo Gomyde (PCdoB), foram os únicos a crescerem na nova rodada de pesquisa do DatafAlha*/RPC TV (Globo).  ... 

Leia mais

27 de setembro de 2014
por Esmael Morais
6 Comentários

Istoà‰/Sensus: Empate Marina-Aécio no limite da margem de erro

do Brasil 247
Pesquisa realizada pelo instituto Sensus e divulgada pela revista Istoé nesse fim de semana mostra que a vaga do candidato que enfrentará a presidente Dilma Rousseff no segundo turno das eleições ainda não está garantida. Com 25% das intenções de voto, Marina Silva (PSB) está tecnicamente empatada com Aécio Neves (PSDB), que tem 20,7%. A margem de erro da pesquisa é de 2,2% para mais ou para menos. Dilma, com 35%, “só não estará na segunda etapa da disputa se houver uma hecatombe nuclear sobre a sua campanha”, diz a revista.

Leia abaixo a íntegra do texto com a pesquisa:

Empate na reta final
Pesquisa ISTOà‰/Sensus mostra que a sucessão presidencial será decidida no segundo turno e que Aécio e Marina chegam embolados na última semana de campanha

Os candidatos Marina Silva (PSB) e Aécio Neves (PSDB) entram na semana que antecede o primeiro turno das eleições presidenciais em empate técnico. Essa é a principal constatação feita pela pesquisa ISTOà‰/Sensus realizada entre o domingo 21 e a sexta-feira 26. Segundo o levantamento, Marina tem 25% das intenções de voto e Aécio 20,7%. Como a margem de erro da pesquisa é de 2,2% para mais ou para menos, ambos estão empatados tecnicamente na briga por um lugar no segundo turno. A presidenta Dilma Rousseff (PT) conta com 35% e só não estará na segunda etapa da disputa se houver uma hecatombe nuclear sobre a sua campanha. A pesquisa mostra que tanto Dilma como Aécio acertaram nas estratégias adotadas nas últimas semanas. A presidenta reforçou os ataques contra Marina, exagerou na defesa de seu governo e intensificou as agendas públicas. Com isso, cresceu 5,3% durante o mês de setembro. O senador mineiro procurou demonstrar as semelhanças entre Dilma e Marina, questionou a veracidade do que ambas mostravam em seus discursos e colocou-se como a alternativa mais segura para mudar os rumos do País. A estratégia lhe valeu um crescimento de 5,5 pontos percentuais nos últimos 30 dias. Já Marina apostou em se colocar como vítima de uma campanha que chama de “difamatória” e adotou um tom emocional tanto em entrevistas como nos palanques. Não conseguiu explicar as contradições de seus discursos e perdeu 4,5 pontos percentuais em menos de um mês. “Pela primeira vez se constata a situação de empate técnico entre Marina e Aécio. O senador mineiro chega na reta final com tendência de crescimento e a ex-senadora com tendência de queda”, diz Ricardo Guedes, diretor do Leia mais