31 de agosto de 2014
por Esmael Morais
24 Comentários

Obsessão: Justiça nega a Richa pedido de nova censura contra Blog do Esmael

O governador Beto Richa (PSDB), candidato à  reeleição, incorporou o Sargento Garcia nesta eleição ao tentar várias vezes, sem sucesso, censurar o Blog do Esmael.

O desembargador Guido José Dà¶belli, neste domingo (31), rejeitou “embargos de declaração” da coligação do tucano pleiteando revisar no grito! decisão anterior do Tribunal Regional Eleitoral que nega censura à  coluna do deputado Enio Verri (PT).

“Ora, se o embargante entende que não há a litispendência na forma apontada, resta evidente que não busca integrar a decisão – objetivo fundamental dos embargos de declaração – mas sim reformá-la. A reforma das decisões judiciais é alcançada por meio do apropriado recurso e não por meio de embargos de declaração, ainda que a eles se conceda efeitos infringentes”, ensina o magistrado.

Representações infantis sem fundamento contra o Blog do Esmael, que combinam desequilíbrio psicológico e perseguição política, desmoralizam o governador no TRE, levando-o a derrotas sucessivas naquela Corte.

Richa já foi condenado em mais de R$ 500 mil nesta eleição por cometer diversas ilegalidades de todas as naturezas.

A seguir, leia a íntegra da decisão do desembargador Guido José Dà¶belli negando nova censura contra o Blog do Esmael:

Representação 204014

“(…)
A Coligação “Todos pelo Paraná” , e outros, por sua vez, apresentaram embargos de declaração com pedido de efeitos infringentes, ao argumento de que a decisão é eivada de contradição porque afirma que a matéria “a verdade vai vencer a mentira e a desinformação” foi objeto de análise nos autos de Representação n!º 1526-61.2014.6.16.0000, quando defendem que não o foi. Requereram o acolhimento dos embargos com a análise da matéria apontada (fls. 235/239).

Em razão do pedido expresso de efeitos infringentes, concedi à  parte adversa a possibilidade de se manifestar (fl. 241).

Esmael Alves de Morais (fls. 247/252) e àŠnio José Verri (fls. 253/262) e Gleisi Helena Hoffmann e Haroldo Ferreira (263/267) apresentaram manifestação postulando não sejam acolhidos os embargos da Coligação “Todos pelo Paraná” .

à‰ o relatório.
(…)
2. Já no que guarda pertinência com os embargos de declaração opostos pela Coligação “Todos pelo Paraná” e outros, penso que não devem ser conhecidos, ante a falta de adequação legal.

Conforme previsão do art. 275, inciso I, do Código Eleitoral, os embargos de declaração serão conhecidos quando apontarem contradição, dúvida, obscuridade ou omissão na decisão, o que os torna um recurso de fundamentação vinculada.

A arguição de contradição, segundo a doutrina, assenta-se na incompatibilidade entre os fundamentos adotados para uma decisão, ou mesmo entre os fundamentos e a decisão proferida. Este, porém, não é o caso dos autos.

A decisão combatida esposou entendimento de que a matéria intitulada !¿a verdade vai vencer a mentira e a desinformação” foi objeto de análise nos autos de Representação n!º 1526-61.2014.6.16.0000, de modo que a renovação do tema nestes autos importaria em litispendência.

Ora, se o embargante entende que não há a litispendência na forma apontada, resta evidente que não busca integrar a decisão – objetivo fundamental dos embargos de declaração – mas sim reformá-la. A reforma das decisões judiciais é alcançada por meio do apropriado recurso e não por meio de embargos de declaração, ainda que a eles se conceda efeitos infringentes.

Não custa lembrar que o reconhecimento de efeitos infringentes em embargos de declaração não transformaram esta espécie recursal em forma travestida de apelação, pois estes especiais efeitos somente podem surgir quando reconhecido, em momento anterior, um dos vícios que autoriza o manejo dos embargos de declaração.

Inexistente no presente caso qualquer hipótese autorizadora do ma Leia mais

31 de agosto de 2014
por Esmael Morais
17 Comentários

‘Furacão Marina’ obriga “PT negociar com PT” e aliados nos estados

O novo quadro político-eleitoral obriga agora o PT a negociar com o PT. As correntes internas -- e subcorrentes -- passam a ter algum valor no jogo. Também ganham peso os aliados nos estados, fazendo os petistas refletirem um pouco sobre seu hegemonismo. O desespero é do senador Aécio Neves (PSDB), que é visto pelo retrovisor de Marina. A presidenciável do PSB abriu vantagem sobre o tucano, que tem 15%, segundo o Datafolha, e empatou com Dilma Rousseff (PT) com 34%.

O novo quadro político-eleitoral obriga agora o PT a negociar com o PT. As correntes internas — e subcorrentes — passam a ter algum valor no jogo. Também ganham peso os aliados nos estados, fazendo os petistas refletirem um pouco sobre seu hegemonismo. O desespero é do senador Aécio Neves (PSDB), que é visto pelo retrovisor de Marina. A presidenciável do PSB abriu vantagem sobre o tucano, que tem 15%, segundo o Datafolha, e empatou com Dilma Rousseff (PT) com 34%.

O súbito crescimento de Marina Silva (PSB) nas pesquisas de intenções de voto ao menos serviu para uma coisa: fazer o PT descer do salto alto. O partido julgava capaz de vencer sem aliados a disputa presidencial. Caiu do cavalo como em corridas passada. ... 

Leia mais

31 de agosto de 2014
por Esmael Morais
41 Comentários

“Kinder Ovo” não, implora Richa

O governador Beto Richa (PSDB), candidato à  reeleição, não gostou de ser rotulado de “Kinder Ovo” pela senadora Gleisi Hoffmann (PT). O tucano vê bullying da adversária petista, mas não admite em público.

Talvez para não passar “recibo” de que acusara do golpe, Richa entrou com uma representação considerada a mais infantil e ridícula da história do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE).

O governador do PSDB acusou Gleisi de fazer “propaganda de marca comercial” ao chamá-lo de “Kinder Ovo”.

No debate da Band Curitiba, no último dia 28, a candidata do PT afirmou que Richa é o candidato “Kinder Ovo” em virtude do número de vezes em que ele teria se surpreendido com notícias a respeito de seu governo.

Por óbvio, o juiz Leonardo Castanho Mendes indeferiu o pedido de liminar de Richa:

Há, é claro, a imagem do Governador dentro de um ovo. Mas aí a imagem só foi utilizada com o fim, obviamente satírico, de equiparar o candidato a famoso objeto de consumo infantil, cujo conteúdo se oculta da criança. Pode se dizer que a equiparação é de mau gosto, mas não ofende o candidato de forma alguma!, decidiu o magistrado.

A seguir leia a decisão do juiz Leonardo Castanho Mendes:

2. Trata-se de representação movida pela Coligação Todos Pelo Paraná contra Gleisi Helena Hoffmann e Coligação” Paraná Olhando Pra Frente” , em que se alega a veiculação de notícia ofensiva ao candidato Beto Richa, a quem se atribui a alcunha de “Kinderovo” , tendo em vista o número de vezes em que o candidato teria se surpreendido com notícias a respeito de seu governo. Além de ser ofensiva, alega-se, a matéria faz propaganda de marca comercial, o que também é vedado. Pede-se liminar para inibir-se a divulgação do material e para autorizar-se a busca e apreensão dos panfletos impressos, onde quer que se encontrem.

Em primeiro lugar, não se tem propriamente divulgação de marca comercial. O objetivo da propaganda não foi a de promover a venda do chocolate, mas a de ironizar o que se alegou ser a incapacidade do candidato em inteirar-se dos assuntos de sua administração.

O objeto da propaganda a rigor constitui exercício regular de crítica. A Coligação representada atribui ao Governador um desconhecimento de fatos relevantes ocorridos em seu governo. Até aí, nada de ofensivo.

Há, é claro, a imagem do Governador dentro de um ovo. Mas aí a imagem só foi utilizada com o fim, obviamente satírico, de equiparar o candidato a famoso objeto de consumo infantil, cujo conteúdo se oculta da criança. Pode se dizer que a equiparação é de mau gosto, mas não ofende o candidato de forma alguma.

Esse o contexto, não vislumbrando nada de irregular na propaganda apresentada, indefiro o pedido de liminar.

Intimem-se.

3. Notifiquem-se as representadas para, nos termos do artigo 8!º da Resolução TSE 23.398/13, apresentar resposta no prazo de 48 (quarenta e oito) horas.

4. Após, façam-se os autos conclusos ao i. relator.

5. Autorizo a senhora Secretária Judiciária a assinar todos os expedientes necessários ao fiel cumprimento da presente decisão.

Curitiba, 30 de Agosto de 2014.

(a)LEONARDO CASTANHO Leia mais

31 de agosto de 2014
por Esmael Morais
8 Comentários

Coluna do Rocha Loures: A voz das ruas e a reforma política

Rocha Loures, em sua coluna deste domingo, relembra os motivos que levaram milhares de brasileiros à s ruas em junho de 2013; colunista acredita que grande parte do descontentamento está relacionada com a representação política e o sistema eleitoral brasileiro em vigor desde 1946; ele propõe em uma reforma política que o país adote o voto distrital misto, como na Alemanha, onde metade das forças políticas é constituída em distritos devido seus fortes vínculos com suas localidades; outra metade é constituída pelas correntes mais relevantes da opinião pública, eleitos pelo voto proporcional; Rocha Loures afirma que os políticos e as forças vivas da sociedade precisam sintonizar os ouvidos com o clamor das ruas, eliminar o excessivo número de partidos sem verdadeira representação eleitoral; Vamos abraçar essa causa?!, convida; leia o texto e compartilhe.

Rocha Loures, em sua coluna deste domingo, relembra os motivos que levaram milhares de brasileiros à s ruas em junho de 2013; colunista acredita que grande parte do descontentamento está relacionada com a representação política e o sistema eleitoral brasileiro em vigor desde 1946; ele propõe em uma reforma política que o país adote o voto distrital misto, como na Alemanha, onde metade das forças políticas é constituída em distritos devido seus fortes vínculos com suas localidades; outra metade é constituída pelas correntes mais relevantes da opinião pública, eleitos pelo voto proporcional; Rocha Loures afirma que os políticos e as forças vivas da sociedade precisam sintonizar os ouvidos com o clamor das ruas, eliminar o excessivo número de partidos sem verdadeira representação eleitoral; Vamos abraçar essa causa?!, convida; leia o texto e compartilhe.

Rodrigo da Rocha Loures* ... 

Leia mais

30 de agosto de 2014
por Esmael Morais
39 Comentários

De olho em 2016, Fernanda Richa mergulha na região Sul de Curitiba

A mulher do governador Beto Richa (PSDB) não esconde de ninguém que sonha com a Prefeitura de Curitiba. Se o projeto de reeleição do marido bater na trave, ela fica apta para disputar a eleição em 2016.

A mulher do governador Beto Richa (PSDB) não esconde de ninguém que sonha com a Prefeitura de Curitiba. Se o projeto de reeleição do marido bater na trave, ela fica apta para disputar a eleição em 2016.

A primeira-dama do Paraná, Fernanda Richa (PSDB), neste sábado (30), participou de carreata nos bairros Tatuquara e Rio Bonito ao lado dos “cueca de seda” Ratinho Júnior (PSC) e Ratão. ... 

Leia mais

30 de agosto de 2014
por Esmael Morais
19 Comentários

30 de Agosto: Justiça Eleitoral nega direito de resposta a àlvaro Dias no horário de Ricardo Gomyde

O juiz Leonardo Castanho Mendes, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), neste sábado (30), negou ao senador àlvaro Dias (PSDB) direito de resposta no programa exibido no horário eleitoral do adversário Ricardo Gomyde (PCdoB).

Gomyde, após apresentar sua plataforma, conclui dizendo que “jogar cavalo em cima de professor, comigo nunca”, referindo-se ao confronto entre professores e cavalaria no dia 30 de agosto de 1988, quando Dias era governador do Paraná (clique aqui para assistir ao vídeo).

“O protesto existiu, o enfrentamento com policiais da cavalaria existiu e o representante era, à  época, Governador do Estado”, registrou o magistrado ao julgar improcedente o pedido do tucano.

“O mais são interpretações de quem viveu aqueles fatos, de quem se disse agredido por ordem do titular do Governo, que repercutiram ao longo dos anos, tanto que a cada aniversário do protesto novamente se revivem as acusações”, continuou o juiz.

Castanho Mendes ainda sugeriu ao indeferir a liminar de àlvaro Dias:

“Se o representante de fato deu a ordem para que ocorresse o enfrentamento, para que os cavaleiros avançassem sobre os protestantes, cuida-se de fato que não pode ser considerado sabidamente verídico, nem inverídico”.

Leia a íntegra da decisão judicial:

REPRESENTAà‡àƒO n!º 3029-20.2014.6.16.0000

Representante : àlvaro Fernandes Dias e Coligação “Todos Pelo Paraná”

Advogados : Paulo Roberto Ferraz e outros

Representada : Coligação “Paraná Olhando Pra Frente”

Representado : Ricardo Crachineski Gomyde

Representado : José Elizeu Chociai

Representado : Paulo Edson Pratinha Alves

DECISàƒO LIMINAR

Trata-se de representação eleitoral formulada àlvaro Fernandes Dias e Coligação “Todos Pelo Paraná” em face de Coligação “Paraná Olhando Pra Frente” , Ricardo Crachineski Gomyde, José Elizeu Chociai e Paulo Edson Pratinha Alves, visando à  obtenção de direito de resposta, considerada a propaganda eleitoral na televisão.

A representação menciona afirmações feitas por professores, em que se alude aos fatos ocorridos em Curitiba em 30 de agosto de 1988, onde o estado interveio em um manifesto de professores no Centro Cívico da Cidade, inclusive com envio de forças da cavalaria, quando era Governador do Estado o ora representante. Há também a manifestação do candidato Ricardo Gomyde, que, após apresentar sua plataforma, conclui dizendo que “jogar cavalo em cima de professor, comigo nunca” , em clara referência aos fatos históricos antes mencionados.

O protesto existiu, o enfrentamento com policiais da cavalaria existiu e o representante era, à  época, Governador do Estado. Esses são fatos incontroversos. O mais são interpretações de quem viveu aqueles fatos, de quem se disse agredido por ordem do titular do Governo, que repercutiram ao longo dos anos, tanto que a cada aniversário do protesto novamente se revivem as acusações. Se o representante de fato deu a ordem para que ocorresse o enfrentamento, para que os cavaleiros avançassem sobre os protestantes, cuida-se de fato que não pode ser considerado sabidamente verídico, nem inverídico. Notadamente, porque, passados mais de vinte anos, seria difícil definir qual a versão verdadeira.

Esse o contexto, não vislumbro plausibilidade a sustentar o pedido de direito de resposta, motivo por que Leia mais

30 de agosto de 2014
por Esmael Morais
20 Comentários

Mesmo sob suspeição, RPC TV (Globo) contrata nova pesquisa Ibope

Acusado de fraude eleitoral no Paraná, instituto Ibope foi contratado novamente pela RPC TV (Globo); empresa de Carlos Augusto Montenegro tem contratos que chegam a R$ 5 milhões com o governo do Paraná e, ao mesmo tempo, pesquisa intenção de votos para o Palácio Iguaçu; nesta semana, em pedido de providências ao Ministério Público, senador Roberto Requião afirmou que no Paraná o patrão do Ibope é o governador Beto Richa!; por que a impoluta! RPC TV insiste no Ibope sendo que há empresas de pesquisas no estado que despontam nacionalmente?

Acusado de fraude eleitoral no Paraná, instituto Ibope foi contratado novamente pela RPC TV (Globo); empresa de Carlos Augusto Montenegro tem contratos que chegam a R$ 5 milhões com o governo do Paraná e, ao mesmo tempo, pesquisa intenção de votos para o Palácio Iguaçu; nesta semana, em pedido de providências ao Ministério Público, senador Roberto Requião afirmou que no Paraná o patrão do Ibope é o governador Beto Richa!; por que a impoluta! RPC TV insiste no Ibope sendo que há empresas de pesquisas no estado que despontam nacionalmente?

A RPC TV (Globo) torceu o nariz para as severas acusações de fraude eleitoral contra Ibope ao contratar nova rodada com 1.008 entrevistas, que serão realizadas entre hoje e quinta-feira (4) ao custo de R$ 60.480,00, sobre a corrida pelo Palácio Iguaçu. ... 

Leia mais

30 de agosto de 2014
por Esmael Morais
25 Comentários

Por causa de candidatos laranjas!, RPC TV cogita desistir de debate ao governo do Paraná

A RPC TV (Globo) pode desistir de realizar o tradicional debate entre candidatos ao governo nas vésperas da eleição; emissora considera que a presença dos cinco "laranjas" atrapalharia o bom andamento do confronto; ideia seria organizar enfrentamento com os três principais candidatos: Richa, Requião e Gleisi; na foto, Ogier Buchi faz ginástica para ouvir conversa entre Túlio Bandeira e Requião no último debate realizado pela Band Curitiba.

A RPC TV (Globo) pode desistir de realizar o tradicional debate entre candidatos ao governo nas vésperas da eleição; emissora considera que a presença dos cinco “laranjas” atrapalharia o bom andamento do confronto; ideia seria organizar enfrentamento com os três principais candidatos: Richa, Requião e Gleisi; na foto, Ogier Buchi faz ginástica para ouvir conversa entre Túlio Bandeira e Requião no último debate realizado pela Band Curitiba.

A RPC TV, emissora afiliada à  Globo, cogita desistir do debate entre os candidatos ao governo do Paraná programada para o próximo dia 30 de setembro, uma terça-feira, depois da novela Império. ... 

Leia mais

30 de agosto de 2014
por Esmael Morais
12 Comentários

Coluna do Ricardo Gomyde: 30 de Agosto – A cavalaria contra a educação

Ricardo Gomyde, em sua coluna deste sábado, relembra do trágico confronto da cavalaria com professores que protestavam em frente ao Palácio Iguaçu; era 30 de agosto de 1988, portanto, há exatos 26 anos educadores foram atacados com cavalos, bombas e balas de borracha; Abaixo a repressão! Senhor comandante, não toque em nenhum professor, somos pacíficos! Vocês têm filhos na escola!!, diziam, segundo o colunista, que acompanhava sua mãe, dona Neusa, na Batalha do Centro Cívico; Nesta data tão marcante para a educação no Paraná, devemos, além de protestar para que a insanidade repressiva de 1988 não caia no esquecimento... A educação de qualidade é o eixo do desenvolvimento do país!, destaca Gomyde, que ontem participou da marcha em Curitiba; leia o texto e compartilhe.

Ricardo Gomyde, em sua coluna deste sábado, relembra do trágico confronto da cavalaria com professores que protestavam em frente ao Palácio Iguaçu; era 30 de agosto de 1988, portanto, há exatos 26 anos educadores foram atacados com cavalos, bombas e balas de borracha; Abaixo a repressão! Senhor comandante, não toque em nenhum professor, somos pacíficos! Vocês têm filhos na escola!!, diziam, segundo o colunista, que acompanhava sua mãe, dona Neusa, na Batalha do Centro Cívico; Nesta data tão marcante para a educação no Paraná, devemos, além de protestar para que a insanidade repressiva de 1988 não caia no esquecimento… A educação de qualidade é o eixo do desenvolvimento do país!, destaca Gomyde, que ontem participou da marcha em Curitiba; leia o texto e compartilhe.

Ricardo Gomyde* ... 

Leia mais

29 de agosto de 2014
por Esmael Morais
57 Comentários

Datafolha: Aécio fora do 2!º turno; Dilma e Marina empatadas no 1!º turno

Levantamento do Datafolha nesta sexta-feria (29) aponta empate entre Dilma e Marina, com 34%; Aécio Neves tem 15%; candidata do PSB venceria a petista no segundo turno por 50% a 40%, de acordo com o instituto.

Levantamento do Datafolha nesta sexta-feria (29) aponta empate entre Dilma e Marina, com 34%; Aécio Neves tem 15%; candidata do PSB venceria a petista no segundo turno por 50% a 40%, de acordo com o instituto.

Pesquisa Datafolha divulgada esta noite pelo Jornal Nacional, da TV Globo, confirmou informação registrada ontem (28) pelo Blog do Esmael. A presidenta Dilma Rousseff (PT) e Marina Silva estão empatadas com 34% na corrida eleitoral. ... 

Leia mais

29 de agosto de 2014
por Esmael Morais
30 Comentários

Apesar de agredido, Requião afirma que manterá estilo “paz e amor”

Senador Roberto Requião afirmou ao Blog do Esmael, nesta sexta-feira (29), que vai "relevar" a canelada que levou da "menina" Gleisi Hoffmann; segundo ele, Beto Richa, que o agrediu no debate da Band Curitiba, é adversário comum do campo da presidenta Dilma; apesar de agredido, diz Requião, vai manter o estilo "paz e amor" que adotou desde o início da campanha; hoje, em Foz, o peemedebista recebeu abraços de crianças.

Senador Roberto Requião afirmou ao Blog do Esmael, nesta sexta-feira (29), que vai “relevar” a canelada que levou da “menina” Gleisi Hoffmann; segundo ele, Beto Richa, que o agrediu no debate da Band Curitiba, é adversário comum do campo da presidenta Dilma; apesar de agredido, diz Requião, vai manter o estilo “paz e amor” que adotou desde o início da campanha; hoje, em Foz, o peemedebista recebeu abraços de crianças.

O senador Roberto Requião (PMDB), candidato ao governo do Paraná, nesta sexta-feira (29), ao Blog do Esmael, disse que foi agredido pelo governador Beto Richa (PSDB) no debate realizado de ontem à  noite pela Band Curitiba. ... 

Leia mais

29 de agosto de 2014
por Esmael Morais
22 Comentários

Copel envia nota de esclarecimento ao Blog do Esmael

Em resposta à  matéria Bomba: Copel teve prejuízo de R$ 660 mi com atravessadores de energia! a Companhia Paranaense de Energia enviou ao! Blogdo Esmael um e-mail com uma nota de esclarecimento, a qual publicamos na íntegra a seguir:

Nota de esclarecimento

Em relação à s informações divulgadas no blog sobre contratos de energia da Copel Geração e Transmissão, esclarecemos:

– Não houve nenhum prejuízo com venda de energia no Ambiente de Contratação Livre desde 2011;

– Pelo contrário, de 2011 a 2013, a Copel Geração e Transmissão teve um lucro líquido de R$ 2,3 bilhões;

– Por força de lei, a comercialização de energia da Copel se dá a preços de mercado e segue, estritamente, a legislação do setor elétrico;

– A Copel Geração não escolhe seus compradores. A mencionada venda para a Tradener ocorreu em leilão público, do qual participaram outros 38 compradores;

– Os preços apontados referem-se a contratos com durações diferentes e que, portanto, não são comparáveis;

– Todos os contratos da Copel são legais, públicos e auditados, e visam ao crescimento e a sustentabilidade financeira da empresa;

! – Ontem, a Fitch Rating reafirmou a classificação AA+ da Copel, por quatro anos consecutivos, o que, segundo a agência, reflete a continuidade da adequada performance operacional do grupo e o sólido perfil financeiro;

! – No mês passado, a Copel foi eleita a melhor Distribuidora do Brasil (Prêmio Abradee), pela terceira vez em quatro anos;

! – Na semana passada, a Copel foi eleita a melhor Distribuidora da América Latina (Prêmio Cier), pela terceira vez em quatro anos;

! – Hoje, a revista Amanhã divulgou o ranking das maiores empresas do Paraná e revelou que a Copel assumiu o primeiro lugar, entre empresas públicas e privadas;

– Dessa forma, repudiamos as ilações sobre a gestão da empresa, que é conduzida de forma ética, técnica, responsável e profissional e com resultados positivos que são atestados por instituições renomadas do País.

Companhia Paranaense de Energia Leia mais

29 de agosto de 2014
por Esmael Morais
32 Comentários

Todos os candidatos disseram que “venceram” o debate na Band. Será?

Richa, Requião e Gleisi disseram que

Richa, Requião e Gleisi disseram que “venceram” o debate de ontem à  noite na Band Curitiba; trio quis combate desde o primeiro bloco do debate mediado pelo jornalista Fabrício Binder; surgiram poucas propostas; Sobraram ofensas, agressões e muitas acusações; eleitor ainda não se ligou completamente na corrida eleitoral, pois deverá fazê-lo na metade de setembro em diante; portanto, o debate da Band foi vencido pela melhor edição no horário eleitoral.

Os três principais candidatos ao governo do Paraná — Beto Richa (PSDB), Roberto Requião (PMDB) e Gleisi Hoffmann (PT) — afirmaram em seus respectivos programas no horário eleitoral, nesta tarde, que “venceram” o debate de ontem à  noite promovido pela Band Curitiba. ... 

Leia mais

29 de agosto de 2014
por Esmael Morais
9 Comentários

TRE dobra multa a Richa por propaganda ilegal no site da Copel

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) negou recurso da coligação Todos pelo Paraná e confirmou a condenação aplicada em julho contra o governado-candidato Beto Richa (PSDB), sua vice Cida Borghetti (PROS) e o presidente da Copel, Lindolfo Zimmer. No mesmo caso, atendendo a pedido dos advogados da coligação de Gleisi Hoffmann, a multa foi dobrada atingindo o total de R$ 40 mil.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) negou recurso da coligação Todos pelo Paraná e confirmou a condenação aplicada em julho contra o governado-candidato Beto Richa (PSDB), sua vice Cida Borghetti (PROS) e o presidente da Copel, Lindolfo Zimmer. No mesmo caso, atendendo a pedido dos advogados da coligação de Gleisi Hoffmann, a multa foi dobrada atingindo o total de R$ 40 mil.

A Justiça Eleitoral dobrou a multa do governador candidato a reeleição, Beto Richa9 PSDB)! e! da vice Cida Borghetti (PROS), da coligação Todos pelo Paraná e do presidente da Copel, Lindolfo Zimmer, pela divulgação de propaganda irregular no site da empresa. ... 

Leia mais

29 de agosto de 2014
por Esmael Morais
39 Comentários

Tucanos àlvaro Dias e Beto Richa foram alvos de protesto no Paraná

Cerca de três mil manifestantes marcharam nas ruas centrais de Curitiba, nesta sexta-feira (29), em Dia de Luto e de Luta Pela Educação; foram quatro horas de protesto transmitidas ao vivo pelo Blog do Esmael; educadores e estudantes carregavam faixas e cantavam palavras de ordem contra o senador àlvaro Dias e o governador Beto Richa; "#AposentaAlvaro", dizia uma das faixas; movimento lembrou os 26 anos do massacre de grevista em frente ao Palácio Iguaçu, no dia 30 de agosto de 1988, durante governo Dias.

Cerca de três mil manifestantes marcharam nas ruas centrais de Curitiba, nesta sexta-feira (29), em Dia de Luto e de Luta Pela Educação; foram quatro horas de protesto transmitidas ao vivo pelo Blog do Esmael; educadores e estudantes carregavam faixas e cantavam palavras de ordem contra o senador àlvaro Dias e o governador Beto Richa; “#AposentaAlvaro”, dizia uma das faixas; movimento lembrou os 26 anos do massacre de grevista em frente ao Palácio Iguaçu, no dia 30 de agosto de 1988, durante governo Dias.

O senador àlvaro Dias e o governador Beto Richa, ambos do PSDB que disputam a reeleição, foram alvos na manhã desta sexta-feira de protesto da comunidade escolar paranaense. Cerca de três mil professores, funcionários de escolas, alunos e sindicalistas de outras categorias marcharam da Praça Santos Andrade, na Universidade Federal do Paraná, até o Centro Cívico, onde fica a sede do governo estadual. ... 

Leia mais