21 de outubro de 2013
por Esmael Morais
31 Comentários

Pessuti e Requião “juntos” pela candidatura própria no PMDB

Candidatura própria no PMDB pode "unir" tacitamente, novamente, Pessuti e Requião novamente em 2014; luta para garantir eleição de dois turnos abre espaço ainda à  candidatura de Sérgio Souza ao Senado; proposta de Pessuti coincide! com a de Requião: realização de prévia no partido em março.

Candidatura própria no PMDB pode “unir” tacitamente, novamente, Pessuti e Requião novamente em 2014; luta para garantir eleição de dois turnos abre espaço ainda à  candidatura de Sérgio Souza ao Senado; proposta de Pessuti coincide! com a de Requião: realização de prévia no partido em março.

O ex-governador Orlando Pessuti distribuiu nota à  imprensa, nesta segunda (21), anunciando sua disposição de concorrer ao Palácio Iguaçu. Secretário-geral do PMDB, ele afirmou que discutiu a questão com doze dos 13 deputados estaduais que compõem a bancada na Assembleia Legislativa do Paraná. ... 

Leia mais

21 de outubro de 2013
por Esmael Morais
15 Comentários

Petista analisa privatização de Libra: “Até Lênin e Trotsky afrouxaram o sutiã na velha Rússia”

Milton Alves, depois da polêmica com os médicos que são contra o Mais Médico, agora compra briga com neoliberais

Milton Alves, depois da polêmica com os médicos que são contra o Mais Médico, agora compra briga com neoliberais” e esquerdistas!; segundo o neopetista, até Lênin e Trotsky afrouxaram o sutiã na velha Rússia ao realizar contratos de partilha e transferência de tecnologia com os britânicos na exploração do petróleo soviético nos anos 20; para ele, leilão do pré-sal deixou tucanos, mídia conservadora e esquerdistas em curto-circuito! mental; debate sobre o modelo de exploração ainda vai continuar extrapolando os esquemas mentais, aponta; Brasil e China abrem uma aliança estratégica no terreno da indústria do petróleo!, analisa; leia o texto.

O neopetista Milton Alves, ex-presidente estadual do PCdoB do Paraná, afrouxou o sutiã. Depois de enfronhar-se em polêmica com Sindicato dos Médicos, sendo inclusive processado, agora analisa o comportamento ideológico de militantes partidários na questão energética. ... 

Leia mais

21 de outubro de 2013
por Esmael Morais
45 Comentários

Resultado da privatização: Libra vai para Petrobras, Shell, Total e chineses

do Brasil 247 O primeiro leilão do pré-sal surpreendeu positivamente o mercado, com a presença das multinacionais Shell e Total no consórcio vencedor. Estas empresas estarão associadas à  Petrobras, majoritária, e a duas empresas chinesas: CNOOC e CNPC. O consórcio pagará R$ 15 bilhões à  União como bônus de assinatura e reverterá 41,65% do petróleo encontrado à  União. Segundo Magda Chambriard, trata-se de um “dia histórico” para o Brasil, uma vez que haverá royalties de R$ 300 bilhões para o País, nos próximos 30 anos. O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, trata o leilão como um “divisor de águas”. Especialistas defendem o regime de partilha.

Abaixo, matéria da Agência Brasil a respeito:

Consórcio formado por cinco empresas vence primeiro leilão do pré-sal

Vinicius Lisboa e Vitor Abdala
Repórteres da Agência Brasil

Rio de Janeiro !“ O consórcio formado pelas empresas Shell, Total, CNPC, CNOOC e Petrobras foi o vencedor da 1!ª Rodada de Licitação do Pré-Sal e terá o direito a explorar e produzir o petróleo da área de Libra, na Bacia de Santos. Dos 70% arrematados pelo consórcio, 20% são da Shell e 20% da Total. A CNPC e a CNOOC têm, cada uma, 10%, assim como a Petrobras, que já tinha garantidos 30%. O leilão foi realizado, há pouco, no Rio. O mínimo de excedente em óleo foi 41, 65%, conforme o estabelecido pelo edital.

Libra tem reservas estimadas entre 8 bilhões e 12 bilhões de barris de petróleo, que ainda não foram confirmadas. Caso o potencial se confirme, Libra será o maior campo de petróleo do país. A ANP estima que, em seu pico de produção, sejam extraídos diariamente 1,4 milhão de barris de óleo, cerca de dois terços do total da produção atual de todos os campos do país (2 milhões de barris por dia).

Sistema de partilha garante interesses nacionais na exploração do petróleo, dizem especialistas

Vladimir Platonow
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro !“ A exploração do petróleo brasileiro pelo sistema de partilha garante o atendimento dos interesses nacionais, afirmam especialistas no setor, que acompanham de perto o leilão do Campo de Libra, o primeiro do pré-sal, a ser realizado nesta tarde, em um hotel na Barra da Tijuca. Apesar dos diversos protestos contra o leilão, os especialistas consideram o regime de partilha mais vantajoso para o país do que o de concessão, que era adotado anteriormente.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico do Rio de Janeiro, Leia mais

21 de outubro de 2013
por Esmael Morais
8 Comentários

Osmar Dias dirige ou não dirige o PDT no Paraná?

Osmar Dias deixa as principais lideranças do PDT no Paraná correrem frouxo!; aos poucos, prefeitos, vereadores e deputados vão anunciando apoio à  reeleição de Richa; partido e o vice-presidente do Banco do Brasil juram que são Gleisi, mas na prática...; no Centro Cívico surge uma pergunta: afinal, quem dirige a legenda no estado?

Osmar Dias deixa as principais lideranças do PDT no Paraná correrem frouxo!; aos poucos, prefeitos, vereadores e deputados vão anunciando apoio à  reeleição de Richa; partido e o vice-presidente do Banco do Brasil juram que são Gleisi, mas na prática…; no Centro Cívico surge uma pergunta: afinal, quem dirige a legenda no estado?

O governador Beto Richa (PSDB) cooptou no final de semana o prefeito de Matinhos, Eduardo Dalmora (PDT). O pedetista afirmou em evento para milhares que o tucano é o melhor de todos os que já passaram pelo Palácio Iguaçu, ou seja, vestiu a “cueca de seda” (clique aqui para relembrar). ... 

Leia mais

21 de outubro de 2013
por Esmael Morais
5 Comentários

EUA espionaram 70,3 milhões de conversas na França em apenas 30 dias

da à“pera MundiInaceitável e chocante. Assim o chanceler francês, Laurent Fabius, definiu a informação que os Estados Unidos interceptaram 70,3 milhões de conversas emitidas na França em 30 dias — entre o final de 2012 e começo de 2013. A informação secreta vazada da NSA (sigla em inglês para Agência Nacional de Segurança) pelo ex-funcionário da CIA Edward Snowden foi divulgada nesta segunda-feira (21/10) pelo jornal Le Monde.

O governo francês, por meio do Ministério das Relações Exteriores, convocou o embaixador norte-americano no país, Charles Rivkin, para prestar esclarecimentos sobre o episódio minutos depois da publicação da notícia. Fabius disse que “essas informações chocantes demandam uma explicação das autoridades norte-americanas nas próximas horas”. “Eu imediatamente convoquei o embaixador dos EUA em nosso país. Esperamos Charles Rivkin ainda nesta manhã”, disse o chanceler.

As 70,3 milhões de intercepções aconteceram entre 10 de dezembro (2012) e 8 de janeiro. Os principais objetivos da NSA na França eram pessoas suspeitas de ter vínculos com atividades terroristas. No entanto, além de políticos e funcionários do governo, pessoas relacionadas com o mundo empresarial foram alvos da espionagem dos EUA.

Segundo informações da Agência Efe, o dispositivo de espionagem consistia na gravação automática das conversas ou as mensagens quando um determinado número de telefone que interessava Washington. As mensagens SMS também eram capturadas no momento em que Washington inseria palavras-chaves de busca. Além disso, a administração Obama guardou registro histórico das conexões de cada número definido como alvo.

As técnicas utilizadas para estas intercepções aparecem nos documentos da NSA com dois códigos diferentes, “DRTBOX” e “WHITEBOX” que, nos 30 Leia mais

21 de outubro de 2013
por Esmael Morais
Comentários desativados em Em Foz, congresso de trabalhadores defende maior protagonismo na política em 2014

Em Foz, congresso de trabalhadores defende maior protagonismo na política em 2014

Denilson Pestana, presidente da NCST, vê precarização do trabalho se projeto que regulamenta terceirizações for aprovado pelo Congresso Nacional; trabalhadores reunidos em Foz do Iguaçu, de hoje até amanhã, querem maior protagonismo da classe trabalhadora na política em 2014; entidades sindicais também discutem um plano para "ocupar" as redes sociais como forma de mobilização e de luta das categorias.

Denilson Pestana, presidente da NCST, vê precarização do trabalho se projeto que regulamenta terceirizações for aprovado pelo Congresso Nacional; trabalhadores reunidos em Foz do Iguaçu, de hoje até amanhã, querem maior protagonismo da classe trabalhadora na política em 2014; entidades sindicais também discutem um plano para “ocupar” as redes sociais como forma de mobilização e de luta das categorias.

Cerca de 300 delegados de diversos sindicatos participaram nesta segunda (21), em Foz do Iguaçu, da abertura do 3!º Congresso Estadual da Nova Central Sindical dos Trabalhadores (NCST), seção Paraná, onde o tema central foi estimular maior participação da classe nos rumos políticos de 2014. ... 

Leia mais

21 de outubro de 2013
por Esmael Morais
3 Comentários

Polícia usa gás para dispersar manifestantes que furaram bloqueio no Rio

da Agência Brasil

Dezenas de manifestantes já se reúnem na Praça do O, na Barra da Tijuca, para protestar contra a primeira rodada de licitação do pré-sal, marcada para a tarde de hoje (21) no Hotel Windsor Barra; praça fica a dois quarteirões do hotel, que está totalmente cercado pela Força Nacional de Segurança e pelo Exército; manifestantes carregam bandeiras de partidos políticos, sindicatos e movimentos sociais; polícia usa bombas de gás lacrimogêneo para dispersar manifestantes que furaram bloqueio. (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil).

Dezenas de manifestantes já se reúnem na Praça do O, na Barra da Tijuca, para protestar contra a primeira rodada de licitação do pré-sal, marcada para a tarde de hoje (21) no Hotel Windsor Barra; praça fica a dois quarteirões do hotel, que está totalmente cercado pela Força Nacional de Segurança e pelo Exército; manifestantes carregam bandeiras de partidos políticos, sindicatos e movimentos sociais; polícia usa bombas de gás lacrimogêneo para dispersar manifestantes que furaram bloqueio. (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil).

Com bombas de efeito moral e gás lacrimogêneo, agentes de segurança dispersaram manifestantes contrários ao leilão do Campo de Libra. Eles derrubaram há pouco as grades do primeiro bloqueio montado pela Força Nacional para isolar a área do Hotel Windsor Houve correria Barra, na zona oeste do Rio, onde serão feitas as propostas pelas reservas de petróleo. ... 

Leia mais

21 de outubro de 2013
por Esmael Morais
13 Comentários

Facebook amarelou geral

Os problemas na rede social vêm ocorrendo desde as 23 horas de ontem (20), mas a situação se agravou por volta das 10 horas de hoje.

Os problemas na rede social vêm ocorrendo desde as 23 horas de ontem (20), mas a situação se agravou por volta das 10 horas de hoje.

Internautas registram que o Facebook amarelou nesta segunda (21) em diversos países do mundo. Ativistas que acompanham o leilão do pré-sal do Campo de Libra, no Rio de Janeiro, desconfiavam de sabotagem ou censura. Entretanto, o problema é técnico e geral. ... 

Leia mais

21 de outubro de 2013
por Esmael Morais
25 Comentários

Dilma acompanha de perto dia crucial de seu governo

do Brasil 247 O tema já tomou as capas de jornais e é motivo de manifestações populares em vários locais do Brasil. Mas poucos sabem os reais impactos que o leilão do Campo de Libra, na Bacia de Santos (SP) !“ até agora a maior reserva brasileira de petróleo !“ pode trazer de fato para o País e sua população. Não à  toa a presidente Dilma Rousseff acompanha de perto todos os acontecimentos dessa licitação, que ela própria considera um dos atos mais importantes de seu governo. O leilão “marcará o país por gerações”, avaliou a um interlocutor, de acordo com a coluna Painel, da Folha de S.Paulo.

Enviar as Forças Armadas para proteger o hotel Windsor Hotel Barra, no Rio de Janeiro, a fim de garantir que o leilão ocorra com tranquilidade, foi uma decisão pessoal da presidente da República. Ela também quis garantir que o tema tivesse exclusividade nesta segunda-feira 21, e por isso adiou para amanhã a sanção da lei que institui o programa Mais Médicos. Na Avenida Lúcio Costa, altura do Posto 3, na Barra da Tijuca, Homens do Batalhão de Guarda, tropa de elite do Exército, estão enfileirados em frente ao hotel para não permitir que invasores e protestos prejudiquem o dia decisivo.

Quarto maior exportador em 20 anos

A área de Libra tem reservas estimadas de 8 a 12 bilhões de barris de petróleo recuperáveis, ou seja, o que pode ser retirado do subsolo e comercializado. Caso esses números sejam confirmados, Libra se tornará o maior campo de petróleo do País. No novo ciclo de descobertas do pré-sal, incluindo o Campo de Libra, a previsão é que o Brasil seja o quarto maior exportador de petróleo do mundo em 2035, com uma produção estimada em 5,7 milhões de barris por dia !“ e exportação de quase metade desse volume.

Investimentos

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, prevê, com o leilão de Libra, uma “onda inédita de investimentos” para o País. A expectativa, segundo ele, é de investimentos da ordem de US$ 180 bilhões em 35 anos, no setor e suas adjacências. Uma pesquisa divulgada hoje pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) estima que os investimentos na economia brasileira devem crescer cerca de 26% entre 2014 e 2017, na comparação com os quatro anos imediatamente anteriores.

O economista-chefe do BNDES, Fernando Pimentel Puga, ressaltou os investimentos na indústria, que devem superar R$ 1,1 trilhão, com aumento de 24,3% em relação à s aplicações dos quatro anos anteriores. O economista adiantou que o setor de petróleo e gás vai liderar os investimentos na indústria, com previsão de R$ 458 bilhões para o quadriênio 2014-2017, contra R$ 311 bilhões no quadriênio anterior.

“Esse setor está sendo o grande investidor da indústria, com perspectiva de crescimento robusto de 8% ao ano. A depender do resultado do leilão do Campo de Libra – marcado Leia mais

21 de outubro de 2013
por Esmael Morais
18 Comentários

Depois de conquistar! Litoral, Richa planeja ataque na Região Metropolitana de Curitiba

Pesquisas qualitativas orientam ações e passos de Richa nas regiões do estado; tucano planeja plano de ataque na Região Metropolitana de Curitiba; Ratinho Júnior, reserva para a vice, caso PMDB lance candidatura própria, vai a tiracolo; sondagens diagnosticaram um governador frouxo!, sem ação!, "lento", "festeiro", etc.; marketing reaproxima tucano de criancinhas que agora pega no colo; distribui fartos beijos e abraços na primeira-dama; simula "demissão" de milhares de servidores comissionados; enfim, campanha de 2014 já começou faz tempo no Palácio Iguaçu.

Pesquisas qualitativas orientam ações e passos de Richa nas regiões do estado; tucano planeja plano de ataque na Região Metropolitana de Curitiba; Ratinho Júnior, reserva para a vice, caso PMDB lance candidatura própria, vai a tiracolo; sondagens diagnosticaram um governador frouxo!, sem ação!, “lento”, “festeiro”, etc.; marketing reaproxima tucano de criancinhas que agora pega no colo; distribui fartos beijos e abraços na primeira-dama; simula “demissão” de milhares de servidores comissionados; enfim, campanha de 2014 já começou faz tempo no Palácio Iguaçu.

“Não sobrou nenhum prefeito do Litoral apoiando Gleisi”, lamenta ao blog um petista cinco estrelas, ao constatar que “até” o alcaide de Matinhos, Eduardo Dalmora (PDT), pulou a cerca neste final de semana rumo à  campanha de reeleição do governador Beto Richa (PSDB). O pedetista era tido como “coordenador” da caminhada da ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann (PT), ao Palácio Iguaçu. ... 

Leia mais

21 de outubro de 2013
por Esmael Morais
26 Comentários

Coluna do Marcelo Araújo: “Falta ordem no trânsito do Parque Barigui”

Colunista Marcelo Araújo, nesta semana, analisa o trânsito! dentro do tradicional Parque Barigui, em Curitiba; especialista em trânsito vê placas contraditórias no local; promessa era de que não haveria compartilhamento de pistas;  fica difícil definir ao corredor o que seria correr devagar!, ironiza; nas obras executadas ano passado, promessa era de 5,5 km de ciclovias e não vias compartilhadas; colunista cita a experiência do Parque Sarah Kubitscheck (Parque da Cidade), em Brasília, que tem faixa mais estreita para ciclistas e a mais larga para corredores e caminhantes; ele cobra a presença dos órgãos municipais para disciplinar o tráfego e evitar conflitos desnecessários entre os usuários habituais do parque.

Colunista Marcelo Araújo, nesta semana, analisa o trânsito! dentro do tradicional Parque Barigui, em Curitiba; especialista em trânsito vê placas contraditórias no local; promessa era de que não haveria compartilhamento de pistas; fica difícil definir ao corredor o que seria correr devagar!, ironiza; nas obras executadas ano passado, promessa era de 5,5 km de ciclovias e não vias compartilhadas; colunista cita a experiência do Parque Sarah Kubitscheck (Parque da Cidade), em Brasília, que tem faixa mais estreita para ciclistas e a mais larga para corredores e caminhantes; ele cobra a presença dos órgãos municipais para disciplinar o tráfego e evitar conflitos desnecessários entre os usuários habituais do parque.

por Marcelo Araújo* ... 

Leia mais