14 de novembro de 2011
por Esmael Morais
3 Comentários

Aldo Rebelo anuncia três novos secretários no Esporte

da Folha.com

O ministro dos Esportes, Aldo Rebelo (PCdoB), anunciou nesta segunda-feira os nomes de três novos secretários para compor a pasta. O ministro assumiu o cargo após a saída de Orlando Silva, provocada por denúncias de corrupção.

A economista Paula Pini, que desde 1998 ocupa o posto de especialista para o desenvolvimento urbano no Banco Mundial, foi nomeada secretária-executiva. Rebelo afirmou que o atual secretário, Waldemar Souza, continua no ministério, mas ainda não definiu o cargo.

O ministro citou a experiência de Pini na área de mobilidade urbana como um dos critérios para a nomeação. “Vários dos projetos que ela coordenou no banco estavam relacionados à  mobilidade urbana, que é o que vamos precisar para a Copa e para as Olimpíadas”, afirmou.

Para a chefia da assessoria internacional, Rebelo nomeou o diplomata Carlos Henrique Cardim, que há poucos meses era embaixador do Brasil na Noruega e Islândia. Ana Prestes, a atual ocupante do cargo, fica na subchefia de Cardim.

Já a secretaria nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social ficou com o vice-almirante reformado Afonso Barbosa, afastado da Marinha desde 2007. Assim como Cardim, Barbosa trabalhou nos governos Sarney, FHC e Lula. Ele ocupava, até a indicação, um cargo na diretoria da Bunge Brasil.

“Para as nomeações eu segui critérios técnicos, políticos, administrativos, de capacidade intelectual, de experiência de vida, de compromisso com o interesse público e também de afinidade pessoal”, disse o ministro.

Ele afirmou ser amigo pessoal de Cardim e Barbosa –“é amigo em comum meu e do [velejador] Lars Grael”– e conhecer “de perto” o trabalho de Pini. De acordo com ele, Leia mais

14 de novembro de 2011
por Esmael Morais
2 Comentários

Secretário-geral do PDT defende Lupi em episódio de avião particular

do Valor

O secretário-geral do PDT, Manoel Dias, afirmou que o ministro Carlos Lupi (Trabalho) continua a contar com o apoio do partido e não teve culpa por embarcar no fim de 2009, no Maranhão, num avião particular supostamente ligado ao dono de organizações não governamentais que detêm contratos com o ministério.

Segundo a última edição da revista Veja!, o avião foi alugado por Adair Meira e também transportou o governador morto do Maranhão Jackson Lago, o então secretário de Políticas Pública de Emprego do ministério Ezequiel de Sousa Nascimento e o deputado federal Weverton Rocha (PDT-MA), ex-assessor de Lupi. De acordo com a reportagem, Lupi foi ao Maranhão lançar um programa de qualificação profissional.

O ministro foi e voltou [do Maranhão] em avião de carreira. Chegando lá, embarcou num avião!, argumentou Manoel Dias, acrescentando que a aeronave teria sido disponibilizada pelo diretório estadual do partido e que, mesmo se a denúncia proceder, não se pode condenar um trabalho realizado num ministério por uma viagem feita num avião particular. Não se pode se balizar por isso.!

Manoel Dias manteve o discurso entoado pela cúpula do PDT de que todas as denúncias devem ser apuradas, inclusive pela Polícia Federal. Não há provas de que Lupi tenha cometido irregularidades.

Leia mais

14 de novembro de 2011
por Esmael Morais
1 Comentário

Se houver quórum, mulher de Derosso deporá hoje na CPI da Pizza

A jornalista Cláudia Queiroz, dona da agência de publicidade Oficina da Notícia, deverá depor hoje à s 18h30 na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), da Câmara Municipal de Curitiba, que investiga o marido dela, vereador João Cláudio Derosso (PSDB), presidente da Casa, acusado de cometer irregularidades em contratos de publicidade. ... 

Leia mais