Debate da RPC TV terminou à 1h desta quarta-feira (1º), a quatro dias da eleição. O momento mais tenso teve como protagonistas o governador Beto Richa (PSDB) e o senador Roberto Requião (PMDB), que o acusou de ter sido criado com recursos da aposentadoria de sua mãe “que nunca foi governadora”. O peemedebista e a candidata do PT, Gleisi Hoffmann, acreditam que “depilaram” o tucano no último confronto televisivo e garantiram o segundo turno na disputa pelo Palácio Iguaçu.

Debate da RPC TV terminou à 1h desta quarta-feira (1º), a quatro dias da eleição. O momento mais tenso teve como protagonistas o governador Beto Richa (PSDB) e o senador Roberto Requião (PMDB), que o acusou de ter sido criado com recursos da aposentadoria de sua mãe “que nunca foi governadora”. O peemedebista e a candidata do PT, Gleisi Hoffmann, acreditam que “depilaram” o tucano no último confronto televisivo e garantiram o segundo turno na disputa pelo Palácio Iguaçu.

O governador Beto Richa (PSDB), como era esperado, foi o principal alvo no debate promovido pela RPC TV (Globo). O momento mais tenso teve como protagonista o tucano e o senador Roberto Requião (PMDB), que o acusou de ter sido criado com recursos da aposentadoria de sua mãe “que nunca foi governadora”. O ataque do peemedebista era resposta à pergunta de Ogier Buchi (PRP), que levantou a bola para que o ex-governador a cortasse.

O formato engessado com temas sorteados foram desrespeitados por praticamente todos os candidato, diga-se, para o bem do debate. Aliás, a RPC TV/Globo deveriam repensar isso sob pena de ficaram para trás.

A senadora Gleisi Hoffmann (PT) e o candidato do PSol, Bernardo Piltotto, chamaram Richa de mentiroso. A petista no que se refere à paternidade do programa Minha Casa Minha Vida e Pilotto no que diz respeito à criação das Defensorias Públicas.

Quando o debate esquentava para o lado do candidato tucano, os candidatos “laranjas” – Ogier Buchi e Túlio Bandeira (PTC) — eram solicitados para esfriar os ânimos dos contendores. Geonísio Marino (PRTB) também fazia o meio de campo no “laranjal”, mas anti-Richa.

Geonísio perguntou sobre “funcionário fantasma” e lembrou que o governador do PSDB era investigado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). Richa negou e atribuiu isso à disputa eleitoral.

No embate, o candidato do PSDB conseguiu um direito de resposta de um minuto em cima de Requião.

Nas considerações finais, Requião afirmou que Richa não tem condições de governar o Paraná.

Pilotto bateu nas pesquisas, condenou os “mesmos” candidatos e os “laranjas” no debate.

Gleisi disse que quer ir para o segundo turno com objetivo de implantar o programa “Mais Médicos” no Paraná

Último a fazer as considerações finais, Richa relatou que visitou os 399 municípios do estado sem discriminação política ou partidária. Ele disse que herdou o estado quebrado com R$ 4,5 bilhões de dívidas do governo Requião/Pessuti. O tucano jurou que o Paraná é o estado com o menor número de cargos comissionados do país.

O último confronto televisivo avançou a madrugada desta quarta-feira, dia 1º de outubro, terminando à 1h, a quatro dias da eleição. Provavelmente, poucos trabalhadores assistiam ao debate devido ao adiantar das horas.

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

O Blog do Esmael retransmite ao vivo, às 21h30, via ÓTV, o pré-debate com os candidatos ao governo do Paraná.

O programa, comandado por Cristian Toledo e Regis Rieger, vai mostrar os bastidores do debate, acompanhar a chegada dos candidatos, conversar com os jornalistas envolvidos e trazer análises das campanhas.

O confronto se dará às 21h50 nos estúdios da RPC TV (Globo), em Curitiba, com a participação de sete postulantes ao Palácio Iguaçu: Beto Richa (PSDB), Roberto Requião (PMDB), Gleisi Hoffmann (PT), Ogier Buchi (PRP), Túlio Bandeira (PTC), Bernardo Pilotto (PSOL) e Geonísio Marinho (PRTB).

Assista ao debate da RPC TV no portal G1 (clique aqui).

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

do Brasil 247

Pesquisa divulgada nesta terça-feira mostra vantagem de 15 pontos da presidente sobre Marina Silva, segunda colocada; Dilma Rousseff manteve os 40% das intenções de voto da última pesquisa, de quatro dias atrás, enquanto a candidata do PSB caiu dois pontos e Aécio Neves, do PSDB, cresceu dois; tucano subiu de 18% para 20%, se aproximando mais de Marina; em simulação de segundo turno entre Dilma e Marina, a petista seria reeleita por 54% a 46%, vantagem de oito pontos em relação à adversária; na disputa com Aécio, Dilma venceria por 50% a 41%, ou seja, nove pontos.

Pesquisa divulgada nesta terça-feira mostra vantagem de 15 pontos da presidente sobre Marina Silva, segunda colocada; Dilma Rousseff manteve os 40% das intenções de voto da última pesquisa, de quatro dias atrás, enquanto a candidata do PSB caiu dois pontos e Aécio Neves, do PSDB, cresceu dois; tucano subiu de 18% para 20%, se aproximando mais de Marina; em simulação de segundo turno entre Dilma e Marina, a petista seria reeleita por 54% a 46%, vantagem de oito pontos em relação à adversária; na disputa com Aécio, Dilma venceria por 50% a 41%, ou seja, nove pontos.

Pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira 30 mostra que a vantagem da presidente Dilma Rousseff sobre a Marina Silva, segunda colocada, aumentou para 15 pontos, dois a mais do que na última pesquisa, divulgada há quatro dias.

A petista se manteve com 40% das intenções de voto, contra 25% da candidata do PSB, que caiu dois pontos. Aécio Neves, que tinha 18% na mostra anterior, cresceu para 20% nessa pesquisa, se aproximando mais de Marina.

Em simulação de segundo turno entre Dilma e Marina, a presidente seria reeleita com 54% dos votos, contra 46% da adversária. Entre Dilma e Aécio, a vitória da petista seria por 50% contra 41%.

O levantamento foi feito com 7.526 pessoas entre os dias 29 e 30, contratado pela Folha de S. Paulo e Rede Globo. Na pesquisa anterior, divulgada na última sexta-feira 26, Dilma dobrou a vantagem sobre Marina Silva. Leia abaixo a matéria publicada anteriormente pelo 247: (mais…)

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

Gomyde levou à telinha denúncia de que Álvaro teria sido flagrado pela Receita Federal por não declarar aplicações financeiras de R$ 6 milhões e que teria requerido R$ 1,6 milhão relativos à aposentadoria de ex-governador. "A prova não era difícil, bastava ao representante trazer cópia de sua declaração de renda”, afirmou o juiz Leonardo Castanho Mendes, do TRE, em despacho negando direito de resposta ao tucano; candidato do PCdoB aproveitou a decisão judicial para cutucar mais uma vez o "pai" do cachorrinho ‘Bichon Frisé’ Hugo Henrique: "Por que não mostra a declaração de renda?".

Gomyde levou à telinha denúncia de que Álvaro teria sido flagrado pela Receita Federal por não declarar aplicações financeiras de R$ 6 milhões e que teria requerido R$ 1,6 milhão relativos à aposentadoria de ex-governador. “A prova não era difícil, bastava ao representante trazer cópia de sua declaração de renda”, afirmou o juiz Leonardo Castanho Mendes, do TRE, em despacho negando direito de resposta ao tucano; candidato do PCdoB aproveitou a decisão judicial para cutucar mais uma vez o “pai” do cachorrinho ‘Bichon Frisé’ Hugo Henrique: “Por que não mostra a declaração de renda?”.

O senador Álvaro Dias, do PSDB, que defende a continuidade na cadeira, mais uma vez, não conseguiu censurar o programa de TV do desafiante Ricardo Gomyde, do PCdoB, no programa eleitoral gratuito. Pelo menos nos tribunais, o comunista tem dado trabalho ao tucano.

O juiz Leonardo Castanho Mendes, do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE), nesta terça-feira (30), negou liminar concedendo direito de resposta ao veterano parlamentar.

Gomyde levou à telinha denúncia de que Álvaro teria sido flagrado pela Receita Federal por não declarar aplicações financeiras de R$ 6 milhões e que teria requerido R$ 1,6 milhão relativos à aposentadoria de ex-governador.

Assista ao vídeo:

“A prova não era difícil, bastava ao representante trazer cópia de sua declaração de renda. Comprovaria, sem margem para dúvida, a declaração de referido numerário e demonstraria se tratar de afirmação inverídica”, diz o despacho do magistrado, ao negar liminar ao senador do PSDB.

O comunista aproveitou a decisão judicial para cutucar mais uma vez o “pai” do cachorrinho Bichon Frisé Hugo Henrique: “Por que não mostra a declaração de renda?”.

A seguir, leia a íntegra da decisão da Justiça Eleitoral: (mais…)

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

do Brasil 247

Ex-presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa teve seu registro de advogado negado pela seccional da Ordem dos Advogados do Brasil, do Distrito Federal; presidente da entidade, Ibaneis Rocha alegou que ele feriu a ética profissional quando exerceu a magistratura; durante seu estrelato, Barbosa ofendeu advogados e fez até com que o defensor de José Genoino, Luiz Fernando Pacheco, fosse retirado do plenário do STF por seguranças da casa – fato inédito na história do Judiciário; agora, veio o troco; leia a íntegra do despacho do presidente da OAB-DF.

Ex-presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa teve seu registro de advogado negado pela seccional da Ordem dos Advogados do Brasil, do Distrito Federal; presidente da entidade, Ibaneis Rocha alegou que ele feriu a ética profissional quando exerceu a magistratura; durante seu estrelato, Barbosa ofendeu advogados e fez até com que o defensor de José Genoino, Luiz Fernando Pacheco, fosse retirado do plenário do STF por seguranças da casa – fato inédito na história do Judiciário; agora, veio o troco; leia a íntegra do despacho do presidente da OAB-DF.

O ex-presidente do STF Joaquim Barbosa colheu nesta segunda-feira 30, na seção do Distrito Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, uma parte do que semeou no exercício do cargo. Ele teve seu pedido de registro profissional como advogado recusado pela OAB-DF, sob a justificativa, registrada pelo presidente da entidade, Ibaneis Rocha, de ter “ferido a ética profissional”.

Barbosa destratou dois advogados, Maurício Corrêa, já falecido, e José Gerardo Grossi, durante seu período como ministro do Supremo. A OAB, em cada uma das ocasiões, realizou atos de desagravo aos profissionais.

Em junho, durante uma de suas últimas sessões no STF e numa cena que foi transmitida ao vivo pela TV Justiça, Barbosa mandou que seguranças retirassem da corte o advogado Luiz Fernando Pacheco, que defende o ex-presidente do PT José Genoíno. O gesto despertou indignação em diferentes setores da Justiça.

Agora, Barbosa terá de recorrer à comissão de seleção da OAB se quiser pertencer à classe que, nitidamente, não o quer. Ele foi comunicado do indeferimento de seu pedido nesta segunda 30. (mais…)

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

Comitê “Bala de Prata” de Requião, em Curitiba, começou hoje sinalizar com fita zebrada cavaletes quebrados por partidários de Richa; "Mais uma obra do Beto", diz o adesivo colocado nos materiais vandalizados nas ruas da capital; destruição despertou solidariedade do PT, que a partir de agora ajuda na fiscalização e denúncia de tucanos.

Comitê “Bala de Prata” de Requião, em Curitiba, começou hoje sinalizar com fita zebrada cavaletes quebrados por partidários de Richa; “Mais uma obra do Beto”, diz o adesivo colocado nos materiais vandalizados nas ruas da capital; destruição despertou solidariedade do PT, que a partir de agora ajuda na fiscalização e denúncia de tucanos.

A campanha do senador Roberto Requião (PMDB) começou sinalizar os cavaletes destruídos nas ruas de Curitiba com uma fita zebrada com a seguinte inscrição “Mais uma obra do Beto”.

Os peemedebistas acusam a campanha do bom-moço Beto Richa (PSDB) de derrubar, rasgar e quebrar o material de propaganda de Requião.

“A partir desta quarta-feira (1) vamos colocar mil cavaletes em alguns pontos da capital com esse adesivo zebrado”, adianta Hudson Calefe, do comitê curitibano pró-Requião denominado “Bala de Prata”.

O cenário de destruição da propaganda do candidato do PMDB até despertou solidariedade dos petistas, que começaram a denunciar a vandalização promovida pelos tucanos.

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

Senadora Gleisi Hoffmann, candidata ao Palácio Iguaçu, nesta terça-feira (30), quebrou o silêncio que vinha mantendo sobre as pesquisas de opinião durante toda a campanha; "Gustavo Fruet não acredita em pesquisas, porque há dois anos, ele era terceiro, hoje é prefeito de Curitiba", disse a petista, que aposta no segundo turno na eleição do Paraná; "Não deixe as pesquisas influenciarem seu voto", recomenda a candidata do PT.

Senadora Gleisi Hoffmann, candidata ao Palácio Iguaçu, nesta terça-feira (30), quebrou o silêncio que vinha mantendo sobre as pesquisas de opinião durante toda a campanha; “Gustavo Fruet não acredita em pesquisas, porque há dois anos, ele era terceiro, hoje é prefeito de Curitiba”, disse a petista, que aposta no segundo turno na eleição do Paraná; “Não deixe as pesquisas influenciarem seu voto”, recomenda a candidata do PT.

A senadora Gleisi Hoffmann (PT), candidata ao governo do Paraná, que até aqui vinha mantendo silêncio sepulcral acerca das pesquisas de intenção de votos, resolveu botar a boca no trombone nesta terça-feira (30). “Não deixe as pesquisas influenciarem seu voto”, recomendou aos eleitores paranaenses.

“Gustavo Fruet não acredita em pesquisas, porque há dois anos, ele era terceiro, hoje é prefeito de Curitiba”, disse.

A petista afirmou ainda que o governador Beto Richa (PSDB) também não acredita em pesquisa. “Aliás, ele só acredita quando aparece bem, como nas eleições de 2010″.

“Todos nós sabemos que no Paraná, pesquisa eleitoral é a gosto do freguês”, denunciou Gleisi, ao pedir o voto “independente” para renovar a esperança com o futuro do estado.

Relembre o caso das pesquisas em 2010: (mais…)

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

Rodrigo Rocha Loures, presidente do PMDB do Paraná, em nota de repúdio divulgada nesta terça-feira (30), informou que abriu processo de expulsão de Orlando Pessuti, que ontem foi ao programa eleitoral do PSDB de Beto Richa; "... peço a você que está nos assistindo, não vote em Requião. É isso mesmo, não vote em Requião!", pregou na TV tucana o ex-governador; dirigente partidário considerou a atitude de Pessuti "irresponsável" ocorrida porque o ex-governador não teria conseguido absorver a derrota na convenção estadual; abaixo, leia a íntegra da nota.

Rodrigo Rocha Loures, presidente do PMDB do Paraná, em nota de repúdio divulgada nesta terça-feira (30), informou que abriu processo de expulsão de Orlando Pessuti, que ontem foi ao programa eleitoral do PSDB de Beto Richa; “… peço a você que está nos assistindo, não vote em Requião. É isso mesmo, não vote em Requião!”, pregou na TV tucana o ex-governador; dirigente partidário considerou a atitude de Pessuti “irresponsável” ocorrida porque o ex-governador não teria conseguido absorver a derrota na convenção estadual; abaixo, leia a íntegra da nota.

O presidente estadual do PMDB do Paraná, Rodrigo Rocha Loures, nesta terça-feira (30), em nota de repúdio, informou abertura de processo de expulsão do ex-governador Orlando Pessuti que ontem à noite pulou a cerca partidária.

Pessuti apareceu no horário eleitoral do governador Beto Richa (PSDB) pedindo para que os eleitores não votassem no senador Roberto Requião, candidato do PMDB ao Palácio Iguaçu.

“… peço a você que está nos assistindo, não vote em Requião. É isso mesmo, não vote em Requião!”, pregou o ex-governador.

Para Rocha Loures, a atitude de Pessuti foi “irresponsável” e ocorreu porque o ex-governador ainda não teria conseguido absorver a derrota na convenção estadual.

“Essa ação caracteriza descumprimento das normas estatutárias com claro objetivo de tumultuar o processo eleitoral, não havendo outra medida se não as legalmente cabíveis”, diz trecho da nota assinada por Rocha Loures.

Leia a íntegra da nota de repúdio contra Pessuti: (mais…)

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS
Já noticiamos semana passada as rachaduras encontradas na pilastra de um viaduto na Rodovia PR-445, no acesso a Londrina. O Departamento de Estradas de Rodagem garantiu que as fendas não colocam em risco a estrutura. Acontece que as fendas estão aumentando rapidamente e já têm mais de 6 cm conforme constatou hoje o vereador Roberto Fu (PDT) de Londrina.

Já noticiamos semana passada as rachaduras encontradas na pilastra de um viaduto novo na Rodovia PR-445, no acesso a Londrina. O Departamento de Estradas de Rodagem garantiu que as fendas não colocam em risco a estrutura. Acontece que as fendas estão aumentando rapidamente e já têm mais de 6 cm conforme constatou hoje o vereador Roberto Fu (PDT) de Londrina.

O Blog do Esmael já havia noticiado semana passada as rachaduras de um viaduto prestes a ser inaugurado junto com a duplicação da PR-445 em Londrina, repercutindo matéria do Portal Bonde. Na ocasião o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) do governo do Estado garantiu que as fendas não colocam em risco a estrutura.

O vereador Roberto Fu (PDT) visitou as obras na manhã desta terça-feira (30) e constatou que as rachaduras do viaduto estão aumentando.  De acordo com ele, a espessura aumentou de 2 cm para 6 cm nos últimos dias; “é assustador”, destacou.

Fu convocou representantes do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e do Sindicato da Construção Civil (Sinduscon) para dar explicações sobre as rachaduras, mas ninguém apareceu. “A comunidade está sem respostas”, observou. O engenheiro da obra também faltou ao encontro. (mais…)

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

"Tirem os menores de 18 da sala durante o debate na RPC". Essa foi a principal recomendação de estrategistas do senador Roberto Requião, esta tarde, depois de decidirem pela detonação da “bala de prata” no debate de hoje à noite, às 22 horas, na TV Globo, contra o candidato à reeleição Beto Richa. Mesmo com as dificuldades "técnicas" para explodir a "bomba" ontem à noite, o peemedebista avaliou como positivo o furdúncio todo criado com a expectativa. Segundo ele, o medo fez com que Richa e "laranjas" colocassem a cabeça para fora no horário eleitoral. "Eles atacaram um Requião doce", divertiu-se, afirmando ainda que fez os adversários de "bobos" perante os paranaenses.

“Tirem os menores de 18 da sala durante o debate na RPC”. Essa foi a principal recomendação de estrategistas do senador Roberto Requião, esta tarde, depois de decidirem pela detonação da “bala de prata” no debate de hoje à noite, às 22 horas, na TV Globo, contra o candidato à reeleição Beto Richa. Mesmo com as dificuldades “técnicas” para explodir a “bomba” ontem à noite, o peemedebista avaliou como positivo o furdúncio todo criado com a expectativa. Segundo ele, o medo fez com que Richa e “laranjas” colocassem a cabeça para fora no horário eleitoral. “Eles atacaram um Requião doce”, divertiu-se, afirmando ainda que fez os adversários de “bobos” perante os paranaenses.

Há pouco foi batido o martelo, no bairro Bigorrilho, residência do senador Roberto Requião (PMDB), em Curitiba, na estratégia que pode definir os rumos da eleição ainda esta noite. Ficou decidido entre o candidato, o jornalista Benedito Pires e o ex-secretário Maurício Requião, que a tão falada “bala de prata” será finalmente disparada às 22 horas no debate da RPC TV (Globo).

Requião pretendia detonar o “artefato” ontem à noite, mas fora impedido pela Justiça Eleitoral que lhe tomou metade do tempo na TV para direito de resposta ao governador Beto Richa (PSDB). O peemedebista tentou levar as denúncias “cabeludas” contra o adversário tucano à internet, entretanto, hackers atacaram sua televisão caseira na web.

Mesmo com as dificuldades “técnicas” para explodir a “bomba” ontem à noite contra o candidato do PSDB, Requião avaliou como positivo o furdúncio todo criado com a expectativa. Segundo ele, o medo fez com que Richa e “laranjas” colocassem a cabeça para fora no horário eleitoral. “Eles atacaram um Requião doce”, divertiu-se, afirmando ainda que fez os adversários de “bobos” perante os paranaenses.

Avaliação à parte, o trio decidiu que a “bala de prata” será detonada hoje à noite. Por incrível que possa parecer, Requião que resistia à tese foi convencido pelo mano e pelo inseparável Benedito. Portanto, eles voltaram a recomendar nesta tarde: “Tirem os menores de 18 da sala durante o debate na RPC”.

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

O ex-prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, “especialista em pesquisas”, teria aconselhado o governador Beto Richa sobre as pesquisas eleitorais: "não acredite nas pesquisas"; piada à parte, nunca é demais lembrar que os institutos previam na boca de urna que Ducci liderava a disputa pela Prefeitura em 2012, mas a realidade das urnas foi outra: ele sequer avançou para o segundo turno e Gustavo Fruet, que estava em terceiro lugar, é o prefeito da capital paranaense desde janeiro de 2013.

O ex-prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, “especialista em pesquisas”, teria aconselhado o governador Beto Richa sobre as pesquisas eleitorais: “não acredite nas pesquisas”; piada à parte, nunca é demais lembrar que os institutos previam na boca de urna que Ducci liderava a disputa pela Prefeitura em 2012, mas a realidade das urnas foi outra: ele sequer avançou para o segundo turno e Gustavo Fruet, que estava em terceiro lugar, é o prefeito da capital paranaense desde janeiro de 2013.

Diz o ditado que cachorro mordido por cobra tem medo até de linguiça. Que o diga o ex-prefeito de Curitiba, Luciano Ducci (PSB), “especialista” em pesquisas eleitorais.

A piada que corre no Centro Cívico é que Ducci teria procurado o governador Beto Richa (PSDB), que tenta a reeleição, para lhe dar um valioso conselho: “não acredite nas pesquisas, veja o meu caso”.

Piada ou não, os institutos de pesquisas davam na boca de urna a liderança em primeiro lugar para Ducci na corrida pela Prefeitura de Curitiba, em 2012; colocavam Ratinho Júnior (PSC) em segundo e Gustavo Fruet (PDT) na terceira colocação.

Não é demais lembrar que Ducci sequer avançou para o segundo turno e Fruet é o prefeito da capital paranaense desde janeiro de 2013, apesar da previsão do iBeto e DatafAlha — corruptela para Ibope e Datafolha, respectivamente, no estado.

“Ibope não é aquele anunciava a vitória de Ducci?”, ironizou Roberto Requião, no começo deste mês, ao comentar as pesquisas do iBeto. Aliás, há uma celebre frase do peemedebista sobre o instituto que presta serviço para a RPC TV:

“Se eu quero comprar peixe, eu vou à peixaria; se eu quero comprar pesquisa, eu vou ao Ibope”.

Resumo da ópera: governador Beto Richa, ouça o sábio Luciano Ducci: “não acredite nas pesquisas”.

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

Campanha de rua da petista Gleisi Hoffmann não é traduzida no programa eleitoral do rádio e televisão; falta de combatividade na propaganda levanta suspeita, entre petistas, de "acordo branco" com o governador Beto Richa; na verdade, problema é que a comunicação da candidata é sofrível, ruim mesmo, a exemplo do que já foi na eleição de Gustavo Fruet, em 2012, avançou para o 2º turno e venceu a disputa apesar da TV, que também era coordenada pelo marqueteiro Oliveiros Marques.

Campanha de rua da petista Gleisi Hoffmann não é traduzida no programa eleitoral do rádio e televisão; falta de combatividade na propaganda levanta suspeita, entre petistas, de “acordo branco” com o governador Beto Richa; na verdade, problema é que a comunicação da candidata é sofrível, ruim mesmo, a exemplo do que já foi na eleição de Gustavo Fruet, em 2012, avançou para o 2º turno e venceu a disputa apesar da TV, que também era coordenada pelo marqueteiro Oliveiros Marques.

A falta de combatividade no penúltimo programa eleitoral da senadora Gleisi Hoffmann, candidata do PT ao governo do Paraná, levantou suspeita entre veteranos militantes do partido de “acordo branco” com o governador Beto Richa (PSDB).

Segundo um desses petistas da velha guarda, “esperava-se que os programas finais na televisão fossem utilizados para convocar a mística militância do PT”.

O boato de “entendimento” entre tucanos e petistas chegou ao Twitter de Requião, que na manhã de hoje cravou essa dizendo “não acreditar” na hipótese:

Gleisi e PT não teriam estômago para fechar “acordo branco” com Richa. O problema é que a comunicação da candidata é sofrível, ruim mesmo, a exemplo do que já foi na eleição de Gustavo Fruet, em 2012, avançou para o 2º turno e venceu a disputa apesar da TV, que também era coordenada pelo marqueteiro Oliveiros Marques.

Portanto, a falta de combatividade na propaganda petista é fato gritante.

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

do Brasil 247

"Essa semana agora é a semana das mentiras. Vocês vão ver quantas mentiras vão ser contadas na imprensa. Vocês não têm que acreditar porque todas as vezes que aparece um candidato que tenta fazer as coisas para o povo mais humilde, ele é achincalhado pela elite brasileira que não quer que a gente faça", afirmou o ex-presidente Lula, em ato do PT em São Paulo, ao lado da presidente Dilma Rousseff e do candidato petista ao governo do Estado, Alexandre Padilha; ele também rechaçou as comparações com a presidenciável Marina Silva (PSB): "Quando escolhi a Dilma foi pela competência".

“Essa semana agora é a semana das mentiras. Vocês vão ver quantas mentiras vão ser contadas na imprensa. Vocês não têm que acreditar porque todas as vezes que aparece um candidato que tenta fazer as coisas para o povo mais humilde, ele é achincalhado pela elite brasileira que não quer que a gente faça”, afirmou o ex-presidente Lula, em ato do PT em São Paulo, ao lado da presidente Dilma Rousseff e do candidato petista ao governo do Estado, Alexandre Padilha; ele também rechaçou as comparações com a presidenciável Marina Silva (PSB): “Quando escolhi a Dilma foi pela competência”.

Durante ato do PT em São Paulo, ao lado da presidente Dilma Rousseff e do candidato petista ao governo do Estado, Alexandre Padilha, o ex-presidente Lula fez um alerta aos eleitores:

“Essa semana agora é a semana das mentiras. Vocês vão ver quantas mentiras vão ser contadas na imprensa. Vocês não têm que acreditar porque todas as vezes que aparece um candidato que tenta fazer as coisas para o povo mais humilde, ele é achincalhado pela elite brasileira que não quer que a gente faça”, afirmou. (mais…)

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

Roberto Requião resolveu segurar a tal "bala de prata" para o debate de hoje à noite, às 22 horas, na RPC TV (Globo). "Por que a pressa, se 24 horas em uma eleição é uma eternidade?", respondeu Requião a um afoito assessor, que defendia a divulgação de fotos e vídeos que comprometeriam o adversário Beto Richa. Candidato do PMDB torce o nariz para os levantamentos encomendados pela RPC TV: "A única pesquisa que vale é a das urnas", ensina.

Roberto Requião resolveu segurar a tal “bala de prata” para o debate de hoje à noite, às 22 horas, na RPC TV (Globo). “Por que a pressa, se 24 horas em uma eleição é uma eternidade?”, respondeu Requião a um afoito assessor, que defendia a divulgação de fotos e vídeos que comprometeriam o adversário Beto Richa. Candidato do PMDB torce o nariz para os levantamentos encomendados pela RPC TV: “A única pesquisa que vale é a das urnas”, ensina.

Horas antes de o iBeto — corruptela para o Ibope no Paraná – ter divulgado ontem (29) pesquisa sobre a disputa pelo Palácio Iguaçu, o senador Roberto Requião (PMDB) recebeu das mãos do empresário Francisco Simeão o fechamento de mais um tracking interno: a confirmação de que o segundo turno estaria assegurado contra o governador Beto Richa (PSDB).

Censurado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que lhe tomou metade do tempo no horário eleitoral em direito de resposta ao candidato do PSDB, Requião decidiu então disparar a “bala de prata” na sua televisão caseira — a TV 15 –, mas acabou sendo atacado por hackers que retiraram seu site do ar.

Fato é que minutos antes de ligar as câmeras do TV 15, o candidato do PMDB resolveu segurar a tal “bala de prata” para o debate de hoje à noite na RPC TV (Globo). “Por que a pressa, se 24 horas em uma eleição é uma eternidade?”, respondeu Requião a um afoito assessor, que defendia a divulgação de fotos e vídeos que comprometeriam o adversário tucano.

À luz dos levantamentos internos, o peemedebista determinou que sua coordenação começasse a se preparar para o segundo turno contra Richa. Ele torce o nariz para os levantamentos encomendados pela RPC TV: “A única pesquisa que vale é a das urnas”, ensina.

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

"Pense bem, a escolha de seu representante pode melhorar ou prejudicar sua vida pelos próximos quatro anos", recomenda Enio Verri em sua coluna desta terça-feira; ele pede para que o eleitor faça um balanço em sua consciência dos avanços do país antes de votar no domingo, dia 5; "O projeto político que represento defende Mais Mudanças e Mais Futuro”, afirma ele, que disputa a Câmara Federal pelo PT ao lado da presidenta Dilma Rousseff, que vai à reeleição, Gleisi Hoffman, ao governo do Paraná, e Ricardo Gomyde, ao Senado; leia o texto e compartilhe.

“Pense bem, a escolha de seu representante pode melhorar ou prejudicar sua vida pelos próximos quatro anos”, recomenda Enio Verri em sua coluna desta terça-feira; ele pede para que o eleitor faça um balanço em sua consciência dos avanços do país antes de votar no domingo, dia 5; “O projeto político que represento defende Mais Mudanças e Mais Futuro”, afirma ele, que disputa a Câmara Federal pelo PT ao lado da presidenta Dilma Rousseff, que vai à reeleição, Gleisi Hoffman, ao governo do Paraná, e Ricardo Gomyde, ao Senado; leia o texto e compartilhe.

Enio Verri*

A decisão está em nossas mãos e agora vamos às urnas optar pela manutenção dos avanços brasileiros ou retrocedermos ao Brasil da década de 90.

Optaremos pelo País que tirou mais de 40 milhões da miséria, ampliou o número de universidades públicas e retomou os investimentos em infraestrutura ou aquele do confisco e depende das políticas de austeridade do Fundo Monetário Internacional (FMI)?

A eleição neste domingo está longe de representar apenas a escolha de pessoas honestas, competentes ou qualquer outro adjetivo pessoal. Também não condiz com o ódio a determinado partido ou político. Vai muito além. Será a opção pelo projeto que atenda aquilo que almejamos para nossas vidas.

O aumento do poder de consumo das famílias, o acesso à educação superior, as facilidades para o financiamento da casa própria, o crédito facilitado às empresas, o desenvolvimento do setor econômico, entre tantos fatores não são resultado apenas de esforços pessoais. São resultantes de um conjunto de políticas governamentais.

É hora de parar e refletir: qual é o país que de fato queremos? (mais…)

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS
Charge de Frank para A Notícia (Joinville SC)

Charge de Frank para A Notícia (Joinville SC)

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

capa_20140930Jornais do Paraná

Gazeta do Povo: Pesquisas provocam terremoto no mercado financeiro e no dólar

Bem Paraná: Ibope aponta vitória de Richa no 1° turno

Jornal Metro: Adeus aos palcos

Jornal de Londrina: Construtoras adotam promoções para vender mais

Folha de Londrina: Bolsas despencam após ascensão de Dilma nas pesquisas

O Diário (Maringá): Orçamento de Maringá para 2015 cresce 17%

Diário dos Campos: Richa amplia a vantagem e vence no 1° turno, diz Ibope

Jornal da Manhã: Queda de Requião e Gleisi amplia vantagem de Richa

Tribuna do Interior: Dinheiro no ralo

O Paraná: Paraná tem quase 500 veículos furtados por dia

Gazeta do Paraná: Inflação vai recuar, mas só em 2015, afirma BC

Jornal Hoje: Ex-secretário tentava baratear valor da propina

Gazeta do Iguaçu: Bancários anunciam greve a partir de hoje

Diário do Noroeste: Bancários param por tempo indeterminado

Tribuna de Cianorte: Pesquisa Ibope confirma vitória de Beto Richa no primeiro turno

Tribuna do Norte: Para Ibope, Beto Richa vence no primeiro turno

Jornais de outros estados

Globo: Bolsa tem maior queda em 3 anos e dólar sobe

Folha: Com Dilma em alta, Bolsa tem maior queda em 3 anos

Estadão: Bolsa cai e dólar dispara com cenário eleitoral

Correio Braziliense: Terror de mentira, pânico de verdade

Valor: Efeito eleitoral derruba mercados

Estado de Minas: Quando a seca dá lucro

Zero Hora: Como aumentar a receita sem elevar os impostos

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

requiao_richaHackers utilizando “servidores” internacionais promoveram esta noite um dos maiores ataques simultâneos que o país já viu contra o site do senador Roberto Requião (PMDB), candidato ao governo do Paraná, para impedir a transmissão da TV 15. O peemedebista pretendia disparar a tão prometida “revelação” sobre o governador Beto Richa (PSDB), mas, diante da dificuldade de comunicação, adiou o “peteleco final” para o debate desta terça-feira (30) na RPC TV (Globo).

Além de ataque de hacker vindo da Rússia, o candidato do PMDB teve metade de seu tempo de TV confiscado no horário eleitoral gratuito noturno. Com isso ficou comprometida a denúncia contra o tucano. Nos poucos minutos que dispôs foi reprisado um programa dedicado às mulheres. Requião nem pôde aparecer na propaganda partidária de hoje, que foi consumida por um direito de resposta a Richa acerca da “festinha do PCC” na Penitenciária de Piraquara.

Mesmo com dificuldades técnicas, Requião levou ao ar o programa da TV 15 — a sua televisão caseira na internet — que foi retransmitido ao vivo pelo Blog do Esmael. Este site também foi alvo de hackers, o que impôs dificuldade de acesso para milhares de leitores.

O Blog do Esmael conseguiu capturar as imagens da TV 15. Assim que possível serão disponibilizadas na íntegra aos leitores.

Para Requião, o grande disparo ficou adiado para o debate na RPC TV. O confronto desta terça à noite, às 22 horas, já está sendo chamado de “O Combate do Ano”. A conferir.

Parte do vídeo “capturado” na internet:

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

Senador Roberto Requião anunciou que haverá duas "balas de prata" nesta segunda-feira (2); a primeira será disparada às 20h30, no horário eleitoral; a segunda, às 21h20, na televisão caseira da internet, a TV 15, cujas denúncias "cabeludas", segundo o peemedebista, derrubarão até a audiência da novela da Globo; Blog do Esmael vai retransmitir a "pancadaria" ao vivo a partir das 21h20; acompanhe aqui.

Senador Roberto Requião anunciou que haverá duas “balas de prata” nesta segunda-feira (2); a primeira será disparada às 20h30, no horário eleitoral; a segunda, às 21h20, na televisão caseira da internet, a TV 15, cujas denúncias “cabeludas”, segundo o peemedebista, derrubarão até a audiência da novela da Globo; Blog do Esmael vai retransmitir a “pancadaria” ao vivo a partir das 21h20; acompanhe aqui.

O senador Roberto Requião (PMDB), candidato ao governo do Paraná, nesta segunda-feira (29), confirmou que vai disparar uma “bala de prata” contra o governador Beto Richa (PSDB), às 20h30, no horário eleitoral. O faroeste eleitoral continuará a partir das 21h20 na televisão caseira da internet, a polêmica TV 15, onde o peemedebista levará ao ar denúncias “cabeludas” contra o tucano.

A estratégia de Requião arrastar a audiência da TV aberta para internet tem dois motivos principais: 1- a escassez de tempo no horário eleitoral (apenas 2 minutos e 56 segundos); e 2- impossibilitar direito de resposta a Richa.

Para corroborar a tese, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) cassou esta noite um minuto do exíguo tempo da TV de Requião. Portanto, ele terá minguado minuto e poucos segundos no horário eleitoral.

O candidato do PMDB afirma que a TV 15 vai bater a Globo na hora da novela Império em virtude das revelações sobre o governador do PSDB. Pelo Twitter, ele deu pistas de como será a pancadaria em sua televisão caseira:

“Recebo fotos altamente comprometedoras de Beto Richa em terríveis situações. Verificar autenticidade”, adiantou.

O Blog do Esmael, às 21h20, como é a tradição, vai retransmitir ao vivo a programação da TV 15. Acompanhe aqui.

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS

ibetoO telejornal Paraná TV, do grupo RPC TV (Globo), divulgou esta noite a quarta rodada de pesquisas do iBeto — corruptela para o Ibope. Segundo a empresa, Beto Richa (PSDB) tem 47%, Roberto Requião (PMDB), 28%, e Gleisi Hoffmann (PT), 9%.

Requião, segundo o iBeto, tem 23% de rejeição, Gleisi, 22%, Richa, 16%.

O iBeto diz que entrevistou 1.204 eleitores paranaenses entre os dias 24 e hoje, a soldo da RPC, ao custo de R$ 72.240,00. A margem de erro é de três pontos para mais e para menos.

O candidato Ogier Buchi (PRP) se consolidou no grupo dos grandes ao atingir 1% das intenções de voto. Os demais candidatos não alcançaram um dígito na sondagem.

Na quarta-feira (1) será a vez do DatafAlha divulgar nova pesquisa.

Pesquisa “iBeto” sob suspeição

No final de agosto, as campanhas de Gleisi Hoffmann (PT) e Requião colocaram o instituto sob suspeição. O Ibope tem contrato de quase R$ 5 milhões com o governo Richa (clique aqui).

Requião pediu providências do Ministério Público do Paraná alegando fraude eleitoral (clique aqui).

Nas hostes peemedebistas e petistas, a sondagem é chamada de “iBeto” por questões óbvias (clique aqui).

Compartilhe esta informação
  • Print
  • Facebook
  • Twitter
  • Google Bookmarks
  • email
  • Live
  • PDF
  • RSS
Copyright © 2009 Blog do Esmael. Todos os direitos reservados.
(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});