Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

28 de março de 2018
por esmael
Comentários desativados em Richa afasta delegado por investigação de homicídio tentado contra Lula

Richa afasta delegado por investigação de homicídio tentado contra Lula

O governo Beto Richa (PSDB) resolveu afastar o delegado Fabiano Oliveira de Arruda, de Espigão Alto do Iguaçu, região Centro-Sul do Paraná, das investigações de homicídio tentado contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Leia mais

28 de março de 2018
por esmael
Comentários desativados em A infeliz declaração de Alckmin

A infeliz declaração de Alckmin

O governador de São Paulo e pré-candidato a presidente da República, Geraldo Alckmin (PSDB), nesta terça (27), deu uma declaração infeliz — para não dizer oportunista — acerca do atentado contra a caravana do ex-presidente Lula. Por conta dessa insensibilidade, o tucano foi alvejado por críticas nas redes sociais. Leia mais

27 de março de 2018
por esmael
Comentários desativados em Ônibus da comitiva de Lula são alvejados por tiros no Paraná

Ônibus da comitiva de Lula são alvejados por tiros no Paraná

Fascistas alvejaram dois ônibus da caravana de Lula no trecho entre Quedas do Iguaçu e Laranjeiras do Sul, região Centro Sul do Paraná. Ao menos três tiros foram disparados, segundo o PT. Leia mais

27 de março de 2018
por esmael
Comentários desativados em Caravana de Lula na reta final

Caravana de Lula na reta final

O ex-presidente Lula visita hoje (27) os municípios de Quedas do Iguaçu (pela manhã) e Laranjeiras do Sul (à tarde) na etapa final da caravana no Paraná. E, nesta quarta (28), em Curitiba, o périplo se encerra oficialmente com ato público às 17 horas na Praça Santos Andrade (UFPR). Leia mais

26 de março de 2018
por esmael
Comentários desativados em Coxinhas e agroboys se deram mal em Foz do Iguaçu; assista

Coxinhas e agroboys se deram mal em Foz do Iguaçu; assista

Agroboys (filhos de fazendeiros ricos) e coxinhas acreditavam que iriam “arrepiar” a comitiva do ex-presidente Lula em Foz do Iguaçu, no Paraná, mas foram eles que acabaram se dando muito mal hoje (26). Ambos acabaram sendo “arrepiados” pelo choque da Polícia Militar. Abaixo, assista ao vídeo. Leia mais

7 de janeiro de 2018
por esmael
8 Comentários

Fake news: Polícia investiga suposto atentado contra Lula no julgamento do TRF-4

O jornal “O Paraná”, do município de Cascavel (PR), trouxe uma “fake news” em sua capa sobre um suposto plano fajuto para assassinar o ex-presidente Lula durante a manifestação do dia 24 de janeiro, em Porto Alegre, no julgamento do TRF-4. Leia mais

5 de outubro de 2016
por esmael
22 Comentários

Alvaro pede intervenção na Araupel

alvaro_araupelO senador Alvaro Dias (PV-PR), nesta quarta (5), cobra o cumprimento de decisões judiciais pelos governos federal e do Paraná visando expulsar o Movimento Sem Terra da fazenda Araupel, no município de Quedas de Iguaçu (PR), região de constante tensão agrária.

11 de abril de 2016
por esmael
7 Comentários

Na insanidade, ALEP-PR tem “torcida” pelo assassinato de sem terra

Nesses tempos de fascismo propiciados pela Vaza Jato e mídia golpista, há torcida por mortes de sem terra na Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP-PR).

Os deputados estaduais batem boca no plenário sob gritos  das galerias de “vergonha” e vaias — evidentemente criticando os falecidos.

Dois trabalhadores sem terra foram mortos na quinta-feira (7), segundo o MST, em emboscada montada por policiais e jagunços da Araupel.

Em situações de normalidade democrática, o presidente da Assembleia daria voz de prisão à claque que acompanha as discussões por incitação à violência. Infelizmente, a Casa virou um covil de fascistas.

Aqui tem um link para assistir ao vivo.

11 de abril de 2016
por admin
8 Comentários

Coluna da Gleisi Hoffmann: Funeral de um lavrador sem terra

Gleisi Hoffmann*

Neste final de semana foi a música de Chico que ficou comigo enquanto estive na manifestação dos sem-terra em Quedas do Iguaçu, no interior do Paraná.

“Não é cova grande, é cova medida, é a terra que querias ver dividida… É a conta menor que tiraste em vida… É a parte que te cabe deste latifúndio…”

Duas vidas, duas histórias, dois homens enterrados com seus sonhos e centenas de famílias assustadas, convivendo com a dor, também com o preconceito e intolerância.

Muitos comentários na imprensa do Paraná, nas redes sociais, no meu facebook sobre os sem-terra, qualificando-os de vagabundos, violentos, bandidos.

Olhava para aquelas pessoas sofridas, pobres, homens e mulheres de vida muito simples e difícil, que sonham e querem viver com dignidade com suas famílias, e pensava: onde está a violência, a não ser da pobreza?! Onde estão os vagabundos, com mãos lisas, peles macias, sem marcas de sol?! Bandidos com foices e enxadas, que cortam lenha e lavram a terra? Só quem nunca pisou em um acampamento pode achar que essas famílias são agressoras da ordem. Mais de um ano vivendo em barracos de costaneiras, enfrentando o frio, chuva, o calor dia e noite; fazendo lavoura sem condições adequadas para tirar seu sustento.

A terra ocupada era usada pela empresa de reflorestamento Araupel. Quando a área estava na iminência de ser ocupada a empresa me procurou. Acompanhei-os ao MDA e INCRA. Penso que se a terra cumpre sua função social de produzir não deve ser objeto de reforma agrária. O INCRA informou, entretanto, que aquela área estava em disputa judicial com o governo federal. A propriedade está sub judice.

Segundo a Advocacia Geral da União, a

10 de abril de 2016
por esmael
2 Comentários

24 horas depois de agredida, Gleisi é recebida com festa em aeroporto

Nada como o tempo para curar o ódio e a ressaca dos golpistas, que se misturam com os fascistas.

24 horas depois de covardemente agredida no aeroporto de Curitiba, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) foi recebida ontem (9) com festa no mesmo local.

A parlamentar sofreu ataque covarde de fascistas na última quinta-feira (7), à noite, quando vinha participar de uma audiência pública sobre refugiados e imigrantes na manhã seguinte.

Qual o quê! Os fascistas invadiram na manhã de sexta-feira (8) o plenarinho da Assembleia Legislativa do Paraná. Eles são contrários à ajuda humanitária os imigrantes.

Pois bem, os ataques contra a senadora tinham ocorrido no contexto do posicionamento dela em relação ao assassinato de dois trabalhadores rurais sem terra, em Quedas do Iguaçu, e sua militância em favor da democracia e contra o golpe no país.

Os brasileiros não podem achar “normal” um estado como o do Paraná, que massacra professores, mata sem terra, grampeia telefones, e ameaça fisicamente quem pensa diferente e defende a democracia. É preciso resgatar os princípios que regem o Estado Democrático de Direito.

Aliás, membros da União da Juventude Socialista (UJS) e do movimento estudantil estão programando “recepções calorosas”, esta semana, nos aeroportos de todo o país, aos parlamentares golpistas. Ou seja, darão o troco nos fascistas com a mesma moeda.

19 de julho de 2014
por esmael
17 Comentários

Araupel defende nas redes sociais desocupação de fazenda com violência contra famílias sem terra no PR

O candidato do PSOL, Bernardo Pilotto, foi o único a lançar manifesto de solidariedade aos sem terra e a defender publicamente a desapropriação da fazenda Araupel; no Facebook, empresa defende ação policial contra trabalhadores, mulheres e crianças que ocupam a área grilada nos anos 70 que pertence à  União; governador Beto Richa disse que não vai usar a força policial, mas acusa o ex-governador e senador Roberto Requião de incitar a ocupação da Araupel; peemedebista adianta que vai à  Justiça contra o tucano por calúnia e difamação!.

O candidato do PSOL, Bernardo Pilotto, foi o único a lançar manifesto de solidariedade aos sem terra e a defender publicamente a desapropriação da fazenda Araupel; no Facebook, empresa defende ação policial contra trabalhadores, mulheres e crianças que ocupam a área grilada nos anos 70 que pertence à  União; governador Beto Richa disse que não vai usar a força policial, mas acusa o ex-governador e senador Roberto Requião de incitar a ocupação da Araupel; peemedebista adianta que vai à  Justiça contra o tucano por calúnia e difamação!.

“Sou a favor da Araupel – Reintegração já”. Este é nome da comunidade no Facebook patrocinada pela empresa defendendo ação policial para despejar 3 mil famílias de trabalhadores sem terra que ocupam área de 35 mil hectares entre os municípios de Rio Bonito do Iguaçu e Quedas do Iguaçu, na região Sudoeste. Leia mais

18 de julho de 2014
por esmael
27 Comentários

Judicialização: Requião anuncia processos contra Richa e Araupel por calúnia e difamação

Indignado, Requião anunciou nesta sexta (18) que vai processar o governador Beto Richa (PSDB), o diretor da Araupel, Tarso Giacomet, e meios de comunicação que teriam atribuído a ele o estímulo! à  ocupação de uma área de 35 mil hectares na região de Rio Bonito do Iguaçu e Quedas do Iguaçu, no Sudoeste; "Eu não instiguei invasão alguma, como esses irresponsáveis me acusam. Processo nessa cachorrada", fuzilou; Na onda da judicialização da eleição, o candidato do PMDB conta já ter acionado a Justiça Eleitoral 28 vezes nas últimas duas semanas.

Indignado, Requião anunciou nesta sexta (18) que vai processar o governador Beto Richa (PSDB), o diretor da Araupel, Tarso Giacomet, e meios de comunicação que teriam atribuído a ele o estímulo! à  ocupação de uma área de 35 mil hectares na região de Rio Bonito do Iguaçu e Quedas do Iguaçu, no Sudoeste; “Eu não instiguei invasão alguma, como esses irresponsáveis me acusam. Processo nessa cachorrada”, fuzilou; Na onda da judicialização da eleição, o candidato do PMDB conta já ter acionado a Justiça Eleitoral 28 vezes nas últimas duas semanas.

O senador Roberto Requião (PMDB), candidato ao governo do Paraná, cumpre agenda nesta sexta-feira (18) em Londrina. O atento jornalista Cládio Osti, do blog Paçoca com Cebola, deu sua impressão sobre a passagem do candidato pelo município ao ouvi-lo na rádio CBN: “Foi até light ao falar do atual governador Beto Richa”. Leia mais

18 de julho de 2014
por esmael
14 Comentários

3 mil famílias sem terra ocupam área “grilada” pela fazenda Araupel no PR

O Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) ocupou na manhã de ontem (17) uma área de 35 mil hectares entre os municípios de Rio Bonito do Iguaçu e Quedas do Iguaçu, região Sudoeste, cujas terras são “griladas” pela fazenda Araupel.

Cerca de 3 mil famílias do Acampamento Herdeiros da Luta 1!° de Maio reivindicam a área “grilada” que pertenceria à  União para fins de reforma agrária.

Coincidentemente à  ocupação do MST, na quarta-feira (16) o senador Roberto Requião (PMDB) concedeu entrevista à  Rádio Municipal FM 92.5, de Quedas do Iguaçu, na qual questionou a legitimidade da posse da terra pela Araupel.

Essas são uma das melhores terras do Brasil, e a Araupel apenas produz madeira para exportação. Queremos produzir alimentos nessas terras, e por causa das ilegalidades, elas devem sim ser destinadas à  reforma agrária, para que possamos trabalhar e produzir alimento de qualidade ao povo brasileiro!, explica Antônio Miranda, da direção nacional do MST.

No começo do mês, o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) do Paraná formalizou o pedido de nulidade da área na 3!ª Vara Federal de Cascavel, por existirem sérias dúvidas jurídicas sobre a legitimidade do título de propriedade por parte da empresa.

Sobre a disputa pela terra na região

Desde o último dia 1!° de maio, milhares de famílias Sem Terra se organizam no lote de um agricultor do Assentamento Ireno Alves dos Santos, ao lado da área ocupada. A juventude Sem Terra, filhos e filhas de assentados da região, são os maiores protagonistas desse processo.

Desde 2004, tramita na justiça uma ação promovida pelo Incra contra a Araupel.

Desde a abertura do processo, os Sem Terra já conquistaram dois assentamentos sobre as terras em disputa: o Assentamento Celso Furtado, em Quedas do Iguaçu, e 10 de Maio, em Rio Bonito do Iguaçu.

A imissão de posse de ambas as áreas concedida pelo juiz responsável da Comarca de Cascavel foi dada sem que a empresa fosse indenizada, já que se apropriava ilegalmente da área.

O Incra já imitiu posse

14 de fevereiro de 2014
por esmael
24 Comentários

Justiça Eleitoral cassa Jacarezão e Aldnei, prefeitos de Quedas do Iguaçu e Almirante Tamandaré

Justiça eleitoral do Paraná reabriu a temporada de caça esta semana; os prefeitos de Queda do Iguaçu, Jacarezão, e Almirante Tamandaré, Aldnei, foram cassados; ambos podem recorrer, mas se confirmadas as sentenças ficam inelegíveis por oito anos; insegurança jurídica ainda afeta maioria dos municípios em virtude da judicialização da política e das eleições de 2012.

Justiça eleitoral do Paraná reabriu a temporada de caça esta semana; os prefeitos de Queda do Iguaçu, Jacarezão, e Almirante Tamandaré, Aldnei, foram cassados; ambos podem recorrer, mas se confirmadas as sentenças ficam inelegíveis por oito anos; insegurança jurídica ainda afeta maioria dos municípios em virtude da judicialização da política e das eleições de 2012.

O prefeito de Quedas de Iguaçu, Edson Jucemar Hoffmann do Prado (PP), Jacarezão!, teve o mandato cassado pela Justiça Eleitoral sob a acusação de compra de votos nas eleições de 2012. O município fica na região Centro-Sul e o presidente da Câmara, vereador Osni Soares da Silva (PTB), deverá assumir o comando da cidade em 48 horas, de acordo com a decisão judicial. Leia mais

11 de fevereiro de 2014
por esmael
12 Comentários

Aulas começam no PR com protestos contra abondono da educação; assista

Pipocam protestos em várias regiões do Paraná contra a situação caótica na estrutura das escolas da rede pública estadual; ontem, em Quedas do Iguaçu, comunidade protestou contra a situação precária de um estabelecimento que funciona em um barracão; local oferece risco de vida para 700 crianças; obras de novo colégio foi abandonada pelo governo de Beto Richa e Flávio Arns, que, também ontem, acusou a direção do Colégio Carlos Drummond de Andrade, de Foz do Iguaçu, pelas péssimas condições de funcionamento; assista ao vídeo.

Pipocam protestos em várias regiões do Paraná contra a situação caótica na estrutura das escolas da rede pública estadual; ontem, em Quedas do Iguaçu, comunidade protestou contra a situação precária de um estabelecimento que funciona em um barracão; local oferece risco de vida para 700 crianças; obras de novo colégio foi abandonada pelo governo de Beto Richa e Flávio Arns, que, também ontem, acusou a direção do Colégio Carlos Drummond de Andrade, de Foz do Iguaçu, pelas péssimas condições de funcionamento; assista ao vídeo.

A repórter Michelli Arenza, da RPCTV, foi ontem à  Quedas do Iguaçu, região na região Centro-Sul paranaense, a 450 km de Curitiba, para mostrar protesto de pais, alunos e professores contra a situação caótica de mais uma escola da rede pública. Leia mais