19 de julho de 2014
por Esmael Morais
17 Comentários

Araupel defende nas redes sociais desocupação de fazenda com violência contra famílias sem terra no PR

O candidato do PSOL, Bernardo Pilotto, foi o único a lançar manifesto de solidariedade aos sem terra e a defender publicamente a desapropriação da fazenda Araupel; no Facebook, empresa defende ação policial contra trabalhadores, mulheres e crianças que ocupam a área grilada nos anos 70 que pertence à  União; governador Beto Richa disse que não vai usar a força policial, mas acusa o ex-governador e senador Roberto Requião de incitar a ocupação da Araupel; peemedebista adianta que vai à  Justiça contra o tucano por calúnia e difamação!.

O candidato do PSOL, Bernardo Pilotto, foi o único a lançar manifesto de solidariedade aos sem terra e a defender publicamente a desapropriação da fazenda Araupel; no Facebook, empresa defende ação policial contra trabalhadores, mulheres e crianças que ocupam a área grilada nos anos 70 que pertence à  União; governador Beto Richa disse que não vai usar a força policial, mas acusa o ex-governador e senador Roberto Requião de incitar a ocupação da Araupel; peemedebista adianta que vai à  Justiça contra o tucano por calúnia e difamação!.

“Sou a favor da Araupel – Reintegração já”. Este é nome da comunidade no Facebook patrocinada pela empresa defendendo ação policial para despejar 3 mil famílias de trabalhadores sem terra que ocupam área de 35 mil hectares entre os municípios de Rio Bonito do Iguaçu e Quedas do Iguaçu, na região Sudoeste. ... 

Leia mais