7 de janeiro de 2018
por Esmael Morais
8 Comentários

Fake news: Polícia investiga suposto atentado contra Lula no julgamento do TRF-4

O jornal “O Paraná”, do município de Cascavel (PR), trouxe uma “fake news” em sua capa sobre um suposto plano fajuto para assassinar o ex-presidente Lula durante a manifestação do dia 24 de janeiro, em Porto Alegre, no julgamento do TRF-4. ... 

Leia mais

5 de outubro de 2016
por Esmael Morais
22 Comentários

Alvaro pede intervenção na Araupel

alvaro_araupelO senador Alvaro Dias (PV-PR), nesta quarta (5), cobra o cumprimento de decisões judiciais pelos governos federal e do Paraná visando expulsar o Movimento Sem Terra da fazenda Araupel, no município de Quedas de Iguaçu (PR), região de constante tensão agrária. Leia mais

11 de abril de 2016
por Esmael Morais
8 Comentários

Coluna da Gleisi Hoffmann: Funeral de um lavrador sem terra

Gleisi Hoffmann*

Neste final de semana foi a música de Chico que ficou comigo enquanto estive na manifestação dos sem-terra em Quedas do Iguaçu, no interior do Paraná.

“Não é cova grande, é cova medida, é a terra que querias ver dividida… É a conta menor que tiraste em vida… É a parte que te cabe deste latifúndio…”

Duas vidas, duas histórias, dois homens enterrados com seus sonhos e centenas de famílias assustadas, convivendo com a dor, também com o preconceito e intolerância.

Muitos comentários na imprensa do Paraná, nas redes sociais, no meu facebook sobre os sem-terra, qualificando-os de vagabundos, violentos, bandidos.

Olhava para aquelas pessoas sofridas, pobres, homens e mulheres de vida muito simples e difícil, que sonham e querem viver com dignidade com suas famílias, e pensava: onde está a violência, a não ser da pobreza?! Onde estão os vagabundos, com mãos lisas, peles macias, sem marcas de sol?! Bandidos com foices e enxadas, que cortam lenha e lavram a terra? Só quem nunca pisou em um acampamento pode achar que essas famílias são agressoras da ordem. Mais de um ano vivendo em barracos de costaneiras, enfrentando o frio, chuva, o calor dia e noite; fazendo lavoura sem condições adequadas para tirar seu sustento.

A terra ocupada era usada pela empresa de reflorestamento Araupel. Quando a área estava na iminência de ser ocupada a empresa me procurou. Acompanhei-os ao MDA e INCRA. Penso que se a terra cumpre sua função social de produzir não deve ser objeto de reforma agrária. Leia mais

23 de novembro de 2015
por Esmael Morais
18 Comentários

Araupel, que doou R$ 150 mil na campanha, agora pressiona para Beto Richa descer a lenha no MST

araupel

A empresa Araupel trouxe manifestantes do Sudoeste do estado, nesta segunda-feira (24), para exigir que o governador Beto Richa (PSDB) use a força contra o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (PSDB). Eles estão reunidos no Centro Cívico, em frente ao Palácio Iguaçu, e pressionam para que o tucano force a desocupação da fazenda Rio das Cobras que fica no município de Quedas do Iguaçu.

A empresa que explora a produção de papel no Paraná está colocando seus trabalhadores e fazendeiros da região contra o MST usando o argumento da perda do emprego se a ocupação continuar.

O problema é que já foi provado na Justiça que a fazenda Rio das Cobras pertence à União e que o título de posse usado pela Araupel para explorar a área é falso. Além disso, o MST defende que a utilização de grandes áreas para reflorestamento e produção de papel é prejudicial à natureza, causando a desertificação e degradação dos solos.

O deputado Requião Filho (PMDB), em sua coluna de 28 de maio de 2015, aqui no Blog do Esmael, denunciou que a Araupel doou R$ 150 mil para a campanha de reeleição do governador do PSDB. Segundo o parlamentar, à luz da Justiça, a empresa é considerada “invasora”. Leia mais

28 de maio de 2015
por Esmael Morais
12 Comentários

Coluna do Requião Filho: “Caso Araupel, a verdade veio à tona”

araupelRequião Filho*

Ontem, lendo um jornal de grande circulação, tomei conhecimento da notícia de que foi reconhecida pela Justiça Federal que a Fazenda Rio das Cobras pertence à União, e não à Araupel.

A Juíza Lilia Cortes de Carvalho de Martino da 1ª Vara Federal de Cascavel declarou nulo o título da Araupel e reconheceu que toda a cadeia dominial das terras e a integralidade da área pertence à União.

Lembro-me muito bem que, em entrevista à Rádio CBN de Cascavel, o Senador Requião questionou a propriedade da terra, vez que a própria Araupel a discutia judicialmente.

A Araupel não possui a propriedade da fazenda e a ressalva do Senador, de que teria que se aguardar uma decisão judicial, era absolutamente verdadeira e pertinente ao caso.

A campanha de reeleição do governador Beto Richa quis transformar a Araupel em vítima. Richa implicou que Requião era a favor de invasão de terras durante sua campanha.

A verdade vem à tona, a Justiça Federal hoje reconhece que a propriedade não pertencia à Araupel e sim da União. Leia mais

19 de julho de 2014
por Esmael Morais
17 Comentários

Araupel defende nas redes sociais desocupação de fazenda com violência contra famílias sem terra no PR

O candidato do PSOL, Bernardo Pilotto, foi o único a lançar manifesto de solidariedade aos sem terra e a defender publicamente a desapropriação da fazenda Araupel; no Facebook, empresa defende ação policial contra trabalhadores, mulheres e crianças que ocupam a área grilada nos anos 70 que pertence à  União; governador Beto Richa disse que não vai usar a força policial, mas acusa o ex-governador e senador Roberto Requião de incitar a ocupação da Araupel; peemedebista adianta que vai à  Justiça contra o tucano por calúnia e difamação!.

O candidato do PSOL, Bernardo Pilotto, foi o único a lançar manifesto de solidariedade aos sem terra e a defender publicamente a desapropriação da fazenda Araupel; no Facebook, empresa defende ação policial contra trabalhadores, mulheres e crianças que ocupam a área grilada nos anos 70 que pertence à  União; governador Beto Richa disse que não vai usar a força policial, mas acusa o ex-governador e senador Roberto Requião de incitar a ocupação da Araupel; peemedebista adianta que vai à  Justiça contra o tucano por calúnia e difamação!.

“Sou a favor da Araupel – Reintegração já”. Este é nome da comunidade no Facebook patrocinada pela empresa defendendo ação policial para despejar 3 mil famílias de trabalhadores sem terra que ocupam área de 35 mil hectares entre os municípios de Rio Bonito do Iguaçu e Quedas do Iguaçu, na região Sudoeste. ... 

Leia mais

18 de julho de 2014
por Esmael Morais
27 Comentários

Judicialização: Requião anuncia processos contra Richa e Araupel por calúnia e difamação

Indignado, Requião anunciou nesta sexta (18) que vai processar o governador Beto Richa (PSDB), o diretor da Araupel, Tarso Giacomet, e meios de comunicação que teriam atribuído a ele o estímulo! à  ocupação de uma área de 35 mil hectares na região de Rio Bonito do Iguaçu e Quedas do Iguaçu, no Sudoeste; "Eu não instiguei invasão alguma, como esses irresponsáveis me acusam. Processo nessa cachorrada", fuzilou; Na onda da judicialização da eleição, o candidato do PMDB conta já ter acionado a Justiça Eleitoral 28 vezes nas últimas duas semanas.

Indignado, Requião anunciou nesta sexta (18) que vai processar o governador Beto Richa (PSDB), o diretor da Araupel, Tarso Giacomet, e meios de comunicação que teriam atribuído a ele o estímulo! à  ocupação de uma área de 35 mil hectares na região de Rio Bonito do Iguaçu e Quedas do Iguaçu, no Sudoeste; “Eu não instiguei invasão alguma, como esses irresponsáveis me acusam. Processo nessa cachorrada”, fuzilou; Na onda da judicialização da eleição, o candidato do PMDB conta já ter acionado a Justiça Eleitoral 28 vezes nas últimas duas semanas.

O senador Roberto Requião (PMDB), candidato ao governo do Paraná, cumpre agenda nesta sexta-feira (18) em Londrina. O atento jornalista Cládio Osti, do blog Paçoca com Cebola, deu sua impressão sobre a passagem do candidato pelo município ao ouvi-lo na rádio CBN: “Foi até light ao falar do atual governador Beto Richa”. ... 

Leia mais