1 de novembro de 2016
por esmael
33 Comentários

Estudantes desocupam escolas, mas mantêm ocupação na Secretaria da Educação em Curitiba

nre_estudantes_curitibaO governador Beto Richa (PSDB) ameaça usar a violência para reintegrar o Núcleo Regional de Educação de Curitiba, órgão vinculado à Secretaria de Estado da Educação (SEED). A ocupação do prédio ocorreu na manhã de ontem (31), após o tucano autorizar a PM retirar os estudantes de 23 escolas ocupadas.

31 de outubro de 2016
por esmael
55 Comentários

Estudante vai às lágrimas pela “traição” de professores que suspenderam greve no Paraná; assista

Mariana, 16 anos, aluna do Colégio Estadual Arnaldo Jansen, a primeira escola ocupada no Paraná contra a MP 746, foi às lágrimas na manhã desta segunda (31), na assembleia da APP-Sindicato, quando criticou a “traição” dos professores que suspenderam a greve de 15 dias.

31 de outubro de 2016
por esmael
5 Comentários

ALEP repercute eleições, ocupação de escolas e suspensão de greve dos educadores; acompanhe ao vivo

A Assembleia Legislativa do Paraná realiza nesta segunda (31) a primeira sessão após o “Furacão Ana Júlia” ter passado, na semana passada, pela Casa.

31 de outubro de 2016
por esmael
42 Comentários

Após 15 dias de greve, educadores suspendem paralisação no Paraná

assembleia_appCerca de 3 mil educadores decidiram na manhã desta segunda (31), em Curitiba, na assembleia da APP-Sindicato, suspender a greve após 15 dias.

31 de outubro de 2016
por esmael
37 Comentários

URGENTE: Estudantes desafiam Richa ocupando o Núcleo de Educação em Curitiba

nre_ocupadoDezenas de estudantes secundaristas tomaram o Núcleo Regional de Educação (NRE), em Curitiba, em mais uma jornada da “Revolução Estudantil” que abala o governo de Beto Richa (PSDB) há quase um mês.

27 de outubro de 2016
por esmael
71 Comentários

Estudantes reocupam escolas no PR após “Furacão Ana Júlia” passar pela Assembleia Legislativa

alunas_cep_richaOs colégios estaduais Castro Alves e Agostinho Pereira, ambos no município de Pato Branco, na região Sudoeste do Paraná, foram reocupados na manhã desta quinta (27) pelos estudantes secundaristas. A retomada ocorre menos de 24 horas depois de o “Furacão Ana Júlia” passar pela Assembleia Legislativa. (Abaixo, assista ao vídeo).

13 de outubro de 2016
por esmael
26 Comentários

Sobe para 300 as escolas ocupadas no PR após governador declarar guerra aos estudantes

cleto_richaSubiu para trezentas as escolas ocupadas na rede pública do Paraná. A disparada no número das ocupações ocorreu depois que o governador Beto Richa (PSDB) declarou guerra aos estudantes.

12 de julho de 2016
por esmael
87 Comentários

Contra a corrupção, educadores retomam campanha pelo “Fora Beto Richa” no Paraná

fora_beto_richa“O dinheiro das ESCOLAS FANTASMAS é do povo. Chega de impunidade. Operação Quadro Negro”. Essa foi uma das faixas expostas nesta terça (12) durante o relançamento da campanha pelo “Fora Beto Richa” no Paraná. Além de pedir o fim da impunidade para o desvio de R$ 30 milhões, que seriam destinados à construção de escolas, os educadores também protestaram nos 29 núcleos sindicais da APP-Sindicato contra calotes do tucano na categoria.

3 de junho de 2015
por esmael
25 Comentários

Diretores de escola gravam ‘assédio moral’ da Secretaria de Educação

seres_massacre_richaVários diretores de escolas foram chamados à Secretaria de Estado da Educação (SEED), nesta segunda-feira (1º), para dar início à perseguição, punição e envio de faltas de professores e funcionários em greve há quase 40 dias nos 2,1 mil estabelecimentos de ensino do Paraná.

Nem todos os gestores concordam em dizer “amém” ao governador Beto Richa (PSDB) e à secretária interina da Educação, Ana Seres Trento Comin, por isso, desde ontem (2), alguns foram informados que sofreram processo administrativo (inquisição) na Secretaria de Estado da Educação (SEED).

Alguns dos chefes de NRE disseram textualmente que a punição era em virtude da do repúdio dos diretores ao massacre de 29 de abril, no Centro Cívico, quando mais de 200 professores ficaram feridos pelas bombas, cassetetes, tiros e ataque de cães pitbulls.

Pois bem, é aí que a porca começa torce o rabo. Os diretores foram orientados a gravar as conversas com os Núcleos Regionais de Educação (NREs), braço político da secretária interina e do governador tucano.

27 de Maio de 2015
por esmael
36 Comentários

Educadores rejeitam “armadilha” de Richa; greve continua no Paraná

“É uma provocação, um insulto, inclusive contra os deputados da base governista”. Foi assim que reagiu o deputado Rasca Rodrigues (PV) ao tomar conhecimento do projeto de lei do governador Beto Richa (PSDB) que parcela a data-base de professores e servidores públicos do Paraná.

A APP-Sindicato considerou a proposta do tucano “muito ruim” e pior que as três anteriores. Os educadores estão em greve há 31 dias, mas outras categorias do serviço público também estão paralisadas.

Dentre os pontos considerados retrocesso, segundo Marlei Fernandes, coordenadora do Fórum de Entidades Sindicais (FES), está o item que praticamente extingui o piso nacional dos professores.

A proposta de Richa consiste no pagamento de 3,45% em três vezes: 1,15% em setembro, 1,15% em outubro e 1,15% em novembro de 2015; o restante seria pago em janeiro de 2016, se houver disponibilidade.

Os grevistas acusam o governador do PSDB de planejar a reprovação de 1 milhão de alunos visando fazer caixa, pois, segundo eles, o cancelamento do ano letivo de 2015 e o fechamento das escolas não “gerariam despesas”.

O deputado Requião Filho (PMDB) considerou a proposta do governo uma “armadilha” contra os professores. A opinião dele foi seguida pelos colegas Professor Lemos, Tadeu Veneri e Péricles Mello, ambos do PT.

A bancada governista PSC e o deputado Felipe Francischini (SDD) informaram que só votarão os 8,17%. Há um impasse. Parece que o governador Beto Richa quer derrotar o movimento no “cansaço”.

O tucano aposta na perda de fôlego dos grevistas e na sua divisão — inclusive utilizando-se de guerra suja na internet contra os professores que já massacrou no dia 29 de abril.

17 de Maio de 2015
por esmael
33 Comentários

Diretores de escolas denunciam ‘assédio moral’ no governo Richa

Nas vésperas da megamarcha dos educadores e servidores públicos do Paraná, que ocorrerá em Curitiba na próxima terça-feira, dia 19, os Núcleos Regionais de Educação (NRE) da Secretaria de Estado da Educação (SEED) estão pressionando diretores das 2,1 mil escolas do estado. As 32 regionais da área educacional convocaram os gestores para reuniões amanhã, segunda-feira, dia 18, às 8 horas.

Os chefes regionais do NRE cujas funções são em cargos em comissão têm a missão de ameaçar com processos administrativos e destituição os diretores que não obrigarem os professores a voltar imediatamente às salas de aula. O objetivo é promover um movimento “fura greve” e desarticular o protesto de terça na capital. O movimento organizado pela APP-Sindicato e mais 20 entidades da sociedade civil deverá reunir entre 30 e 50 mil pessoas.

A pressão dos NREs tem nome: assédio moral em cima dos diretores, que foram democraticamente eleitos pela comunidade escolar; somente professores, funcionários, pais e alunos podem colocar ou tirar os gestores de uma escola. O resto é balela e conversa para boi dormir.

Dito isto, chegou a informação ao Blog do Esmael de que os grevistas promoverão manifestações em frente aos 32 NREs, amanhã cedo, contra o assédio moral promovido pelo governo Beto Richa (PSDB). O professor Odair Rodrigues, de Fazenda Rio Grande, região metropolitana de Curitiba, disse que os educadores irão fazer atos em solidariedade aos diretores de escolas. “Assédio moral é crime previsto em lei. É mais um crime do governador tucano e sua matilha”, atacou.

O grupo do professor Odair estará a postos no NRE da Área Metropolitana Sul, no bairro Boqueirão, em Curitiba.

O Blog do Esmael vai acompanhar de perto essa história. E na terça, ao vivo, transmite ao vivo para o Brasil e o mundo, em parceria com a TV 15, mais uma marcha da educação e a primeira pelo “Fora Beto Richa, impeachment já!”.

11 de dezembro de 2014
por esmael
26 Comentários

Beto Richa planeja pé na bunda! dos servidores comissionados do Paraná

richa_demissao.jpgO governador Beto Richa (PSDB) não está prosa!, como diria Abelardo Barbosa, o Chacrinha. O tucano planeja demitir todos os servidores comissionados !“ aqueles de livre nomeação !“ no próximo dia 31 de dezembro. Leia mais

1 de outubro de 2014
por esmael
53 Comentários

Secretaria da Educação manda e-mail pedindo voto para Beto Richa

A chefe do Núcleo Regional de Educação (NRE) de Cornélio Procópio, Adalgisa Gouveia, encaminhou um e-mail em nome da Secretaria de Estado da Educação (SEED), pedindo voto para a reeleição do governador Beto Richa (PSDB). O uso da máquina pública constitui-se crime eleitoral e, se aplicada a lei, pode resultar em cassação da candidatura do tucano.

Aldalgisa é da cozinha do governador do PSDB, partido no qual ela é filiada e disputou sem êxito em 2012 a Prefeitura de São Sebastião da Moreira, no Norte Pioneiro.

O e-mail enviado pela chefe comissionada de Richa foi disparado para os educadores na segunda-feira, dia 29, véspera do debate na RPC TV. O documento caiu nas redes sociais nesta quarta (1!º) gerando protesto de professores, pedagogos, funcionários e diretores de escolas.

“Para que possamos juntos: Núcleo Regional da Educação, Diretores, Pedagogos, Professores, Agentes Educacionais I e II e toda comunidade continuar mantendo a parceria harmoniosa, pedimos seu apoio e seu voto para Beto Richa 45”, diz um trecho do texto.

Além de pedir votos para os educadores, Adalgisa anexou ao e-mail uma carta-proposta da coligação Paraná Que Acredita.

A seguir, leia a íntegra da carta da chefe do NRE, Adalgisa Gouveia, e a carta-proposta da coligação de Richa:

Mensagem enviada por e-mail:

Date: Wed, 1 Oct 2014 14:43:11 -0300
Subject: Carta ao Profissional da Educação
From: [email protected]
To:

Cornélio Procópio, 29 de setembro de 2014.

Prezado(a) Profissional da Educação

Um olhar dentro das escolas da Rede Pública da Educação Básica do Paraná, nos últimos quatro anos, permite identificar muitos avanços na área de infra-estrutura e materiais pedagógicos, nos programas, projetos e ações de valorização dos profissionais da Educação, nas práticas pedagógicas que advêm de novas diretrizes da organização do trabalho pedagógico e da própria gestão pública da Educação; do macrossistema à  gestão de sala de aula.

Educar é, pois, tarefa que pressupõe concepções estruturadas na formação do homem, em interação com o mundo. Nessa linha de condução, a SEED apregoa políticas educacionais voltadas à  Educação Básica e à  democratização do saber, consequentemente, à  sociedade toda, haja vista todo o programa de governo posto em prática nesses últimos quatro anos com a proposta de continuação, a partir de 2015.
Para que possamos juntos: Núcleo Regional da Educação, Diretores, Pedagogos, Professores, Agentes Educacionais I e II e toda comunidade continuar mantendo a parceria harmoniosa, pedimos seu apoio e seu voto para Beto Richa 45.
Abraços

Adalgisa Gouveia
Zeunice dos Santos Menta

Carta-proposta da coligação de Richa:
http://s3.amazonaws.com/static.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2014/10/20134114/parana_que_acredita.pdf

4 de junho de 2014
por esmael
73 Comentários

Turismo: Richa promove farra com dinheiro da Educação para chefes de NREs e diretores de escolas

O governador Beto Richa, que reclama da falta de empréstimos da União, promove farra turística com recurso da Educação aos comissionados dos 32 Núcleos de Educação (NREs) e diretores das 2,1 mil escolas da rede pública do Paraná; visitantes são recebidos para conhecer instalações do Palácio Iguaçu e Assembleia Legislativa; coincidentemente turistas são recebidos pelo trio Richa-Arns-Rossoni, candidatos à  reeleição, à  Assembleia e à  Câmara, respectivamente; por outro lado, professores e funcionários são submetidos a humilhantes parcelamentos de direitos salariais e trabalhistas.

O governador Beto Richa, que reclama da falta de empréstimos da União, promove farra turística com recurso da Educação aos comissionados dos 32 Núcleos de Educação (NREs) e diretores das 2,1 mil escolas da rede pública do Paraná; visitantes são recebidos para conhecer instalações do Palácio Iguaçu e Assembleia Legislativa; coincidentemente turistas são recebidos pelo trio Richa-Arns-Rossoni, candidatos à  reeleição, à  Assembleia e à  Câmara, respectivamente; por outro lado, professores e funcionários são submetidos a humilhantes parcelamentos de direitos salariais e trabalhistas.

O governador Beto Richa (PSDB), em campanha pela reeleição, abriu as portas do Palácio Iguaçu a visitações de chefes de Núcleos Regionais de Educação (NREs) e diretores de escolas do Paraná. Nesta terça-feira (3), conforme registro da própria Agência Estadual de Notícias, 28 diretores e demais servidores comissionados foram recebidos na sede do executivo estadual e também fizeram um tour pela Assembleia Legislativa. Tudo pago com dinheiro público, é claro. Leia mais