28 de junho de 2018
por Redacao
Comentários desativados em Mais rejeitado, Bolsonaro reclama de pesquisa do Ibope

Mais rejeitado, Bolsonaro reclama de pesquisa do Ibope

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ), candidato da extrema-direita, reclamou da pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta quinta (28), onde ele aparece com 32% de rejeição do eleitorado, índice que supera o de todos os presidenciáveis. Leia mais

18 de dezembro de 2014
por esmael
14 Comentários

‘à‰ a economia estúpido’: Emprego formal cresceu no país em novembro

DILMA-EMPREGOSà‰ a economia, estúpido!!. Essa frase dita por James Carville, estrategista de Bill Clinton na campanha eleitoral norte-americana de 1992, pode ser também empregada hoje para explicar o pleno emprego no Brasil e o aumento de popularidade da presidenta Dilma Rousseff (PT).

Assim como os partidários George H. Bush, o pai, não entendiam porque perdiam a reeleição para Clinton, os correligionários de Aécio Neves e PSDB não entenderam ontem como subiu a aprovação de Dilma na pesquisa do Ibope (clique aqui) mesmo apanhado covardemente da mídia todo santo dia.

Bush perdeu eleição porque a economia dos Estados Unidos mergulhava na recessão. Dilma foi reeleita porque o pleno emprego, o crescimento de postos formais, continua dando sustentação política a ela.

De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta quinta-feira (18), pelo Ministério do Trabalho e Emprego, a geração de empregos com carteira assinada na economia brasileira mostrou sinais de recuperação em novembro, com 8.381 vagas formais, saldo entre um total de admissões de 1.613.006 menos 1.604.625 desligamentos no período.

25 de outubro de 2014
por esmael
12 Comentários

Até a revista Veja aposta em novo Ibope com Dilma na frente

dilma_aecio_debate

O blogueiro Lauro Jardim, da Veja, afirma que Dilma Rousseff (PT) aparecerá à  frente de Aécio Neves (PSDB) no Ibope que será divulgado na noite deste sábado (25), véspera de eleição. Leia mais

23 de outubro de 2014
por esmael
18 Comentários

Datafolha e Ibope: Dilma dispara sobre Aécio

Pesquisas que acabam de ser divulgadas pelos maiores institutos apontam candidata do PT à  reeleição à  frente do postulante do PSDB além da margem de erro pela primeira vez no segundo turno; na Datafolha, Dilma Rousseff marca 53% dos votos válidos, contra 47% para Aécio Neves, uma vantagem de seis pontos; Ibope tem placar de 54% a 46%, diferença de oito pontos; PT avança na reta final, cerca tucanos e leva Dilma ao favoritismo na eleição de domingo.

Pesquisas que acabam de ser divulgadas pelos maiores institutos apontam candidata do PT à  reeleição à  frente do postulante do PSDB além da margem de erro pela primeira vez no segundo turno; na Datafolha, Dilma Rousseff marca 53% dos votos válidos, contra 47% para Aécio Neves, uma vantagem de seis pontos; Ibope tem placar de 54% a 46%, diferença de oito pontos; PT avança na reta final, cerca tucanos e leva Dilma ao favoritismo na eleição de domingo.

via Brasil 247

Levantamentos divulgados pelos institutos Datafolha e Ibope na tarde desta quinta-feira 23 apontam vantagem de seis e oito pontos da presidente Dilma Rousseff, respectivamente, em relação ao candidato do PSDB, Aécio Neves. Leia mais

23 de outubro de 2014
por esmael
40 Comentários

Ibope: Dilma dispara com 54%; Aécio tem 46%

ibope2.jpg

Uma nova pesquisa! Ibope/Estadão/TV Globo divulgada no! fim da tarde de hoje (23) mostra Dilma Roussef (PT) abrindo oito pontos percentuais sobre Aécio Neves (PSDB). Dilma tem 54% dos votos válidos, enquanto Aécio soma 46%. Leia mais

13 de dezembro de 2013
por esmael
19 Comentários

Segundo o Ibope, sobe para 43% aprovação do governo Dilma

da Agência Brasil
O percentual da população que avalia como ótimo ou bom o desempenho do governo da presidenta Dilma Rousseff aumentou de 37% para 43%. A aprovação da maneira como ela governa oscilou de 54% para 56%, enquanto a parcela da população que confia na presidenta se manteve estável em 52%. Os dados fazem parte da pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), encomendada ao Ibope, e divulgada hoje (13).

Segundo o gerente Executivo de Pesquisa e Competitividade da CNI, Renato da Fonseca, um dos pontos que mais influenciaram o crescimento da aprovação do governo foi o fato de isso ocorrer após uma forte queda do índice, em decorrência das manifestações de julho. Em março, o governo Dilma bateu recorde de aprovação, com 63% da população considerando-o ótimo ou bom. Em julho, com as manifestações, o percentaul chegou a 31%.

“As pessoas tiveram reações muito fortes em função das manifestações. Mas depois reavaliaram. Vale ressaltar que a recente pesquisa mostra melhora na avaliação do governo, mas não da presidenta Dilma Rousseff. Até porque a aprovação da maneira como ela governa apresentou uma oscilação dentro da margem de erro da pesquisa, de 2 pontos percentuais; e a parcela da população que confia nela ficou estável [em 52%]”, disse Fonseca.

Melhora avaliação das políticas de governo

Entre setembro e novembro, a avaliação das políticas específicas de governo melhorou em todas as áreas analisadas pela pesquisa CNI-Ibope. Mesmo assim, em praticamente todas as áreas analisadas o percentual de desaprovação é maior que o de aprovação.

A aprovação das políticas de combate ao desemprego subiu 8 pontos percentuais, passando de 39% para 47%. Já a desaprovação caiu de 57% para 49%. A avaliação positiva das políticas governamenta

18 de novembro de 2013
por esmael
23 Comentários

Dilma vence no 1!º turno e confiança na presidente aumenta, diz pesquisa Ibope

do Brasil 247
A presidente Dilma Rousseff encontrou ar fresco em meio ao ambiente político poluído pelas prisões dos ex-dirigentes petistas José Dirceu, José Genoíno e Delúbio Soares em regime fechado. Pesquisa Estadão/Ibope divulgada na tarde desta segunda-feira 18 mostrou que Dilma, em qualquer cenário, estaria reeleita em primeiro turno como presidente da República.

No quadro com Marina Silva como candidata do PSB, o levantamento realizado entre os dias 7 e 11 de novembro, em 142 municípios brasileiros, apontou 42% de intenções de voto para a presidente, 16% para a ex-ministra do Meio Ambiente e 13% para o senador Aécio Neves, presidente do PSDB. Com o governador Eduardo Campos, de Pernambuco, no lugar de Marina, Dilma marcou 43% e Aécio, 14%, com Campos ficando com 7%.

A popularidade da gestão presidencial e a confiança em Dilma também subiram, segundo a pesquisa. Em relação à  pesquisa anterior, a aprovação da gestão subiu de 53% para 55%, enquanto a confiança na presidente teve sua taxa aumentada de 49% para 51%.

Para os socialistas, no entanto, a pesquisa não traz boas novas. As intenções de voto de Marina e Campos caíram em relação ao último levantamento, feito quando a entrada dos dirigentes do Rede no PSB ainda não havia sido anunciada. Com 21% antes, a ex-ministra marcou agora 16%. O governador pernambucano saiu de 10% para 7% de intenções. Talvez os números mostrem que, quanto antes escolherem qual será, afinal, seu candidato, melhor para o PSB.

26 de setembro de 2013
por esmael
16 Comentários

Ibope: Marina desaba e Dilma abre 22 pontos; eleição pode ser decidida já no 1!º turno

do Brasil 247 Pesquisa Ibope/Estadão divulgada na noite desta quinta-feira (26) mostra que a presidente Dilma Rousseff (PT) abriu 22 pontos sobre a segunda colocada, Marina Silva (sem partido), na corrida presidencial. Em julho, a diferença entre elas era de apenas oito pontos, após queda vertiginosa da petista, em decorrência dos protestos que aconteceram em todo o país no mês anterior.A partir de então, a presidente cresceu em ambos os cenários de primeiro turno estimulados pelo Ibope, enquanto Marina perdeu seis pontos, se distanciando de Dilma e ficando mais ameaçada pelos outros candidatos.

No cenário que tem Aécio Neves (o mais provável) como candidato do PSDB, Dilma cresceu de 30% para 38% nos dois últimos meses. Ao mesmo tempo, Marina caiu de 22% para 16%. O tucano oscilou de 13% para 11%, enquanto Eduardo Campos (PSB) foi de 5% para 4%. A taxa de eleitores sem candidato continua alta: 31% (dos quais, 15% dizem que votarão em branco ou anularão, e 16% não sabem responder).

O cenário com José Serra como candidato do PSDB não tem diferenças relevantes: Dilma tem 37%, contra 16% de Marina, 12% de Serra e 4% de Campos. Nessa hipótese, 30% não têm candidato: 14% de branco e nulo, e 16% de não sabe. Não há cenário idêntico a esse em pesquisa anterior do Ibope para comparar.

VITà“RIA EM PRIMEIRO TURNO

Nos dois cenários, Dilma tem intenção de voto superior à  soma de seus três adversários: 37% contra 32% (cenário Serra) e 38% contra 31% (cenário Aécio). Isso indica chance de vitória no primeiro turno. No entanto, destaca o Estadão, “convém lembrar que praticamente 1 em cada 3 eleitores não tem candidato e ainda falta um ano para a eleição”.

SEGUNDO TURNO

Dilma se distanciou de Marina também na disputa pelo segundo turno. A petista venceria a rival por 43% a 26%, se a eleição fosse hoje. Em julho, logo depois dos protestos em massa que tomaram as ruas das metrópoles, Dilma e Marina estavam tecnicamente empatadas: 35% a 34%, respectivamente.

Segundo as simulações do Ibope, tanto faz se o candidato do PSDB for Aécio ou Serra. Se a eleição fosse hoje, a presidente venceria ambos por 45% a 21% num segundo turno. Contra Eduardo Campos, a vitória seria mais fácil: 46% a 14%.

O Ibope fez a pesquisa entre os dias 12 e 16 de setembro, em todas as regiões o Brasil. Foram entrevistados 2.002 eleitores, face a face. A margem de erro máxima é de 2 pontos porcentuais, para mais ou para menos, num intervalo de confiança de 95%.

9 de abril de 2012
por esmael
3 Comentários

Veja onde estão os votos em Curitiba

Pré-candidatos se debruçam sobre números da pesquisa Ibope.

por Roseli Abrão, via Boca Maldita

A pesquisa Ibope divulgada ontem pela rádio CBN mostra que a maioria dos eleitores do pedetista Gustavo Fruet está entre os eleitores que têm 50 anos ou mais (33%). Leia mais

7 de abril de 2012
por esmael
4 Comentários

“Esqueceram de mim”: Pesquisa do Ibope exclui petista Tadeu Veneri

Tadeu Veneri (PT).

O deputado estadual Tadeu Veneri, da corrente Movimento Socialista (MS), um dos mais combativos pela candidatura própria no PT, foi “esquecido! pela pesquisa do Ibope divulgada neste sábado (7) pela rádio CBN Curitiba. Leia mais