Bolsonaro demite ministro da Energia para driblar protestos contra aumento dos combustíveis

O Ministério de Minas e Energia, Bento Albuquerque, foi demitido numa tentativa desesperada de o presidente Jair Bolsonaro (PL) driblar mais uma vez protestos contra aumento dos combustíveis. Caminhoneiros e transportadores ameaçam parar as estradas do país contra a política de paridade de preço internacional adotada pela Petrobras. Bolsonaro parece que já gastou os cartuchos … Read more

General João Francisco Ferreira assume a diretoria-geral da Itaipu Binacional

Não deu para o centrão. Os militares chegaram antes na boquinha. O general da reserva João Francisco Ferreira foi indicado para o cargo de diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional. O militar assume o lugar de outro general da reserva Joaquim Silva e Luna, indicado nesta noite pelo presidente Jair Bolsonaro para presidir a Petrobras. O … Read more

Ex-garimpeiro, Bolsonaro prepara liberação da mineração em terras indígenas

O presidente Jair Bolsonaro e ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, participaram nesta segunda-feira (28) do lançamento do Programa Mineração e Desenvolvimento (PMD). A ação governamental tem como foco a região Amazônica, no Norte do País. Entre as metas definidas no PMD, estão a regulamentação da mineração em terras indígenas e ampliação de áreas … Read more

PHA: governo golpista ‘tabela’ com Moro privatização de Eletrobras

pha_moroSegundo o jornalista Paulo Henrique Amorim, o PHA, coube ao juiz federal Sérgio Moro a tarefa de quebrar a estatal Eletrobras. Ele observa que a CVM americana, a Securities and Exchange Commission, que regula a Bolsa americana, “deslistou” a estatal brasileira das empresas que podem ser negociadas na Bolsa.

PHA anotou hoje no site Conversa Afiada que a ação da Lava Jato está fechando as empreiteiras nacionais como Odebrecht, a Camargo Correa, a Andrade Gutierrez e todas as empresas brasileiras de engenharia pesada, para o novo ministro interino José Serra (PSDB), das Relações Exteriores, em “acordos bilaterais” entregar tudo aos norte-americanos.

Amorim desnuda o modus operandi: A PF “investiga”, o Moro vaza e a Eletrobras quebra!

Read more

“Bancada federal garante aberta usina de xisto da Petrobras em São Mateus do Sul”, comemora João Arruda

Ministro Eduardo Braga, de Minas e Energia, garantiu à bancada federal paranaense que a usina de São Mateus do Sul continuará aberta; encontro realizado na tarde desta terça-feira (16), em Brasília, contou com a presença de técnicos da Petrobras e autoridades são-mateuenses, como o prefeito Clovis Ledur (PT) e o vereador Omar Picheth (PDT); "É uma grande notícia para São Mateus. Uma vitória da população!", comemorou o deputado João Arruda (PMDB), que deverá ser agraciado com o título de cidadão honorário no município da região Sul do Paraná.
Ministro Eduardo Braga, de Minas e Energia, garantiu à bancada federal paranaense que a usina de São Mateus do Sul continuará aberta; encontro realizado na tarde desta terça-feira (16), em Brasília, contou com a presença de técnicos da Petrobras e autoridades são-mateuenses, como o prefeito Clovis Ledur (PT) e o vereador Omar Picheth (PDT); “É uma grande notícia para São Mateus. Uma vitória da população!”, comemorou o deputado João Arruda (PMDB), que deverá ser agraciado com o título de cidadão honorário no município da região Sul do Paraná.
O deputado João Arruda (PMDB), coordenador da bancada paranaense no Congresso Nacional, após reunião com o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, garantiu nesta terça-feira (16) que a usina de xisto da Petrobras em São Mateus do Sul permanecerá aberta.

O ministro afirmou os parlamentares paranaenses que não há intenção de fechar a usina de xisto de São Mateus do Sul.

“Não existe nenhum estudo que recomende o encerramento da operação da unidade”, disse o ministro.

Read more

Snowden: Canadá espionou Ministério de Minas e Energias

do Brasil 247

Segundo reportagem do "Fantástico", Agência Canadense de Segurança em Comunicação (CSEC) rastreou telefonemas e e-mails da Pasta com outros países; celular do ex-embaixador do Brasil no Canadá, Paulo Cordeiro, foi mantido sob escuta; ministro Edison Lobão disse que ato merece repúdio; Ele reconheceu que o Canadá tem "interesse no Brasil, sobretudo nesse setor mineral"; "Se daí vai o interesse em espionagem pra servir empresarialmente a determinados grupos, eu não posso dizer"; pela manhã, a presidente Dilma Rousseff disse, pelo Twitter, que o Congresso deve votar nas próximas semanas a proposta de Marco Civil da Internet, lei para proteger as comunicações no Brasil.
Segundo reportagem do “Fantástico”, Agência Canadense de Segurança em Comunicação (CSEC) rastreou telefonemas e e-mails da Pasta com outros países; celular do ex-embaixador do Brasil no Canadá, Paulo Cordeiro, foi mantido sob escuta; ministro Edison Lobão disse que ato merece repúdio; Ele reconheceu que o Canadá tem “interesse no Brasil, sobretudo nesse setor mineral”; “Se daí vai o interesse em espionagem pra servir empresarialmente a determinados grupos, eu não posso dizer”; pela manhã, a presidente Dilma Rousseff disse, pelo Twitter, que o Congresso deve votar nas próximas semanas a proposta de Marco Civil da Internet, lei para proteger as comunicações no Brasil.
O Brasil também foi espionado pelo Canadá. à‰ o que apontam novos documentos vazados pelo ex-técnico da americana NSA (Agência de Segurança Nacional) Edward Snowden e revelados neste domingo pelo programa Fantástico, da Rede Globo.

Segundo os papéis, a Agência Canadense de Segurança em Comunicação (CSEC, em inglês) usou um programa de computador, chamado Olympia, que fez um mapeamento das comunicações telefônicas e de computador do ministério, incluindo e-mails. O objetivo é descobrir os contatos realizados para outros órgãos, dentro e fora do Brasil, além de empresas como a Petrobras e a Eletrobrás.

O método foi tema de uma apresentação feita durante encontro de analistas de espionagem de cinco países (EUA, Reino Unido, Canadá, Austrália e Nova Zelândia) em junho de 2012. Snowden esteve na reunião de 2012 e entregou os papéis ao jornalista americano Glenn Greenwald.

Foram rastreadas ligações com a Olade (Organização Latino-americana de Energia), com sede no Equador, e trocas de emails entre computadores do ministério e de países do Oriente Médio, da àfrica do Sul e do Canadá.

A ferramenta também identificou números de celulares, registro dos chips e até marcas e modelos dos aparelhos. Um deles foi o do ex-embaixador do Brasil no Canadá, hoje no departamento de Oriente Médio do Ministério das Relações Exteriores, embaixador Paulo Cordeiro.

Na sexta-feira (4), o ministro Edison Lobão comentou o conteúdo da reportagem. Questionado sobre como reage aos documentos, ele disse: “Eu acho que configura um fato grave que merece repúdio. Aliás a presidenta Dilma já o fez amplamente na ONU”, disse. Ele reconheceu que o Canadá tem “interesse no Brasil, sobretudo nesse setor mineral”. “Se daí vai o interesse em espionagem pra servir empresarialmente a determinados grupos, eu não posso dizer.”

Neste domingo, pela manhã, a presidente Dilma Rousseff disse, pelo Twitter, que o Congresso deve votar nas próximas semanas a proposta de Marco Civil da Internet, lei para proteger as comunicações no Brasil, que, segundo ela, “irá ampliar a proteção da privacidade dos brasileiros”.

Leia a matéria sobre o assunto, publicada no Portal Brasil:

Read more