Lucro dos bancos chega a R$ 98 bilhões, mas Bolsonaro e Guedes querem mais

O lucro líquido dos bancos brasileiros no ano passado cresceu 17,4% em relação a 2017 e chegou a R$98,5 bilhões. Segundo o Banco Central (BC), é o maior valor desde 1994, quando teve início o Plano Real. LEIA TAMBÉM: Carta de Jô Soares “explicando” o…

Compartilhe agora
Leia mais Lucro dos bancos chega a R$ 98 bilhões, mas Bolsonaro e Guedes querem mais

Vampirão cancela redução de juro

Ainda magoado com o desfile da Tuiuti, que o pintou como vampiro neoliberalista, Michel Temer (MDB) decidiu cancelar o ciclo de redução da taxa de juro. Essa medida pune os carnavalescos pagãos e privilegia — mais uma vez — os banqueiros e o capital vadio.…

Compartilhe agora
Leia mais Vampirão cancela redução de juro

Greve dos bancários cresce mas persiste o silêncio dos banqueiros

A greve dos trabalhadoros bancários iniciada no último dia 6 de outubro entrou com força na segunda semana nos 26 estados e no Distrito Federal. Quase 12 mil do total de 18 mil agências bancárias do país estão paralisadas. Em Curitiba e Região Metropolitana estão paradas 255…

Compartilhe agora
Leia mais Greve dos bancários cresce mas persiste o silêncio dos banqueiros

Greve dos bancários começa com adesão de 60% com ‘viés de crescimento’ no Paraná

A greve dos bancários que começou ontem (6) em todo o País está forte e unida no Paraná. O levantamento é da Federação dos Trabalhadores de Empresas de Crédito do Paraná (Fetec), que representa 80% da categoria no estado. A adesão no primeiro dia foi de…

Compartilhe agora
Leia mais Greve dos bancários começa com adesão de 60% com ‘viés de crescimento’ no Paraná

Coluna da Gleisi Hoffmann: “Andar de cima” tem de dar contribuição ao ajuste

Gleisi Hoffmann* Download Apesar dos nossos avanços sociais nos últimos anos, que não são poucos, o Brasil ainda é um dos países que apresenta a maior diferença de renda entre os mais ricos e os mais pobres. Uma das causas principais desse resultado é a…

Compartilhe agora
Leia mais Coluna da Gleisi Hoffmann: “Andar de cima” tem de dar contribuição ao ajuste