11 de junho de 2018
por esmael
Comentários desativados em Michel Temer de volta ao bico do corvo com ameaça de 3ª denúncia

Michel Temer de volta ao bico do corvo com ameaça de 3ª denúncia

Com míseros 3% de aprovação, Michel Temer poderá voltar ao bico do corvo nos próximos dias. Isto é, ele poderá sofrer uma terceira denúncia criminal que seria o “tríplex de Temer” — envolvendo sua filha. ... 

Leia mais

20 de agosto de 2015
por esmael
11 Comentários

Janot formaliza no STF denúncia contra Cunha, que entra no “bico do corvo”

do Brasil 247

cunha_corvoA Procuradoria-Geral da República protocolou no Supremo Tribunal Federal (STF), no início da tarde desta quinta-feira 20, denúncia contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Na denúncia, o deputado é acusado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de receber propina de ao menos US$ 5 milhões e vantagens indevidas para viabilizar a contratação do estaleiro Samsung, responsável pela construção de navios-sonda para a Petrobras.

Janot pede ‘restituição do produto e proveito dos crimes no valor de US$ 40 milhões e a reparação dos danos causados à Petrobras e à Administração Pública também no valor de US$ 40 milhões’.

A denúncia tem como base o depoimento do empresário Júlio Camargo, delator da investigação. Nesta quarta-feira, Cunha disse que não cogita se afastar da presidência da Câmara, independente da denúncia.

O documento entregue ao STF também denuncia a ex-deputada federal Solange Almeida (PMDB-RJ) “por ter participado de pressão pelo pagamento de valores retidos, incorrendo em corrupção passiva”.

Confira abaixo a íntegra do texto publicado pela Secretaria de Comunicação Social da PGR: Leia mais

7 de abril de 2015
por esmael
17 Comentários

“O Governo do Paraná está no bico do urubu”, diz Requião

richa_urubu_requiao“A situação do Paraná está muito complicada. Este governo está no bico do urubu. Mas eu quero abordar este desespero arrecadador do Governo do Estado com o aumento das contas de água, de energia elétrica, do IPVA. Sem o aumento do ICMS de 95 mil produtos (de bens de consumo) o governo chega a R$ 2,5 bilhões a mais por ano. É suficiente para sanar qualquer Estado”, afirmou nesta terça-feira (7) o senador Roberto Requião (PMDB-PR).

“Não tem nenhum sentido o aumento de imposto. É ferrar mais a população em um momento de dificuldade do Estado. O governador (Beto Richa) segundo li na imprensa veio a Brasília conversar com Eduardo Cunha, presidente da Câmara, para não por em votação um projeto meu que acaba com a substituição tributária”, contou o senador. A substituição é a antecipação da cobrança do ICMS, de micro e pequenas empresas, empresas que são enquadradas no regime Simples Nacional.

Segundo o senador, micro e pequenas empresas estão quebrando e gerando demissões. “Nós temos que evitar que isto ocorra. Pressionem os deputados”, pediu Requião. O projeto foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça e teve como relatora a senador Gleisi Hoffmann (PT-PR). Agora aguarda votação na Câmara dos Deputados.

O que diz o projeto Leia mais