16 de dezembro de 2016
por esmael
43 Comentários

Beto Richa deixa como legado surra nos professores e calote nos servidores do Paraná

O governador Beto Richa (PSDB) em entrevista no Rádio Banda B, em Curitiba, disse nesta sexta (16) que seu maior legado foi o “ajuste fiscal”. Ora bolas, carambolas. O tucano massacrou os professores, deu calote na data-base dos servidores, quebrou os pequenos empreendimentos, e deixou que a roubalheira tomasse conta do governo do Paraná. Eis o verdadeiro legado.

2 de junho de 2015
por esmael
23 Comentários

Educadores em greve “infernizam” deputados pró-governo no Paraná; assista ao vídeo

bandab_LCMOs deputados que compõem a base de sustentação do governador Beto Richa (PSDB), na Assembleia, não aguentam mais serem “infernizados” pelos educadores em greve há 36 dias no Paraná.

Todos os dias um ou mais parlamentares são visitados por um grupo de grevistas. Na manhã desta terça-feira (2), o “premiado” foi Luiz Carlos Martins (PSD), dono da Rádio Banda B, que não compareceu ao trabalho alegando “doença”.

Assista ao vídeo, com narração do professor Paulo Vieira:

Teve palavra de ordem, faixas, buzinaço, etc. Quem não gosta da muvuca são os vizinhos das suas excelências.

Por causa do barulho dos grevistas em suas bases eleitorais, muitos deputados já começaram a “afrouxar a tanga” na Assembleia.

29 de julho de 2014
por esmael
35 Comentários

Richa jura que não ‘quebrou’ o Paraná e diz ter apoio até de petista para reeleição; ouça o áudio

por Elizangela Jubanski, via portal Rádio Banda BApoio à  reeleição não falta ao candidato Beto Richa, do PSDB. à‰ o que acredita o atual governador do Paraná que tenta mais quatro anos de mandato nas eleições desse ano. Coligado com outros 17 partidos políticos, Richa detalha que tem também apoios implícitos.

Tenho o apoio de grandes partidos consolidados em todo o Paraná. Parte do PMDB, a maioria do PDT e, até mesmo, prefeitos do PT!, revelou. Nomes nem cidades foram revelados pelo candidato.

Não posso expor essa situação!, disse o candidato em entrevista à  Rádio e Portal Banda B, na manhã desta segunda-feira (28), dentro da série de entrevistas com todos os candidatos ao governo do Paraná. A entrevista de Richa feita pelos jornalistas Adilson Arantes e Denise Mello, foi ao ar das 7h30 à s 8 horas.

Richa aproveitou para rebater as críticas recebidas sobre a gestão do seu governo. Segundo ele, o Estado herdou cerca de R$ 4,5 bilhões de dívidas do governo anterior.

Foi R$ 1 bilhão em dívida acumulada ao longo de 8 anos de Pasep; água, luz e telefone de R$ 100 milhões; promoções e progressões de professores acumuladas de 2 anos que somam R$ 70 milhões. Por causa disso, parte da nossa energia foi para pagar esses compromissos, colocar a casa em ordem!, lembra. Outra dificuldade aconteceu com o “boicote ao Paraná”, disse Richa. Paralelamente a isso, um outro agravante foi o forte boicote do Governo Federal ao estado do Paraná!.

Questionado sobre a falta de gasolina em viaturas da Polícia Militar (PM), pagamento de servidores e fornecedores em atraso, Beto Richa negou que o Estado estivesse “quebrado”. Segundo ele, a falta de gasolina aconteceu em um curto período.

Foi uma questão localizada por questões burocráticas essa de gasolina em viaturas. Um estado que está quebrado não compra 1,4 viaturas novas. Antes não tinha problemas com gasolinas em viaturas porque tinham pouquíssimas, velhas, sucateadas. Prefeituras e associações comerciais tinham que abastecê-las. No nosso governo isso não foi feito, nós bancamos isso tudo!, explica.

Também, Richa destacou a contratação de 10 mil policiais, a maior de toda a história do Paraná. Governo que está quebrado não contratada 31 mil professores e garante 60% de aumento salarial, o maior aumento que a categoria já recebeu na história do Paraná. Fizemos obras e conservação de estradas, contratamos policiais. Estado quebrado não faz nada disso!, rebate.

Alvo de críticas de outros candidatos ao governo, Richa vo

17 de junho de 2014
por esmael
34 Comentários

Que tem a ver o tucano Beto Richa com os protestos dos black blocs no PR?

“Há algo de estranho no reino da Dinamarca”, cravou William Shakespeare na peça Hamlet. Talvez haja como suspeitam os repórteres Denise Mello e Antônio Nascimento, da rádio Banda B, de Curitiba (clique aqui). Leia mais

5 de junho de 2014
por esmael
42 Comentários

Dilma dribla Veja e entrega estádios 24 anos antes do previsto

A capa da revista Veja na edição de 25 de maio de 2011 berrou que os estádios ficariam prontos somente em 2038. Segundo a publicação dos Civita, chegou-se a data por “critérios matemáticos” e estádios como o Maracanã, no Rio, seriam reabertos em 24 anos. No pacote do mega-atraso, por óbvio, também entraria a Arena da Baixada, o campo do Clube Atlético Paranaense, que receberá o jogo Irã e Nigéria no próximo dia 16.

Pois bem, Dilma surpreendeu a Veja e entregou os estádios e demais obras de mobilidade urbana nas doze cidades-sede da Copa do Mundo cerca de 24 anos antes. Confira reportagem de Felipe Ribeiro e Felipe Dutra, da Rádio Banda B em Curitiba:

Faltando 11 dias para Irã x Nigéria, Arena aparece pronta para a disputa da Copa

Faltando 11 dias para a bola rolar no jogo Irã x Nigéria, primeiro jogo a ser disputado em Curitiba na Copa do Mundo, o Comitê Organizador Local (COL) realizou na tarde desta quinta-feira (5) um tour para demonstrar um pouco como será a experiência durante o maior evento esportivo do mundo.

Chegando a ser ameaçada de ficar de fora do mundial, a Arena da Baixada dá demonstrações de estar pronta para receber as quatro partidas da primeira fase da competição, incluindo um jogo da atual campeã Espanha.

As novidades ficam por conta da decoração da Copa e na iluminação artificial que trata da grama do estádio. O sistema de iluminação é holandês e tem o objetivo de melhorar as condições do gramado.

O tour acontece nas cidades-sede onde não houve jogos da Copa das Confederações da FIFA, no ano passado. Além destas, apenas o Rio de Janeiro foi incluído no roteiro, que conta com Manaus, Cuiabá, Natal, São Paulo, Porto Alegre e Curitiba.

30 de Maio de 2014
por esmael
48 Comentários

“Richa acorda depois das 11 horas”, contra-ataca Requião (ouça)

Roberto Requião foi entrevistado na manhã desta sexta (30), em Curitiba, pela rádio do deputado Luiz Carlos Martins, a quem ele classificou como "um sujeito decente" que não concordava com votações do governo por isso foi tirado da Assembleia!; senador contra-atacou Beto Richa, que na quarta chamou Requião de preguiçoso! que gostava de mordomia!, ao revelar que o tucano acorda depois das 11 horas da manhã; ele só levanta cedo no dia em que faz depilação!, completou a ironia mais tarde, pelo Twitter.

Roberto Requião foi entrevistado na manhã desta sexta (30), em Curitiba, pela rádio do deputado Luiz Carlos Martins, a quem ele classificou como “um sujeito decente” que não concordava com votações do governo por isso foi tirado da Assembleia!; senador contra-atacou Beto Richa, que na quarta chamou Requião de preguiçoso! que gostava de mordomia!, ao revelar que o tucano acorda depois das 11 horas da manhã; ele só levanta cedo no dia em que faz depilação!, completou a ironia mais tarde, pelo Twitter.

O senador Roberto Requião (PMDB), pré-candidato ao Palácio Iguaçu, na manhã desta sexta (30), foi entrevista pelo jornalista Adilson Arantes da Rádio Banda B, de Curitiba, onde ele ironizou o governador Beto Richa (PSDB). “Ele acorda sempre depois das 11 horas”, contra-atacou. Leia mais

29 de Maio de 2014
por esmael
29 Comentários

O troco na Banda B: Requião promete descer o relho em Richa

Roberto Requião manda Beto Richa preparar a salmoura porque amanhã, à s 7 horas da manhã, na Rádio Banda B, promete descer o relho no lombo dele; peemedebista saiu revigorado do ato político pela candidatura própria no PMDB do Paraná; nesta quarta, o governador tucano disse que o senador era preguiçoso! e que gostava de mordomia! ouça ao vivo nesta sexta.

Roberto Requião manda Beto Richa preparar a salmoura porque amanhã, à s 7 horas da manhã, na Rádio Banda B, promete descer o relho no lombo dele; peemedebista saiu revigorado do ato político pela candidatura própria no PMDB do Paraná; nesta quarta, o governador tucano disse que o senador era preguiçoso! e que gostava de mordomia! ouça ao vivo nesta sexta.

Revigorado com o sucesso do evento pela candidatura própria, realizado hoje com a presença do vice Michel Temer, o senador Roberto Requião (PMDB) promete amanhã cedo, à s 7 horas, nos microfones da Rádio Banda B, descer o relho no lombo do governador Beto Richa (PSDB). Leia mais

28 de Maio de 2014
por esmael
86 Comentários

No rádio, Richa ataca Requião: “preguiçoso e gostava de mordomia”

Na véspera da chegada do vice-presidente da República, Michel Temer, à  capital paranaense, onde deverá sacramentar a candidatura própria do PMDB, o governador Beto Richa atacou o antecessor Roberto Requião; em entrevista na Rádio Banda B, de Curitiba, nesta quarta (28), o tucano afirmou que peemedebista é 'preguiçoso e gostava de mordomia' quando morava na Granja Canguiri; "Ele sempre gostava de mordomia, não gostava de trabalhar", disparou Richa, que ainda disse que o peemedebista tinha adega para 1,5 mil garrafas de vinho importado; "Não tem garrafa lá, ele levou todas. Carta de Puebla é só para inglês ver", atacou; ainda segundo o governador Beto Richa, a maioria do PMDB do Paraná opta pela coligação com o PSDB.

Na véspera da chegada do vice-presidente da República, Michel Temer, à  capital paranaense, onde deverá sacramentar a candidatura própria do PMDB, o governador Beto Richa atacou o antecessor Roberto Requião; em entrevista na Rádio Banda B, de Curitiba, nesta quarta (28), o tucano afirmou que peemedebista é ‘preguiçoso e gostava de mordomia’ quando morava na Granja Canguiri; “Ele sempre gostava de mordomia, não gostava de trabalhar”, disparou Richa, que ainda disse que o peemedebista tinha adega para 1,5 mil garrafas de vinho importado; “Não tem garrafa lá, ele levou todas. Carta de Puebla é só para inglês ver”, atacou; ainda segundo o governador Beto Richa, a maioria do PMDB do Paraná opta pela coligação com o PSDB.

O governador Beto Richa (PSDB) acordou cedo nesta quarta-feira (28) para utilizar os microfones da Rádio Banda B, de Curitiba, e atacar o antecessor Roberto Requião (PMDB). Segundo o tucano, o senador peemedebista gostava de “mordomia” quando morava na Granja Canguiri — residência de campo que pertence ao governo do Paraná. Leia mais

23 de dezembro de 2013
por esmael
24 Comentários

“Requião pode tirar Richa do segundo turno no Paraná”, prevê André Vargas

Em entrevista ao deputado Luiz Carlos Martins (PSD), na Rádio Banda B, nesta segunda (23), André Vargas previu que o governador Beto Richa pode ficar fora do segundo turno, caso Requião entre na disputa pelo Palácio Iguaçu em 2014; "Acredito que se Requião entrar podemos repetir Curitiba, na qual todos já garantiam o Ducci no segundo turno e tivemos Fruet e Ratinho!, afirmou o petista, referindo-se à s eleições de 2012.

Em entrevista ao deputado Luiz Carlos Martins (PSD), na Rádio Banda B, nesta segunda (23), André Vargas previu que o governador Beto Richa pode ficar fora do segundo turno, caso Requião entre na disputa pelo Palácio Iguaçu em 2014; “Acredito que se Requião entrar podemos repetir Curitiba, na qual todos já garantiam o Ducci no segundo turno e tivemos Fruet e Ratinho!, afirmou o petista, referindo-se à s eleições de 2012.

O deputado federal André Vargas, porta-voz da candidatura da ministra Gleisi Hoffmann, do PT, em entrevista ao radialista Luiz Carlos Martins, na Rádio Banda B, nesta segunda (23), falou que a presença do senador Roberto Requião (PMDB) na corrida pelo governo do Paraná torna a disputa imprevisível. Segundo o petista, o peemedebista pode até tirar o governador Beto Richa (PSDB) do segundo turno, como aconteceu em Curitiba nas eleições de 2012, quando o ex-prefeito Luciano Ducci (PSB), aliado do tucano, ficou para trás. Leia mais

14 de novembro de 2013
por esmael
13 Comentários

Palácio Iguaçu ameaça retaliar deputado dono da Rádio Banda B; Gleisi estende a mão

Deputado Luiz Carlos Martins, dono da Rádio Banda B, nem aí com ameaças do Palácio Iguaçu; emissora do parlamentar, que é primeiro suplente, ousou hoje cedo abrir os microfones da emissora ao senador Roberto Requião, que desancou o governador Beto Richa; Luiz Cláudio Romanelli (PMDB), deputado licenciado, voltará à  Assembleia "para organizar a base governista", ameaçam os palacianos; por outro lado, time de Gleisi estende a mão ao deputado do PSD; "qualquer um dos sete deputados do partido poderia se licenciar para garantir o mandato de Luiz Carlos Martins", assegura um dirigente petista.

Deputado Luiz Carlos Martins, dono da Rádio Banda B, nem aí com ameaças do Palácio Iguaçu; emissora do parlamentar, que é primeiro suplente, ousou hoje cedo abrir os microfones da emissora ao senador Roberto Requião, que desancou o governador Beto Richa; Luiz Cláudio Romanelli (PMDB), deputado licenciado, voltará à  Assembleia “para organizar a base governista”, ameaçam os palacianos; por outro lado, time de Gleisi estende a mão ao deputado do PSD; “qualquer um dos sete deputados do partido poderia se licenciar para garantir o mandato de Luiz Carlos Martins”, assegura um dirigente petista.

Estrategistas da reeleição do governador Beto Richa (PSDB) não gostaram de ouvir o senador Roberto Requião (PMDB), nesta quinta (14), descendo a borduna no chefe tucano pelos microfones da Rádio Banda B (clique aqui), de propriedade do deputado estadual Luiz Carlos Martins (PSD). A Banda B é emissora que mais tem audiência. Suas ondas saem da capital num raio que percorre de Ponta Grossa ao Litoral. Leia mais

17 de setembro de 2013
por esmael
18 Comentários

Gleisi dá “chapéu” em Richa ao anunciar investimento da Audi no PR

Gleisi Hoffmann demonstrou hoje destreza ao dar um "olé" em Beto Richa; além de colocar no meio das canetas! do tucano, a petista finalizou o gol com "chapéu"; disputa pela vinda da montadora Audi no Paraná foi apenas um lança da pré-campanha pelo governo do Paraná em 2014; a jogada está apenas começando; nesta terça, a ministra teve a retaguarda do deputado Luiz Carlos Martins (PSD), dono da Rádio Banda B, membro da base aliada do governador na Assembleia.

Gleisi Hoffmann demonstrou hoje destreza ao dar um “olé” em Beto Richa; além de colocar no meio das canetas! do tucano, a petista finalizou o gol com “chapéu”; disputa pela vinda da montadora Audi no Paraná foi apenas um lança da pré-campanha pelo governo do Paraná em 2014; a jogada está apenas começando; nesta terça, a ministra teve a retaguarda do deputado Luiz Carlos Martins (PSD), dono da Rádio Banda B, membro da base aliada do governador na Assembleia.

A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann (PT), nesta terça (17), foi mais eficiente que seu oponente na corrida pelo Palácio Iguaçu, governador Beto Richa (PSDB), ao anunciar investimentos de R$ 504 milhões da montadora Audi em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba. Leia mais

17 de setembro de 2013
por esmael
35 Comentários

Seria um sonho!, diz Gleisi sobre ser governadora do Paraná

via Portal Banda BA ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann (PT), não esconde que sonha em ser governadora do Paraná, mas se recusa a falar sobre o assunto, pelo menos por enquanto. Em entrevista ao Programa Luiz Carlos Martins, nesta terça-feira (17), Gleisi disse que o momento é de muito trabalho, mas estabeleceu uma data para falar sobre o tema.

Fico honrada em ter meu nome lembrado pelas pessoas para disputar o governo do meu estado, seria uma honra, mas é cedo para falar em eleição. Hoje, temos muito trabalho no governo federal e só vamos pensar em eleição em 2014!.

Questionada se falará sobre o assunto a partir de janeiro, respondeu: Em janeiro será possível falar mais certo sobre essa possibilidade. Todos que estão na carreira pública têm vontade de governar, isso é inerente ao processo da política, mas não basta a minha vontade, dependo de um projeto de um grupo de pessoas!, completou a petista.

Gleisi também destacou o investimento do setor automobilístico no Paraná, que será anunciado nesta terça-feira, em Brasília, em um encontro entre a presidente Dilma Rousseff e o presidente mundial da Audi, Rupert Stadler. Após sete anos, a montadora irá retomar a produção na fábrica de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba.

à‰ um investimento de R$ 700 milhões e geração de 3 mil empregos diretos na fábrica de São José dos Pinhais. Isso é muito importante para o Paraná e para o Brasil. O governo federal abriu mão de 30% do imposto de produção dentro do programa Inovar Auto, lançado em 2011, com foco na indústria automobilística!.

Porto de Pontal

A ministra falou ainda sobre o projeto da iniciativa privada para a construção do Porto de Ponta, no litoral do Paraná. Segundo Gleisi, a abertura do setor portuário tornou possível investimentos no setor. A possibilidade de movimentação de todo tipo de carga em portos privados viabilizou o investimento privado neste setor tão importante para o desenvolvimento do país e certamente o Porto de Pontal será uma realidade!, afirmou.

Sobre os boatos de que o porto iria acabar com o balneário de Pontal, Gleisi rebateu: Isso não é verdade. O balneário fica distante do local do porto em Pontal e será totalmente preservado, segundo o projeto. Além disso, o escoamento das cargas será feito por outro traçado de rodovia, e os projetos