20 de Fevereiro de 2015
por esmael
37 Comentários

Veja o que aconteceu quando o líder de Richa testou a popularidade entre educadores em greve; assista

Romanelli, líder de Richa, apupado em praça pública e correndo risco de expulsão do PMDB (foto de Sheila Oliveira). Pela cadeira na Assembleia, Stephanes Júnior mandou dizer que se converte ao requianismo e reza pela "Carta de Puebla". Abaixo, assista ao vídeo.

Romanelli, líder de Richa, apupado em praça pública e correndo risco de expulsão do PMDB (foto de Sheila Oliveira). Pela cadeira na Assembleia, Stephanes Júnior mandou dizer que se converte ao requianismo e reza pela “Carta de Puebla”. Abaixo, assista ao vídeo.

O deputado estadual Luiz Cláudio Romanelli (PMDB), líder do governo Beto Richa (PSDB) na Assembleia Legislativa do Paraná, após reunião no Palácio Iguaçu, no fim da tarde de ontem (19), testou a popularidade ao atravessar a pé a Praça Nossa Senhora do Salete, no Centro Cívico, para chegar a seu gabinete. No curto caminho, coisa de 150 metros, como era previsto até pelas capivaras do Parque Barigui, o parlamentar foi amplamente apupado pelos educadores que o chamavam, entre outras coisas impublicáveis, de “vendido” (abaixo, veja o vídeo de Meg Thai). Leia mais

8 de agosto de 2014
por esmael
13 Comentários

Requião avança no “eleitorado” de Richa em périplo pelo interior

Em Maringá, até a deputada Cida Borghetti (PROS), vice na chapa de Richa, tietou Requião que faz barba, cabelo e bigode! no périplo pelo Paraná. Quem também "voltou a casa" foi o deputado Teruo Kato (PMDB), que torcera pela vitória de Richa na convenção do partido. Agora é Requião desde criancinha e hoje, como prova de fidelidade a Requião, recitou de cor, em voz alta, os artigos, os parágrafos, os incisos e as alíneas da Carta de Puebla!.

Em Maringá, até a deputada Cida Borghetti (PROS), vice na chapa de Richa, tietou Requião que faz barba, cabelo e bigode! no périplo pelo Paraná. Quem também “voltou a casa” foi o deputado Teruo Kato (PMDB), que torcera pela vitória de Richa na convenção do partido. Agora é Requião desde criancinha e hoje, como prova de fidelidade a Requião, recitou de cor, em voz alta, os artigos, os parágrafos, os incisos e as alíneas da Carta de Puebla!.

O senador Roberto Requião (PMDB) está fazendo “barba, cabelo e bigode” nos périplos que faz pelo interior do Paraná. Como um beato a pregar a Carta de Puebla! como panaceia a todos os males causados pelos três anos e meio de governo Beto Richa (PSDB). Leia mais

1 de agosto de 2014
por esmael
21 Comentários

Convidado, Requião estuda comparecer na inauguração do comitê eleitoral de Romanelli

Aos poucos, Requião vai reagrupando toda a bancada estadual do PMDB em torno de sua candidatura ao Palácio Iguaçu; sindicalistas "pressionam" Romanelli para reconverter-se à  devoção pela "Carta de Puebla"; deputados Nereu Moura e Ademir Bier já o fizeram; amanhã, em Francisco Beltrão, será a vez de Caito Quintana cerrar fileiras contra "Mamom"; Requião, coração mole!, deverá comparecer à  inauguração do comitê eleitoral de Romanelli em Curitiba.

Aos poucos, Requião vai reagrupando toda a bancada estadual do PMDB em torno de sua candidatura ao Palácio Iguaçu; sindicalistas “pressionam” Romanelli para reconverter-se à  devoção pela “Carta de Puebla”; deputados Nereu Moura e Ademir Bier já o fizeram; amanhã, em Francisco Beltrão, será a vez de Caito Quintana cerrar fileiras contra “Mamom”; Requião, coração mole!, deverá comparecer à  inauguração do comitê eleitoral de Romanelli em Curitiba.

Um dos braços trabalhistas do senador Roberto Requião (PMDB) na campanha pela volta ao governo do Paraná, a Força Sindical, quer reaproximá-lo do deputado Luiz Cláudio Romanelli (PMDB). Leia mais

28 de Maio de 2014
por esmael
86 Comentários

No rádio, Richa ataca Requião: “preguiçoso e gostava de mordomia”

Na véspera da chegada do vice-presidente da República, Michel Temer, à  capital paranaense, onde deverá sacramentar a candidatura própria do PMDB, o governador Beto Richa atacou o antecessor Roberto Requião; em entrevista na Rádio Banda B, de Curitiba, nesta quarta (28), o tucano afirmou que peemedebista é 'preguiçoso e gostava de mordomia' quando morava na Granja Canguiri; "Ele sempre gostava de mordomia, não gostava de trabalhar", disparou Richa, que ainda disse que o peemedebista tinha adega para 1,5 mil garrafas de vinho importado; "Não tem garrafa lá, ele levou todas. Carta de Puebla é só para inglês ver", atacou; ainda segundo o governador Beto Richa, a maioria do PMDB do Paraná opta pela coligação com o PSDB.

Na véspera da chegada do vice-presidente da República, Michel Temer, à  capital paranaense, onde deverá sacramentar a candidatura própria do PMDB, o governador Beto Richa atacou o antecessor Roberto Requião; em entrevista na Rádio Banda B, de Curitiba, nesta quarta (28), o tucano afirmou que peemedebista é ‘preguiçoso e gostava de mordomia’ quando morava na Granja Canguiri; “Ele sempre gostava de mordomia, não gostava de trabalhar”, disparou Richa, que ainda disse que o peemedebista tinha adega para 1,5 mil garrafas de vinho importado; “Não tem garrafa lá, ele levou todas. Carta de Puebla é só para inglês ver”, atacou; ainda segundo o governador Beto Richa, a maioria do PMDB do Paraná opta pela coligação com o PSDB.

O governador Beto Richa (PSDB) acordou cedo nesta quarta-feira (28) para utilizar os microfones da Rádio Banda B, de Curitiba, e atacar o antecessor Roberto Requião (PMDB). Segundo o tucano, o senador peemedebista gostava de “mordomia” quando morava na Granja Canguiri — residência de campo que pertence ao governo do Paraná. Leia mais