7 de outubro de 2015
por admin
6 Comentários

Eleição para diretor de escola tem batalha decisiva nesta quarta-feira

2oturnoO projeto de lei que muda as regras da eleição para diretores de escola vai à votação do plenário da Assembleia Legislativa, em segundo turno, na sessão desta quarta-feira (7). Aprovado em primeiro turno na segunda-feira (5), o projeto recebeu doze emendas e está na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que se reúne no início desta tarde. Leia mais

4 de outubro de 2015
por admin
9 Comentários

Professores se mobilizam esta semana pela democracia nas escolas

profes_richaO Projeto de Lei do governador Beto Richa (PSDB) que muda as regras para eleição dos diretores de escola e ‘cassa’ o voto de pais, alunos, professores e funcionários irá para votação no plenário da Assembleia Legislativa (Alep) a partir de segunda-feira (5).

Os professores e servidores organizados pela APP-Sindicato estão convocando uma grande mobilização para tentar barrar a aprovação do projeto. Estão previstas concentrações de educadores para acompanhar as seções da Alep na segunda e terça-feira (dias 5 e 6).

O Blog do Esmael, em parceria com a TV 15, a partir das 14h30, vai transmitir a sessão ao vivo para o Brasil e o mundo.

Com o lema “Retira ou Rejeita” os educadores tentam manter o mínimo de democracia que ainda existe nas escolas públicas estaduais, e que o governador quer retirar. O projeto avançou na assembleia legislativa apesar de ficar claro que contraria a opinião dos professores e das comunidades escolares.

3 de setembro de 2015
por esmael
5 Comentários

Péricles: “Projeto de Lei do governo para eleições nas escolas é uma espada sobre a cabeça dos diretores”

O deputado estadual Péricles de Mello (PT), único integrante da oposição na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, pediu vistas no projeto do governo (PL 631/2015) que altera a as regras para a eleição e gestão dos diretores das escolas públicas do Paraná.

Ao contrário de alguns professores e da APP-Sindicato, Péricles é a favor ao voto universal, sistema em que o voto de cada professor, funcionário, pai ou estudante tem o mesmo peso; em substituição ao atual sistema proporcional, que, para os educadores seria mais democrático. O parlamentar chegou a afirmar que vai pedir o apoio do governo para que o voto universal seja adotado também nas universidades, para as eleições de reitores.

Mas a convergência para por aí. Segundo Péricles, o governo tentou pintar com um verniz democrático num projeto que põe uma espada na cabeça dos diretores e qualquer movimento em falso, diferente da vontade do tucano e da Secretaria de Educação, bastaria para que o gestor escolar fosse destituído do cargo para o qual foi eleito.

Para o deputado, diversos princípios democráticos são “agredidos” pelo projeto. Ele citou o fato de que uma simples advertência aplicada pela SEED a um candidato a diretor já o impede de se candidatar; e caso já exerça o cargo e tenha recebido advertência, o diretor será destituído do cargo. Além disso, a simples reprovação de contas, mesmo em âmbito administrativo, também veda a candidatura.

Assista o vídeo em que o deputado Péricles de Mello fala sobre o projeto na CCJ:

Os professores  e os estudantes estão vendo nesse projeto de lei uma tentativa do governador Beto Richa de ampliar seu comando sobre o que acontece dentro das escolas estaduais, para que possa impedir novos movimentos como as greves dos professores e servidores no primeiro semestre deste ano. Da mesma forma é

26 de agosto de 2015
por esmael
15 Comentários

‘Os educadores não têm nada a perder lutando contra o autoritarismo de Beto Richa dentro das escolas’

Blog do Esmael, em parceria com a TV 15, neste sábado (29), a partir das 9 horas, vai transmitir ao vivo a assembleia da APP-Sindicato para o Brasil e o mundo.

Blog do Esmael, em parceria com a TV 15, neste sábado (29), a partir das 9 horas, vai transmitir ao vivo a assembleia da APP-Sindicato para o Brasil e o mundo.

“Os trabalhadores não têm nada a perder em uma revolução comunista, a não ser suas correntes.” (Karl Max, Manifesto Comunista). Leia mais

19 de agosto de 2015
por esmael
19 Comentários

Richa planeja golpe contra eleições nas escolas; educadores preveem nova “guerra” contra tucano no PR

lemos_eleicao_escolaQuem avisa amigo é, diz o ditado. E foi isso que fez na tarde desta quarta-feira, 19, o deputado Professor Lemos (PT). Da tribuna da Assembleia Legislativa, o parlamentar alertou que o governador Beto Richa (PSDB) vai declarar nova “guerra contra os educadores”, se der o golpe contra a democracia nas escolas. Leia mais

5 de novembro de 2014
por esmael
62 Comentários

Gleisi: Professores foram submetidos a tratamento inaceitável e vergonhoso!

alepn.jpg

A senadora Gleisi Hoffmann (PT) emitiu uma nota oficial condenando o episódio em que professores foram retirados ontem (4) a socos e pontapés! das galerias da Assembleia Legislativa do Paraná, por determinação do deputado Valdir Rossoni, presidente da Casa e do PSDB no estado. Ela também critica! a forma como foi aprovada a prorrogação dos mandados dos diretores das escolas estaduais, por iniciativa do governador Beto Richa (PSDB). Leia mais

28 de outubro de 2014
por esmael
53 Comentários

CCJ da Assembleia vota à s 13h30 de hoje prorrogação da eleição de diretor de escola para 2015

cep_richa.jpgA Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa do Paraná (CCJ) aprecia nesta terça-feira (28), à s 13h30, mensagem n!º 101/2014, do governador Beto Richa (PSDB), que prorroga os mandatos dos atuais 2,1 mil diretores de escolas da rede pública do estado ate 31 de dezembro de 2015.

A eleição está prevista para o próximo dia 26 de novembro e os atuais mandatos se encerram em 31 de dezembro deste ano.

Se aprovada na CCJ na tarde de hoje, a mensagem vai à  votação no plenário da Casa.

Há possibilidade de algum membro da Comissão pedir vista do projeto e adiar sua aprovação no colegiado e, consequentemente, a tramitação da lei. Mas a mesa executiva, caso queira celeridade no processo, também pode transformar o plenário em comissão geral e liquidar a fatura ainda hoje.

A prorrogação do mandato dos atuais diretores e vice é uma espécie de “paga” pelo apoio à  reeleição do governador tucano. O acordo teria sido celebrado em junho, durante a campanha (clique aqui).

O deputado Tadeu Veneri (PT) classificou o cancelamento da eleição para diretor como um “golpe” do Palácio Iguaçu (clique aqui).

O deputado estadual eleito Requião Filho (PMDB), que chegou a comemorar a prorrogação das inscrições de chapa, convoca a comunidade escolar para protestar contra a medida de Richa.

Abaixo, leia a íntegra da mensagem do governador Beto Richa: