20 de fevereiro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Exército pede o que o golpe não pode garantir: ‘segurança jurídica’ para matar no Rio

Exército pede o que o golpe não pode garantir: ‘segurança jurídica’ para matar no Rio

Se o futuro pertencesse ao coordenador da Comissão da Verdade, o procurador de Justiça Olympio de Sá Sotto Maior Neto, do Ministério Público do Paraná, após a pirotecnia da intervenção militar no Rio de Janeiro, membros das Forças Armadas e o próprio Michel Temer seriam julgados pelo tribunal de júri por eventuais crimes dolosos. ... 

Leia mais